SITE: Bangtan Brasil - Fã Base
VERSÃO: 1.4 - SPEAK YOURSELF
DESDE: 29.03.2013
VISITAS: ARMYs
Bulletproof Boy Scouts (em coreano: 방탄소년단) é um grupo masculino sul coreano de hip-hop formado pela Big Hit Entertainment. Geralmente conhecidos como BTS, são também chamados de Bangtan ou Bangtan Boys. Eles estrearam em 13 de junho de 2013 com sua... LEIA MAIS
SEJA BEM VINDO À BANGTAN BRASIL, A PRIMEIRA E MAIOR FÃ BASE BRASILEIRA DO BTS. FEITA DE FÃ PARA FÃ!
Publicado em 01.11.2018
A história emocionante por trás da bandeira LGBTQ+ no show do BTS
Fãs LGBTQ+ encontraram um espaço acolhedor nos valores que o grupo defende

Ao mesmo tempo que o BTS tem um demográfico abrangente de fãs, coletivamente conhecidos como ARMYs, alguns dos fãs LGBTQ+ do grupo contaram para o BuzzFeed News que encontraram um espaço seguro e acolhedor nos valores que o grupo defende.

O BTS impactou especialmente a fã Karess Bollanga, garçonete de 23 anos de Londres, e seus amigos, que recentemente se tornaram virais na internet após posarem com uma gigantesca bandeira LGBTQ+ nos shows do grupo em Paris.

[TRAD] namjoon viu minha bandeira lgbt durante [Trivia: Love] e isso é Tudo que importa

Bollanga disse que levou a bandeira para agradecer ao grupo por suas músicas e mostrar o impacto positivo que tiveram nos membros da comunidade LGBTQ+. Ela contou ao BuzzFeed News que teve ideia enquanto ouvia “Stigma”, a música solo de Taehyung no álbum WINGS.

Ela disse: “Eu estava pensando sobre o estigma que as pessoas sofrem, sobre o fato de que, graças ao BTS, algumas dessas feridas foram cicatrizadas. Eu também pensei sobre o fato de que os ARMYs, como uma família global, tem uma grande comunidade LGBTQ+, e não importa se o BTS está falando sobre eles ou não em suas músicas, eles podem se sentir tocados e movidos por elas, porque se identificam com elas. O BTS ajudou muitas pessoas em problemas familiares, corações partidos, depressão, ansiedade e problemas psicológicos. Suas letras, seu bom humor, seus sorrisos e seu cuidado, suas risadas, suas vozes, suas músicas e sua sinceridade, tudo o que faz deles quem eles são está ajudando as pessoas. E os fãs sempre foram gratos por isso.”

img 2

Karess disse que mostrar a bandeira foi uma maneira de mandar uma mensagem ao BTS de que os fãs LGBTQ+ estão nas plateias e os apoiando. “Eu queria agradecê-los em nome da comunidade LGBTQ+,” ela continuou. “Eu queria que eles soubessem que, mais do que ajudando  pessoas, eles tão ajudando uma comunidade inteira que está passando por tempos difíceis.”

“Então, eu deixei que as pessoas assinassem [a bandeira], deixassem sua marca, às vezes assinando seus nomes, seus Twitters e Instagrams, ou alguma piada, algo pessoal.”

Bollanga disse que a bandeira foi, também, uma maneira de dar apoio à comunidade LGBTQ+ na Coreia do Sul. “A bandeira foi inspirada em uma ideia que tivemos há algum tempo, que era de ajudar a comunidade LGBTQ+ a ser aceita na Coreia do Sul, o país de origem do BTS.”

“Na Coreia do Sul, pessoas LGBTQ+ ainda estão lutando por seus direitos, ainda não são aceitas e ainda enfrentam situações que não deveriam ser aceitas em nenhuma sociedade. Em um país que se desenvolveu tão rápido, homofobia é algo que deveria ser apagado, deveria desaparecer com a nova geração, a nossa geração.”

