btsbr.co.vu/archive & btsbr.wordpress.com
SITE: Bangtan Brasil - Fã Base
VERSÃO: 1.4 - SPEAK YOURSELF
DESDE: 29.03.2013
VISITAS: 5.272.752 ARMYs
Bulletproof Boy Scouts (em coreano: 방탄소년단) é um grupo masculino sul coreano de hip-hop formado pela Big Hit Entertainment. Geralmente conhecidos como BTS, são também chamados de Bangtan ou Bangtan Boys. Eles estrearam em 13 de junho de 2013 com sua... LEIA MAIS
SEJA BEM VINDO À BANGTAN BRASIL, A PRIMEIRA E MAIOR FÃ BASE BRASILEIRA DO BTS. FEITA DE FÃ PARA FÃ!

Categoria: Artigo

Publicado em 26.01.2018
[FOTOS] 25.01.18 – Vogue posta fotos do BTS
As fotos foram tiradas para um artigo sobre o grupo no EUA.

A famosa revista de moda Vogue postou fotos do BTS durante a estadia do grupo nos Estados Unidos. As fotos foram tiradas para um artigo sobre o grupo no EUA.


Publicado em 14.01.2018
[NEWS] Especialista de Entretenimento explica o que todos podem aprender com o sucesso do BTS
O que nós realmente precisamos aprender com o sucesso do BTS.

Seo Byung Ki é o Editor-Chefe da seção de Economia do Entretenimento do jornal Herald. Ele recentemente escreveu um artigo, de seu ponto de vista, discutindo sobre o que o sucesso mundial do BTS significa para o K-Pop e o que isso pode ensinar aos fãs. Abaixo está a tradução de seu artigo:

O que nós realmente precisamos aprender com o sucesso do BTS

 

Em seminários relacionados ao K-Pop e Hallyu, o ponto de discussão é sobre as condições e ambiente necessários para um segundo BTS.

Para explicar o sucesso do BTS, alguns mencionam “MIC Drop” continuar na lista Hot 100 da Billboard por seis semanas seguidas ou seu sucesso nas redes sociais e estratégia em múltiplas plataformas sociais. Mas existem condições prévias: é a combinação orgânica de seu conteúdo. Sem um conteúdo orgânico e sistemático conectado, é dificil chegar ao nível de sinergia* do BTS.

Os conteúdos envolvidos em criar um grupo musical incluem letras, vida diária, fandom, a relação com a companhia (empresa) e mais. E quando falamos do BTS, todos esses elementos estão perfeitamente conectados. Então as letras que falam sobre a história do BTS não apelam somente aos nacionais, mas sim a audiência internacional.

Ao contrário de muitos outros idols, as letras do BTS têm sido analisadas. Em “DOPE”, BTS diz, “Bem, eu gosto de beef jerky (yukpo) então é a yookpo (sexta) geração. A mídia e os adultos dizem que não temos força de vontade, nos condenando como ações [da bolsa de valores]. Por que eles estão nos matando antes de nós podermos ao menos tentar? Inimigo, inimigo, inimigo.”

Em “Baepsae”, sua letra inclui, “Ah, pare de ir ao ‘esforço e mais esforço’ ” enquanto em “FIRE” eles dizem “Quem é você para me comparar a outros? Eu sou apenas humano”.

O BTS critica a geração Baby Boomer** e desafia as injustiças sociais. Fãs internacionais reagem a essas letras mesmo que suas circunstâncias sociais possam ser um pouco diferente da Coreia. Até os fãs americanos ouvem às críticas do BTS sobre os Baby Boomers e injustiças sociais.

Dizem que muitas crianças que deixaram sua casa voltaram após ouvir “Come Back Home” do Seo Tae Ji. Agora, as letras do BTS estão consolando a dor e ferida dos fãs mundialmente. Talvez eles façam o que eles ouvem; ele colocam o que ouvem nas letras em ações da vida real. E é um ponto muito interessante.

Todo idol tem uma estratégia de rede social. Mas para o BTS, é uma continuação de seus conteúdos conectados, oferecendo uma visão dentro de sua vida diária, e dando uma sensação de continuidade e familiaridade. Nem todos os aspectos disso é um pensamento estratégico desde o inicio. É mais como um crescimento natural das atitudes dos membros do BTS, que realmente amam a música e desejam se comunicar através dela.”

 

(N/T: sinergia*: cooperação. Trabalho de diversos músculos para um mesmo resultado.
Geração Baby Boomer**: ele se referiu à geração atual que prefere mimar as pessoas para minimizar o problema, em vez de fazê-los lutar. Baby = bebê. Boomer = coitadinho, som de dó.)

