btsbr.co.vu/archive & btsbr.wordpress.com
SITE: Bangtan Brasil - Fã Base
VERSÃO: 1.4 - SPEAK YOURSELF
DESDE: 29.03.2013
VISITAS: 5.272.752 ARMYs
Bulletproof Boy Scouts (em coreano: 방탄소년단) é um grupo masculino sul coreano de hip-hop formado pela Big Hit Entertainment. Geralmente conhecidos como BTS, são também chamados de Bangtan ou Bangtan Boys. Eles estrearam em 13 de junho de 2013 com sua... LEIA MAIS
SEJA BEM VINDO À BANGTAN BRASIL, A PRIMEIRA E MAIOR FÃ BASE BRASILEIRA DO BTS. FEITA DE FÃ PARA FÃ!

Categoria: Artigo

Publicado em 25.10.2018
As estranhas teorias da conspiração sobre o BTS 🧐
Com a popularidade do BTS histórias esquisitas se espalham entre seus fãs

Enquanto BTS viaja o mundo com a sua BTS World Tour: Love Yourself, sua – já enorme – fanbase cresce cada vez mais.

A popularidade do grupo levou a uma maior cobertura da mídia, rumores sobre seus integrantes e crescimento na quantidade de teorias da conspiração que os cerca

Isso não é algo incomum – celebridades e grupos como Katy Perry, Beyoncé, One Direction e os Beatles tiveram histórias esquisitas espalhadas entre seus fãs.

IMG 01

As teorias da conspiração em relação ao BTS abordam desde rumores de um oitavo integrante “invisível” à existência de um culto.

Quer saber mais sobre as histórias bizarras que giram em torno do BTS? Aqui estão as teorias da conspiração mais estranhas do grupo.

Existe um culto do BTS

BTS possui uma fanbase enorme e extremamente leal, mas alguns fãs pensam que existe mais do que apenas amor. Teóricos da conspiração afirmam que, além de laços com símbolos Illuminati, o grupo é composto por  7 integrantes.

Usando matemática simples, 7 – 1 = 6, um número que muitos associam ao diabo.

Além disso, alguns fãs já repararam no uso de fogo e outros possíveis simbolismos demoníacos em MVs do BTS.

Aqueles que acreditam na conspiração forçada de um culto do BTS dizem que a maior prova está no MV da música “FAKE LOVE”. No vídeo, JungKook aparece andando em direção ao seus companheiros de grupo que se encontram vestindo capuzes.

Em um outro momento do vídeo os integrantes colocam máscaras venezianas e somem atrás de uma cortina. Aqueles que acreditam na existência de um culto associam essa cena à teoria também.

As imagens oficiais do BTS escondem mensagens secretas

Especuladores da conspiração do culto não são os únicos que tentam ler a mais do que é transmitido pela imagem do grupo. Muitos fãs acreditam que o septeto está enviando mensagens secretas por meio de suas fotos oficiais.

Recentemente, a banda de K-pop divulgou as fotos conceituais do seu álbum, Love Yourself: Answer. As imagens mostravam cada um dos integrantes em um pequeno quarto vermelho com diferentes objetos – entre eles câmeras, mãos e olhos – saindo das paredes em direção à cada um. Os fãs do BTS acreditam que o grupo quis passar uma mensagem sobre a pressão da fama com o conceito das fotos.

Já outros viram as fotos como uma expressão política, fazendo um paralelo com a famosa obra de George Orwell “1984.” Essa conspiração surge tanto das fotos, como de um estranho símbolo contendo o ano da obra nas jaquetas usadas pelos integrantes.

Em uma tentativa de invalidar essa teoria, alguns fãs mostraram que as jaquetas usadas pelo grupo em cada foto é da marca Dolce & Gabanna, que foi fundada em 1984. No entanto, alguns viram esse fato como uma prova a mais para a teoria.

Jin consegue viajar no tempo

Talvez uma das teorias da conspiração mais famosas do BTS está na ideia de que Jin, um dos sete integrantes, é um viajante do tempo. Essa teoria está relacionada com o fato de todos os MVs do septeto estarem conectados de certa forma.

Alguns fãs acreditam que as semelhanças são uma referência ao chamado “Efeito Borboleta”, uma famosa teoria do caos que dita que uma pequena mudança em uma pequena área pode ter efeitos muito maiores em outros eventos. O título da teoria é baseado na sugestão original de que o bater de asas de uma borboleta poderia causar um furacão.

A teoria criada pelos fãs do BTS menciona que cada integrante do septeto tem seu próprio enredo no videoclipe de “I Need U”. E em todos os vídeos após esse, pequenas mudanças impactaram a história de cada integrante de diversas formas.

Fãs acreditam que todos os enredos terminam em Jin, o que significa que este é o viajante do tempo do grupo.

Outras evidências dessa teoria podem ser vistas no vídeo “On Stage: Prologue,” no qual V pula de uma plataforma elevada para a água. Mas, no vídeo de “Euphoria,” é possível ver Jin pulando em seu lugar.

Outra teoria relacionada, determina que Jin tem a capacidade de transferir seus poderes para seu colega de grupo JungKook.

BTS tem um oitavo integrante invisível

Outra teoria da conspiração relacionada ao BTS que é muito popular é de que o grupo possui um oitavo integrante invisível. Essa teoria deriva de uma foto antiga do grupo, antes de serem lançados pela BigHit.

Nela, os sete integrantes atuais do BTS  e mais uma outra pessoa podem ser vistos. Esse outro homem é chamado de Supreme Boi.

Ele não é o oitavo integrante do grupo, mas é um produtor que já trabalhou com o BTS em diversas músicas. Supreme Boi foi considerado para entrar para o grupo de K-pop, mas no final não foi chamado.

Mesmo assim, alguns fãs acreditam que BTS era para ter sido um grupo de oito integrantes, e, por isso, sentem a presença de uma oitava pessoa. Aqueles que acreditam nessa teoria afirmam que muitas fotos do grupo junto possuem um espaço vazio onde a outra pessoa estaria.

Também foi sugerido que os pertences que o grupo queima no videoclipe de “I NEED U” são do integrante “invisível”. Alguns raros fãs acreditam que esse oitavo integrante possa ter morrido, embora não haja evidências que apoiem essa teoria.

BTS está sendo assombrado

Um fã fervoroso do grupo criou uma assombrosa teoria da conspiração que chamou a atenção de outros fãs. A usuária do twitter @Taesanpanman sugere que o grupo possa estar sendo assombrado, mostrando diversas provas que apoiam sua afirmação.

Ela inicia seu argumento com a mensagem: ‘Não leve isso a sério hmmm, eu só quero juntar todos os vídeos e evidência que mostram nossos garotos sendo “assombrados”.’

Ela fala que algumas das “provas” que twittou vieram de outros usuários do twitter e que talvez não sejam concretas antes de compartilhar diversas fotos de sombras ao redor do grupo e informação sobre supostos hotéis mal assombrados onde o septeto já se hospedou.

 

 

Fonte: Dailymail
Trans eng-ptbr; fer zloccowick @ btsbr


Publicado em 24.10.2018
Confira 7 lugares em Seul que são perfeitos para a sua ARMY tour
Se você é fã do BTS e quer conhecer a Coreia, você precisa visitar esses lugares!

Na Coreia, fãs de K-Pop às vezes fazem a chamada dukhoo tour. Basicamente, significa “tour de fã.” Eles identificam lugares públicos que já foram visitados pelos seus ídolos favoritos e planejam toda a programação do dia dedicada a eles!

Nós temos certeza que na longa lista de sonhos do ARMY, visitar a Coreia está em uma posição bem alta. E nós temos ainda mais certeza que visitar lugares relacionados ao BTS toma grande parte dessa lista. Se você está balançando a cabeça afirmativamente enquanto lê isso, então felizmente, nós juntamos alguns desses lugares em uma lista para quando você tiver a oportunidade de visitar a Coreia, seja capaz de encontrá-los sem muito esforço.

1. Yoojung Sikdang

Lembram de quando não conseguíamos parar de chorar após BTS ter ganhado seu primeiro daesang, ou quando apresentaram “Born Singer” no 2017 WINGS Tour Final, em Seul? Yoojung Sikdang tem um lugar especial no coração dos integrantes do grupo. É um dos seus restaurantes favoritos depois de horas de ensaio intenso durante a preparação para a estreia do grupo, mas também serve como um lembrete do humilde passado do grupo para ARMYs.

1.jpg

Durante o reality show “Rookie King”, os integrantes comentaram sobre o restaurante e seu dono com orgulho, que sempre foram tratados como filhos. RM disse, “Durante as férias, nós comíamos até duas vezes por dia aqui.” SUGA completou, “A comida do dono parecia a comida caseira da minha mãe.”

Em uma entrevista, o dono comentou, “Eu os amo como se fossem meus filhos. Eles são todos tão educados e gentis.” Ele continuou: “Eu realmente acredito que eles serão bem-sucedidos. Eles são tão educados e felizes. Eu acho mesmo que se darão bem. Tem que dar!”

Literais lágrimas correndo pelo nosso rosto agora.

2.jpg

Embora Yoojung Sikdang seja famoso pela sua carne de porco grelhada e wraps, também oferece refeições mais em conta, perfeitas para o rush do almoço de Seul. Durante minha visita, eu pedi o budae jjigae (um ensopado coreano) e o meu amigo pediu um ensopado de tofu light. Ambas as refeições estavam deliciosas, e em cada canto do restaurante haviam banners, adesivos, e até meio que um altar para o BTS. O restaurante estava cheio de ARMYs, trabalhadores de escritórios próximos, e pessoas da comunidade.

