btsbr.co.vu/archive & btsbr.wordpress.com
SITE: Bangtan Brasil - Fã Base
VERSÃO: 1.4 - SPEAK YOURSELF
DESDE: 29.03.2013
VISITAS: 5.272.752 ARMYs
Bulletproof Boy Scouts (em coreano: 방탄소년단) é um grupo masculino sul coreano de hip-hop formado pela Big Hit Entertainment. Geralmente conhecidos como BTS, são também chamados de Bangtan ou Bangtan Boys. Eles estrearam em 13 de junho de 2013 com sua... LEIA MAIS
SEJA BEM VINDO À BANGTAN BRASIL, A PRIMEIRA E MAIOR FÃ BASE BRASILEIRA DO BTS. FEITA DE FÃ PARA FÃ!

Categoria: Artigo

Publicado em 11.11.2018
Halsey revela como o BTS inspirou seu último álbum
Todos já sabem o quanto a cantora é fã do grupo, ela nem esconde sua admiração!

Em uma entrevista recente, Halsey falou sobre sua relação com o BTS e revelou seus planos de fazer parcerias com eles no futuro.

[TRAD] Vocês sabem que não tinha como eu vir a Seul e não ver esses garotos. 👼🏼 Mal posso esperar para vê-los se apresentar no Staples Center!!! Eu estou MUITO orgulhosa. 💗💖💗

A cantora e o BTS começaram a discutir uma possível parceria em 2017. Desde então, os fãs têm esperado ansiosamente por um anúncio oficial.

[TRAD] Esperando pela parceria @BTS_twt x @halsey logo 🙂

Apesar do anúncio oficial ainda não ter sido feito, Halsey revelou como ela imagina que a parceria poderia ser. Em uma entrevista para o Heatworld, ela falou sobre o que ela e o grupo poderiam trazer para a collab.

Ela também falou sobre como o BTS teve um papel inspirador em seu álbum de 2017, “Hopeless Fountain Kingdom”. Eles o inspiraram pelas referências filosóficas, cores e outros aspectos de trabalhos anteriores do grupo. “Eu estava assistindo alguns dos concept videos antigos e vi algumas das referências filosóficas que eles estavam usando, e as cores, a sinceridade, tudo. Me inspirou tanto.”, ela disse. Halsey também disse que essa experiência a ajudou a ver seu próprio trabalho da perspectiva de seus fãs, “Como alguém que ama fazer álbuns para meus fãs, parte da experiência de ser fã do BTS é poder observar esse outro lado”.

Halsey também comentou sobre a popularidade do BTS em países de língua não inglesa, comparando o crescimento do K-pop com o crescimento da música latina. Ela terminou a entrevista se referindo ao BTS como pioneiros que estão auxiliando o K-Pop a se tornar mais popular. “Estou torcendo por eles”, ela disse.

Fonte: Koreaboo
Trans eng-ptbr; Jojo Viola @ BTSBR


Publicado em 10.11.2018
SUGA e seu emprego pré-debut
Muitos artistas começaram trabalhando duro no caminho ao estrelato

A estrada rumo ao estrelato é geralmente longa e sinuosa, cheia de obstáculos e incerteza.

Mesmo que seja difícil imaginar quando olhamos para todo o glamour que cerca a vida de muitos idols atualmente, muitos deles começaram suas carreiras trabalhando em empregos de meio-período para conseguirem se sustentar.

Aqui estão sete celebridades que começaram sua vida profissional trabalhando meio-período em empregos bem ‘gente como a gente’:

SUGA

Antes de virar um dos artistas mais famosos da Coreia, SUGA tinha um trabalho de meio-período como entregador durante seus anos de trainee. Infelizmente, ele sofreu um acidente de moto durante seu trabalho e machucou seu ombro, o que ainda afeta alguns de seus movimentos até hoje.

As partes que não se referiam ao Bangtan foram omitidas. Você pode conferir o post completo em inglês aqui.

Fonte: Soompi
Trans eng/ptbr: gio liotti @btsbr


Publicado em 10.11.2018
A beleza do Jin viralizou mais uma vez (e não choca ninguém)
Jin está deixando os ARMYs malucos, no melhor sentido

Não faz muito tempo que um clipe de 9 segundos do SUGA viralizou no Twitter. E agora um clipe de 7 segundos do Jin está seguindo a mesma trilha.

Ao longo dos anos, Jin viralizou diversas vezes por sua beleza extraordinária, e essa vez não é exceção!

Jin se tornou o “Cara da Porta do Carro” em 2015 após sair de um carro com uma aparência perfeita demais para ser verdade.

Depois, todos queriam saber quem era o “Terceiro da esquerda” no Billboard Music Awards de 2017.

Atualmente, Jin é conhecido pelo apelido que deu a si mesmo: “Mundialmente bonito.”

Todos já sabemos o quão atraente o Jin é, mas esse último fenômeno está recebendo atenção por 2 grandes motivos.

O primeiro é que esse clipe mostra o lado fofo de Jin.

O segundo é que também mostra seu lado sexy. Jin passa pelos dois opostos em questão de segundos!

A dualidade fez os ARMYs enlouquecerem!

[TRAD] O que estava rindo era Seokjin e depois Jin tomou conta (o alter ego sexy)

[TRAD] gif com legenda *alma deixou o corpo*

[TRAD] Ele precisa ser preso. (eu estou muito sensível, por favor, pare)

O clipe, postado no Twitter no dia 7 de Novembro, já tem 18,000 retweets, 40,000 curtidas, e mais de 191,000 visualizações, mas a chance é que o vídeo ganhará mais atenção ainda.

[TRAD] a mudança na expressão

Para ver mais, confira o vídeo original abaixo, que foi gravado no MBC Plus X Genie Music Awards no dia 6 de Novembro.

Fonte: Koreaboo
Trans eng-ptbr; fer zloccowick @ btsbr


Publicado em 09.11.2018
Jungshook? Descubra o que deixou o Maknae tão surpreso na plateia do Genie Awards!
JungKook surpreso com os babados da Coreia diverte os espectadores do MGA 2018

Durante o Genie Music Awards 2018, no dia 6 de novembro, o MC Jun Hyun Moo e a apresentadora do prêmio Han Hye Jin tiveram um momento fofo em público. Os espectadores, incluindo os artistas no evento, gritaram e aprovaram quando Jun Hyun Moo apresentou Han Hye Jin como as palavras, “A melhor modelo da Coreia que ficou ainda mais bonita recentemente após se apaixonar.”

Os integrantes do BTS também são vistos rindo da doce introdução de Jun Hyun Moo. Porém, JungKook apenas piscou com uma expressão confusa.

Enquanto o público continuava a rir e gritar pelo casal, JK virou para J-Hope para entender a situação. Ele foi filmado dizendo, “Por quê? Eles estão namorando?”

Então, J-Hope é visto respondendo, “Sim, os dois estão namorando mesmo.”

JungKook balança a cabeça afirmativamente e diz, “Ahhh, sério?”

Internautas estão achando hilária a reação do maknae, e comentaram, “LOL JungKook é o único que não sabia que eles estavam namorando,” “Ele deve estar ocupado demais pra ficar na internet,” “Lol ele é tão fofo.”

Fonte: Allkpop
Trans eng-ptbr; gabriela @ btsbr


Publicado em 09.11.2018
Político coreano quer que o BTS se apresente na Coreia do Norte? 🤔
Com os avanços nas relações Coreia do Sul-Norte, será que BTS iria à Pyongyang?

Um político coreano revelou recentemente o seu desejo de que o BTS se apresente na Coreia do Norte!

No dia 7 de novembro, Ahn Min Seok, do Partido Democrata, apareceu como convidado em um programa da KBS. Durante a entrevista, o político discutiu as relações entre Coreia do Sul e Coreia do Norte.

Como presidente do Comitê Especial para Relações Inter-Coreanas em Cultura e Cooperação Esportiva, estabelecido como um comitê permanente pelo Partido Democrata em setembro, Ahn Min Seok também expressou seu desejo de levar o BTS para se apresentar em Pyongyang. Ele disse, “Acima de tudo, nosso comitê especial está tentando possibilitar que o BTS se apresente em Pyongyang no ano que vem.”

Em resposta, o apresentador perguntou, “A chance [do BTS se apresentar] é alta?” Ahn Min Seok respondeu, “Precisamos construir caminhos. Uma vez que as trocas culturais, esportivas e artísticas só são possíveis através da cooperação entre as duas Coreias — sem a necessidade de se pensar muito ou do auxílio de nações poderosas —, eu acredito que, num contexto maior, é um dever nacional que as duas Coreias reúnam forças e trabalhem duro para que as sanções sejam levantadas.”

Ele concluiu, então, “Por favor apoiem a ideia do BTS se apresentar em Pyongyang.”

Anteriormente, artistas sul-coreanos como Cho Yong Pil, Lee Sun Hee, Yoon Do Hyun, Baek Ji Young, Jung In, Ali, Red Velvet e Seohyun, do Girls’ Generation, se apresentaram em Pyongyang de 31 de março a 3 de abril de 2018.

Ainda que os comentários de Ahn Min Seok tenham atraído atenção considerável, essa foi a primeira vez que um político expressou o desejo para um evento de tal tipo, nenhum detalhe sobre uma possível apresentação do BTS na Coreia do Norte foi confirmado.

O BTS, recentemente, se apresentou no show “Resonance of Korean Musicians” em Paris, em 14 de outubro, após receber um convite oficial da Casa Azul. Depois da apresentação, o Presidente Moon Jae In cumprimentou os artistas, incluindo o BTS, e trocou abraços com JungKook e V. O BTS já havia sido parabenizado pelo Presidente por seu sucesso na Billboard e o grupo também recebeu relógios comemorativos da Primeira Dama com o nome de Moon Jae In gravado durante a viagem às Nações Unidas.

Fonte: Soompi
Trans eng-ptbr; nalu @ btsbr


Publicado em 08.11.2018
BTS Bon Voyage – INTENSIVO: S03E08
Confira o resumo do último episódio da saga do BTS em Malta!

Já escureceu em Malta e os seis integrantes presentes estão concentrados escrevendo suas cartas. Mesmo que eles já tenham feito isso antes, eles ainda sentem dificuldades em se expressar. Após todos terminarem suas respectivas cartas, eles revelam os presentes que compraram no mercado, e Jimin também presenteia todos os meninos com globos de neve que comprou especialmente para seus amigos de grupo.

A produção então entrega ao BTS um convite para um jantar especial e os instrui a se vestirem bem. Eles então se trocam e optam por se vestirem como sempre se vestem, e surpreendentemente Jin não escolhe a roupa que ele não para de falar sobre há dias. Os meninos ainda fazem piada ao dizer que SUGA, caso estivesse com eles, se vestiria todo de preto e ainda escolheria um chapéu, também preto, para finalizar.

Quando o BTS chega ao local do jantar, todos ficam confusos e acreditam que foram enganados pela produção quando se deparam com um canteiro de obras. Então eles caem em si e percebem que o jantar é real, e que na verdade acontecerá ao ar livre no alto de um prédio. JungKook aparentemente é o único que parece realmente empolgado, enquanto os outros em tom de brincadeira acusam a produção pela pegadinha. Mas todos os seis integrantes estão com fome e dispostos a vivenciar a noite de qualquer forma.

Apesar da incrível vista, alguns dos meninos ainda estão desconfortáveis com a altura e não conseguem evitar de olhar para baixo a todo o momento. É ótimo que eles tenham boa comida e drinks para os distraírem. Nem mesmo o medo de altura consegue parar a fome do BTS. Eles ainda discutem se SUGA estaria com medo do jantar nas alturas ou não.

Após terminarem a refeição, é hora dos meninos lerem suas cartas. Eles também recebem um vídeo surpresa de SUGA o que faz a noite de todos melhor. No vídeo, o rapper admite que se sente entediado sem a presença dos outros e que quer vê-los logo, mas ele tem que esperar o fim da viagem até que todos voltem para a casa porque ele não pode voltar para Malta. SUGA promete que eles vão se falar logo e ainda diz para eles não fofocarem escondido dele.

Jin então lê sua carta e espera que sua versão futura esteja tão feliz como ele está se sentindo naquele momento, ele também promete que irá continuar a se esforçar muito já que seu corpo está envelhecendo e as coisas começando a ficarem mais difíceis.

A carta de J-Hope é uma retrospectiva nostálgica e ele ainda diz esperar continuar a espalhar positividade para os ARMYs. JungKook escreve se perguntando como será seu futuro e espera que ele seja feliz acima de tudo.

Já a carta de RM é uma reflexão sobre amor-próprio e os obstáculos que ele já venceu. Jimin escreve sobre querer continuar feliz e saudável mesmo quando as coisas ficarem difíceis. V também escreve que quer continuar se sentindo feliz e bem, mas também se preocupa em se manter grato pelos seus fãs e promete continuar a dar seu melhor pelo ARMY.

Há ainda mais um vídeo de SUGA, desta vez uma mensagem para ele mesmo. O rapper analisa tudo o que o BTS conquistou até o momento e a responsabilidade que ele agora carrega em seus ombros que o deixa ansioso. Ele diz a si mesmo que deve ir com calma, se orgulhar de si mesmo e ser feliz.

Para fechar o jantar com chave de ouro, V faz sua própria surpresa para seus companheiros de grupo ao cantar “Lay Me Down”, que ele já tinha ensaiado. Todos os meninos ficam felizes de estar de volta ao chão agora que o jantar acabou. Eles então dão uma salva de palmas e agradecem RM por ser o líder deles.

Mas a noite ainda não acabou! JungKook, Jin e V aproveitam para ir a um parque de diversões para aproveitar a última noite em Malta. Mesmo após o frio na barriga devido ao jantar nas alturas, eles não fogem dos brinquedos mais radicais e até fazem com que a produção se junte a eles.

Os meninos ainda realizam entrevistas sobre a viagem para Malta e eles não deixam de reclamar sobre o calor, mesmo sendo um lugar que todos queriam visitar. Eles ainda relembram todas as experiências legais que viveram, como acampar e sair para pescar.

Claro, um dos principais tópicos é sobre como eles se sentiram ao ficarem longe de V no início da viagem e de SUGA ao final. V ainda comenta sobre a emoção que sentiu quando se encontrou com o resto do BTS após ficarem separados. Uma coisa é unânime, todos desejavam ter tido mais tempo juntos durante a viagem.

Todos comentam também sobre o dia das viagens em time e do que eles mais gostaram no tempo em que ficaram a sós com outros integrantes. Também falam sobre como foi ter que dirigir durante a viagem, uma experiência divertida porém cansativa para JungKook e J-Hope. Descobrir as coordenadas para onde ir enquanto dirigiam foi também uma experiência diferente, assim como a cantoria no caminho proporcionou novas memórias aos meninos.

Acima de tudo, eles sentem que a viagem foi divertida e relaxante. Uma oportunidade para eles viajarem como uma família e eles amaram. Os meninos se mostram ansiosos para a quarta temporada do Bon Voyage e listam algumas coisas que gostariam de fazer na próxima viagem. Para finalizar as entrevistas, o BTS ainda reserva um momento para mandar uma mensagem aos seus ARMYs!

Honestamente, se esse episódio não te deixou com os olhos cheios de lágrimas, eu não sei o que irá te emocionar. Eles fizeram ótimas memórias e deram aos fãs um conteúdo tão legal de assistir durante essa temporada do Bon Voyage, mas também é de partir o coração ver como eles ficam chateados ao estarem separados. Por um lado, isso mostra o quão forte é a ligação entre eles, por outro é realmente difícil vê-los lidando com a saudade. Esperamos que na próxima viagem não aconteça nenhum imprevisto e que todos os sete possam estar e aproveitar juntos!

Para aqueles que desejam assistir, a terceira temporada de Bon Voyage está disponível para compra no canal do V app do BTS!

Fonte: Hypable
Trans eng-ptbr; Bia Rehm @ BTSBR


Publicado em 05.11.2018
SUGA só precisou de 9 segundos para dominar a internet e nossos corações! 💖
Fancam do rapper apresentando "Seesaw" está ganhando views na velocidade da luz

A essa altura do campeonato, com 5 anos desde o seu debut com o BTS e uma mixtape solo sob o pseudônimo Agust D, muitos de nós já sabemos do que SUGA é capaz, além de conhecermos bem o poder de sua tongue technology, sempre admirados pela maestria com a qual o rapper canta os versos mais rápidos do universo K-Pop.

Seus versos ágeis e ferozes têm o poder de deixar fãs, críticos e curiosos simplesmente abismados, sem palavras para explicar tamanha imponência e entrega.

Resultado de imagem para suga cypher gif Resultado de imagem para suga cypher gif

Entretanto, em Love Yourself 結 ‘Answer’ o rapper surpreendeu à todos com a melódica “Seesaw”, seu solo para o álbum, que nos trouxe uma faceta até então pouco explorada por SUGA, mostrando que também há espaço no BTS para que os rappers mostrem suas habilidades vocais.

Com o lançamento do álbum, veio a BTS World Tour: Love Yourself e a tão esperada apresentação solo preparada por cada integrante do grupo para seus fãs.

Para o deleite de suas ARMYs, SUGA domina e encanta o público em um belo figurino, que serve apenas como complemento para a melhor parte de sua performance: a coreografia.

Resultado de imagem para suga seesaw gif

Durante a passagem do grupo pela Alemanha com dois shows de casa cheia em Berlim, uma fã capturou e compartilhou diversos momentos de “Seesaw” em vídeo via Twitter, todos com foco no rapper que estava especialmente radiante na data.

A maior parte dos vídeos compartilhados pela ARMY rapidamente alcançou milhares de visualizações, mas um vídeo em particular teve um desempenho além do imaginado…

Em apenas 4 dias, o vídeo com apenas 9 segundos alcançou 1 milhão de visualizações. E era apenas o início.

Em 23 de outubro, completando uma semana desde a sua postagem, o contador já apontava a casa dos 3 milhões.

Resultado de imagem para suga seesaw gif 

Em duas semanas, eram 10 milhões de visualizações. E assim, Min Yoongi viralizou com a captura de seu sorriso tão doce quanto seu stage name sugere.

ARMYs no Twitter chegaram à conclusão de que o rapper é capaz não apenas de cuspir fogo e prever as façanhas do grupo, mas também possui o superpoder de dominar a internet na velocidade da luz.

Em 5 de novembro, ao momento em que encerro este post, o vídeo possui 14 milhões de visualizações e talvez eu tenha contribuído com ao menos 100 mil delas.

Quantas visualizações você acha que SUGA terá recebido no dia em que o vídeo completar seu primeiro mês? Não o subestime…

Escrito por Caroline Piazza @ BTSBR


Publicado em 05.11.2018
Discurso do BTS na ONU é usado como material didático em diversos países
Através de suas palavras de amor, o grupo continua a alcançar a juventude global

A maré criada pelo BTS através de suas viagens ao redor do mundo e suas palavras de amor e encorajamento continuam a alcançar a juventude global.

O  discurso histórico realizado por RM na 73ª Assembleia Geral das Nações Unidas, no lançamento da iniciativa da UNICEF “Generation Unlimited”, onde o líder incentiva a todos à “acharem sua identidade e sua voz” independente de cor ou identidade de gênero, é agora encontrado nas salas de aula na Coreia do Sul, Estados Unidos, Singapura e Vietnã.

Uma prova de língua inglesa dada em uma escola de ensino médio coreana pedia aos estudantes para lerem o discurso de RM e colocá-lo na ordem correta:

Em outra escola, também de ensino médio, o diretor transcreveu parte do discurso do líder em um quadro de avisos e ainda pediu aos alunos para que o assistissem por completo para as provas que seriam realizadas no dia seguinte:

Uma escola de ensino fundamental coreana também deu aos alunos como material o discurso de RM, como parte de atividades de classe após os alunos terem assistido ao vídeo:

Escolas de ensino médio e fundamental de Singapura e Vietnã adotaram a fala do BTS na ONU em suas provas, pedindo aos estudantes para que eles “falassem por si mesmos” e para responder perguntas conforme o discurso transcrito.

O uso do discurso de RM nas escolas não é um simples resultado de popularidade, mas sim uma resposta ao alcance universal do grupo e de suas influências e valores positivos que compartilham em seu trabalho.

Recentemente, o BTS celebrou o primeiro aniversário da campanha Love Myself, em parceria com a UNICEF, e agradeceu aos ARMYs pela ajuda ao compartilhar a importância da campanha que promove o amor próprio, amor ao próximo em busca de um mundo melhor. O grupo ainda apoiou ativamente na campanha #ENDviolence, e no dia 2 de novembro a UNICEF Korea anunciou que, em apenas um ano, com a colaboração do BTS, houve uma arrecadação de 1.6 bilhões de won que foram revertidos em incentivos para o fim da violência contra crianças e adolescentes além da transmissão de positividade e esperança.

Fonte: Soompi
Trans eng-ptbr; Bia Rehm @ btsbr


Publicado em 05.11.2018
A evolução do estilo do BTS, das correntes de ouro às estampas de passarela
Vestindo looks ostencivos eles não tem medo de ousar com a moda

Esteja você vivendo nas profundezas do fandom K-Pop ou sendo apenas um observador casual dele, é provável que você já tenha ouvido falar dos sete jovens prodígios (agora adultos) conhecidos como BTS. O grupo tem abençoado as rádios sem parar com hits pop e clipes verdadeiramente surreais desde 2013.

Não é nem um pouco surpreendente que o BTS tenha rapidamente ganhado fãs fora da sua leal fanbase na Coreia do Sul. Comparado aos americanos NSYNC e 98 Degrees, o BTS soa como uma experiência de boyband turbinada. Eles não só arrasam nos palcos, com um estilo musical que facilmente transita de baladas para interlúdios de rap, como também coordenam conjuntos de roupa para turnês bem ostensivos – e fazem isso com carinhas adoráveis.

Já que a maioria de nós não consegue cantar profissionalmente e dançar com nossos melhores amigos para ganhar a vida (só em sonho), prestar atenção na evolução do estilo do BTS — que não é apenas divertido, mas também é mais possível de copiar do que suas coreografias. Além disso, o BTS arrasa em se tratando de moda. Eles vestem roupas que variam das cores fortes às estampas e padrões insanos. Para resumir, eles não tem medo de experimentar com a moda.

Em comemoração aos conjuntos devastadores do grupo, dê uma olhada na evolução do estilo deles, desde o começo.

1. 2013

Os sete parecem ter acabado de terminar uma sessão de breakdance… ou um jogo de futebol. Eles mostraram quem manda em questão de moda desde suas origens, combinando meias até o joelho com correntes de ouro e tênis sport. Isso parece se encaixar perfeitamente ao fato de que eles apresentaram esse look no Ilchi Art Hall em Seul, já que a combinação é uma obra de arte.

2. 2013

Como se pode ver aqui (de novo no Ilchi Art Hall), o amor do grupo pelas correntes de ouro foi uma marca constante nos seu estilo inicial. Essas roupas não só ficaram incríveis neles, mas também anunciaram o começo dos outfits chamativos do septeto. Amamos especialmente a jersey de Jimin, com os dois colares e boné de lado.

3. 2014

O BTS parecia ter sido trazido direto de um país das maravilhas da moda de inverno no dia em que compareceram ao Gaon Chart K-pop Awards, premiação no Olympic Park.  Os sneakers impecavelmente brancos, combinando com as estampas e realces brancos, serviram como uma boa despedida dos outfits pretos monocromáticos em 2013. Uma menção especial ao J-Hope por seu boné, jaqueta e sneakers brancos combinando.

4. 2014

Durante uma aparição no Lotte Card Art Center, os meninos mostraram sua afinidade com caveiras e ossos. Das jaquetas de couro, passando pelas jaquetas college adornadas de caveiras, até as camisetas de caveira, o conjunto do grupo nos representa.

5. 2014

O BTS apareceu, lindo e vestindo azul, durante uma participação no programa Show Champion da MBC Music, em Seul. Eles tendem a se organizar por esquemas de cores e vestem blazers, calças, camisas, gravatas e sneakers combinando.

6. 2014

Nossos ídolos provaram que eles NÃO tinham enjoado dos acessórios de ouro quando passaram pelo 28º Golden Disk Awards. Tivemos as camisas de botão com estampas desenhadas, calças douradas de couro falso, e um toque de estampa de leopardo. Fran Drescher iria com certeza aprovar esse visual.

7. 2014

Naturalmente, o BTS não iria permanecer com um único look pelo 28º Golden Disk Awards inteiro. Essa foi a chance de eles mostrarem sua versatilidade. Para esse visual coletivo, eles arrumaram terninhos de tweed cinzas e sapatos pretos.  Combinando com os topetes (e um raro momento em que todos estavam com o cabelo natural, de cor escura), esse conjunto quase lembra os Beatles.

8. 2014

Eles vieram pegando fogo com looks de balada na apresentação de “Dark & Wild”, na Blue Square. Eles aparecem com paletós justos, bonés estrategicamente virados para trás, correntes e, claro, algumas calças de couro falso.

9. 2015

Esse look na conferência de imprensa no Olympic Park grita My Chemical Romance. Os cabelos repicados e de cores vivas dá um toque bacana aos conjuntos escuros.

10. 2015

O visual para a apresentação deles no Melon Music Awards de 2015 era DE MORRER.  As jaquetas e os shorts de couro combinando foram demais. Eles tem as vibes dos videoclipes da década de 80.

11. 2016

Vemos nossos amores destruindo o Seoul Music Awards em sua 25ª edição, vestindo ternos azuis eletrizantes. Os sapatos com costura branca usados por Jimin são a cereja do bolo na formação do grupo.

12. 2016

O mundo foi mais uma vez abençoado, com a visão do BTS vestindo ternos coloridos combinando no 5º Gaon Chart K-pop Awards. Dessa vez, o grupo deixou para trás o mundo tradicional dos ternos azuis e cinzas e foi de um tom vermelho vinho. Eles parecem prontos para visitar um vinhedo depois das apresentações.

13. 2017

O BTS entrou em cena no American Music Awards de 2017 todo preparado para conquistar a lealdade dos fãs americanos. E é claro, eles se vestiram com essa intenção. Tudo, das jaquetas justas aos sapatos, até às calças, gritam boy band clássica.

14. 2017

Obviamente, o AMAs de 2017 não foi o primeiro tapete vermelho do BTS, e eles estavam plenamente preparados para mudar os outfits em um piscar de olhos. Aqui, vemos seu looks casuais revestidos em jeans, completos com jaquetas cheias de patches e buracos recém rasgados nos joelhos. Estou adorando a bandana do V e seu suéter; é o par perfeito para seus jeans rasgados.

15. 2018

Enquanto o BTS é uma boy band em vários aspectos da palavra, a maior parte do seu vestuário não é tida simplesmente como “roupas de mauricinhos”. Caso aqui apresentado: Quando eles compareceram ao show SBS Super Concert, todos se vestiram como se tivessem feito as compras na J.Crew, e em seguida tivessem cortado as próprias camisetas. Ou seja, os outfits tinham as cores azuis pastéis e as tradicionais listras amadas, mas os rasgos e as mangas caindo não eram nada convencionais e deram uma radicalizada no conjunto. O fator mega-mauricinho foi elevado porque metade dos integrantes estavam loiros.

16. 2018

Vídeos do BTS aparecendo no The Tonight Show, estrelando Jimmy Fallon, imediatamente entraram para os trending topics do Twitter devido aos trajes impecáveis do grupo. Seus trajes chamativos e expressivos eram ornamentados ao nível passarela, e do seu modo encantadoramente divertido, o grupo complementou-os com gravatas estampadas e tênis confortáveis.

Fonte: Hello Giggles
Trans eng-ptbr; VenomQ @ BTSBR


Publicado em 05.11.2018
O que RM significa e representa para seus fãs no ocidente?
Os ARMYs internacionais enxergam muito mais do que um ídolo no líder do grupo

São inúmeras as qualidades de Kim Namjoon, mas as que o tornaram popularmente conhecido e consequentemente a sua marca, foram sua inteligência e habilidades excepcionais de fala e expressão, além da sua inquestionável postura e liderança.

Ele tocou os corações de incontáveis ARMYs todas as vezes em que falou em nome do BTS, seja aceitando prêmios nos palcos de renomadas premiações ou guiando o grupo em entrevistas mundo afora.

Os fãs ocidentais começaram a chamá-lo de “Presidente” em 2017, depois de tantas palavras inspiradoras do líder. Para fazer valer o título, editaram uma foto do rapper como… Presidente dos Estados Unidos da América, à época, ocupando o lugar de Donald Trump.

O Excelentíssimo Senhor Presidente da República, Kim Namjoon

A foto editada viralizou entre os ARMYs, que teve o seu ápice em setembro de 2018, com o discurso do líder para a Assembleia Geral da ONU. Desde então, o passatempo preferido dos fãs tem sido observar a postura de RM e apontar suas características… presidenciais.

 

Diga se não é a postura do líder de uma Nação?

Até mesmo a forma como ele caminha sereno ao lado de seus companheiros de grupo…

Logo após o discurso de RM para a ONU, os fãs não hesitaram em prover a representação do que seria o encontro dos Presidentes Kim Namjoon e Barack Obama.

E então, o BTS que atualmente viaja o mundo com sua BTS World Tour: Love Yourself inspirou fãs por todos os lugares em que passaram que reforçam a imagem diplomática de RM.

Nos Estados Unidos:

Os fãs Estadunidenses estão investidos na campanha presidencial para Kim Namjoon em 2020!

No Reino Unido, onde o grupo se apresentou na O2 Arena em Londres:


Não apenas nos shows, mas nas redes sociais, principalmente no Twitter, podemos observar tamanha a admiração dos fãs por seu Presidente. A lealdade e amor dos fãs ocidentais por Namjoon é sincero, claro, não é apenas um simples carinho por um ídolo comum.

A relação de amor entre RM e seus ARMYs é mútua, o líder constantemente lembra cada um de seus fãs a importância deles não apenas para o grupo ou em sua carreira e trajetória, mas a importância de cada um deles como pessoa. A sua importância e coragem em simplesmente existir.

Ele tem em seu coração o desejo de que seus fãs possam valorizar e amar suas próprias vidas, ele quer devolver e retribuir o amor que os fãs deram a ele. Que ensinaram à ele.

RM fala abertamente e já partilhou histórias sobre si mesmo e sobre os outros, ele tem um coração que deseja que todos os seus fãs descubram seu próprio valor no universo e verdadeiramente deseja a que encontrem sua felicidade, como ele encontrou através de seus ARMYs.

Em seu discurso Speak Yourself para a Assembleia Geral da ONU, o líder abordou essa temática do início ao fim.

Em seu discurso final no show do Estádio Citi Field em Nova Iorque, ele falou “Por favor, use o BTS para a sua felicidade”, o ponto alto para o encerramento de uma noite inesquecível, sem dúvidas.

RM diz que seus ARMYs são a dignidade do BTS, mas o mundo, definitivamente não é digno de Kim Namjoon.

Trans ko-eng; SpotlightRM via Naver
Trans eng-ptbr & adaptação do texto por Caroline Piazza @ BTSBR


Publicado em 05.11.2018
6 razões que tornam o BTS estrelas globais
Esses garotos vão fazer parte da história por mudar o K-Pop!

O BTS é, sem dúvidas, uma das maiores estrelas globais que a cena K-Pop já viu. Em somente curtos seis anos, o que levou esse boy group a atingir tal sucesso? Além do puro talento e visuais de tirar o fôlego, estes seis fatores contribuíram para a tomada do mundo pelo BTS.

1. O BTS não tem nenhum escândalo

Para ídolos do K-Pop, boatos sobre namoros são difíceis de evitar, especialmente à medida em que a fanbase cresce. Não apenas esses rumores podem ser críticos para a reputação de um grupo, mas controvérsias e escândalos em geral podem afetar a fama. O BTS não teve escândalos. O boygroup se dedica a trabalhar duro e manter o foco. Quando um repórter perguntou aos integrantes sobre namoradas, RM respondeu, “Nós temos os ARMYs. Nós temos, tipo, milhares de namoradas hoje aqui na Arena Microsoft, então não há por que se preocupar.”

2. O BTS trabalha em suas próprias músicas

O produtor Bang Shi Hyuk percebeu, enquanto criava o grupo, que esses garotos talentosos mereciam se tornar artistas e compartilhar sua genialidade musical com o mundo. Esse é o porquê, diferente de outros grupos de K-pop que depende apenas de produtores para criarem as canções, os integrantes do BTS participam na produção de seus álbuns. RM continua a incluir suas produções nos álbuns do grupo. RM, SUGA e J-hope lançaram suas próprias mixtapes, provando que eles são mais que rostinhos lindos do K-pop. Os integrantes são bons em canto, dança, e produção de seus próprios hits, dando ao grupo uma nova imagem.

3. O BTS é completo

É normal no K-Pop dividir os integrantes de acordo com os aspectos que se espera que eles tenham. Por exemplo, alguns artistas que fazem melhor rap participariam da rap line e outros que são melhores em dança fariam parte da dance line. Na verdade, existe ainda a “visual line” em alguns grupos, às quais integram quem não tem um talento principal, mas são extremamente bonitos. No BTS, esse não é o caso. Todos os sete integrantes pertencem a todos os tipos de linhas. Os meninos treinam muito para que qualquer um no grupo possa cantar, fazer rap, dançar e serem bonitos quando necessário!

4. BTS está constantemente interagindo com fãs

Enquanto os fãs são potencialmente o fator mais importante para o sucesso de qualquer grupo, eles são frequentemente negligenciados. Assim como os fãs põem os integrantes em primeiro lugar, o BTS põe os ARMYs, não importa o quê. O BTS está constantemente tentando se comunicar com os fãs. Os garotos são ativos no twitter, usando a plataforma para contatar os fãs. Depois de ganhar os prêmios da Billboard, os meninos não foram às festas pós-premiação para que pudessem fazer lives para os fãs que os esperaram para celebrar as vitórias. O BTS está sempre abertamente apreciando o amor e apoio dos ARMYs. Essa forte lealdade e fé entre o grupo e a fanbase levou o BTS ao sucesso por todo o mundo. Sem os fãs, nenhum grupo de K-pop pode existir. O BTS entende isso e faz o possível para manter os ARMYs felizes.

5. O BTS está na televisão fora da Coreia

Graças ao RM que fala inglês, o BTS não teve problemas para ir em programas de TV fora da Coreia. Além disso, já que os integrantes são super unidos, se torna bem divertido assisti-los. Suas últimas aparições no Ellen Show e no Late Late Show with James Corden manteve os fãs interessados e engajados mesmo quando o grupo não estava divulgando seus trabalhos. Ademais, ao ir em programas internacionais e mostrar ao mundo como o grupo é realmente divertido e talentoso, os garotos atraíram milhões de novos espectadores – que não conheceriam o boy group sul-coreano não fossem essas participações – a se tornarem fãs!

6. O BTS cria toneladas de clipes, vídeos de bastidores, e mais

Procurar “BTS” no YouTube abre portas para páginas e páginas de vídeos de clipes e bastidores oficiais do grupo. A BigHit Entertainment fica no topo de lançamentos e faz questão de sempre prover muitos vídeos com variedade de conteúdo para serem assistidos. Com um vídeo conectado ao outro, o conteúdo sobre o BTS pode entreter por horas (e os fãs constantemente se perdem no buraco infindável de vídeos do grupo). Para tornar os vídeos acessíveis a uma audiência maior, a maioria deles contém legendas em inglês. Esse nível de dedicação para prover muito material de qualidade ajuda a levar sucesso ao grupo!

Fonte: Koreaboo
Trans eng-ptbr; clau @ btsbr


Publicado em 05.11.2018
Como o BTS e minha irmã me ensinaram sobre a universalidade da música
Fale amor, não inglês. O poder da música ultrapassa a barreira de linguagem

Muito recentemente eu tive a honra de presenciar pessoalmente o show histórico do BTS, no Estádio Citi Field, junto com a minha irmã mais nova, Vienna, que é uma ARMY leal. Três noites antes de irmos para Nova York, ela já estava se descabelando de tanta animação, ficando acordada até tarde para ouvir a discografia inteira deles em antecipação para quando ela, finalmente, os ouviria ao vivo. Como um presente de aniversário adiantado para ela, eu consegui dois ingressos para vermos o grupo juntas. Mesmo que eu mesma não fosse fã do BTS, eu sabia o quanto ela os idolatrava, então pensei que seria o presente perfeito.

Quando chegamos no local do show, Vienna começou a ficar nervosa. Eu via suas mãos tremendo enquanto segurava a pelúcia do BT21 num aperto de aço. Pensei que fosse só “nervosismo do primeiro show” — eu mesma já me senti assim antes, vendo uma das minhas bandas preferidas ao vivo pela primeira vez, é natural. No entanto, mais tarde, eu me daria conta que o que Vienna estava sentindo era muito mais complexo e significativo do que eu poderia imaginar.

Minha irmã é cega. Vienna não consegue vê-los dançar. Não pode ver seus rostos, seus cabelos, suas roupas ou seus sorrisos. Nada disso, entretanto, a impediu de ser fã. Eu estava preocupada, a princípio, com como ela iria reagir durante o show, mas o tempo revelaria que não tinha nada para eu me preocupar.

Toda a experiência foi surreal do começo ao fim. Mesmo antes do show começar, a energia dos fãs era palpável e de tirar o fôlego. Quando os integrantes do BTS apareceram pela primeira vez no palco com um crescendo dramático de instrumentais que faziam o coração bater mais rápido, a pura alegria e entusiasmo dos fãs podia ser sentido em todos os cantos do estádio. Era revigorante, e eu aproveitei cada segundo. Os integrantes foram um grande prazer de assistir; a coreografia incrível, vocais belíssimos, a miscelânea de gêneros musicais e seus esforços encantadores de se conectar com os fãs foram todos partes e parcelas do nível de felicidade daquela noite.

O que eu considero como o momento mais memorável do show aconteceu no final, quando o BTS despiu seus corações para os fãs. Eu lembro de ver o integrante loiro — acho que seu nome era Jimin — com os olhos cheios de lágrimas e uma sinceridade que podia ser sentida mesmo com toda a distância. V, o integrante usando uma bandana vermelha, falou de um jeito tão caloroso com os fãs, os chamando de “as estrelas mais brilhantes do nosso universo”.

Eu fiquei mais emocionada pelo lindo discurso dado por RM, o líder do grupo. “Eu não sabia o que era me amar,” ele disse. “Vocês me ensinaram. Através dos seus olhos, do seu amor, seus tweets, suas cartas, tudo. Vocês me ensinaram — vocês me inspiraram — a me amar.”

Eu estava quase chorando, nesse momento, porque naquele instante eu vi — não, eu senti — um mar brilhante de milhares de corações e mentes se abrindo.

É esse tipo de reconhecimento, esse tipo de reciprocidade e honestidade, que abriu meus olhos para a importância e o significado que o BTS tem, verdadeiramente. Eu não tinha compreendido antes, mas agora, depois de experienciar o show, posso dizer com absoluta certeza que o BTS é diferente de qualquer outra banda que esse mundo já presenciou.

Durante o discurso [de RM], eu senti minha irmã puxar a manga da minha blusa. Quando me virei para encará-la, ela me puxou para perto e disse: “É o mesmo, Val.”

“O que é o mesmo?” Perguntei, confusa.

“Suas vozes. Seu amor. É o mesmo.”

Foi uma lição importante para mim, alguém que já havia rotulado o BTS como uma boyband qualquer que não tinha nada a oferecer além de músicas grudentas e um olá para os fãs de vez em quando. Naquela noite, ficou claro para mim exatamente o que eles significam para a minha irmã. Vienna não pode vê-los dançar. Ela não pode ver seus rostos, seus cabelos, suas roupas ou seus sorrisos. Tudo isso é inegável, mas ainda assim, o septeto foi capaz de tocar seu coração com a paixão que os levou aos palcos mundiais em primeiro lugar: a música. Todas as vezes que a vi com seus fones de ouvido e um sorriso luminoso no rosto, foi por causa da música do BTS. Tenho vergonha de ter acreditado numa ideia tão desinformada sobre eles antes mesmo de tê-los dado uma chance.

Minha irmã já foi bombardeada com ridicularizações passivas por gostar do BTS, infelizmente vindo de nossa família e outros conhecidos. Ela ouviu muitas coisas maldosas, seja dirigidas a ela ou ao próprio BTS. Todas as vezes que ela veio até mim, eu tentei consolá-la da melhor maneira possível, mas uma coisa que reparei foi o quão resoluta ela era em seu amor por eles. O amor inabalável que ela nutria pelo BTS excedia a aversão vaporosa que encontrava tão frequentemente. “Não importa que eles não cantam em inglês,” ela dizia. “Eu sei o que eles estão falando. Eu posso sentir o que eles dizem.”

É tão, tão enganosamente fácil de ignorá-los como estrelas pop manufaturadas. Ao ouvirem suas músicas, as pessoas que escolhem não buscar mais a fundo podem estar perdendo de entender alguns dos mais apaixonados liricistas da indústria musical. Desde o show, eu decidi escutar mais suas músicas e ler as traduções. Sim, suas danças impecáveis são hipnotizantes, mas e as mensagens por trás de suas canções? E a emoção em suas vozes? As palavras que falam para os seus fãs? Eles são coreanos. Eles, fundamentalmente, falam coreano e a maior parte das suas músicas são em coreano. Mas por que isso impediria alguém de entender a mensagem principal de amor próprio e amor ao próximo?

Fiquei deslumbrada com como o BTS recebe todos de braços abertos. Eu os via olhar para a multidão da plateia com expressões gentis e amorosas. As pessoas lá eram receptivas às suas demonstrações de afeto exuberante e universal pelo seu diverso grupo de fãs  — um espetáculo muito bem-vindo por mim e muitos outros. Durante cada música, todos ao nosso redor cantavam em uníssono, e o fato de que as músicas eram em coreano não importava nem um pouco.

Minha irmã já havia me contado diversas vezes sobre o quanto a música significa para cada integrante do BTS, mas nunca havia me atingido até aquele momento. É admirável que o BTS vá tão longe para oferecer conteúdo aos seus fãs, mas é ainda mais admirável saber que eles fazem isso porque eles amam o que fazem e infusionam esse amor em coisas que vão muito além do escopo da música e da dança, apesar das demandas físicas e temporais. Esse amor complexo e amorfo se estendeu para além das barreiras da linguagem, além de distâncias geográficas, além de tantos outros fatores que só buscam nos separar.

Talvez o conceito de que o amor pode conquistar até os males mais obscuros do mundo seja idealista, mas o que eu vi, ouvi e senti durante o show foi um indicativo do poder que o conceito intangível do amor realmente tem. Fale com qualquer ARMY  — de mulheres afro-americanas aos meninos de dez anos de idade, dos avós carinhosos à adolescente cega  —, o BTS advoga por e demonstra algo que não pode ser definido por nenhum dicionário ou limitado por nenhuma percepção. Eles não precisam cantar ou fazer rap em inglês. O que eles fazem é muito mais substancial do que chamar a atenção do mercado ocidental abandonando suas raízes.

Não sou nenhuma filósofa. Não sou historiadora, nem sou cientista. Não sou uma aficionada por música e só sei falar uma língua. Mas não é necessário um gênio perfeito ou um acadêmico super preparado para entender o que o BTS está tentando dizer ao mundo.

Quando voltamos para o nosso quarto de hotel, minha irmã me abraçou e disse, “Essa foi a melhor noite de toda a minha vida.”

E acho que foi a minha também.

Fonte: Valonea Renhern @ Medium
Trans eng-ptbr; nalu @ btsbr