Ela acrescenta: “Nós não podemos ajudam o mundo inteiro, mas podemos lutar por algumas pessoas, dar forças e espalhar o amor onde é possível. Claro, como tudo na internet, algumas pessoas não gostaram, fizeram comentários maldosos de que não era ‘sério’ mas, hey, como Namjoon diz, ‘odiadores odiarão’.”

img 3

No grupo de Karess, entre os amigos que decidiram levar a bandeira para as pessoas assinarem, está Ezra Anfoussi, empresária autônoma de 26 anos.

Anfoussi disse ao BuzzFeed News que, quanto mais escuta as músicas do BTS, melhor ela se sente. “Algumas pessoas vão dizer que é ridículo dar tanta importância a eles, mas eles realmente ajudam muitas pessoas ao redor do mundo e nós queremos que eles saibam disso,” ela contou. “Poderíamos ter escolhido uma bandeira diferente, mas queríamos a bandeira LGBTQ+ porque, de certa maneira, ela tem mais significado uma vez que é difícil ser aceito nesse mundo. É uma causa que queremos defender e queremos dar esperança como o BTS dá para nós.”

“Eles são nossos Anpanman e, um dia, seremos o Anpanman para outras pessoas.”
Anfoussi, que cresceu em meio muçulmano, disse: “Precisamos ajudar a todos, não importando a religião, sexualidade, ou cor de pele.”img 4

Escrito na bandeira está um trecho da música “Answer: Love Myself” que diz: “Você me mostrou que tenho razões pelas quais eu deveria me amar.” Ezra disse que escolheram essa parte porque ela resume exatamente o que o BTS faz por seus fãs.

“De certa maneira, eles nos ensinam que não importa o quão difícil a vida seja, quantas dificuldades enfrentamos, tudo ficará bem,” acrescentou. Karess, Ezra e seus amigos ergueram a bandeira no show e foi outra amiga delas, Carla Rahn, comerciante de 21 anos de Nice, França, que tirou as fotos e postou no Twitter. Rapidamente, elas se tornaram virais.

[TRAD] nós estávamos na grade do show e estávamos com uma bandeira lgbtq+ gigantesca que levantamos durante todo o bis e todos os integrantes olharam para ela!!!! namjoon ficou olhando e tentando ler o que estava escrito!! a equipe da bighit filmou e tirou fotos claro que fizemos isso pelos gays!!!!

Carla e seus amigos conseguiram chegar na primeira fila dos dois shows de Paris e, ainda que não tivessem permissão para pendurar a bandeira na grade da primeira fileira, a equipe do show deixou que a levantassem.

Elas não conseguiram gravar durante o show mas muitos outros fãs encontraram fotos e vídeos da bandeira em ação.

[TRAD] meu deus, era você?? eu consegui ver a bandeira da minha cadeira

Rahn disse que o BTS reconheceu a bandeira várias vezes durante o show. “Sinceramente, foi muito incrível ver que eles olharam para a bandeira e estavam tentando ler o que estava escrito.”

“O Namjoon olhou para elas várias vezes e acenou com a cabeça, então ficamos muito felizes. O Taehyung sorriu quando a viu, também.”

“Todos eles repararam e não podíamos ter ficado mais felizes; toda vez que eles olhavam para a bandeira, nós enlouquecíamos. Também pareceu que o JungKook perguntou algo sobre a bandeira para o Namjoon, porque eles estavam conversando enquanto olhavam para ela, então talvez ele queria saber a tradução do que estava escrito — não sabemos exatamente.”

Carla disse que parecia que a equipe do BTS estava tentando filmar a bandeira, também.

“O Jimin ficava vindo para o nosso lado e olhando para a bandeira. Ele inclusive abriu bem os braços e correu em nossa direção, como se quisesse nos abraçar e à bandeira também. Foi muito fofo,” disse Rahn. “De qualquer maneira, todos eles pareciam muito felizes com a bandeira e isso fez com que nós nos sentíssemos especiais e que tínhamos feito algo bom. Nunca vou esquecer esses momentos.