3.jpg

4.jpg

5.jpg

 

Endereço: 서울특별시 강남구 논현동 8-8

Como chegar: Saia na estação Hakdong pela saída 7. Continue andando em frente por uns 10 minutos até ver a Fotton Garment à direita do outro lado da rua. Quando a ver, vire à esquerda na primeira rua e continue andando. Vire na primeira à direita e ande até ver Yoojung Sikdang.

2.Loja da BT21 LINE + Café

A loja e o café do BT21 é um destino óbvio para qualquer ARMY, mais jovem ou mais velho. Embora os produtos da marca possam ser encontrados em várias lojas da LINE por Seul, a de Itaewon especificamente é especial, já que foi nessa onde Tata, RJ, Chimmy, Cooky, Mang, Shooky e Koya – e o robô espacial Van – nasceram, desenhados pelos próprios integrantes.

6.jpg

O segundo andar tem uma área somente para roupas, bonecos, acessórios e outros produtos do BT21, enquanto o terceiro tem o café próprio da LINE. Uma parte do terceiro andar é dedicada exclusivamente ao BT21, então tire todas as fotos que quiser e até mesmo sente no lugares em que o BTS sentou quando criaram esses personagens fofos!

7.jpg

8.jpg

Não se esqueça de também provar as bebidas especiais com tema do BT21. Eu comprei a bebida “Chimmy” de manga, que também veio com um cartão postal do Jimin. Foi fofo e refrescantemente delicioso!

9.jpg

10.jpg

11.jpg

 

Endereço: 서울특별시 용산구 이태원로 200

Como chegar: Desça na estação Itaewon pela saída 3. Vá em frente até ver a loja da LINE! A loja específica do BT21 é no segundo andar, e o café é no terceiro.

3.Piscina abandonada na Seoul National University

Se você é um entusiasta de The Most Beautiful Moment In Life como eu, você irá chorar (insira aqui aquele verso do RM em “Fake Love”) lágrimas de pura tristeza nesse próximo destino, já que essa foi uma das locações do MV “HYYH on Stage: Prologue.” Lembra quando os meninos estavam aproveitando suas juventudes, jogando golfe e dançando numa piscina vazia e cheia de mato? Essa piscina abandonada na Seoul National University é onde eles conseguiram todos esses quadros nostálgicos.

12.jpg

13.jpg

14.jpg

Mesmo que várias pessoas tenham adicionado suas próprias criações nas paredes cobertas de grafite, diversas artes que apareceram no vídeo ainda podem ser encontradas lá hoje. A piscina tem um charme místico e rústico, como se o tempo tivesse parado desde que foi abandonada. É necessário um pouco de esforço para chegar lá, mas vale à pena.

15.jpg

16.jpg

 

Como chegar: Desça na estação da Seoul National University pela saída 3. Siga em frente até ver o ponto de ônibus 5513. Pegue o ônibus 5513 até parar no Instituto de Pesquisa de Engenharia Genética (a identificação da parada é 21-227). Ande até o prédio/estacionamento à direita, e ache uma escada que sobe uma trilha de montanha. Continue seguindo até o final e chegará no prédio da piscina. Você deve encontrar as escadas para a piscina abandonada após vasculhar um pouco a área.

4.Café &gather

Ah, sim, episódio 45 do “Run BTS!” – outro episódio caótico em que Jin está vestindo uma fantasia de Cooky enquanto os outros usam uniforme completo de barista. O que é outro dia normal na vida de Bangtan, sinceramente.

17.jpg

ARMYs que assistiram esse episódio saberão que mesmo que tenha sido divertido com a fantasia absurda de Jin, os meninos se esforçaram ao tentar criar seus próprios tipos de bebidas com café. No Café & gather, ARMYs poderão ver onde os meninos colocaram todo o seu sangue, suor e lágrimas para levar suas bebidas à perfeição.

18.jpg

19.jpg

20.jpg

Eu tive a oportunidade de ir ao café durante um evento para o aniversário do Jimin e ganhei um protetor de copo especial após comprar um rosy latte (o café do Jin!). O café também tinha um cantinho dedicado ao Jimin.

21.jpg

22.jpg

 

Endereço: 용산구 한남동 96-3

Como chegar: Saia na estação Hannam pela saída 1. Ande na mesma rua até ver uma loja de conveniência GS25. Ali, vire à direita e continue andando até chegar ao primeiro sinal para atravessar rua. Atravesse, e continue andando até encontrar o café à sua esquerda.

5.Laundry Pizza

Laundry Pizza é onde o BTS tirou as fotos para os conceitos de “Love Yourself: Her.” Embora possa parecer uma lavanderia retrô, é uma pizzaria!

23.jpg

24.jpg

Aproveite um pedaço de pizza enquanto confere toda a decoração vintage do restaurante!

25.jpg

26.jpg

27.jpg

 

Endereço: 서울 강남구 봉은사로4길 22

Como chegar: Saia na estação Sinnonhyeon pela saída 4 e vire imediatamente à direita (você deve ver uma clínica da Next Plastic Surgery antes de virar). Quando ver a loja de conveniência CU, vire à esquerda e continue andando até ver Gyoza In Seoul. Então vire à direita e ande até chegar na Laundry Pizza, Double Trouble ou Brotherhood Kitchen, já que são todos no mesmo prédio. Laundry Pizza é no andar abaixo do térreo.

6.VT Pink House

A VT Pink House é uma confeitaria para a marca de cosméticos VT, mas também é tão coberta de pôsteres e fotos do BTS que podia muito bem ser um café do BTS! Localizada no coração de Hongdae, a VT Pink House vai ocupar bastante espaço nas suas “fotos de Tumblr” devido simplesmente à beleza do lugar que você pode fotografar enquanto aproveita uma bebida doce.

28.jpg

29.jpg

30.jpg

31.jpg

O café recentemente adicionou uma imagem do BTS nas suas paredes exteriores, então se certifique de tirar algumas fotos aqui também!

32.jpg

 

Endereço: 서울특별시 마포구 와우산로29가길 84

Como chegar: Desça na estação de Hongik University pela saída 9. Vire à esquerda quando encontrar a primeira estrada com um ABC Mart, e continue andando até chegar em frente à loja MCM. Vire à direita, e continue andando até ver o Café Monobloc. Aqui, vire à esquerda e deve ver a VT Pink House depois de mais alguns passos!

 

7.Star Gallery na Lotte Department Store

Um lugar extremamente turístico mas também essencial para a sua viagem em Seul é a Star Gallery na Lotte Department Store. Se você é multifandom, está com sorte, já que pode se rodear de não somente BTS, mas também TWICE, Super Junior, e EXO!

33.jpg

34.jpg

Voltando aos nossos meninos – uma vez que você entra na Star Gallery, poderá se sentir o mais próximo possível deles sem invadir o seu espaço, por meio de um molde de mão! Como pode ver, V tem mãos absurdamente grandes, enquanto as do Jimin são tão pequeninas quanto se imagina. Embora não possamos conhecê-los em pessoa, esse molde serve como uma ótima maneira de nos sentirmos mais próximos dos nossos meninos.

35.jpg

36.jpg

 

Endereço: 서울특별시 중구 을지로 30

Como chegar: No subterrâneo da estação Euljiro 1-ga, vá para a saída 7, mas não suba. Ao invés disso, vá para a entrada da Lotte Department Store. Passe pelos restaurantes de fast food e vire à esquerda até encontrar as escadas rolante. Suba para o primeiro andar, saia pela saída 4 e verá a Star Gallery logo em seguida!

 

Esses são apenas sete dos incontáveis lugares relacionados ao BTS pela Coreia. Há ainda mais fora de Seul, também. Eu sei, nós mal podemos esperar para fazer uma parte 2 nessa ARMY tour.

Qual desses lugares mais te interessou? Nos diga nos comentários!

Fonte: Soompi
Trans eng-ptbr; gabriela @ btsbr


Publicado em 24.10.2018
A importância do BTS: Do deserto, ao oceano, para o mundo
A trajetória do maior grupo do mundo é diferente do que se espera

Em junho, “Magic Shop” do BTS ecoava em um Centro de Crise Residencial, nos Estados Unidos. E não foi um fã do BTS que pediu pela música, que carrega uma mensagem esperançosa. Foi um garoto de seus 20 e poucos anos, sobrevivente de uma tentativa de suicídio, que pediu para o consultor do Centro tocar a música coreana durante uma aula de musicoterapia. Descrevendo a música como “linda”, ele cantou junto.

O caso reportado pela imprensa coreana em setembro mostra que o sucesso do BTS vai além da sua performance nos charts e dos shows esgotados. Pessoas de todo o mundo têm compartilhado histórias incríveis sobre como a música do grupo os ajudou a superar as dificuldades da vida.

Em outra instância, uma usuária do Twitter expressou sua gratidão ao BTS em setembro, compartilhando como a música “4 O’Clock” ajuda a acalmar seu filho autista.

Não há dúvidas que a música do BTS está fazendo ondas ao redor do globo. Entretanto, o grupo teve que atravessar um deserto para subir aos altos escalões da indústria global de música.

Atravessando o deserto

Em setembro de 2010, uma audição chamada “Hit It” foi realizada para escolher os futuros integrantes do BTS. Em junho de 2013, RM, Jin, SUGA, J-Hope, Jimin, V e JungKook fizeram o debut como Bangtan Sonyeondan, que se traduz para “Bulletproof Boy Scouts”, após serem trainees da BigHit Entertainment por três anos.

Transbordando energia e espírito hip-hop, o grupo rookie ambicioso declarou no seu show de debut “Nós vamos sobreviver até o final.”

Mas não foi um começo fácil. No começo da carreira, os rappers do BTS eram considerados comuns, e os pessimistas ridicularizavam o nome do grupo por ser muito “infantil”. Alguns dos integrantes chegaram a receber comentários negativos sobre sua aparência.

Além disso, o BTS não veio de uma agência da “Big 3” — SM Entertainment, YG Entertainment e JYP Entertainment. Chefiada por um ex-produtor da JYP, Bang Si-hyuk, a relativamente pequena agência chamada BigHit Entertainment abrigava apenas dois artistas, incluindo o BTS, na época.

Por essas razões, muitos previram que o grupo não sobreviveria no cruel mundo do K-Pop.

Em “Sea”, o rap de SUGA diz: “Eu achei que aqui fosse o oceano, mas na verdade, é um deserto. “Idol comum com nada de especial de uma companhia pequena” era meu segundo nome. Incontáveis vezes removidos das gravações de apresentações, o lugar vago de outra pessoa era o nosso sonho. Algumas pessoas diziam “esses garotos nunca vão conseguir”, porque nossa agência era muito pequena. Eu sei, eu sei, eu também sei, aquele tempo em que nós sete precisávamos dormir no mesmo quarto com a boba esperança de que amanhã, amanhã o dia será melhor. Víamos a miragem no deserto, mas não conseguíamos alcançá-la”

Durante seu discurso na Assembleia Geral da ONU, RM disse “Alguns de vocês podem não acreditar, mas a maioria das pessoas achava que nós não tínhamos a menor chance.”

A lenta ascensão ao topo

Apesar das circunstâncias, o BTS não ficou desencorajado. Lentamente, mas persistentemente, o grupo procurou uma maneira de se conectar com o público.

Uma de suas táticas foi abordar tópicos que podem fazer qualquer pessoa do mundo poder se conectar, independente de língua e nacionalidade. Todos os MVs do BTS começam com a frase “Music & Artist for Healing” na intro.

Na música de debut “No More Dream” — muitos dos integrantes eram adolescentes na época — BTS diz para os fãs seguirem seus sonhos ao invés de servirem como presas para as expectativas da sociedade. A música “N.O” aborda as dificuldades que o grupo e seus colegas já enfrentaram, com versos como “Quem nos fez máquinas de estudar?” e “Quem vai levar a responsabilidade vivendo a vida de fantoches?”.

Lançada em 2016, “Am I Wrong” é uma das músicas que representam a identidade do grupo — os integrantes culpam o mundo inteiro por enlouquecer e questionam o porquê das pessoas não reagirem fortemente às notícias e à mídia.

Com o álbum “WINGS”, o grupo entrou em turnê mundial, levando-os a conquistar a fama internacional.

Mas o trabalho mais proeminente que uniu o BTS e seus fãs globais foi a mais recente trilogia de álbuns: Love Yourself 承 ‘Her’, Love Yourself 轉 ‘Tear’ e Love Yourself 結 ‘Answer’. Os três álbuns, construídos a partir da ideia do auto-empoderamento, silenciou os haters que tentaram diminuir o valor do grupo ao creditar todas as suas conquistas ao fandom ARMY, e não à música.

Love Yourself 承 ‘Her’, lançado em setembro de 2017, se tornou o álbum coreano a alcançar um lugar mais alto nos charts, atingindo o 7º lugar. Com o lançamento de Love Yourself 轉 ‘Tear’, BTS quebrou seu próprio recorde, se tornando o primeiro grupo de K-Pop com um álbum no topo dos charts da Billboard.

Foi oficial. O crescimento astronômico do BTS foi implacável. Até mesmo o presidente Moon Jae-In da Coreia do Sul expressou seu apoio ao grupo, dizendo “No coração da dança e canto extraordinário do BTS se encontra a sinceridade. Esse poder mágico que torna o luto em esperança e diferenças em similaridades.”

Dominando ondas globais

Um dos principais eventos que desencadeou o sucesso do BTS foi a aparição no Billboard Music Awards em maio de 2017, quando foram nomeados a Top Social Artist pela primeira vez.


O evento levou a imprensa estadunidense a dar destaque para o grupo. Por exemplo, os principais programas de TV e meios de comunicação dos EUA, incluindo o E! News, Entertainment Tonight e Jimmy Kimmel Live correram para entrevistar o grupo de K-Pop, e o apreço pelo BTS foi palpável, com gritos ensurdecedores dos fãs e do público no set de gravação.

Apesar da diferença de língua, as músicas do BTS, em sua maioria auto-produzidas, atraíram fãs do mundo inteiro, o que contribuiu para a autenticidade do grupo e à sua mensagem de universalidade.

Em novembro de 2017, o BTS conquistou seu espaço ao apresentar o megahit “DNA” no American Music Awards, seguido de aparições em talk shows como The Ellen DeGeneres Show, Jimmy Kimmel Live e The Late Late Show. A boyband também deu entrevistas para revistas como Vogue e Rolling Stone.

A mensagem do BTS vai além de apenas fazer boa música. Com sua trilogia Love Yourself e o movimento mundial “Love Myself”, que faz parte da campanha anti-violência da UNICEF, o BTS se tornou um sinônimo de inspiração e auto-aceitação.

“Não importa quem você é, de onde você é, a cor da sua pele ou sua identidade de gênero, fale por si mesmo. Encontre o seu nome, e encontre a sua voz ao falar por si mesmo”, disse RM durante seu discurso na Assembleia Geral da ONU.

Suas palavras foram citadas em material didático em algumas escolas dos Estados Unidos, e até encabeçaram o movimento #SpeakYourself no Twitter, com os fãs compartilhando suas dificuldades pessoais e histórias obscuras.

No começo do mês, BTS se tornou o primeiro artista de K-Pop a apresentar um show em estádio no CitiField em Nova York, alcançando o mais alto nível de estrelato nos EUA. Eles também foram nomeados como Favorite Social Artist no American Music Awards de 2018.

Mas como o próprio BTS disse durante seu show: esse pode ser apenas o começo, de muito mais por vir.

Fonte: The Korea Herald
Trans eng-ptbr; beccs @ btsbr


Publicado em 24.10.2018
BTS Bon Voyage – INTENSIVO: S03E05
Confira um grande resumão de todo episódio da saga do bts em malta!

É manhã e o grupo vai acampar, então eles saem logo! J-Hope está dirigindo novamente, com Jin e Jimin em seu carro. JungKook ocupa o outro carro, com RM e V. Apesar dos meninos estarem mais acostumados ao sistema de navegação agora, JungKook reclama sobre como é diferente dirigir em Malta.

Sua primeira parada do dia é na loja de pesca, onde eles escolhem equipamentos de pesca para usarem posteriormente. Apesar da preocupação de Jin sobre quem iria pescar com ele após SUGA ter ido embora, não parece que ele terá dificuldades em convencer os demais a se juntarem a ele.

Depois da parada na loja de pesca, os integrantes decidem parar para almoçar antes de acabar suas compras. Eles logo veem uma pizzaria e entram para escolher o que vão querer. Eles acabam pegando diferentes pizzas para dividir e RM se impressiona quando J-Hope faz o pedido todo sozinho! É realmente interessante ver o quão bons eles estão ficando com suas habilidades no inglês.

Eles se deliciam com a pizza e refrigerantes assim que as comidas chegam, cada um deles comendo pelo menos 4 fatias de pizza de diferentes sabores. E JungKook diz aos demais que ele quer tingir seu cabelo antes deles irem embora. Esperando que algum deles se ofereça para ajudá-lo, ele diz que deixará quem decidir ajudá-lo escolher a cor. Isso certamente os deixa interessados! Depois de comer, eles também pegam sorvetes para sobremesa, mesmo após dizerem que estavam cheios da pizza.

Depois disso, eles vão para o mercado escolher suprimentos para a noite. No caminho, eles começam a dançar “Magic Shop” para se divertirem. É uma caminhada curta, e logo eles chegam ao mercado, onde eles pegam muita comida e bebida, além de descartáveis e um cooler. Eles também tem a chance de mostrar mais habilidades no inglês ao RM.


Depois de carregar os carros cuidadosamente, eles vão para a área do acampamento. Surpreendentemente, a turma do JungKook é a primeira a chegar desta vez, e eles param para tirar fotos do mar e dos barcos. J-Hope e os outros não estavam muito atrás e logo chegam para uma foto em grupo.

Então, eles descarregam os carros rapidamente antes de ir pescar na beira do mar. Eles montam o guarda-sol que eles trouxeram, mas ele não os protege muito do sol. Então J-Hope convence Jimin e V a ir nadar com ele para se refrescarem, ao invés de irem pescar.

Enquanto RM e JungKook têm uma lição sobre pesca com a equipe, Jin rapidamente mostra que, mesmo já tendo pescado com uma vara antes, ele ainda não é muito bom nisso. JungKook, surpreendentemente, tem muitos problemas com a pesca, mas é determinado em conseguir.

Eventualmente, todos desistem de pescar com as varas. Jin decide tentar usando uma rede de pesca com uma isca e acaba descobrindo como pegar peixes dessa forma! Apesar de ele conseguir pegar apenas peixes pequenos, ele ainda está muito orgulhoso! RM pega um bebê peixe com suas mãos antes de sair em uma aventura atrás de caranguejos, sua atividade favorita. Ele mostra orgulhosamente o que conseguiu pegar ao demais integrantes.

Assim que todos terminam de pescar, RM e J-Hope voltam ao mercado para pegar mais suprimeiros. Enquanto eles estão fora, o resto do grupo começa a montar as tendas e a fogueira. Não muito tempo passa até que eles percebam que as instruções de montagem estão em outra língua e eles não conseguem lê-las. Felizmente, o especialista de acampamento de sua equipe está lá para ajudá-los novamente. Jin fica com vergonha por eles terem que pedir ajuda, tadinho.

Assim que J-Hope e RM voltam das compras, eles começam a cozinhar. Neste momento eles percebem que o V se confundiu e comprou plástico filme para alimentos ao invés de papel alumínio, achando que eles eram a mesma coisa. Já que eles não tem tempo de ir ao mercado antes que ele feche, os staffs dão um pouco a eles. V fica envergonhado por seu erro, mas ninguém fica bravo com ele.

Então, quando eles começam a grelhar a carne do lado de fora, o lado desastrado dos meninos começa a realmente aparecer. Primeiro, Jimin derruba um de seus espetos na areia. Ele se sente melhor assim que o JungKook diz a ele que está tudo bem. Então, Jin faz a mesma coisa e JungKook se preocupa que não sobrará comida suficiente, mas os demais o lembram que eles ainda tem ramen e batatas doces para comer.

V fica um pouco chateado quando ele percebe que não está ajudando com o jantar e os outros o provocam. Isso faz com que eles comecem a falar sobre SUGA, já é ele quem geralmente provoca os demais. E eles também sentem falta de sua comida.

Quando o jantar fica pronto, eles se sentam para comer em sua mesa improvisada e o episódio termina! A próxima semana começa com o grupo aproveitando sua refeição, admirando as estrelas, fazendo compras e passeios de carruagem e mais aventuras pela cidade.

Onde assistir a terceira temporada do Bon Voyage:

Os fãs podem assistir à terceira temporada do Bon Voyage online através do VApp, no link a seguir: https://www.vlive.tv/product/ds00u00u00000079.

Esta temporada contém 8 episódios, 8 episódios de bastidores e 2 clipes bônus que podem ser adquiridos em um pacote, por 900 moedas (aproximadamente R$ 70,00).

O sexto episódio desta temporada do Bon Voyage, “Separados e juntos”, irá ao ar no dia 23 de outubro, às 9h (horário de Brasília).

Fonte: Hypable
Trans eng-ptbr; Jojo Viola @ BTSBR


Publicado em 22.10.2018
Você é ARMY? Então é hora de se apaixonar pelo BT21
Conheça as histórias e curiosidades sobre os personagens criados pelo BTS

Você pode ter visto esses personagens fofos nas suas opções de sticker nos aplicativos de mensagem da LINE ou no Facebook, mas não sabia que eles eram relacionados aos ícones globais do BTS.

Bom, essa era exatamente a intenção – se apaixone pelos personagens do BT21 e eles te levarão ao mundo do BTS de uma nova forma.

Os personagens nasceram em setembro do ano passado, quando o BTS se juntou com a iniciativa dos criadores da LINE Friends, um projeto onde a LINE trabalha com artistas globais para pensar em novos personagens e produtos.

Os garotos passaram um dia esboçando ideias para seus personagens na loja da LINE Friends, e um time de designers, então, ajudou-os a transformar os esboços em algo mais definido.

Existem 8 personagens no total: Tata, Mang, Chimmy, RJ, Koya, Cooky, Shooky e Van. Cada um dos personagens reflete os integrantes do BTS em diferentes formas. Aqui estão as informações detalhadas de cada um dos integrantes do BT21.

Resultado de imagem para tata bt21 gif

Tata, com sua cabeça de coração, é um alienígena com poderes de transformação.

Seus membros podem dobrar e esticar em formas e cumprimentos estranhos. Ele é um personagem que V – o “pai” de Tata – desenha há algum tempo, e ele queria que Tata fosse mais original do que fofo, já que ele pessoalmente ama personagens únicos.

Resultado de imagem para mang bt21 gifO personagens criado por J-Hope, Mang, é um pônei dançante,
que mantém seu rosto coberto por uma máscara.

Seu nariz é em formato de coração, pois os lábios do J-Hope formam um coração quando ele ri. Existem diversos significados para a palavra “mang” em coreano, podendo ser traduzida como “pônei”, o verbo “falhar”, e como o final da palavra “esperança” (huimang).

Resultado de imagem para chimmy bt21 gif

Chimmy, o cachorrinho brincalhão em amarelo representa a imagem
geral do grupo, de acordo com Jimin, seu criador.

“O animal que combina melhor com o BTS é um filhote”, disse ele durante os vídeos dos bastidores da produção da BT21. “Nós amamos sair, e somos animados, o que lembra as pessoas de filhotes.” Ele também acha que as bochechas rechonchudas de Chimmy lembram as pessoas do seu rosto quando ele fez seu debut no BTS.

Resultado de imagem para rj bt21 gif

A contribuição do Jin, RJ, é uma alpaca que frequentemente usa uma parca,
porque ele fica com frio facilmente.

Jin vinha desenhando rabiscos de alpacas fofas por anos antes dessa colaboração, então ele estava muito animado por finalmente transformá-los em realidade. Os outros integrantes também dizem que ele parece uma alpaca, especialmente quando ele come.

Resultado de imagem para koya bt21 gif

O personagem do RM é Koya, um coala azul dorminhoco.

Ele tem orelhas removíveis e um nariz roxo, já que V comentou uma vez que a cor roxa representa o amor. RM desenhou páginas e páginas de coalas no estágio inicial dos esboços, pois ele acha que coalas são muito fofos.

Resultado de imagem para cooky bt21 gif

Cooky, criado por JungKook, é um coelho com muita atitude.

Ele malha bastante e se transforma em um homem musculoso enorme quando fica bravo. JungKook é conhecido por seus infinitos treinos de academia para manter seu tanquinho, então em seus esboços iniciais, ele desenhou um coelho com tanquinho. Ele também queria que Cooky sempre tivesse um cookie de chocolate, o que se tornou a inspiração do próximo personagem, Shooky.

Resultado de imagem para shooky bt21 gif

O desenho de SUGA, Shooky, é um cookie com atitude forte.

Ele é o melhor amigo do Cooky, e odeia leite. Durante o processo inicial dos esboços, SUGA desenhou seu cachorro, Holly, mas o desenho parecia muito com outros personagens, então, ao invés disso, ele desenhou diferentes expressões inspiradas em Holly. Os designers da LINE criaram Shooky a partir dessas ideias.

Resultado de imagem para van bt21 gifVAN, o personagem cinza e branco criado pelos designers da LINE Friends,
é um robô espacial que protege os demais e representa os ARMYs.

VAN foi inspirado por entrevistas com o BTS sobre o tipo de personagens que eles queriam criar com a LINE. O nome do grupo, BT21, foi inspirado por um comentário do SUGA, que achou que os personagens deveriam representar tanto o BTS como o século 21, então eles viveriam pelos próximos 100 anos.

A história dos BT21 é que eles são um grupo de ídolos wannabe. O alienígena sempre curioso Tata deixou seu planeta natal com VAN, e viu o BTS ao visitar a Terra. Impressionado por sua popularidade, ele se inspirou para montar seu próprio grupo rival. Ele convocou os outros integrantes para formar seu grupo de ídolos perfeito.

Após o lançamento oficial na LINE em outubro passado, os stickers com os personagens da BT21 foram baixados mais de 8 milhões de vezes.

Logo depois, eles lançaram uma grande linha de produtos, incluindo uma colaboração com a Converse, que é vendida em todas as lojas coreanas da LINE Friends. Muitos itens são limitados ou edições sazonais.

Lojas especiais da BT21 e cafés temáticos foram abertos em toda a Ásia nos últimos 12 meses, e eles também chegaram à América, com lojas pop-up abertas recentemente, em Nova Iorque e Los Angeles. Junto com os stickers exclusivos, porta-copos e pôsteres, os cafés da BT21 têm em seu menu itens diferenciados em cada país e cidade.

Fonte: Metro UK
Trans eng-ptbr; Jojo Viola @ btsbr


Publicado em 19.10.2018
BTS renova seu contrato com a Big Hit Entertainment até 2026
O grupo decidiu se manter unido e com a empresa por mais 7 anos

Em meio ao turbilhão de uma turnê mundial que vem deixando rastros de ingressos esgotados pela América do Norte, Europa e Ásia e fazendo história em diversas ocasiões, os sete integrantes do grupo sul-coreano BTS renovaram seus contratos com a Big Hit Entertainment. A Forbes foi informada no dia 17 de outubro.

Em um comunicado por e-mail, a Big Hit anunciou que os integrantes do BTS — RM (Kim Namjoon), Jin (Kim Seokjin), SUGA (Min Yoongi), J-Hope (Jung Hoseok), Park Jimin, V (Kim Taehyung) e Jeon JungKook — renovaram seus contratos com a empresa em que o grupo foi formado por mais sete anos. A notícia de renovação chega antes do vencimentos dos seus contratos atuais, no ano que vem, e estende a contratação do grupo com a Big Hit até o ano de 2026.

O BTS foi formado pela Big Hit Entertainment em 2013 e fez seu debut com o álbum 2 Cool 4 Skool.

“Com o apoio da Big Hit Entertainment, continuaremos a trabalhar duro para dar o nosso melhor para os fãs no mundo todo,” disse o BTS em comunicado, onde também expressaram seu respeito pelo seu mentor e fundador da Big Hit, Bang Si-hyuk, por tê-los mostrado “uma visão para nosso futuro mesmo antes de fazermos nosso debut” e ajudá-los em suas “perspectivas de mundo e música.”

A empresa também anunciou que criará um time dedicado ao BTS que irá “prover apoio e investimento sistemáticos” para o grupo e sua carreira. “Está em nossa filosofia que devemos dar o melhor para os artistas que estão conquistando um sucesso global sem precedentes,” disse a Big Hit em comunicado à imprensa. O anúncio da renovação de contrato por mais sete anos foi feito através de um e-mail enviado a todos os colaboradores e investidores da Big Hit.

Ainda que extenso, o número sete é um número de sorte para o BTS. Não só é o número de integrantes do grupo, mas também representa muitas outras conquistas em suas carreiras, mais notavelmente Love Yourself: Her chegando ao Top 10 da chart de álbuns da Billboard 200 na sétima colocação; o feito precedeu o primeiro lugar dos outros dois álbuns da série Love Yourself neste ano. A longa duração do contrato também permite que o grupo permaneça junto durante os hiatus iminentes do serviço militar obrigatório da Coreia do Sul que os homens coreanos precisam cumprir. Atualmente, todos os homens fisicamente capacitados do país são esperados a servir por um período de cerca de dois anos, tendo uma lei recente mudado a idade máxima de alistamento para 28 anos. O integrante mais velho do BTS, Jin, tem hoje 25 anos.

Artistas de hip-hop que trazem mensagens em suas músicas e imaginário conceitual, o BTS se provou ser imensamente popular em todo mundo e teve conquistas tão grandes graças aos seus dedicados fãs, os ARMYs. Os garotos, recentemente, lançaram o sucesso Love Yourself: Answer e o single “IDOL” em agosto, antes de iniciar a BTS World Tour: Love Yourself. Desde então, o septeto vem compartilhando sua mensagem de amor próprio em várias entrevistas, nos intervalos dos shows e mesmo durante o discurso nas Nações Unidas, onde o grupo falou sobre a importância da auto-realização para os jovens.

O BTS está, atualmente, em turnê pela Europa. Seus próximos shows acontecerão em Paris, no final de semana dos dias 19 e 20 de outubro. Mais cedo nesta semana, o grupo se apresentou perante e encontrou o presidente sul-coreano Moon Jae-in, também em Paris.

Fonte: Forbes
Trans eng-ptbr: nalu @ btsbr


Publicado em 18.10.2018
A imensidão de produtos do BTS está dominando o mercado global
Parcerias do grupo com inúmeras marcas dominaram o mercado mundial com vendas

À medida que a presença global do BTS cresce cada vez mais, o valor da marca BTS também, fazendo o grupo lançar, cada vez mais, uma variedade de produtos oficiais.

O início deste empreendimento está na BT21, com a associação do BTS com a Line Friends, com uma coleção de personagens (criados pelos integrantes do grupo) e produtos relacionados. O site oficial da BT21 diz que o BTS segue as mesmas palavras-chave da marca: global, millennials e tendências.

Os produtos da BT21 atraem mais do que fãs apaixonados. Enquanto alguns produtos relacionados à artistas do K-pop são modelados de acordo com a aparência do artista, os personagens da BT21 são criações originais, combinadas com uma história única e divertida, criados pelos integrantes do BTS.

“No começo eu não sabia dizer se eram produtos relacionados ao BTS”, disse Nam Eun-hye, uma estudante universitária que não conhecia a boyband tão bem. “Mas os personagens parecem únicos e não tem uma aparência óbvia de serem produtos de K-pop, então acho que qualquer um pode ser facilmente atraído pelos designs, mesmo não sendo um fã.”

Os produtos da marca BT21 incluem pelúcias, almofadas, porta-passaporte, canecas, roupas e acessórios de moda. Esses itens já são muito populares. No primeiro dia de lançamento, o estoque inicial de algumas lojas esgotou em menos de uma hora. Além dos produtos “tradicionais”, existem também as edições especiais ou limitadas, para datas comemorativas. A Line Friends havia anunciado o lançamento de uma coleção com tema de Halloween, intitulada “Spooky Halloween Collection” [“Coleção Assustadora de Halloween”].

A BT21 também colaborou com várias empresas, incluindo a Paris Baguette e a Converse, para expandir seu catálogo de produtos. Os pontos de venda também são abundantes. A mercadoria da BT21 está sendo vendida nas principais lojas da Line Friends em Itaewon, Hongdae, Myeong-dong e outros pontos turísticos em Seul, bem como em lojas no exterior, no Japão, Hong Kong e Los Angeles.

Os produtos relacionados ao BTS também estão na área de bebidas. A Korea Yakult vende café engarrafado em um pacote especial do BTS, com a marca Cold Brew. Existem sete versões da garrafa de café, uma para cada um dos integrantes em sua lateral.

“Como fã, eu tenho comprado produtos do BTS sempre que os encontrei”, disse Yun So-hyun, de 22 anos, que é fã do BTS, parte do fandom – os ARMYs – desde o ano passado.

Yun comprou duas das garrafas de café até agora, com Jimin e V. Ela alegou que colecionar todos os 7 integrantes é extremamente difícil, por conta de fãs que compram os produtos em maiores quantidades. No entanto, ela disse que é bom ter esses produtos acessíveis e relativamente baratos, especialmente para os fãs adolescentes. “A maioria dos fãs do BTS são estudantes, que podem achar financeiramente pesado comprar cada novo produto ou álbum oficial do BTS”, disse Yun.

Embora colecionar merchandise de um grupo inteiro de K-pop possa parecer algo que apenas fãs dedicados fariam, essas bebidas também são atrativas para aqueles que colecionam coisas do seu integrante favorito, ou como os fãs de K-pop chamam, seu “bias”.

Além de estampar bebidas como os cafés gelados, o BTS tem sido o modelo global de marcas gigantes, como a Cola-Cola, que lançou edições limitadas de latas e garrafas do BTS.

Uma fã, que está na faculdade, e conseguiu encontrar as garrafas de todos os 7 integrantes revelou que ela, na verdade, não gosta da bebida.

“Embora eu já soubesse que isso era apenas mais um jogo de marketing, eu acabei vendo uma das garrafas em uma loja de conveniência e não consegui deixar de comprá-la”, disse Kim Yun-jin, que prefere usar seu pseudônimo. Depois de comprar a bebida, ela transferiu a Coca-Cola para um outro recipiente, e lavou a garrafa para poder colocá-la junto de sua coleção. Ela fez isso com todas as garrafas que comprou.

“Eu também tenho um bias, mas não consegui deixar de pensar que todos os 7 integrantes são importantes para mim”, disse Kim. “É por isso que eu comecei a colecionar as embalagens de todos os integrantes. Eu sei que tudo isso é parte de uma forma de promover a marca, mas eu ainda amei fazer parte de algo que o BTS está fazendo. Além disso, como é muito difícil vê-los pessoalmente, comprar esses produtos me fez feliz e me motivou, sendo um lembrete da paixão e dos valores do BTS.”

Diversas grandes empresas estão aproveitando o boom do BTS. Um exemplo disso é a LG Electronics, que assinou com o grupo para serem seus mais novos modelos em abril passado. A empresa promoveu seu smartphone G7 ThinQ, com uma edição especial do BTS e ofereceu pacotes de acessórios com descontos.

A LG Electronics também lançou a edição do BTS para o modelo LG Q7 em setembro, incluindo o logo do grupo na parte de trás, um pacote de emojis escritos à mão pelo grupo, papéis de parede que mudam todos os dias, ligações de bom dia e boa noite gravadas pelos integrantes, um aplicativo do BTS e a galeria [de fotos].

A empresa recentemente reforçou seu marketing off-line, gerando certa comoção ao exibir os vídeos do grupo em um outdoor na Times Square, em Nova Iorque, por 24 horas logo após o BTS encerrar a parte norte-americana de sua turnê mundial no Citi Field, em 6 de outubro.

Fonte: The Jakarta Post
Trans eng-ptbr; Jojo Viola @ BTSBR


Publicado em 17.10.2018
O melhor do BTS: 7 momentos adoráveis do grupo em entrevistas
Não conseguimos enjoar desses sete anjos e listamos momentos fofíssimos na TV!

O BTS conquistou os EUA em 2017 com suas primeiras apresentações televisionadas, entrevistas, shows e muito, muito mais. Qual é o próximo passo para as estrelas do K-pop?

Felizmente para nós ingleses, os nossos rapazes favoritos – V, J-Hope, RM, Jin, Jimin, JungKook e SUGA – decidiram fazer a tão esperada visita ao Reino Unido para uma série de entrevistas e apresentações, incluindo uma aparição na televisão, no programa The Graham Norton Show.

Eles apresentaram ‘IDOL’ no palco do lendário talk show antes de se sentar ao lado de Jamie Dornan e Whoopi Goldberg para deixar claro ao Reino Unido quem são (nesse ponto você teria que estar vivendo debaixo de uma pedra, no entanto) e o quão bons são.

A entrevista teve alguns momentos fofos – nenhuma surpresa! – assim como em outras entrevistas no Reino Unido, e praticamente todas as entrevistas que eles já fizeram. Diante disso, decidimos reunir os melhores momentos das mais recentes para os ARMYs.

Vamos lá!

Quando Jin nos mandou um beijo

*morta*

J-Hope sendo perfeito

BTS interviewed by Jimmy Fallon on The Tonight Show Starring Jimmy Fallon in 2018

Sério, como uma pessoa consegue ser tão fofa?!

Jimin fazendo massagem no SUGA

BTS interviewed by Jimmy Fallon on The Tonight Show Starring Jimmy Fallon in 2018

Não, nós não estamos chorando! Você está chorando! Uma massagem de encorajamento por parte de Jimin quando SUGA se tornou o centro das atenções para falar algo. Ugh, Jimin você é tão gentil.

Quando todos ficaram ofendidos

BTS interviewed for NME in UK in October 2018

OMG. Nossos corações! Quando Jin brincou ao dizer que não possuía amigos durante uma entrevistas ao NME e o resto do grupo saltou em defesa afirmando que eles eram seus melhores amigos. Talvez seja porque Jin os considere como irmãos? Espere, desculpe – nós não quisemos te deixar muito emocionado.

A dancinha de “estamos na capa da revista TIMES”

Porque… isso é um grande feito.

Quando Jimin conheceu Jimmy

BTS interviewed by Jimmy Fallon on The Tonight Show Starring Jimmy Fallon in 2018

Jimin e Jimmy se abraçaram quando o apresentador teve a chance de entrevistar o grupo este ano. Ah, melhores amigos!

A dancinha de “estamos no Jimmy Fallon”

BTS interviewed by Jimmy Fallon on The Tonight Show Starring Jimmy Fallon in 2018

Quando Jimmy Fallon os entrevistou em setembro de 2018, eles certamente fizeram uma grande entrada. Por que andar no palco quando você pode dançar? Certo, pessoal?

Temos certeza de que haverá momentos muito mais fofos como este no filme do grupo que estreará ainda este ano, e nós absolutamente não podemos esperar para assistir tipo 193773940 vezes.

Fonte: MTV UK
Trans eng-ptbr; fernanda azevedo @ btsbr

 


Publicado em 17.10.2018
Além dos palcos: Uma análise sobre o estilo dos integrantes do BTS
Conhecidos por suas personalidades fashionistas, você entende o estilo do BTS?

O BTS é conhecido pelos looks super atraentes nos videoclipes, ensaios fotográficos e apresentações épicas ao vivo. Mas, mesmo quando os seus estilistas não estão por perto, os integrantes ganharam reputação de fashionistas por conta dos seus estilos no dia-a-dia. Atrás de todo o glamour e glitter dos palcos, os meninos formaram seus próprios sensos de moda, tão únicos quanto a personalidade de cada um. Observando seus looks nos aeroportos, nas transmissões ao vivo no V Live, nas fotos do Twitter – e muito mais, vamos decifrar os estilos individuais de cada integrante do BTS!

Jin: Simplicidade clássica

Começando pelo integrante mais velho, o estilo de Jin é limpo e combinado, com looks distintos e próprios. Ele gosta de roupas com design simples, o que o ajuda a se manter elegante e acentuar sua figura de modelo. O gosto de Jin é refinado: ele já disse que ama a marca de luxo Givenchy!

IMG_01.jpgEle parece classudo sem esforço com camisas e casacos longos

Quando usa roupas mais casuais, ele permanece simples, vestindo moletons grandes ou camisetas para manter aquele look arrumadinho.

IMG_02.jpgModa confortável e simples

O simples não deve ser confundido com o entediante: Jin tem uma personalidade divertida que o permite, de vez em quando, brilhar através de suas escolhas de moda. Uma forma de fazer isso é usar rosa com muita segurança – um tom que nem todo mundo consegue usar tão bem!

IMG_03.jpg

SUGA: Estilo descomplicado

SUGA gosta de se manter confortável, favorecendo roupas grandes e aconchegantes. Seu estilo é uma mistura única de marcas: ele ama marcas de streetwear japonesas, como Visvim e Mastermind Japan (sua favorita), mas ele também usa bolsas esportivas, sapatos e acessórios de designers como Gucci, Balenciaga e Cartier. Se mantendo verdadeiro à sua personalidade geralmente tranquila, SUGA tende a usar paletas de cores silenciosas em suas roupas. Você consegue, provavelmente, adivinhar qual é sua cor favorita…

IMG_04.jpgSim! Ele ama usar preto.

Mas não queremos dizer que ele sempre usa preto, ele sabe como quebrar a monocromia com outras cores neutras.

IMG_06.jpg

SUGA também é fã de flanelas e chapéus, ainda com uma ênfase em texturas suaves.

IMG_07.jpg

Ele também tem um lado excêntrico que, às vezes, é refletido no seu guarda-roupa com um pouco de cor!

J-Hope: Streetwear radiante

Não é nenhuma novidade que o senso de moda de J-Hope combina com sua personalidade exuberante e radiante. Seu estilo é normalmente confortável, mas experimental e excêntrico, exibindo cores alegres e combinações ousadas com peças que muitos de nós não teríamos coragem de usar juntas, mesmo assim, sua personalidade brilhante o permite usar esses looks perfeitamente.

IMG_09.jpg

J-Hope é geralmente visto usando marcas de streetwear; a sua favorita é a Supreme, mas ele frequentemente aparece com Yeezy e Off-White. Mas Hobi também usa algumas marcas de designers de luxo em sua mistura: abaixo, ele combina uma headband da Stüssy e tênis da Puma com uma camisa da Balenciaga e óculos da Supreme x Louis Vuitton. O resultado é, sem dúvidas, um dos looks de aeroporto mais épicos de 2018:

 

IMG_10.jpg

A chave para o estilo de J-Hope é sua habilidade de arrasar com peças não convencionais. Ele não tem medo de mostrar suas pernas definidas com shorts acima do joelho, além de ser um dos poucos que consegue ser chique usando chapéus bucket.

IMG_11.jpg

RM: Streetwear diferenciado

O estilo do RM evoluiu muito através dos anos, sempre tentando looks únicos e combinando várias peças de forma ousada. Assim como sua personalidade multifacetada, seu senso de moda é difícil de categorizar, porque abrange de tudo desde streetwear à looks mais suaves, quase boho. RM já contou sobre seu amor por marcas de streetwear japonesas como WTAPS, Neighborhood e Yamamoto, e recentemente tem usado muito Visvim. Desde o streetstyle

IMG_13.jpg

À looks confortáveis e simples…

IMG_14.jpg

RM nos mostra seus looks pelas suas fotos postadas no Twitter com a hashtag #KimDaily. Mais uma observação importante: RM consegue usar jeans com jeans como ninguém!

IMG_15.jpg

Jimin: Naturalmente cool

O estilo de Jimin é a epítome do cool e do chique, e ele é visto normalmente arrasando com camisas soltinhas, mas presas por dentro das calças justas – roupas casuais que ficam super estilosas no corpo do Jimin.

IMG_16.jpg

Ele usa acessórios como óculos quadrados ou uma jaqueta descolada com frequência, completando o look naturalmente cool. Ele costuma usar muitas jóias prateadas, como brincos e vários anéis.

IMG_18.jpgÓculos de sol e jaquetas deixam os looks do Jimin chiques.

Mesmo boa parte do guarda-roupa do Jimin sendo casual, ele, às vezes, o combina com marcas famosas, incluindo sua marca favorita, Gucci.

IMG_19.jpgÀ esquerda: o suéter de fantasma da Gucci do Jimin foi um presente de aniversário do V. À direita: Jimin chega ao aeroporto com um colete e sapatos Gucci e óculos Balenciaga.

V: Conforto luxuoso

O conforto encontra a alta-costura no armário de V, o qual pode ser resumido em uma palavra: Gucci. V frequentemente se veste com esta marca da cabeça aos pés, como nesses quatro looks:

IMG_20.jpgV com Gucci, Gucci, Gucci, e… Gucci.

Além do seu amor pelo designer italiano, V tem um dos estilos mais claramente definidos entre os integrantes do BTS: seus looks normalmente são uma variação de calças largas e soltas com camisas de estampas vívidas em cores ousadas.

IMG_21.jpg

Quando ele não está usando sua marca favorita, V tenda a usar designers como Hermès, Louis Vuitton, Burberry, entre outros. O garoto tem um gosto caro! Ele complementa seus looks com uma variedade de bolsas de marca, assim como cintos e gravatas – comumente usando designs da Gucci com patches de animais. Chapéus do tipo beret e óculos com cores claras são outros de seus acessórios favoritos.

IMG_22.jpgVocê consegue identificar as peças da Gucci? No topo à esquerda: relógio.
No topo à direita: bolsa e sapatos. Embaixo à esquerda: óculos e gravata.

Em seus looks mais casuais, V usa moletons largos e calças largas, além de parecer super arrumado com casacos longos de tons neutros:

IMG_23.jpg

JungKook: Casualmente prático

O estilo de JungKook é o mais descontraído dos integrantes. No passado, o guarda-roupa do mais jovem era comentado por ser super previsível!

IMG_24.jpgAlguém aí com camisetas brancas e botas Timberland?

Mas o JungKook exala uma masculinidade tão natural e discreta com suas camisetas brancas e botas Timberland que não podemos o culpar por usar o mesmo looks várias e várias vezes.

IMG_25.gif

Com o passar dos anos, JungKook mudou seu estilo, incluindo mais cores e peças, incorporando toucas, jaquetas e casacos oversized – e usando botas de outras cores também.

IMG_26.jpg

Suas marcas favoritas são H&M e TOPMAN, refletindo sua preferência a um estilo prático. No entanto, ele também é conhecido por usar marcas de streetwear como Off-White e OBEY. Ele virou expert em se vestir como o namorado ideal, com suas roupas simples, mas chiques:

IMG_27.jpg

Bônus:

Por fim, seríamos negligentes se não mencionássemos o ápice da moda dos integrantes do BTS fora dos palcos: suas camisetas com estampas de memes dos garotos mais novos do grupo!

IMG_28.jpg

Porque às vezes o humor é o melhor estilo.

Fonte: Soompi
Trad eng-ptbr; clau @ btsbr

 


Publicado em 16.10.2018
Diretor de ‘Moulin Rouge’ revela novo encontro com BTS ainda este ano
Baz Luhrmann sugere possível parceria com o BTS

Baz Luhrmann, o homem por trás de sucessos como Moulin Rouge e O Grande Gatsby, compartilhou uma foto dele com o BTS dando os parabéns ao grupo pela capa da revista TIME. Na mensagem ele sugere possíveis planos com o septeto.

[TRAD] Parabéns ao @BTS_twt pela capa da @TIME. Vocês arrasaram no @CitiField em Nova Iorque semana passada. Aguardando ansiosamente para nos encontrarmos em Seul ainda este ano…

Com isso, especulações começaram a inflamar a internet com os fãs que estão na esperança de que o BTS e Baz estejam se unindo para fazer um filme juntos.

O estilo elegante e luxuoso do diretor combinando com os hits do BTS resultaria em um filme que os ARMYs nunca se esqueceriam.

Luhrmann também já dirigiu comerciais no passado, o mais notável deles um vídeo digno das telonas do perfume Chanel No. 5, com Nicole Kidman. Talvez o Bangtan esteja se preparando para lançar uma fragrância e Baz seria o homem responsável pelas filmagens do comercial?

Notícias do aguardado e misterioso encontro vieram logo antes do anúncio do primeiro longa do BTS, Burn The Stage: The Movie, que será lançado no próximo mês.

Assim como na série documentário de mesmo nome para o YouTube, Burn The Stage: The Movie, mostrará os meninos pela The Wings Tour do ano passado, e contará com momentos especiais e íntimos de RM, V, Jimin, Jin, JungKook, SUGA e J-Hope.

Burn The Stage: The Movie estreia dia 15 de novembro nos cinemas mundiais.

Fonte: Metro UK
Trans eng-ptbr; Bia Rehm @ btsbr


Publicado em 15.10.2018
Quem é JungKook? Tão talentoso que é quase inacreditável
Acha que sabe tudo sobre o Golden Maknae? Leia e saiba ainda mais!

O grupo de K-pop BTS está totalmente vivendo o ~momento~, e vou ser o primeiro a dizer que é muito merecido. Todos os sete integrantes têm tanto talento (já viu eles cantando? E dançando? Já viu eles usando roupas impecavelmente estilosas?!), mas um integrante em particular possui tantas habilidades que vai te fazer perder a cabeça. Talvez você lembre de Jimin como o integrante que roubou o coração dos fãs ao redor do mundo como o bonitinho de terno vermelho no America’s Got Talent mas, hoje, falaremos de outro integrante do BTS: Jeon JungKook. Então, quem é JungKook? Que talentos ele tem? Bom, para ser honesto, provavelmente seria mais fácil falar os talentos que ele não tem porque, claramente, esse cara é um homem Renascentista, se é que eu já vi algum em minha vida.

De acordo com a Billboard, Jeon JungKook nasceu em 1º de setembro de 1997, fazendo dele o integrante mais jovem do BTS. A revista também destaca que JungKook “cresceu perante os olhos dos ARMYs, e é um artista talentoso e completo, reconhecido tanto pelas suas habilidades em canto, quanto pelas em dança.”

Basicamente, é um garoto de 21 anos que canta, dança e se apresenta melhor que 95% das pessoas do planeta (nada demais, né?). Mas há também uma série de talentos sorrateiros que talvez você não saiba, então deixe-me lhe dar uma longa lista de todas as habilidades do JungKook. Sim, têm muitas e, sim, você ficará enciumado (e apaixonado) até o final da listagem.

1. ELE DESENHA

De todas as habilidades que tenho invejinha, desenhar está no topo da minha lista. Me encanta a maneira como a mão de algumas pessoas consegue criar um nível tão alto de esboços e obras primas, enquanto as minhas mãos não conseguem nem escrever meu próprio nome sem parecer que eu estava vendado.

E, adivinha só? JungKook é, aparentemente, um grande ilustrador. Aqui vai um desenho que JungKook fez de Jimin (sim, o belíssimo ser humano que o Twitter estava babando em cima) e, honestamente, é tão simples mas tão adorável:

 

E a arte não para por aí:

 

Quanta habilidade, JungKook! Estamos vendo, e gostamos do que vemos.

2. ELE É VIDEÓGRAFO

Se você já tentou juntar vídeos em um só para criar um documentário coeso, então você provavelmente está ciente que isso toma muito tempo e demanda muito trabalho. Na metade das tentativas, os vídeos ficam muito mais ou menos porque videografia é muito mais desafiador do que parece.

A não ser, claro, que você seja o JungKook, porque, então, suas habilidades videográficas são incríveis. Quer dizer, dá uma olhada nesse vídeo que ele editou depois de uma viagem a Tokyo, no Japão, com o Jimin:

E aqui tem outro vídeo dele, de uma viagem para Osaka, também no Japão, estrelando todos os seus irmãos do BTS (ele posta seus vídeos sob o pseudônimo Golden Closet Film):

Dá pra comentar como o estilo dele é fluído? Como a edição é perfeita? A vibe geral do vídeo? Muito bem, JungKook.

3. ELE É UM BRILHANTE ARTISTA SOLO

Nós obviamente sabemos que JungKook brilha muito nas apresentações com o grupo, mas ele também canta lindamente sozinho. Isso também me impressiona, porque eu sempre acreditei que boy bands focam menos em faixas solo e mais no grupo como um todo, mas o BTS claramente tem orgulho em permitir a cada indivíduo o seu momento para brilhar.

Aqui uma música solo do JungKook, chamada “Begin”, do álbum WINGS:

E outra faixa solo cantada por JungKook, do álbum Love Yourself: Answer, “Euphoria”:

E aqui tem ele apresentado a música ao vivo, caso você precise de mais provas de que ele é tão cativante no palco sozinho quanto quando está com seus companheiros de grupo:

Não tem como negar que JungKook tem muitos talentos e, considerando que o BTS está dominando o mundo com sua apresentação no Billboard Music Awards de 2018 e sendo levando o prêmio de Top Social Artist, prêmio que também ganhou no ano passado, fica claro que JungKook e seus companheiros de grupo estão fazendo história no mundo do K-pop e da música no geral. Não sei vocês, mas eu estou muito animado para ver os outros truques que esse artista incrível tem por baixo das mangas.

Fonte: Elite Daily
Trans eng-ptbr; nalu @ btsbr


Publicado em 14.10.2018
Amor próprio e a política do BTS
Existe algo inerentemente político e radical na ideia de se amar

Eu ainda estou esperando por uma crítica de um dos shows do BTS que não mencione os gritos dos fãs nas primeiras linhas, muitas vezes descrevendo os ARMYs como meninas adolescentes obcecadas, ou que não desmereça a música do grupo coreano como “música pop enlatada”, e que também não enfatize o fato de que seis dos sete integrantes não sabem falar inglês fluentemente. Até mesmo críticas que saibam mostrar ao público a mensagem positiva trazida pela trilogia de álbuns Love Yourself não conseguem apresentar o significado exato dessas palavras.

O que os autores dessas críticas esquecem, e que também muitos fãs provavelmente nem se lembram, é que existe algo inerentemente político e radical na ideia de se amar.

É muito fácil interpretar o amor próprio como egoísta. Você pode se amar ao custo dos outros, mas esse não é o foco do BTS. Se amar não é o mesmo que a série Parks and Recreation quer dizer com o lema “Treat Yourself” (mime a si mesmo), ou a crescente indústria de cuidados pessoais. Isso não é o que Kim Namjoon, também conhecido como RM, quis dizer em seu último discurso no final do show do dia 6 de outubro, no Citi Field, ao falar, “E conseguir me amar é minha meta de vida até eu morrer. E o que é me amar? O que é se amar? Eu não sei. Quem pode determinar a melhor forma e maneira de se amar?”

Não está exatamente claro para mim o que RM quer dizer quando fala em “eu”, mesmo com meu passado acadêmico em Filosofia, mas fica claro para mim que não se trata do ego* ou de uma persona. E se consegue ter uma noção do significado de suas palavras quando analisadas junto com outras coisas que o grupo já disse em entrevistas passadas e letras de músicas, especialmente aquelas que foram co-escritas por RM.

Em suas últimas palavras no Citi Field, RM também mencionou que foi muito especial para ele se apresentar em Nova Iorque, pois é o berço do hip-hop, música que salvou sua vida, o inspirou, e o fez ser quem ele é hoje.

Ver as pessoas descreverem BTS como uma boyband superficial é ignorar o fato que eles se baseiam no hip-hop. E é muito fácil desconfiar de hip-hop quando [está na] música pop coreana, e realmente se deve ser cético, porque existem muitas imitações, apropriações e fetichizações na indústria, além de roubos da estética do hip-hop.

BTS já cometeu o que mencionamos acima no início de sua carreira, especialmente no que se refere ao estilo. Mas o que as pessoas costumam ignorar é que, na maioria das vezes, hip-hop é um movimento altamente político. E quando se pergunta aos rappers do BTS quem foram suas influências musicais, SUGA normalmente menciona o ganhador do Prêmio Pullitzer Kendrick Lamar, e também Lupe Fiasco. RM mudou conscientemente sua visão do hip-hop, admitindo que ,no início de sua carreira, ele cometia apropriações erradas da cultura negra, e afirma que recebeu ajuda de Warren G, que acredita que hip-hop está aberto para todos.

Só porque o BTS tem uma mensagem positiva e por criarem músicas populares que nem sempre são musicalmente inovadoras, não significa que não é política, nem que possui valor maior do que apenas entretenimento vazio (apesar de serem artistas muito bons). RM frequentemente faz uso de linguagem inclusiva quando fala. Em seu discurso na ONU para o lançamento da campanha Youth 2030 em setembro de 2018, ele disse com essas palavras, “Eu quero ouvir a sua voz, e quero ouvir suas convicções. Não importa quem você seja, de onde você é, sua cor de pele, sua identidade de gênero, se expresse.”

Em uma entrevista com a Billboard em fevereiro de 2018, SUGA disse claramente quando questionado sobre o contexto da música “Same Love” de Macklemore e Ryan Lewis [que] “Não é errado. Somos todos iguais.” E em relação aos protestos de 2017 contra a então presidente Park Geun-hye, “Cidadãos se unindo em uma única voz, superando o certo e errado, verdade e mentira, é algo que eu fielmente apoio.

BTS é diplomático em suas entrevistas, mas não são apolíticos.

As feministas da segunda onda de 1960 usavam o slogan:O pessoal é político.” E isso significa que o seu lado pessoal, o seu “eu”, sua identidade, é inerentemente política. Sua experiência pessoal importa dentro das estruturas sociais maiores.

A ideia é particularmente aparente para pessoas com identidades interseccionais — mulheres negras, homens trans homossexuais, pessoas não-brancas LGBTQ+ — mas também para qualquer pessoa que esteja marginalizada. Normalmente, as características visíveis de sua identidade são feitas de forma a se encaixar em categorias hierárquicas criadas e usadas para te oprimir (ou são transformadas em instrumentos de venda).

Em sociedades democráticas capitalistas baseadas em um modelo liberal de autonomia (que, apesar de variar de acordo com a cultura, foi forçado em praticamente todo o mundo por meio do imperialismo e colonialismo, incluindo a Coreia da Sul), responsabilidade pessoal é ainda maior quando se trata de “sucesso” financeiro ou na carreira. Mas, sistematicamente, sua identidade é, na verdade, o que te torna injustamente responsável — nos EUA, homens negros são automaticamente culpados, mulheres são inerentemente mentirosas, e estrangeiros são primeiramente identificados como suspeitos.

A norma global dominante tem sido definida de forma que uma única identidade (homem, cis, branco, heterossexual) esteja no topo, e todo o resto se localiza na periferia. Mesmo que a identidade dominante seja uma minoria numérica, e mesmo que pessoas dentro dessa identidade também possam ser marginalizadas, todos são forçados por meio de práticas sociais a ficarem dentro dela. É possível ver isso em qualquer lugar. Desde o “peso ideal” para se manter dentro do normal. Ou pessoas de cor de pele mais escuras tentando clarear sua pele para entrar no padrão de beleza considerado ideal. Ou a diferença de salários entre gêneros e raças. E também até mesmo criminalizar ou transformar a homossexualidade em doença. Ou até padrões sociais como empregos “das 9 às 17”, casamento e filhos, ir para a faculdade.

Claro, é necessário algumas normas para que possamos coexistir em sociedade. Mas essas regras não precisam organizar a vida em moldes tão rígidos e hierárquicos, que explicitamente fazem as pessoas se sentirem mal consigo mesmas. Porque, se você não se encaixa no padrão, te transformam em uma doença, falam que você é maluco, e que não tem valor. A sociedade fala que você precisa se consertar, e é possível fazer isso com 3 parcelas de $99.99.

A contradição existente na tradição liberal de autonomia é que também somos alimentados constantemente que se você se esforçar e se destacar, será bem sucedido dentro das “regras do jogo.” E isso nos é mostrado de maneira genérica, como citações inspiradoras. O BTS constantemente comenta sobre essa pressão por meio de sua música.

Somos parte de uma cultura obcecada com fama e dinheiro, e que perpetua a ideia de “sucesso” dentro das normas padrão, enquanto ignoramos coisas como o racismo inerente na riqueza intergeracional, acesso limitado à oportunidades e recursos, nepotismo e “tetos de vidro.” Tornamos a acumulação de capital nosso único objetivo, e ao mesmo tempo impedimos a grande maioria das pessoas a atingir essa meta.

E talvez seja necessário mudar essa meta. Talvez RM não esteja sendo banal quando fala que quer ser feliz. Porque, no final do dia, a grande maioria das pessoas só quer ser feliz sem sofrer.

E é por isso que o pessoal é político. Por isso que todas as políticas são políticas de identidade. Mas também porque é importante ter músicos escrevendo letras sobre não se sentir mal com quem você é. Sobre reconhecer que outra pessoa te deu grande parte do que você é, e o processo de identificar o que realmente faz parte de si mesmo, e o que veio do outro, e o que fazer com essa versão de si mesmo. Sobre o porquê está tudo bem em rejeitar as normas enraizadas no liberalismo e não se sentir pressionado em chegar a um nível de sucesso que não é possível alcançar sem ter apoio da hierarquia social.

Da música “Paradise” que, infelizmente, o BTS não incluiu nas músicas que estão apresentando em sua tour de shows:

Está tudo bem parar

Não há necessidade de correr sem ao menos saber o motivo

Está tudo bem não ter um sonho

Se você tem momentos onde se sente feliz por um pouco

Nós alugamos sonhos dos outros (como uma dívida)

Nós aprendemos que devemos nos tornar grandes (como uma luz)

Seu sonho na verdade é um fardo

Quem disse que um sonho deve ser algo grande

Apenas se torne alguém

Nós merecemos uma vida

Não importa se grande ou pequena, você é você afinal de contas

Se amar é uma declaração política. É uma grande afirmação, e de alguma forma as pessoas constantemente a esquecem. Muitos fãs do BTS são mulheres, meninas, e é esse público que mais desesperadamente necessita dessa mensagem. E quanto mais novas, melhor. Porque é o extremo contrário das mensagens passadas para as mulheres de todo o globo: suas ideias não importam. Sua voz não importa. Seu consentimento não importa. Sua autonomia corporal não importa. Seu trabalho não importa. E essas mensagens são piores ainda e mais humilhantes para mulheres negras.

Se você é um LGBTQ+ marginalizado, ou uma pessoa com uma doença “invisível”, sua identidade talvez nem seja reconhecida pelos outros, e talvez você constantemente se sinta alienado sobre quem realmente é.

Mas mesmo que mais ninguém pense que você importa ou te ame da forma que você precisa ser amado em uma sociedade que nos força a ser indivíduos, se amar é um dos únicos atos revolucionários que se pode fazer.

RM já disse em entrevistas que você precisa se amar antes que possa amar outras pessoas, e eu acredito que muitas vezes a pessoa interpretam essa afirmação com o viés romântico. Claro, o próximo passo talvez seja amar alguém dessa forma, mas antes talvez seja necessário reconhecer os outros.

Se você, marginalizado, tem seu valor, então outras pessoas marginalizadas também têm.

Eu não sou ingênua. Eu não acredito que o amor irá curar o mundo ou que o amor sempre vence. Mas eu acredito que se você se compreende, valoriza a si mesmo e sua identidade, então você também pode reconhecer que são os sistemas e normas sociais que querem que você se odeie, para que você se sinta sem poder, desprovido de direitos, e facilmente aproveitado.

Eu acho que o ponto apresentado por RM quando diz “se expresse” quer dizer que se você continuar se expressando, então outras pessoas eventualmente irão reconhecer que você existe, que sua voz existe, e que você se recusa a ser silenciado.

Se você explorar as letras do BTS e o que os membros dizem em entrevistas, verá que eles não passam uma mensagem fútil ou inspiração vazia. Ao escrever letras pessoais, encorajar uma exposição do interno com efeitos externos, eles estão sendo políticos explicitamente, com mensagens importantes para uma fã base que normalmente é silenciada.

E eu acho que eles enxergam isso.

Quando RM disse “me use, nos use, use o BTS como meio para se amar” para um público de mais de 40 mil pessoas no Citi Field, ele está reconhecendo a necessidade universal de ser validado. Ele também reconhece que a música de seu grupo, assim como hip-hop, pode ser para todos se eles estiverem abertos para isso.

E é por isso que desmerecer o BTS, desmerecer suas vozes e a de seus fãs, é desmerecer algo radicalmente político e vitalmente importante.

N/T: *Ego como o significado filosófico criado por Freud, referente às características da personalidade de cada indivíduo.

Fonte: Heidi Samuelson @ Medium
Trans eng-ptbr; fer zloccowick @ btsbr