btsbr.co.vu/archive & btsbr.wordpress.com
SITE: Bangtan Brasil - Fã Base
VERSÃO: 1.3 - WINGS BLUE
DESDE: 29.03.2013
VISITAS: ARMYs
Bulletproof Boy Scouts (em coreano: 방탄소년단) é um grupo masculino sul coreano de hip-hop formado pela Big Hit Entertainment. Geralmente conhecidos como BTS, são também chamados de Bangtan ou Bangtan Boys. Eles estrearam em 13 de junho de 2013 com sua.. LEIA MAIS
SEJA BEM VINDO AO BANGTAN BRASIL, A PRIMEIRA E MAIOR FÃ BASE BRASILEIRA DO BTS. FEITA DE FÃ PARA FÃ!

Categoria: Traduções

Publicado em 07.04.2017
[TWITTER] 06.04.17 – @ shedd_aquarium
Tweet postado por shedd_aquarium em 05.04.17

[TRAD] #Jimin do grupo de #Kpop @BTS_twt visitou as nossas belugas! Obrigado por visitar o Shedd – esperamos ver* você de novo logo!

 

N/T: *O tweet original faz um trocadilho com as palavras ‘see’ (ver) e ‘sea’ (oceano).
Trans eng-ptbr; nalu @ btsbr


Publicado em 07.04.2017
[VÍDEO] 06.04.17 – iHeartRadio posta vídeo do BTS
iHeartRadio postou sobre o BTS em seu Snapchat!

iHeartRadio postou um vídeo de sua Q&A com o BTS em seu Snapchat.

via; bangtanitl @ twitter


Publicado em 07.04.2017
[FOTO] 06.04.17 – Spotify cria playlist dedicada aos ARMY’s
Playlist dedicada aos ARMY’s!

Spotify criou uma playlist chamada #ARMY, que apresenta as músicas do BTS.

https://play.spotify.com/user/spotify/playlist/37i9dQZF1DWYYa27R6npH8?play=true&utm_source=open.spotify.com&utm_medium=open


Publicado em 06.04.2017
[NEWS] Exclusivo: BTS fala sobre turnê nos Estados Unidos, processo de composição e estilo no palco
entrevista do bts para twist magazine

 

Fãs de K-pop ao redor do mundo são obcecados pela sensação musical que domina o topo das paradas, BTS – composto por Rap Monster, Jin, SUGA, V, J-Hope, Jimin e JungKook – e não sem um ótimo motivo.

A música deles transcende língua e ressona com ouvintes no mundo todo. A TWIST se encontrou com o grupo durante a sua última tour nos Estados Unidos para perguntar tudo sobre as suas experiências viajando o mundo, influências musicais e como é serem reconhecidos pelos fãs. Confira a nossa sessão exclusiva de perguntas e respostas:

TWIST: Para o que vocês estão mais animados no seu retorno aos Estados Unidos?

BTS: O tamanho da turnê está muito maior que da última vez que estivemos nos Estados Unidos, em 2015. Está quase 10 vezes o tamanho. Cinco shows em arenas, em três cidades, esgotaram em menos de cinco minutos! Estamos espantados pelo fato dos fãs nos Estados Unidos serem tão apaixonados e darem tanto apoio e estamos super animados para voltar e encontrá-los.

TWIST: Qual é a parte mais legal de fazer turnês ao redor do mundo, e qual tem sido a parte mais desafiadora?

BTS: A parte mais legal de fazer turnês ao redor do mundo é que você tem a oportunidade única de conhecer pessoas diferentes com experiências variadas. Independente de suas diferenças, eles cantam as músicas do BTS em uníssono e nos aplaudem, e essa é uma experiência especial para o grupo todo. Por outro lado, a parte mais desafiadora tem sido a vida na estrada, ficando longe de nossas famílias e amigos por semanas.

TWIST: Qual de suas músicas vocês estão mais ansiosos para apresentar nessa parte da turnê?

Rap Monster: “Spring Day.” Eu compus a melodia principal para a faixa-título pela primeira vez, e também escrevi a letra.

SUGA: “Spring Day.” Eu escrevi a letra principal baseado nas minhas experiências pessoais com velhos amigos. É sobre minhas memórias tristes com ele e eu fico sentimental sempre que escuto a música.

JungKook: “Not Today.” Ela tem a batida mais legal de todas as músicas no álbum e eu pessoalmente gosto da coreografia dessa música.

J-Hope: “FIRE.” Sempre foi minha favorita e a música tem toda a essência do que o BTS é capaz de mostrar para o público no palco.

TWIST: Qual foi o melhor conselho que vocês receberam em sua carreira?

Rap Monster: “Se você estiver preso em não receber a aprovação dos outros, você nunca será capaz de seguir em frente.”

TWIST: Como vocês diriam que vocês e seu som evoluíram através dos anos desde que formaram o grupo?

BTS: A sonoridade do BTS evoluiu desde que fizemos nosso debut em 2013, mas sempre teve raízes no pop e hip-hop ocidental. Nós tentamos adaptar todas as novas tendências da música pop e é por isso que os fãs ao redor do mundo gostam, apesar das diferenças culturais. Todos os membros escutam gêneros de música diferentes, o tempo todo, de EDM, hip-hop, R&B ao hip-house… E acreditamos que o BTS está meio que criando uma nova categoria de gêneros musicais além do K-pop.

TWIST: Você se lembra da primeira música que escreveu, sobre o que era e o que te inspirou a escrevê-la?

Rap Monster: Eu não lembro o nome da música, mas tinha uma comunidade online de rappers amadores que se reuniam. Eu fiz o download de uma batida de outro amador e escrevi uma música baseada nela. A música não fazia muito sentido, eu só escrevi usando todas as palavras difíceis que eu conhecia. Na verdade, há dois anos, eu encontrei a música no meu computador e a ouvi pensando, “o que é isso?” Era uma bagunça.

TWIST: Você já escreveu alguma música em um lugar estranho ou inusitado? Ou já foi inspirado por algo totalmente aleatório?

Rap Monster: Em muitos, eu acho que uma vez eu escrevi uma música enquanto estava no Grand Canyon em 2009. Eu fiz uma viagem a Vegas/Grand Canyon e eu acho que escrevi uma música porque fiquei chocado com o cenário. Mas eu definitivamente não me lembro sobre o que ela falava.

TWIST: Quais são alguns dos artistas que vocês gostariam de colaborar?

BTS: São muitos os artistas que nós adoraríamos fazer uma colaboração, como Drake, J Cole, Justin Bieber… A lista se estende.

TWIST: Que outros artistas estão na sua playlist pessoal?

BTS: “Fake Love”, do Drake, The 1975, Kehlani, Lorde.

TWIST: Como você descreveria o seu senso de moda pessoal?

BTS: É uma mistura de gótico com moda urbana japonesa. Minhas atuais marcas favoritas são WTAPS, Neighborhood e Yoji Yamamoto.

TWIST: E como o seu estilo pessoal se diferencia das roupas usadas no palco?

BTS: As roupas que o BTS usa no palco são feitas sob medida para maximizar as nossas performances enquanto combinam com o conceito de cada música.

TWIST: Como é quando os fãs reconhecem vocês nas ruas, ou pedem para tirar fotos? É maluco? Surreal? Difícil?

Rap Monster: É uma experiência muito boa encontrar alguém que me conhece, mas às vezes eu só quero ficar sozinho e passear pela cidade. Eu acho que depende da situação. Tem situações que eu não gostaria de ser reconhecido por outros, mas as pessoas facilmente me reconhecem. Já me disseram que eu sou único (o jeito que caminho e minhas roupas) e que eu sou muito fácil de ser reconhecido, e eu acho isso muito bom. Se eu sou um artista ou um idol e ninguém me conhece, isso me deixaria triste.

TWIST: Você pode compartilhar um fato divertido sobre um dos seus companheiros de grupo que você não acha que mesmo os fãs mais dedicados saberão?

Rap Monster: Muitas pessoas pensam que o SUGA é como o ‘avô’ do grupo, mas ele age mais como uma criança pequena. Jimin é ao contrário, ele se parece com um bebê mas por dentro é maduro e como um avô.


Fonte; Twist Magazine
Trans eng-ptbr; nalu @ btsbr


Publicado em 06.04.2017
[NEWS] O sucesso global BTS, move 195 mil fãs e esgota turnê pela Ásia
O sucesso global do BTS esgota turnê pela Ásia!

O fenômeno do K-pop, BTS movimentou mais de 195 mil fãs e esgotou todos os ingressos de seus dezenove shows pela Ásia com sua turnê mundial “2017 BTS Live Trilogy Episode III: The Wings Tour.”

20 mil ingressos em Bangkok, Tailândia, Manila e Filipinas. 10 mil ingressos em Hong Kong e 145 mil por todo o Japão, foram esgotados por completo logo que as vendas foram abertas ao público. O site responsável pelas vendas de ingressos em Hong Kong apresentou problemas de servidor devido ao grande número de pessoas interessadas e ficou fora de ar logo que as vendas foram abertas.

 

De acordo com os organizadores dos shows nas Filipinas, onde os ingressos foram disponibilizados para compra, tanto online quanto offline, mais de 30 mil fãs lotaram os pontos de vendas físico na tentativa de garantirem seus ingressos. Provando mais uma vez a popularidade do grupo.

As vendas para os shows em Jakarta, Indonésia e Sydney ainda serão abertas, mas já são altamente aguardadas.

Depois de uma bem sucedida turnê pelas Américas, o grupo agora desembarca na Tailândia, na Impact Arena, nos dias 22 e 23 de abril para dar continuidade à sua turnê mundial, que até o momento tem datas até julho deste ano, no Japão.

 

Fonte; Peachisoda
Trans eng-ptbr; Bia Rehm @ btsbr


Publicado em 06.04.2017
[NEWS] O grupo de Kpop BTS leva sua “The Wings Tour” à Los Angeles
BTS leva sua “The Wings Tour” à LA.

 

BTS é a maior banda de K-pop da atualidade com bons motivos. A interpretação contemporânea do hip-hop e batidas eletrônicas feita pelo septeto transcende os limites tradicionais do pop coreano, fazendo com que tenham uma base de fãs global. E isso não é exagero. Seu segundo álbum, Wings, vendeu mais de 1 milhão de cópias ao redor do globo e estreou na 26a posição no ranking da Billboard 200. Os criadores de hits também fizeram história nos charts quando, no início deste ano, “Spring Day” bateu o top 10 do chart americano da iTunes. Ah, e eles também esgotaram sua turnê americana em minutos.

O presente da Coreia do Sul ao pop se apresentou para 18,000 fãs no Honda Center, em Anaheim na noite de domingo (2 de Abril), mostrando sua coreografia animada e influências ecléticas. O apelo abrangente da banda se refletiu no público presente ao show. Haviam ali pessoas de todas as idades e raças, cobertas da cabeça aos pés em itens do BTS. Apesar de terem pouco em comum na superfície com a banda, no fundo aparentavam ter um código implícito que envolvia gritar muito quando houvesse a oportunidade e balançar suas ARMY Bombs, celulares ou qualquer outro tipo de fonte de luz. Tal aspecto desencadeou em uma atmosfera energizante e febril.

O set, que foi surpreendentemente longo, chegando ao total de 2 horas, começou com o hit elétrico “Not Today”. Ficou claro no início que o BTS não estava ali para brincadeiras. Eles imediatamente começaram uma coreografia hipnotizante, girando pelo palco em uma perfeita formação. Foi um lembrete de como diversos atos do pop do oeste se tornaram entediantes. Não apenas cada passo era executado em um timing perfeito, a coreografia da banda era enfatizada com luzes e projeções brilhantes. Não haviam objetos usados nas danças, mas isso teria apenas diminuído o impacto das performances.

Como um novato no K-pop, eu fiquei impressionado com o quanto o show permitiu que cada membro mostrasse seu respectivo talento por meio de apresentações solo. Rap Monster causou euforia com “Reflection”, enquanto SUGA deixou as garotas que sentaram ao meu lado chorando e tremendo após sua performance de “First Love”. Meu solo favorito foi o do Jimin. O rei do pop loiro entregou uma poderosa performance, tanto vocal como na coreografia, enquanto apresentava “Lie”. Na minha opinião, foi mais difícil de acompanhar os “subgrupos”.

Entre solos e apresentações em grupo, BTS se dividia em um quarteto (Jin, V, Jimin e JungKook) para as baladas e um trio (Rap Monster, SUGA e J-HOPE) para as músicas de hip-hop. Isso definitivamente manteve o show interessante, mas um pouco confuso às vezes. Apesar disso, as estrelas do pop coreano estavam em seu habitat natural, com as constantes mudanças de line-up, se adequando a cada nova formação. Para mim, os momentos mais empolgantes eram quando os garotos estavam todos juntos e mostraram no que são melhores. Todos são individualmente brilhantes, mas melhores quando juntos.

Sobre os destaques do show, a complexa coreografia e produção elaborada de “Fire” ganha atenção, assim como também ganhou atenção a performance elétrica de seu eterno hit, “I Need U”. As superestrelas encerraram o show com “Blood, Sweat and Tears” – as três coisas que as ARMYs deram à eles durante o show (ok, menos a parte do sangue). Após um bis, BTS voltou ao palco e fechou a noite de domingo com seu hit mais recente, “Spring Day”. The Wings Tour é uma perfeita introdução ao seu profissionalismo e a ostentação presente no K-pop. BTS está num rumo criado por eles próprios, e agora o mundo está começando a perceber isso.

Fonte; idolator
Trans eng-ptbr; fer @ btsbr


Publicado em 06.04.2017
[ENTREVISTA] Entrevista com BTS: K-pop que quebra recordes por segundo
BTS fala sobre sua experiência na América Latina e Estados Unidos!

Se falarmos de lotar estádios fora da Ásia, são poucos os grupos de K-pop que conseguem esse feito. Porém, para o BTS, é uma tarefa fácil de cumprir.

Bangtan Sonyeondan (방탄소년단), uma das bandas da Coreia do Sul de maior sucesso, iniciou sua turnê internacional Live Trilogy Episode III: The Wings Tour em fevereiro deste ano, e apesar de ainda terem diversos shows da tour que ainda não aconteceram, já está causando muita euforia ao redor do mundo. Rap Monster, SUGA, J-Hope, JungKook, V, Jimin e Jin deram o pontapé inicial da tour em Seul, e em seguida cruzaram o oceano para visitar suas ARMYs na América Latina, com shows no Chile, Brasil e México. Em seguida se apresentaram nos Estados Unidos, onde tiveram shows lotados de fãs que esperaram muito tempo para os verem ao vivo. Com um show de 2h e meia de duração, onde cantaram e dançaram seus últimos hits, como “Not Today”, “Spring Day” e “Blood, Sweat and Tears”, além de algumas de suas músicas mais antigas, os garotos tiraram um tempo para conversar conosco após seu show em Nova Iorque, onde nos contaram mais sobre sua experiência na América Latina e Estados Unidos, antes de retornarem à Ásia.

Quão diferente é o público de vocês ao redor do globo?

Rap Monster: Depende muito do clima, e da região. Na América do Sul as pessoas têm muita energia, isso me chamou muito a atenção.

Jin: É impressionante como, mesmo falando idiomas tão diferentes do nosso, todos cantam nossas músicas em uníssono, não importa onde estamos.

JungKook: cada país tem uma aura distinta, mas ainda assim possuem em comum a energia que compartilham conosco.

Vocês guardaram alguma memória especial de seus shows na América do Sul ou nos Estados Unidos?

RM: Nos Estados Unidos, nossas armys nos deram um arco-íris de luzes que nunca nos esqueceremos. Com a nossa música, queremos chegar à todo o mundo, sem nos importar com sua cor, gostos ou quem são; e o arco-íris representa isso para a gente. E no Chile nossas fãs nos deram um banner com um slogan que tinha um pequeno erro de ortografia, achamos isso muito fofo!

JK: O melhor é como em todos os países a gente se diverte muito e canta sem parar

Jimin: Tanto o público da América do Sul, como o público americano me comoveu muito. Nossos fãs são muito apaixonados!

SUGA: Fiquei muito impressionado com a energia do público brasileiro!

Jin: J-Hope levou ao palco um chapéu que comprou no Aquário de Chicago, e foi muito legal!

J-Hope: Sim! E no Aquário de Chicago também pude ver uma Baleia Beluga pela primeira vez em minha vida!  

V: Brasil foi muito especial. A energia e a vibração que compartilharam com a gente definitivamente chegou aos nossos corações.

Qual é seu figurino favorito, entre os que usam durante o show?

SUGA:O robe de veludo que uso durante “Cypher pt.4.” Pedi especialmente por esse design para essa música, e funciona perfeitamente para mim.

J-Hope: Para mim esse também é meu look favorito. Também uso um par de óculos redondos e eu adoro a combinação.

RM: Pessoalmente, eu gosto muito do que eu uso durante “Save Me” e “I Need U”. É bonito, enfatiza minha estatura e fico confortável nele.

Jin: A camisa branca com o logo do BTS que uso durante “Spring Day”. É confortável e me dá uma cara mais jovial.

Jimin: Eu adoro os blazers, e o meu favorito é o em bordô.

JK: Para mim, o figurino em bordô que usamos para FIRE. É incrível!

V: O blazer rosa claro que uso em “Blood Sweat & Tears”. É o look mais sofisticado de todos, além de ficar muito bom em mim.

Quais são suas tradições antes de subir ao palco?

RM: Temos um canto que sempre repetimos antes de sair ao palco. Traduzido para o português, ficaria como: BT- BT – BTS.

JK: Eu falo pra mim mesmo “Este pode ser o último show da sua vida, então vai lá, dê o máximo de você mesmo e o faça perfeito”

Provaram alguma comida especial enquanto estiveram na América Latina?

Jin: Comi tantos tacos! Estavam todos muito gostosos. Queríamos experimentar a cozinha autêntica mexicana, e definitivamente foi um sonho realizado.

J-Hope: Também tomamos vinhos muito bons no Chile!

Jimin: Amo a comida mexicana, por isso experimentei alguns tacos e burritos. Estavam incríveis.

JK: Não me lembro o nome, mas experimentei uns pães doces que amei muito. Comi muitos na América do Sul.

Estão quebrando cada vez mais recordes: YouTube, Billboard, iTunes, Shows, etc. Qual é um recorde que desejam quebrar no futuro?

RM e V: Billboard Hot 100

Jin: Recorde no Guinness Book da boyband que existiu pelo maior tempo contínuo na história.

J-Hope: Todos os rankings de música do mundo, e os maiores shows que existem.

SUGA: Minhas próprias horas de sono.

Jimin: A verdade é que não me prendo muito aos recordes que poderíamos quebrar, e sim nos meus próprios limites e em melhorar a cada dia que passa.

JK: Eu concordo com Jimin. Quero ser capaz de quebrar meus próprios recordes.

Se tivessem um dia para fazer o que quisessem sem incluir os demais integrantes do grupo, o que vocês gostariam de fazer?

RM: Provavelmente iria à um parque ou rio. Eu gosto de ficar sozinho e escutar música, e fica melhor ainda se em contato com a natureza.

SUGA: Viajaria no tempo.

Jin: Paraquedismo

J-Hope: Não consigo pensar em nada que eu gostaria de fazer sem o resto do grupo ao meu lado.

Jimin: Nunca parei pra pensar nisso.

V: Isso nunca acontecerá, se depender de mim.

JK: Fazer uma viagem de mochileiro pelo mundo inteiro.

Fonte; Nylon
trans esp-ptbr; fer @ btsbr


Publicado em 06.04.2017
[TWITTER] 05.04.17 – Rap Monster
TWEET POSTADO POR Rap Monster NO DIA 05.04.2017

[TRAD] Gaeko com participação RM #RMusica

 

Trans eng-ptbr; nalu @ btsbr


Publicado em 06.04.2017
[TWITTER] 05.04.17 – @bts_twt
TWEET POSTADO POR @bts_twt NO DIA 05.04.2017

[TRAD] Gaeko com participação RM – 🐘*(Vídeo Clipe)

 

(N/T: *O nome da faixa é ‘Elephant’, elefante.)

Trans eng-ptbr; nalu @ btsbr


Publicado em 06.04.2017
[ENTREVISTA] 151230 Papo de Aniversário com você: V
Entrevista de V para Birthday Talk to You.

 

O último dia do ano se aproxima com a chegada do dia 30 de Dezembro. O integrante maravilhoso do grupo BTS V (V/Kim Taehyung), que atrai os sorrisos das noonas* com suas atitudes fofas, apesar de estranhas, comemora seu aniversário hoje. Ele nasceu no dia 30 de Dezembro de 1995.

Ambas as músicas ‘I Need U’, lançada em Maio, e “RUN”, que estreou no dia 30 de Novembro se tornaram hits, uma após a outra, se tornando tendência na cena musical esse ano. O BTS está tendo o melhor ano de sua carreira até então, e escutamos aos desejos de aniversário do membro responsável por atrair as fãs, V.

Q: O que seu aniversário te faz pensar?

A: “Ah sim!!!! É meu aniversário. Quero ter o melhor dia do mundo no meu aniversário.”

Q: Parece que você não poderá ter uma festa, já que seu aniversário coincide com algumas atividades promocionais do BTS. Você está triste?

A: “É uma situação triste. Porém, agora estou mais tranquilo, e acostumado a passar meu aniversário fazendo promoção da banda com meus companheiros. Eu gosto mais quando estamos comendo e conversando, da mesma forma que sempre fazemos.”

Q: Como você se sente sobre ficar mais velho?

A: “Todas as pessoas a minha volta tem, na grande maioria, entre 24 e 25 anos de idade. Então eu ainda sou considerado jovem, e não estou tão estressado assim sobre isso. ”

Q: Qual idade você acha que será a melhor, e por quê?

A: “Acredito que a minha idade atual seja a melhor de todas. Estou um pouco curioso sobre como será quando eu realmente for um adulto, daqui alguns anos..”

Q: Qual foi a história por trás da sua concepção?

A: “Meu pai apostou um jogo de bilhar com um dragão, e ganhou, e assim ele recebeu um yeouiju**, mas acabou que eu sai dela~ incrível, não é mesmo?”

Q: Qual foi o seu aniversário mais memorável?

A: “Meu aniversário do ano passado! Eu fiz um cover de uma música chamada “Someone Like You”, e postei online porque eu senti que eu sempre estava só recebendo dos fãs, e eles realmente gostaram do cover. Depois de ver a reação positiva deles, me deixou animado também.”

Q: Tem algum presente de aniversário em específico que você quer ganhar?

A: “Quero ganhar um pacote de viagens em família, para que eu e meus entes queridos possamos viajar tranquilos juntos.”

Q: Se você ganhar uma viagem de presente de aniversário, qual é uma coisa que você definitivamente quer fazer?

A: “Quero fazer passeios em família. Também tenho vontade de tirar uma foto em família, igual às que aparecem na TV.”

Q: Qual foi um desejo de aniversário que você fez quando era mais novo? Ele se tornou realidade?

A: “Meu maior desejo era que meu pai, mãe e resto da minha família tenham uma boa saúde. Não sei se é porque eu venho desejado a mesma coisa pelos últimos 20 anos sem falhar, mas meus pais ainda estão saudáveis~!”

Q: Como você acha que seu aniversário será daqui 10 anos?

A: “Acho que, ao invés de receber desejos de feliz aniversário, quero poder convidar todos ao meu redor e fazer uma grande festa.”

Q: O que você gostaria de dizer a si mesmo nesse dia de hoje?

A: “Feliz aniversário, Taehyung-ah! Apesar de você estar se dando muito bem agora, ainda há espaço para melhorar muito~ Mesmo que as coisas fiquem difíceis no futuro, quero que você as encare com a mesma atitude determinada e um espírito feliz que você já tem hoje. Feliz aniversário de novo, bbyong~ tchau~ ”

 

* noona (누나) é a maneira pela qual homens chamam mulheres que sejam mais velhas que eles.

**uma yeouiju é uma joia de desejos que acredita-se que tenha derivado das tradições antigas do Hindu e Budismo.

Fonte; bangtanintl
trans eng-ptbr; fer @ btsbt


Publicado em 06.04.2017
[TWITTER] 05.04.17 – @ BigHitEnt
TWEET POSTADO POR @BigHitEnt NO DIA 05.04.2017

[TRAD] [News] KPOP toma Los Angeles com #BTS no KTLA
(http://ktla.com/2017/04/03/kpop-takes-over-la-with-bts/)

 

Trans eng-ptbr; nalu @ btsbr


Publicado em 06.04.2017
[TWITTER] 05.04.17 – Jimin
TWEETS POSTADOS POR JIMIN NO DIA 05.04.2017

[TRAD] Fofo😊

#Agatha*_X_BTS

#JIMIN

 

(N/T: *Agatha é o nome da marca de cosméticos que está produzindo os cremes para mãos do BTS.)
Trans ko-ptbr; nalu @ btsbr