 

Fonte: Koreaboo
Tradução e adaptação por Isabella @ BTSBR


Publicado em 03.01.2018
[FOTOS] 02.01.2018 – Departamento do Estado dos EUA e Embaixada Estados Unidos Seul mencionam o BTS
Embaixadas mencionam as conquista do BTS na Billboard.

A Embaixada Estados Unidos e Coreia do Sul mencionou um artigo citando o premio que o BTS recebeu da Billboard e as vezes em que o grupo entrou nos charts da Billboard. O Departamento do Estado dos Estados Unidos mencionou a Embaixada sobre seus serviços diplomáticos e por seu tweet sobre o grupo ter um dos maiores compartilhamentos de 2017.

via; bts_national


Publicado em 26.12.2017
[FOTO] 26.12.17 – BTS é destaque no jornal colombiano “El Tiempo”
Jornal cita a popularidade do grupo na Colômbia.

BTS é destaque no jornal colombiano com a chamada “BTS é o fenômeno de K-Pop na Colombia”. O artigo fala sobre o sucesso mundial do grupo, a turnê mundial que incluiu a Colombia e os fãs.

Via; @BTS_National
Cr; @ARMYPeru1


Publicado em 04.12.2017
[#HappyJinDay] Feliz Aniversário, Worldwide Handsome!
Artigo original em comemoração aos 25 anos do Jin!

A primeira coisa que vem a mente, é claro, é a sua beleza. Não sua (incrível) beleza física, sobre a qual eu posso falar por dias, mas pela beleza da sua existência. Seus olhos são estonteantes, mas a gentileza neles é o que mais nos cativa. Seus lábios são maravilhosos, mas nada se compara ao seu sorriso.

Você é maior e melhor e mais do que só o seu rosto, do que o garoto que entrou pra ser visual. Sua confiança, sua positividade, sua gentileza, seu humor… Tudo isso mudou minha vida.

Sua confiança nos inspira a amar nós mesmas. É difícil, mas toda vez que te vemos, nós tentamos cada vez mais.

Sua positividade mostra-nos como ver o mundo por lentes cor-de-rosa quando quisermos, não deixando o cinza do mundo atrapalhar.

Sua gentileza deixa claro que se importar demais não é uma fraqueza, que só faz com que você crie laços mais fortes com quem te ama.

Seu humor, bem, talvez isso meeeio pessoal, mas não posso dizer que não me sinto melhor por você fazer os mesmos tipos de piadas ruins.

Quando eu te vi cantando Awake na minha frente pela primeira vez, eu posso jurar que poderia fazer tudo. A sua voz ecoou e elevou todos naquele lugar, a sua emoção fez todos os olhos marejarem, e você… Você estava brilhando. Não tem estrelas suficientes no universo pra se comparar ao seu brilho naquele momento.

Você é muito mais que o Jin do BTS, o mais velho, mas você também é exatamente o que aqueles 6 meninos precisavam, o que as ARMYs precisavam. Você merece o mundo todo, mas tudo que eu tenho pra te oferecer hoje é o amor e a gratidão que tenho pela sua existência, e o desejo de que você sinta como você é especial e amado.

Muito obrigada, eu te amo, e feliz aniversário, Kim Seokjin.

– Giovanna D.

★ Não deixe de acompanhar a Bangtan Brasil no dia de hoje para relembrar alguns dos momentos mais marcantes ao lado do nosso Jin. Aproveite também para o conhecer melhor! Acompanhe a hashtag e a @BTS_BR no Twitter e deixe mensagens bonitas para o Hyung do grupo. <3

★ Texto por Giovanna Dupré @ BTSBR Tradução e arte por Emi @ BTSBR Design. Por favor, não retire os créditos ou redistribua sem os mesmos.


Publicado em 11.11.2017
[NEWS] BTS e UNICEF unem forças contra violência na campanha “Love Myself”
Artigos sobre o projeto Love Yourself feito pelo BTS e a Unicef.

Eles podem parecer leves mas BTS tem aparecido em peso nas paradas musicais norte-americanas e nos palcos japoneses. No dia 31 de outubro a sensação do k-pop e Big Hit Entertainment em parceria com o Comitê Coreano da UNICEF revelaram Love Myself, uma campanha de caridade anti-violência que tem sido desenvolvida por 6 meses.

Essa perspectiva é importante porque a diferença entre os slogans ‘Love Yourself’, mencionado na campanha do vídeo, e ‘Love Myself’ direcionado diretamente às vítimas. Crianças e vítimas de trauma de qualquer idade podem construtivamente se lembrarem dessa simples verdade; dizer ‘Love Myself’ para si próprias é algo que podem fazer, ou ao menos tentar. Amar a si mesmo é o primeiro passo para a recuperação e as hashtags #BTSLoveMyself e #ENDviolence tem como objetivo chamar seus fãs para a ação, levantando fundos para a UNICEF enquanto compartilham música, amor e um compromisso para melhorar o mundo.

Com essa campanha, BTS e seus dedicados fãs ao redor do mundo falam sobre reais dores e sofrimentos enquanto mobilizam a alegria da música para melhorar as vidas daqueles que mais precisam de ajuda.

A Billboard descreveu isso como “a mais recente em uma longa fila de parcerias nas quais celebridades coreanas e a UNICEF trabalharam.” A parceria de 2 anos garante 3% das vendas físicas de Love Yourself, todos os fundos arrecadados de “Love Myself”, um mínimo garantido totalizando mais de 447,000 dólares, e também doações diretas à UNICEF. A primeira coisa que aconteceu após o anúncio da campanha foi que o seu site saiu do ar pela procura imediata.

Para detalhes sobre a mensagem do grupo e parar se juntar a BTS e UNICEF ajudando crianças expostas à violência, visite love-myself.org.

 

Fonte: Grammys
Trans eng-ptbr; gabriela @ btsbr


Publicado em 24.10.2017
[NEWS] Exibição “Love Your BTS” mostra que está na hora de levar fã-artes de K-pop a sério
Uma das facetas principais do fandom, tendem a viralizar e tocar os [...]

Há um lugar para o conceito de fã-arte dentro dos corredores sagrados da Arte com A maiúsculo? O Amino, uma plataforma móvel de rede social, parece pensar que sim.

Fã-arte é uma das facetas principais do fandom, na qual um interesse escolhido se torna o lugar comum de todas as mídias e habilidades artísticas. Esses trabalhos costumam ser vistos em artigos que viralizam, abrangendo desde posters de filmes desenhados por fãs, fusões de pokémons, até a admiração do Foo Fighters por fã-arte “estranha”. Mas os superstars do k-pop, BTS, por acaso possuem uma base de apoio muito bem articulada chamada ARMY, que alertou o Amino para as possibilidades artísticas do trabalho desses fã-artistas.

Agora que o K-pop está se tornando mais viável criticamente – com resenhas de artistas como BTS, IU e Day6 no Spin, The New York Times e até no Hyperallergic – a fã-arte de k-pop parece estar propensa a seguir essa mesma trajetória depois de ter ganhado sua própria exibição.

O Amino sediou uma exibição de fã-arte para o BTS na sexta-feira (13 de outubro) e no sábado (14 de outubro) onde se encontrava antes a Galeria Lisa Cooley, na cidade de Nova York. A exibição conteve aproximadamente 174 obras, selecionadas pelas redes sociais através da hashtag #Love_Your_BTS, “ame o seu BTS” em tradução livre, uma brincadeira com o último álbum do septeto, Love Yourself: Her.

O evento foi parte de uma iniciativa do Amino de trazer um milhão de ARMYs para a plataforma. O Amino é uma versão móvel do Reddit que facilita o uso de imagens, e que permite aos usuários construir suas próprias comunidades – o solo perfeito para cultivar a  participação do fandom. Fundada em 2011, a start-up é fruto do cérebro dos co-fundadores Ben Anderson e Yin Wang, os quais foram inspirados pelas convenções de fandom na vida real, como a Comic Con, que juntam pessoas com gostos parecidos. As maiores comunidades do aplicativo giram em torno de Pokémon, motos e, claro, BTS.

Até a quinta-feira (19 de outubro), o Amino dos ARMYs tinha estimados 640.000 membros, com quase 3.000 comunidades temáticas do BTS – incluindo aquelas mais especializadas em algum nicho, como memes, ships ou rpg – se espalhando através de 6 línguas diferentes pelo aplicativo.

A explosão de atividade do fandom impressionou muito no Amino. “Tivemos uma reunião no começo do verão, na qual nós imprimimos muitas fã-artes para dar para alguém, e emolduramos elas. E eu estava simplesmente maravilhado com o quão incrível essas coisas são” conta Tyler Pennel, representante de marketing do Amino, à Billboard pelo telefone. “Pensamos assim, ‘Nós queremos dar uma plataforma adequada para todas essas coisas maravilhosas e ter certeza de que haja um espaço para isso, que fã-arte seja respeitada da mesma forma que outros tipos de arte.’”

Então, a companhia se planejou para curar uma galeria dedicada à fã-arte dos ARMYs. O projeto foi liderado por Angie Cho, uma estrategista de marketing sênior no Amino, cujo trabalho incluiu criar arranjos para a flor “smeraldo” twittada por Jin (que aparece amplamente em teorias dos fãs à respeito de Love Yourself: Her), e organizar uma cabine de ‘Feliz Aniversário’, onde os fãs podiam escrever cartas ao vocalista e dançarino Jimin (cujo aniversário foi no dia 13 de outubro, a sexta-feira da exibição).

Apesar do foco em fã-arte já não ser convencional, o evento divergiu ainda mais das normas de exibições em galerias. “Love Your BTS” não foi tanto sobre apreciar arte passivamente, mas sim sobre ser uma experiência de fã completa. Festas com dança surgiram ao redor de um projetor, a popular YouTuber de K-pop Jessica Gullasch (conhecida como The Jess Lyfe) fez vlogs com convidados e uma quantidade absurda de fãs arruinou qualquer chance de se manter no seu espaço pessoal.

Mas o foco se manteve firmemente nas obras, as quais foram criadas através de diferentes meios. Pennell diz que o time do Amino usou “um olho curatorial” para garantir a diversidade de conteúdo dentre as fã-artes dos ARMYs.

A mostra tocou na variedade de fã-artes que enchem as plataformas das redes sociais online. “Eu vi tantas abordagens artísticas diferentes de conteúdo do BTS – como estudos anatômicos das coreografia, quadrinhos baseados em novas piadas internas feitas em programas de TV, até mesmo ilustrações inspiradas na renascença e baseadas em conceitos de comebacks como ‘Blood, Sweat & Tears,’” diz a fã-artista Alison Thng (@kkumrii no Twitter), cujo trabalho foi exposto no evento “Love Your BTS.” “Nós constantemente ganhamos novas perspectivas sobre as personalidades deles e inspirações visuais de photobooks e vídeoclipes, então adaptamos isso para fã-arte. Colocamos eles em novos universos alternativos a cada comeback apresentado.”


A própria Thng possui um estilo único, que reflete os interesses dela em animes como Haikyuu!! e Boku no Hero Academia, o que pode ser enxergado em sua peça enviada ao “Love Your BTS”, compartilhada no Twitter. Seu trabalho é adepto de moldar as características facias de V e JungKook para um estilo marcante de anime – e ela habilmente mistura cores quentes, no intuito de capturar a tonalidade avermelhada vista no clipe de “Not Today”.

Contudo, a forma mais comum de fã-arte é o retrato realista, de acordo com Gullasch, que atribui a popularidade dessa forma de arte ao desejo dos fãs de “retratar o ídolo como ele é”. Catarina Abrantes (que é @funsizedcat no Twitter), outra fã-artista exposta na mostra, diz que o realismo é popular universalmente. “Não é só na fã-arte,” ela diz, “pessoas de todos os lugares apenas gostam de ver desenhos que são tão parecidos com a coisa de verdade.” Esse desejo pelo realismo é parte do que faz um evento na vida real tão especial para os fãs, e particularmente para os artistas.

Na maioria das vezes, Abrantes aborda as características faciais dos integrantes do BTS por um ângulo realista, ao mesmo tempo os incorporando à arredores mais imaginativos. Seu retrato branco e preto de Jimin foi inspirado por um tipo de fotografia que sobrepõe duas imagens juntas. “Eu foquei no rosto de perfil dele, no qual ele parece meio calmo, porque eu acho que ele é um tanto reservado quando não está no palco,” ela diz. “Mas quando está no palco, ele comanda todo mundo a olhar pra ele. Por isso o holofote.”

Sua arte digital se transformou quando o Amino a remodelou em cópias físicas, emolduradas atrás de acrílico. Sendo um objeto físico novo, o reflexo das luzes da galeria contra o vidro adicionou uma dimensão tátil que enfatizou o conceito de Abrantes do holofote – o que é uma das maneiras pelas quais o aspecto desse espaço, de ser de fato “na vida real,” transforma fã-artes, originalmente digitais.

“Para nós, artistas digitais, quando vemos nossa arte impressa, é um sentimento completamente diferente,” diz Abrantes. “Porque só vemos ela na tela. Então quando olhamos ela no papel, na nossa mão, é incrível… Eu não sei porquê, mas a tela é como – faz a gente sentir como se estivesse separado da arte.”

A fã-artista Xiao Zeng (@fabxiao no Twitter), cuja fã-arte em aquarela esteve exposta na galeria, diz que as redes sociais abrigam um tipo de sobrecarga sensorial que desencoraja os espectadores a realmente apreciar arte online. “Ás vezes eu fico com um pouco de medo de entrar no Twitter, porque tem tanta coisa acontecendo lá, não consigo processar direito,” ela diz. “Então, tem vezes em que as pessoas estão olhando o Instagram, e elas só voltam rapidinho, elas nunca param e se demoram ali, olham para a peça digital.”

Thng diz que uma galeria física pode ajudar a combater a ideia de que fã-arte não é “arte de verdade”. “Esse tem sido um argumento corriqueiro até nos dias de hoje,” ela diz. “As comunidades de fãs estão mudando isso com exibições de fã-arte como ‘Love Your BTS’ e eu sou muito grata, porque algo assim ajuda a reforçar que o conteúdo artístico vêm em todas as formas e de qualquer inspiração.

O mundo da arte zomba do que é feito pelos fãs por algumas razões. Fã-arte é, por definição, referencial. Pessoas de fora do fandom podem não enxergar sua profundidade porque não entenderão alusões extremamente específicas, à exemplo da representação impressionista do clipe de DNA, feita por Zeng. De um ponto de vista crítico, fã-arte pode não ser vista como interpretativamente rica. A função primária dessa arte é expressar amor por um dado interesse, e isso é algo que não é amplamente visto como um valor artístico respeitável.

Abrantes diz que os espectadores subestimam o assunto da fã-arte porque este é visto como um derivado. “As pessoas online às vezes pensam, ‘Ah, você faz fã-arte, é porque você não tem imaginação, é porque você não tem personagens originais e tal,’” ela fala. “Fã-arte, no geral, é uma coisa bem presente na internet, mas ao mesmo tempo, estamos muito separados de todo mundo.” A super segmentação das comunidades na internet faz com que fã-arte dedicada ao BTS seja um fenômeno restrito em si mesmo, no qual o interesse pela arte é altamente dependente do interesse pela banda nela representada.

De fato, agora a principal coisa que parece diferenciar fã-arte de K-pop da aclamada arte de verdade é não ter as pessoas certas para a levarem a sério. Em uma reportagem do New York Times de 20 anos atrás, sobre quem decide quais trabalhos contam como arte, um crítico da época, Thomas McEvilley, disse ao jornal, “Agora parece bem claro que quase qualquer coisa pode ser chamada de arte. A questão é, a coisa foi chamada de arte pelo aclamado ‘sistema da arte?’ No nosso século, isso é a única coisa que faz da arte, arte.”

Mas a super segmentação da internet, de certa maneira, descentralizou o poder à muito tempo retido pelas elites do mundo da arte. A exibição “Love Your BTS” recebeu mais de 2.500 fãs ao longo de dois dias. O simples número de ARMYs no geral – o BTS é o ato coreano mais seguido no Twitter, com mais de 9 milhões de seguidores – pode se provar útil em legitimar a fã-arte do grupo. “O fandom do BTS hoje em dia – Eu aposto que é o maior fandom de K-pop que já existiu,” diz Zeng.

“Conteúdo feito por fãs une as pessoas, e os artistas se tornam capazes de expressar não apenas como eles veem as pessoas que admiram, mas também de incorporar elementos artísticos. Sendo esses a fim de adicionar mais mágica e emoção à profundidade infinita que a arte fornece numa tela,” reforça Thng. “Ter seu trabalho selecionado ou incluído numa exibição é algo te faz ficar muito grato, faz você perceber que a fã-arte pode dar um passo à frente, quando comunidades de juntam para fazer isso acontecer.”

E todos os fã-artistas que as Billboard entrevistou veem ter o espaço de uma galeria na vida real como algo que legitimiza a fã-arte. “Eu acho que isso definitivamente eleva a fã-arte a um outro nível,” diz Zeng. “Porque se você pensa em galerias, você pensa primeiro no MoMA (Museu de Arte Moderna) ou no Met (Museu Metropolitano de Arte), sabe, esses museus de alta-qualidade, com artistas renomados. Mas mostras em galerias evoluíram e mudaram ao longo dos anos, então eu acho que uma galeria de fã-arte é algo definitivamente aceitável. Se existe uma cultura, existe uma comunidade que vai apreciar a arte [vinda dessa cultura].”

 

Fonte; Billboard
Trans eng-ptbr; VenomQ @ btsbr


Publicado em 24.10.2017
[INFO] O BTS é destaque na Caretas, uma importante revista peruana
A revista mencionou BTS como "um dos mais reconhecidos de K-Pop".

Caretas, uma importante revista peruana menciona o BTS em um de seus artigos. “O BTS é um dos mais reconhecidos grupo masculino de K-Pop em todo o mundo”.

via; BTS_National


Publicado em 14.10.2017
[#HappyJiminDay] Feliz Aniversário, ChimChim!
Artigo original em comemoração aos 22 anos do Jimin.

13 de outubro de 2017. Primavera. Época de Comeback. De conquistas, vitórias. Quando eu penso que há um ano atrás estive nessa mesma posição de escrever algo que pudesse fazer jus à pessoa que você é, celebrar a sua existência… Há um ano atrás foi muito mais difícil. Você mesmo me cantou qual seria a melhor forma de te celebrar neste dia.

Serendipidade. Uma boa descoberta por acaso. O acaso te uniu a outros seis garotos, o acaso te fez alcançar o inimaginável. O acaso te trouxe até mim. Você sabe, eu sei. 

Park Jimin, recentemente descoberto como a própria personificação do Pequeno Príncipe de Antoine de Saint-Exupéry. O mesmo Pequeno Príncipe que durante toda a minha vida tive como o meu conto preferido. Que serviu como abrigo não apenas quando criança, mas principalmente na vida adulta. Não me surpreende que este mesmo abrigo, hoje, seja você.

“É preciso que eu suporte duas ou três larvas se quiser conhecer as borboletas.”

Você suportou as suas larvas – e não foram poucas, não é mesmo? As larvas mais difíceis de suportar e superar, foram as que você mesmo criou. Mas é tão gratificante te ver livre com suas borboletas nesse momento, Jimin. Hoje você é a sua pessoa favorita. Você sempre foi a minha, desde a primeira vez que te vi sorrir.

“É preciso exigir de cada um, o que cada um pode dar.”

Eu sempre fui uma pessoa extremamente exigente comigo mesma, sei que a maior parte da sua vida você também foi consigo mesmo. Não mais. Você sabe do que é capaz. Seus pequenos dedos alcançam muito mais do que você um dia imaginou. Sua arte transcende o inimaginável. Você sabe o que pode dar. Sorte a minha, que não recebo nada menos que o mundo vindo de você.

“O essencial é invisível aos olhos, e só se vê bem com o coração.”

Seus ARMYs foram agraciados com o dom de te ver roubar a cena e todos os olhares por onde quer que você passe. Jimin, você capturou a todos nós. Somos seus. O mundo é seu. Você é essencial. Único. Inigualável, Pequeno Príncipe. Você é a minha penicilina. Você me salvou, meu anjo, meu mundo.

“Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas.”

Eu me sinto responsável por você, pela sua felicidade, pelo seu bem estar. Enquanto você quiser receber meu carinho, eu vou estar aqui para te oferecer ele. E sei que é mútuo. Nós te cativamos. Somos igualmente responsáveis um pelo outro. Desde que o mundo se formou, tudo foi planejado. Me deixe te amar.

Espero que esse você tenha tido um dia tão incrível o quanto você é. Espero que com a realização de um grande sonho, enquanto você está nesse momento no Japão pro seu primeiro Dome, você tenha mais uma vez o melhor momento da sua vida. Jimin, Chim, Minnie. Pequeno Príncipe. Mochi. Calico cat. Moonchild. Nada disso é coincidência, o mundo está diferente do que era ontem apenas com a sua alegria. Feliz Aniversário.

— Caroline Piazza

★ Não deixe de acompanhar a Bangtan Brasil no dia de hoje para relembrar alguns dos momentos mais marcantes ao lado do nosso Jiminnie. Aproveite também para o conhecer melhor! Acompanhe a hashtag e a @BTS_BR no Twitter e deixe mensagens bonitas para o nosso Mochi. <3

★ Texto por Caroline Piazza @ BTSBR Administração e arte por Deska @ BTSBR Design. Por favor, não retire os créditos ou redistribua sem os mesmos.


Publicado em 13.09.2017
[#HappyNamjoonDay] Feliz Aniversário, RapMon!
ARTIGO ORIGINAL EM COMEMORAÇÃO AOS 23 ANOS DO RAP MONSTER.

Em seu discurso no último dia de shows da 화양연화 On Stage, Kim Namjoon disse para o público que todos nós temos galáxias dentro de nós. Deu exemplos de pessoas comuns, animais e objetos, e concluiu que tudo que nós vemos e tocamos tem a sua galáxia especial.

Em sua longa e difícil trajetória como artista, essa não foi a única vez em que Namjoon se referiu às pessoas que o ouvem como únicas e extraordinárias. É possível ver essa mensagem se repetindo em toda arte que produz, em tudo que faz. Isso faz com que ele se torne não apenas um líder único, mas uma pessoa com uma visão de mundo maravilhosa; uma visão que ele próprio tenta partilhar o máximo que pode.

Kim Namjoon foi a fonte inspiradora para grupo de artistas que amamos e respeitamos hoje. Foi a espinha dorsal do projeto que um dia se tornaria o significativo e bem-sucedido BTS que conhecemos. Nós, ARMYs, que acompanhamos esses meninos e vemos neles razões para sermos pessoas melhores todos os dias, devemos a nossa existência como fandom a esse homem brilhante que nos inspira todos os dias.

Além de seu cérebro fascinante e seu dom para a liderança está uma preocupação peculiar em transmitir mensagens que valem a pena serem ouvidas. Há uma pessoa que se inspira com seus próprios fãs para produzir a arte que ama. Há uma fonte inextinguível de gratidão, força e paixão pelo que faz. Essa paixão pode ser sentida em cada música que compõe e cada letra que escreve. Há também um líder que se cobra constantemente para ser o melhor que puder para seu grupo; como quando questionou, logo após ganhar o Billboard Music Award de Top Social Artist, se não deveria deixar os outros integrantes falarem mais, mesmo sendo o único falando inglês. A preocupação de dar voz ao resto do grupo, traduzir seus sentimentos da melhor forma possível e passar uma boa imagem é o que fazem de Kim Namjoon o melhor líder que poderíamos ter para o BTS.

Ao nos pedir para acreditarmos em nossas galáxias, Namjoon nos dá a força e a confiança necessárias para sermos as melhores versões de nós mesmos, uma ambição que ele próprio demonstra ter. Ao compartilhar seus pensamentos conosco, está nos tratando como amigos próximos que passam pelas mesmas coisas e merecem alguém para conversar. Essa relação que Namjoon faz questão de estabelecer apenas mostra como a sua galáxia é extraordinariamente brilhante, e ao expandi-la para o mundo em forma de música, faz com que vejamos cada vez mais a beleza das estrelas que nós mesmos temos dentro de nós.

We love you, Namjoon.

— Gabriela Gonçalves.

★ Não deixe de acompanhar a Bangtan Brasil no dia de hoje para relembrar alguns dos momentos mais marcantes ao lado do nosso Líder. Aproveite também para o conhecer melhor! Acompanhe a hashtag e a @BTS_BR no Twitter e deixe mensagens bonitas para o nosso Joonie. <3

★ Texto por Gabi @ BTSBR Design/Tradução e arte por L. Emi @ BTSBR Design. Por favor, não retire os créditos ou redistribua sem os mesmos.


Publicado em 02.09.2017
[#HappyJungKookDay] Feliz Aniversário, Golden Maknae!
ARTIGO ORIGINAL EM COMEMORAÇÃO AOS 20 ANOS DO JUNGKOOK.

No limit in the sky that I won’t fly for ya. No amount of tears in my eyes that I won’t cry for ya. Não há limite no céu, que eu não voe por você. Não há quantidade de lágrimas em meus olhos que eu não derramaria por você.

É curioso pensar que mais um ano se passou, novamente estamos aqui celebrando o seu dia, mas como de costume, é você que nos presenteia. 2U. Pra você. Sempre pra nós, não é, Jeon Jeongguk? Todas as vezes em que nos presenteia, fica evidente a relação mútua de amor e respeito incondicionais. Sempre pensando em nós, dando o seu melhor por nós. Sejam seus ARMYs, seus Hyungs, sua família… Com esse sentimento de que é tudo por nós, hoje esse espaço é sobre você

I want to be your singer forever. Eu quero ser o seu cantor para sempre.

Jeon Jeongguk, JungKook, JK, Nochu, Golden Maknae. Natural de Busan, nascido no primeiro dia do mês de Setembro, os traços de um bom virginiano sempre muito evidentes em sua personalidade e características. Sem nos aprofundarmos na astrologia, é melhor me ater estritamente ao fato de que você realmente parece feito de Ouro, ou melhor, você quis tornar-se Ouro. E bom, não existem muitas coisas ao qual você pode se dar o luxo de dizer que não tenha alcançado no auge de seus 20 anos.

Você quis cantar, você quis dançar, você quis conquistar inúmeras coisas; Foi ambicioso o bastante para alcançar cada uma delas. Conquistar e ir além. Muito além do que imaginavam pra ti, mas não menos do que você sabe ser capaz. Seu desejo é ser a trilha sonora das nossas vidas enquanto houver voz. O nosso desejo é ouvi-lo enquanto quiser nos agraciar.

I’d rather die than live without passion. Eu prefiro morrer a ter que viver sem paixão.

Inspirador. Você é simplesmente inspirador, a inspiração em sua melhor forma. Deixou seus pais e seu irmão tão cedo, foi para a capital, se ajustou a um grupo de pessoas ao qual mal conhecia e tudo em busca de um sonho. Atravessou continentes, enfrentou idiomas que não são o seu e não cansa de simplesmente nos inspirar. O menino tímido, que mal se fazia ouvir, esperava seus companheiros dormirem para que pudesse fazer atividades básicas… Você sabia que teria o mundo em suas mãos, Jeongguk. Era questão de tempo e ele não demorou a te agraciar. Foi pela sua paixão, afinal, você mesmo disse que não vive sem ela. Que é o que te move, não é mesmo? É o que te leva a virar noites aprendendo novas línguas, treinando a sua pronúncia, buscando formas de retribuir até os menores gestos dedicados à ti. É a paixão que transcende no teu olhar em cima de um palco e faz questão de enxergar cada uma daquelas pessoas que te ovacionam. Inspirador.

I feel safe having six hyungs around me. Eu me sinto seguro tendo seis hyungs ao meu redor.

Segurança é o que você sente com os seus companheiros, segurança é o que você transmite não só para eles, mas também para nós. Milhares, milhões, incontáveis “nós”. Segurança por termos a oportunidade de ver a pureza em cada uma das suas ações, seja ela levando sanduíches para alimentar o elenco enquanto participa de uma gravação de variety ou quando derrama lágrimas em frente aos seus hyungs por simplesmente não saber como ajudá-los, não ter controle para tornar as coisas mais fáceis para aqueles que tanto ama.

Você transmite segurança, como voltar para casa depois de um dia exaustivo mundo afora. E você tem consciência. E não se exime de responsabilidade. E é de ouro. Você é puro ouro.

Mais um ano se inicia, um novo ciclo de conquistas por vir. Estaremos aqui. 2U. Para você, por você. Feliz aniversário, pirralho. O prazer é todo meu em acompanhá-lo, ter me rendido aos seus encantos e dizer o quanto te amo e o quero bem.

— Caroline Piazza.

★ Não deixe de acompanhar a Bangtan Brasil no dia de hoje para relembrar alguns dos momentos mais marcantes ao lado do nosso Maknae de Ouro. Aproveite também para o conhecer melhor! Acompanhe a hashtag e a @BTS_BR no Twitter e deixe mensagens bonitas para o nosso Nochu. <3

★ Texto por Caroline Piazza @ BTSBR Administração e arte por L. Emi @ BTSBR Design. Por favor, não retire os créditos ou redistribua sem os mesmos.


Publicado em 24.08.2017
RM e seu amor pelos livros
Rap Monster tem o costume de recomendar os livros que ele gosta de ler.

Mesmo com uma agenda apertada e cheia de compromissos, entre idas e vindas de aeroportos, sessões de foto, entrevistas, shows, gravações… o líder do BTS é conhecido por sempre carregar um livro consigo e sua motivação e paixão pela literatura já até inspirou conceitos passados do grupo, como foi o caso de WINGS, baseado em Demian de Hermann Hess, que levou vários fãs às livrarias na intenção de entender mais profundamente a mensagem transmitida pelo septeto.

O interesse e paixão pela leitura surgiu muito antes de Namjoon se tornar um idol sobre o stage name Rap Monster, e ele mesmo já disse diversas vezes que esse hábito o influenciou imensamente como um artista.

O rapper tem o costume de recomendar os livros que gosta e lê nas lives que ele realiza para se comunicar mais diretamente com os ARMYs através do Vapp, e alguns escritores como Haruki Murakami, Milan Kundera, Franz Kafka entre outros aparecem constantemente entre as recomendações do artista.

Rap Monster também procura amadurecer e aprender com suas leituras, depois de receber algumas críticas sobre letras de músicas com teor machista e se desculpar pelo erro, ele procurou se aprofundar na questão e recomendou um livro de Tony Porter, um dos co-fundadores de “A Call to Men”, uma organização que trabalha para combater a violência contra mulheres e promover uma atitude mais saudável e moderna sobre o conceito da masculinidade.

Entre outros livros famosos que RM já leu e recomendou estão o romance best-seller “Como Eu Era Antes de Você”, a série de humor e ficção científica “Guia do Mochileiro das Galáxias” e  o aclamado “Apanhador no Campo de Centeio” que retrata um jovem de 16 anos e toda confusão e angústia com que tem de lidar.

 

Fonte: Soompi
Trans eng-ptbr; Bia Rehm @ btsbr