À medida que as fotos se espalharam, as pessoas começaram a entrar em contato e dizer o quanto amaram a iniciativa.

[TRAD] ISSO É TÃO FOFO, LGBTs AMAM O BTS <3

Rahn continuou: “Muitas pessoas nos agradeceram por fazer isso e representar a comunidade LGBTQ+, e falaram que os integrantes reconhecerem a bandeira ou só olharem pra ela fez com que se sentissem validados e aceitos. Muitos disseram que choraram depois de ler minha thread no Twitter sobre a reação dos meninos porque sentiram que tinham o apoio dos seus ídolos. Foram pequenas ações dos garotos, como um sorriso, um aceno, coisas assim, mas que fizeram as pessoas se sentirem bem.”

[TRAD] Garotas, vocês são incríveis e tenho muito orgulho 💕👏

Além da bandeira, haviam outros cartazes, incluindo um que dizia “LGBTs amam BTS”, que Taehyung foi visto olhando durante o show, e também uma bandeira do orgulho bissexual.

[TRAD] EU SOU A MENINA MAIS FELIZ DO MUNDO EU VI A RAZÃO DO MEU AMOR PRÓPRIO NA MINHA FRENTE (E !!! Ele sorriu e agradeceu a garota com um cartaz que tinha LGBT AMAM BTS escrito, protejam ele a todo custo EU O AMO DEMAIS)

[TRAD] Acabei de chegar em casa. BTS em Paris foi uma experiência incrível e estou muito feliz que o Namjoon viu minha bandeira bissexual e sorriu e Hobi e SUGA também. 15 horas na fila valeram muito a pena. CONSEGUIMOS, BISSEXUAIS.

Houve também um noivado: Holly Edwards, de 20 anos, pediu em casamento Emerald Flint, de 19. O casal foi para Paris porque não conseguiu ingressos para o show de Londres.

img 5

Edwards contou ao BuzzFeed que se conheceram no Twitter este ano, através do amor mútuo pelo BTS. Logo depois, começaram a namorar e Edwards foi morar com Flint.

Holly disse: “Nosso amor mútuo pelo BTS nos ajudou de muitas maneiras. As suas letras nos deram esperança quando estávamos deprimidas na cama. E foi através deles que passamos a usar nossa criatividade para fazer arte e escrever, nos dando um escape nessas atividades.”

“Eles realmente mudaram nossas vidas e nos deram algum propósito, além de terem sido uma maneira de fazer amigos no Twitter.”

Holly, Emerald e a mãe de Emerald viajaram para Paris, onde Edwards planejava um pedido de casamento surpresa.

Edwards disse que chegaram muito cedo para tentar chegar na frente, mas a longa espera foi demais para o casal, uma vez que são deficientes. “Conseguimos aguentar seis horas antes de Emerald e eu começarmos a sentir que íamos desmaiar e tivemos que sair da fila e pegar um Uber.”

O casal começou a se preocupar, achando que não iriam conseguir ver o BTS, mas a mãe de Flint ajudou a voltarem para o local do show. Depois de dizer que eram deficientes, uma cadeira foi dada para Flint e Edwards sentou no chão.

Quando o BTS começou a apresentar “Magic Shop”, Edwards decidiu fazer o pedido.

[TRAD] OBRIGADA BTS. EU NUNCA TERIA CONHECIDO EMERALD SE NÃO FOSSE POR VOCÊS 💞

Edwards disse: “‘Magic Shop’ começou e a música significa muito pra mim… Me ajoelhei durante minha parte favorite e pedi Emerald em casamento. Emerald disse ‘sim’ e começamos a chorar e nos abraçar durante o show mais incrível de nossas vidas. Eu achei que não íamos sequer conseguir ver o BTS mas, uma vez que estávamos lá, me pareceu certo fazer o pedido. Foi a noite mais feliz da minha vida com todas as pessoas que eu mais amo no mundo.”

Fonte: Ikran Dahir @ BuzzFeed News
Trans eng-ptbr; nalu @ btsbr



Comentários: