btsbr.co.vu/archive & btsbr.wordpress.com
SITE: Bangtan Brasil - Fã Base
VERSÃO: 1.4 - SPEAK YOURSELF
DESDE: 29.03.2013
VISITAS: 5.272.752 ARMYs
Bulletproof Boy Scouts (em coreano: 방탄소년단) é um grupo masculino sul coreano de hip-hop formado pela Big Hit Entertainment. Geralmente conhecidos como BTS, são também chamados de Bangtan ou Bangtan Boys. Eles estrearam em 13 de junho de 2013 com sua... LEIA MAIS
SEJA BEM VINDO À BANGTAN BRASIL, A PRIMEIRA E MAIOR FÃ BASE BRASILEIRA DO BTS. FEITA DE FÃ PARA FÃ!

Categoria: Traduções

Publicado em 09.12.2018
O feat entre SUGA e Ed Sheeran é real? 😱
ARMYs e Sheerios de todo o mundo estão SUR-TAN-DO!

No começo da manhã de 6 de dezembro, SUGA tweetou uma captura de tela de um programa de produção de música com a legenda “hmm… isso é para você” e marcou a conta de Ed Sheeran do Twitter. O título aparece como “ED SHEERAN ST BRUTO”.

Anteriormente, Ed Sheeran havia mencionado em um programa de rádio que ele pensava que o BTS pudesse estar trabalhando com uma música que ele escreveu.

O que vocês esperam que SUGA esteja trabalhando?

Fonte: Soompi
Trans eng-ptbr: jumaria @ btsbr


Publicado em 09.12.2018
Líderes do streaming! BTS se torna o 2º grupo mais ouvido no Spotify em 2018
Forbes confirma que nada pode parar o Furacão Bangtan nos charts!

O BTS tem uma nova conquista para adicionar em sua longa lista de realizações de 2018! O grupo se tornou o segundo grupo mais ouvido no Spotify este ano, de acordo com as estatísticas do Spotify Wrapped.

FAKE LOVE” também se tornou a música número 1 de K-Pop na plataforma musical, com mais de 175 milhões de reproduções.

O grupo atualmente tem mais de 11 milhões de ouvintes mensais. Cumprindo com a sua reputação global, o top 5 de ouvintes abrange localidades de todos os lados do mundo. Jakarta, na Indonésia, têm o maior número de ouvintes, somando trezentos e quarenta e sete mil e setecentos e sessenta e quatro (347.664) ouvintes mensais.

O líder RM, que lançou mono. em outubro, recentemente alcançou 1.2 milhão de ouvintes mensais em sua página como artista solo. Sua playlist também tornou-se o álbum a alcançar maior lugar nos charts por um artista coreano, no Billboard 200.

BTS também é o primeiro artista coreano a alcançar 1 bilhão de streams na Apple Music.

Em janeiro, a empresa do BTS, Big Hit Entertainment, associou-se com duas das grandes empresas de K-Pop, SM Entertainment e JYP Entertainment, para a criação de um serviço de música. Vários meses depois, as mesmas três companhias juntaram suas forças com mais quatro empresas de K-Pop para criarem uma VEVO na versão coreana. A Big Hit Entertainment recentemente confirmou planos de estrear um novo grupo masculino no começo de 2019.

Fonte: Forbes
Trans eng-ptbr: jumaria @ btsbr


Publicado em 08.12.2018
[TWITTER] 08.12.18 – BTS_bighit
Tweet postados por @BTS_BIGHIT no dia 08.12.18

[BTS_BIGHIT]

[TRAD] [#BangtanHoje] Obrigado, Taoyuan! A qualquer hora, os ARMYs são a nossa resposta 💜  Vemos vocês novamente amanhã! #PrimeiroShowEmTaiwan
Tradução do banner: Ontem, hoje, amanhã. A qualquer hora, podemos ser a resposta uns dos outros.

Trans ko-eng: bts-trans
Trans eng-ptbr: jumaria @ btsbr

 


Publicado em 08.12.2018
Crítica: Burn the Stage se aprofunda no fenômeno BTS
Burn the Stage: The Movie é poético, íntimo e, muitas vezes, hilário.

ATENÇÃO: Este artigo contém spoilers do filme Burn the Stage!

Há um momento em meio ao Burn the Stage, o filme-show do BTS, que parece profético: durante a parte norte-americana da Wings Tour — ou, mais especificamente, a 2017 BTS Live Trilogy Episode III: The Wings Tour para os ARMYs — os sete integrantes da sensação do K-Pop caminham em frente a um pôster dos Beatles. Esse encontro de ícones musicais aconteceu em março de 2017, dois meses antes do grupo levar para casa o prêmio Top Social Artist no Billboard Music Awards e nove meses antes da primeira apresentação do grupo na TV americana.

Mas onde a chegada dos Beatles nos palcos mundiais era dependente do público dos Estados Unidos (aparentemente, o ritual de passagem ideal para a maioria dos artistas), o BTS já estava esgotando os ingressos de arenas gigantescas ao redor do mundo sem a ajuda do grande público americano. O público choroso e ensurdecedor, no entanto, tem muita semelhança com a Invasão Britânica. O mundo da música pop mudou; ainda que a internet ajude a dividir os fandoms em diversas sub-culturas, o BTS se manteve uma força unida. E eles estão só começando.

Burn the Stage: The Movie é poético, íntimo e, muitas vezes, hilário. Mas o que ele certamente não é, é uma introdução para aqueles que não são fãs. Na verdade, o marketing do filme não está sendo feito para quem não é. O filme, adaptado da série de oito episódios de mesmo nome produzida pelo YouTube Red, vendeu mais que o filme do One Direction, Where We Are, ao ser lançado no começo de novembro, tanto que volta aos cinemas de todo mundo durante a semana do dia 5 de dezembro.

Eu assisti o Burn the Stage: The Movie em Mumbai, esse mês. Não tivemos sorte o suficiente para receber o filme de primeira devido a problemas com censura, mas os ARMYs são tão dedicados que não só convenceram as grandes redes de cinemas a levar a experiência de um show para a Índia (o grupo, lamentavelmente, nunca se apresentou aqui), como a primeira lista de sessões logo explodiu para 45 cidades diferentes. A minha sessão das 10 da manhã estava esgotada. Todos no cinema gritaram para o logo da BigHit Entertainment, mais alto que fãs de super-heróis para o logo da Marvel. E, sim, o adorável Lulu da Pomerânia de V, Yeontan, recebeu os aplausos mais altos da manhã.

A comparação com a Marvel é apta, uma vez que Burn The Stage se encaixa no padrão de fandoms que atravessam plataformas na era das redes sociais e seus anexos que formam histórias. Assistir ao filme é como seguir uma pequena parte de uma saga em andamento. Até mesmo novos recrutas do BTS ARMY provavelmente já sabem da origem do grupo pelos Bangtan Bombs, a web-série que começou em 2013. O filme, portanto, opta por mostrar o grupo — os rappers RM (Kim Namjoon), SUGA (Min Yoongi) e o também dançarino J-Hope (Jung Hoseok) e os vocalistas Jin (Kim Seokjin), também conhecido como Worldwide Handsome, Jimin (Park Jimin), V (Kim Taehyung) e JungKook (Jeon Jungkook) — em formação completa, tanto como indivíduos quanto como uma máquina bem-lubrificada.

O filme contorna a energia das performances bombásticas do grupo para nos mostrar os momentos entre as músicas. Vemos intervalos rápidos por entre a loucura nos palcos, ancorado por closes de toalhas frias e bolsas de gelo em pescoços machucados ao mesmo tempo que os assistentes re-aplicam maquiagem freneticamente antes da próxima performance. Como os próprios integrantes, o filme não se apega a essas dificuldades. Em vez disso, as aceitam como efeitos colaterais comuns (e até mesmo necessários) de ser a boy band mais famosa do planeta.

O único desapontamento notável de Burn The Stage, no entanto, é que o filme não só evita os aspectos performáticos (mantendo a audiência a uma distância visual e auditiva dos shows), mas o faz apesar de sentir que está construindo um clímax musical. Esse clímax, lamentavelmente, nunca chega.

Para os fãs que nunca viram o BTS se apresentar ao vivo, parece como uma promessa não cumprida, especialmente para uma boy band tão em controle da sua própria música e mensagem. A batida aumenta quando o grupo está prestes a subir no palco mas, quando emergem, o filme corta para outras apresentações, mostrando meros pedaços. A primeira vista, parece um bom jeito de nos levar por trás das câmeras e criar um contexto fundacional para o que acontece em cada show antes de termos a chance de experienciá-lo, mas depois da quarta ou quinta vez sem nenhuma energia ser liberada, uma pequena frustração começa a se formar.

O filme entrega o que propõe no seu foco primário: dos ensaios às reuniões de portas fechadas aos churrascos dos integrantes, assistir ao BTS em seu próprio elemento é um grande prazer. O filme espera que os espectadores dedicados saibam o suficiente sobre os meninos porque não pinta quadros individuais de cada um; exceto SUGA, que tira um intervalo da loucura com uma taça de vinho, relaxando em uma cadeira confortável enquanto o resto do grupo pula na piscina e comem direto da churrasqueira. A dinâmica coletiva do BTS é animada e inspiradora. Eles poderiam fazer isso em todas as turnês.

As visitas a vários países na divulgação que durou um ano são interrompidas por poemas, seja passando pela tela ou narrados pelo próprio grupo. Eles falam sobre o tempo que se estende perante eles como oceanos, das infinitas possibilidades frustradas pela saudade de casa e lesões ocasionais. Eles estão todos com vinte e poucos anos, então ter que lidar com limitações físicas como eles lidam é preocupante, mas o que separa a história deles das de outras bandas é a completa ausência de ego e conflito.

A primeira vez que eles apontam seus erros, é tão casual e direto que é compreensível esperar por uma briga. Mas não é quem o BTS é. Eles são um grupo que fala positivamente sobre saúde mental e Love Yourself, que o sucesso coletivo depende no bem-estar de cada indivíduo. Durante os intervalos dos ensaios, eles são amigos. Eles provocam uns aos outros, mas também cuidam da felicidade do outro; uma demonstração única de afeto masculino, baseado em intimidade brincalhona impossível de ser entendida somente através das câmeras. Mesmo as legendas tentam permanecer o mais autênticas possível, se recusando a localizar as piadas e trocadilhos que não funcionam quando não são em coreano (as legendas oferecem explicações para cada piada, embora elas passem rápido demais para serem lidas).

Imagem relacionada

Em algumas vezes, o diretor Park Jun-soo está presente para as reuniões pré-show; “Bang Bangtan!” o grupo grita em uníssono, animando uns aos outros antes de tomarem o palco. Outras vezes, são nos dado fragmentos de seus ‘vlogs’ pessoais enquanto escrevem música, ou se exercitam, ou relaxam nos quartos de hotel, continuando a tradição da narrativa pessoal do grupo. As multidões aparecem em bandos, balançando suas ARMY Bombs em sincronia com as apresentações ao vivo — uma visualização da energia que emerge do palco e se espalha pelo público — e os rapazes retornam cada mínima demonstração de afeto que lhes é mostrado.

RM, o falante de inglês oficial do grupo (auto-didata ao assistir Friends infinitas vezes), demonstra uma presença importante mesmo longe das câmeras da televisão. Ele fala sobre como o grupo ama o esforço que os fãs fazem para entender coreano, e como eles esperam retornar o favor ao dar o último discurso dos shows na língua local. Ainda que tudo isso seja parte do ‘pacote’ internacional do grupo, vem de um lugar de autenticidade e uma autonomia artística rara para o K-Pop. Isso fala muito sobre o espaço que eles ocupam na consciência global, ir além para unir as pessoas respeitosamente através da língua.

Finalmente, a falta de performances apresentadas na versão final pouco importa, especialmente em um tempo onde fãs provavelmente assistiram a turnê inteira no YouTube. Os ARMYs não reclamaram. Não quando estão sendo presenteados com o que parece ser conteúdo extra exclusivo de um DVD e que não está disponível na internet, na forma de uma jornada de um ano resumida em 84 minutos. É um ano de sangue, suor, lágrimas, risadas e apoio que os fãs podem experienciar com seus ídolos.

Além disso, os rapazes parecem retornar toda a adoração na mesma medida, fazendo o máximo que podem para fazer com que frases ensaiadas sobre seguir os próprios sonhos soem autênticas, mesmo em línguas que eles não falam. O filme é mais confortável do que visceralmente excitante, e isso não é algo ruim quando o conforto vem de uma unidade global. A maioria dos filmes-shows capturam um espírito da época que vivem, mas Burn The Stage: The Movie parece nos contar sobre um futuro melhor.

Fonte: Polygon
Trans eng-ptbr; nalu @ btsbr


Publicado em 08.12.2018
BTS e a importância da indicação ao GRAMMY
Mais um momento histórico para BTS e sua equipe: o Grammy!

A indicação por Best Recording Package (prêmio dado à melhor arte de álbum) marca um momento histórico para o BTS e sua equipe, honrando sua dedicação à conceitos.

O legado do BTS acaba de se expandir, com o septeto coreano e seu time ganhando sua primeira indicação a um Grammy no 61st Annual Grammy Awards, que acontecerá no próximo ano.

Love Yourself: Tear, do BTS, ganhou uma indicação por Best Recording Package. O álbum, que alcançou o 1° lugar na Billboard 200 em maio, é a primeira nomeação do grupo e um marco histórico para a cena musical coreana. O grupo está disputando junto do diretor de arte responsável por Tear, HuskyFox. HuskyFox é uma empresa de branding baseada em Seul, que almeja “construir relacionamentos entre marcas e usuários ao criar uma identidade por meio de linguagem de marca e elementos visuais, criando assim uma experiência de design.”

Love Yourself 轉 ‘Tear’ está concorrendo contra Massesuction, de St. Vincent, Be The Cowboy, de Mitski, The Offering, de The Chairman, e Well Kept Thing, de Foxhole.

Como as fãs podem provar, o álbum indicado possui uma das artes mais belas dos últimos anos — reforçando o famoso compromisso do grupo em apresentar visuais chamativos em seus conceitos, se destacando na indústria do K-Pop, que é por si só altamente visual. Cada um dos álbuns na trilogia Love Yourself possui 4 versões diferentes, cada uma com um conjunto diferente de fotos conceituais. Tear foi notável na medida em que teve um esquema de cores mais sombrios, e os artistas usaram cabelos mais escuros e roupas no mesmo estilo — indo de acordo com o tema do álbum de tristeza e coração partido.

O BTS receber essa indicação (junto de seu time de direção de arte) é mais uma prova da importância em ter times maiores que, trabalhando em conjunto, alcançam não só música de maior qualidade, como também visuais superiores e arte de álbuns que coincidem com os temas tratados pela música.

A indicação para Love Yourself 轉 ‘Tear’ marca um momento histórico na inclusão e reconhecimento de artistas sul-coreanos, e é um passo para “dentro” da academia, recebendo assim atenção da tradicional Recording Academy.

No 60th Annual Grammy Awards, ocorrido no ano passado, houve um empate para o vencedor de Best Album Package. Os diretores de arte Sasha Barr, Ed Steed e Josh Tilman, responsáveis pelo trabalho de Father John Misty, intitulado Pure Comedy (Deluxe), ganharam o prêmio junto com os diretores de arte do álbum El Orisha de la Rosa de Magín Díaz, Carlos Dussán, Juliana Jaramillo, Juan Felipe Martínez e Claudio Roncoli.

Apesar de complicado de se explicar, o prêmio de Best Album Package é dado tanto para os diretores de arte responsáveis, como o artista do álbum. É possível comprovar isso visitando a página de Father John Misty no Grammy.com, que fala que ele é ganhador de 1 Grammy em Best Album Package, e que possui 3 indicações.

A Billboard entrou em contato com a Recording Academy para confirmar se o BTS é considerado um indicado oficial, ou apenas HuskyFox.

fonte; billboard
trans eng-ptbr; fer zloccowick @ btsbr


Publicado em 08.12.2018
O BTS é a conta com maior engajamento no Twitter em 2018!
Sem sombra de dúvidas, o BTS é verdadeiramente um fenômeno global!

De acordo com as análises retrospectivas do ano que o Twitter liberou na quarta-feira (05/12), o BTS foi a conta que mais recebeu engajamentos mundialmente, dominando a rede social pelo segundo ano consecutivo. Outro sucesso foi o integrante do grupo, Jimin, a oitava celebridade de maior engajamento nos EUA, mesmo sem uma conta pessoal!

BTS, que atualmente tem 17.2 milhões de seguidores, também foram os artistas que mais receberam retweets nos EUA e mundialmente. O tweet com maior número de curtidas também foi deles – o vídeo de J-Hope participando do #InMyFeelingsChallenge postado em 23 de julho superou a marca de 1.7 milhões de curtidas e recebeu mais de 13.7 milhões de visualizações.

As celebridades mais tweetadas

  1. BTS (@BTS_twt)
  2. LeBron James
  3. Kanye West
  4. Drake
  5. EXO
  6. Ariana Grande
  7. Cardi B
  8. Beyoncé
  9. #Jimin
  10. Nicki Minaj

Os artistas mais tweetados

  1. BTS (@BTS_twt)
  2. Kanye West
  3. Drake
  4. EXO
  5. Ariana Grande
  6. Cardi B
  7. Beyoncé
  8. #Jimin
  9. Nicki Minaj
  10. Rihanna

Fonte: Billboard
Trans eng-ptbr; Bia Rehm @BTS_BR


Publicado em 07.12.2018
[TWITTER] 07.12.18 – BTS_twt
Tweets postados por @BTS_twt e @bts_bighit no dia 07.12.18

[J-HOPE]

[TRAD] Nós voltaremos💕✈
Vídeo: Tchauuuu

[RM]

[JUNGKOOK]

[TRAD] Nós voltaremos🤧

[BTS_BIGHIT]

[TRAD] Foi um ano fantástico com todos vocês e obrigado @spotify e @spotifyartists

Trans ko-eng: peachBOY_0613
Trans eng-ptbr: jumaria @ btsbr


Publicado em 07.12.2018
Você sabia que os nomes “BTS” e “ARMY” são propriedades intelectuais?
Até o nome "ARMY" é registrado e se tornou um símbolo único...

Big Hit Entertainment oficialmente respondeu à diversas notícias afirmando que a empresa havia registrado os nomes “BTS” e “ARMY” como marca, adquirindo direitos de propriedade intelectual sobre esses.

De acordo com o Serviço Coreano de Informação sobre Direito em Propriedade Intelectual, a Big Hit aplicou para conseguir direitos de marca sobre os dois nomes previamente mencionados em julho deste ano. Em resposta, a empresa afirmou “É verdade que estamos ativamente assegurando direitos de propriedade intelectual que estejam relacionados à nossa empresa.”

Antes do debut do BTS, a Big Hit Entertainment registrou em 2012 “Bangtan” e “Bangtan Boys” como propriedade intelectual. BTS foi adicionado ao registro devido o crescimento do uso desse nome do grupo, não só na Ásia, mas na América do Sul e Europa também. BTS também se apropriou recentemente do significado “Beyond the Scene” para sua sigla.

Ainda que seja comum que empresas de entretenimento registrem o nome de seus grupos como propriedade intelectual, raramente isso ocorre com os nomes dos fã clubes. É possível ver que “ARMY” também foi aplicado para o registro por causa de seu uso como um símbolo único, e da força dos ARMYs em levar o BTS à fama.

Enquanto isso, BTS irá se apresentar no estádio de baseball Taoyuan International, em Taiwan, nos dias 8 e 9 de dezembro. Eles também irão comparecer ao 2018 MNet Asian Music Awards, que acontecerá na Saitama Super Arena no Japão no dia 12 de dezembro, e na AsiaWorld-Expo Arena em Hong Kong no dia 14 de dezembro. Sua agenda recheada vai até o dia 25 de dezembro, onde se apresentam no 2018 Gayo Daejun, no Gocheok Sky Dome.

Fonte: Soompi
Trans eng-ptbr; fer zloccowick @ btsbr


Publicado em 07.12.2018
[TWITTER] 06.12.18 – BTS_twt
Tweets postados por @bts_twt no dia 06.12.18

[JUNGKOOK]

[TRAD] Nyaha* indo para o ensaioo  😭

*É apenas uma risada ou onomatopeia.

[V]

[TRAD] Eu queria ter postado isso ontem também 💜 🤪

Vídeo: Diga oi! Você só precisa dizer “olá”! Tente dizer “olá!” Oi! Tente rosnar!

Trans ko-eng; bts_trans
Trans eng-ptbr; Jojo Viola @ btsbr

 


Publicado em 06.12.2018
ARMYs criam um incrível “Vagão BTS” no Metrô de Seul
Imagina andar num metrô com decoração do BTS?!

Os ARMYs podem ser incrivelmente generosos e criativos quando necessário! Não apenas os fãs os ajudam a quebrar recordes ao comprar, fazer streaming em massa, e votar, eles também se encarregam de vários projetos em nome dos integrantes do grupo.

Recentemente, os K-ARMYs completaram uma iniciativa de doação de sangue em nome do Jimin para celebrar seu aniversário — 585 fãs coreanos doaram sangue, produtos do BTS e vouchers que são recebidos após o ato. Em homenagem, a Cruz Vermelha coreana enviou uma “carta de apreço” ao Jimin, reconhecendo a ação dos seus fãs.

Além  disso, após a controvérsia recente sobre a questão do Japão, cerca de 161 ARMYs coreanos e internacionais doaram US$ 3.300 à House of Sharing, uma organização que trabalha para as “mulheres de conforto” coreanas que sofreram com a escravidão sexual no Japão durante a Segunda Guerra Mundial. Um voluntário da organização disse que “Recebemos doações do exterior por décadas, mas nunca tivemos uma experiência assim. Muitos doadores de diversos países enviaram dinheiro para vítimas do crime de guerra.”

Em 29 de novembro de 2018, no entanto, cerca de oito fansites coreanos revelaram o último projeto do “Vagão BTS”, no qual decoraram um vagão inteiro da linha 2 do metrô de Seul nas cores temáticas do mais recente álbum do BTS, Love Yourself Answer. Os fansites que fizeram parte desse projeto especial são @Cupid_901, @jiminiful, @SUGACoffee309, @uniK_901, @TAETAEYES1230, @ALittleBraver92, @MoNiJunNi e @Adonis_Hoseok. Esse compartimento especial é o quinto vagão do trem nº 215 da linha 2 (verde) do metrô de Seul.

Nas imagens postadas nas redes sociais, você pode ver claramente que o chão do vagão está coberto com as letras da canção “Answer: Love Myself”, especificamente “O alvo daquelas milhares de flechas brilhantes, era eu.” Junto disso, os fãs também postaram um cumprimento dizendo “está frio e cansativo mas vamos encontrar o incrível BTS no metrô quentinho,” como um modo de promover o projeto.

Enquanto alguns relatos dizem que é para Kim Seokjin e Kim Taehyung, que vão celebrar seus aniversários, respectivamente,  nos dias 4 e 30 deste mês, outros fãs dizem que esse é um projeto para todos os sete integrantes do grupo.

Muitos K-ARMYs anunciaram o projeto pronto no Twitter ao postarem essas lindas fotos do “Vagão BTS”.

Todos os fansites que estavam participando e outro fãs que também viram o vagão postaram sobre nas suas contas no Twitter:

[TRAD] Os fãs do BTS coloriram de rosa a linha 2 do metrô. No chão do vagão, a letra da música “Answer: Love Myself” está escrita; “O alvo daquelas milhares de flechas brilhantes, era eu.” Os fãs prepararam esse evento especial para comemorar os aniversários de Jin e V. + #BTS @BTS_twt

[TRAD] 📣📣 O evento começou!

Você pode me ver na Linha 2 do metrô e começar o ano de 2019 quente e a prova de balas!💨💨

📍Estou no 5o vagão do trem #215🚇🚉

[TRAD] Esses fansites (@SUGACoffee309 @Cupid_901 @ALittleBraver92 @jiminiful @Adonis_Hoseok @MoNiJunNi @TAETAEYES1230 @uniK_901) criaram juntos o “Vagão BTS” no metrô de Seul; vai ser o quinto vagão no trem nº 215 na linha 2 do metrô de Seul. que bonito ;;;

[TRAD] Novidades 📣

O evento no metrô já começou. Você pode participar pegando a Linha 2 e iniciando 2019 aquecido e a prova de balas!!!

Linha 2, Trem 215, Vagão 5. 🚇🚉

Bem vindo ao trem do BTS! Aproveite 🐬

[TRAD] Surpresa! ❣️

Nosso “Vagão BTS” começou a rodar antes do previsto, venha ao 5o vagão do trem 215 na Linha 2 do metrô para viajar. 💖💛🧡

*N/T: o texto em coreano tem o mesmo significado do texto em inglês, portanto foi traduzido apenas o em inglês.

[TRAD] Nosso metrô de Seul começou a operar. O vagão será o quinto do trem nº 215 da linha 2 do metrô de Seul 2515 linha 2 primeira vez no vagão BTS? Bem-vindo~

[TRAD] Nosso metrô de Seul começou a operar  O vagão será o quinto do trem nº 215 da linha 2 do metrô de Seul!

O projeto iniciou dia 30 de novembro de 2018 e vai durar até início de janeiro de 2019.

O que você achou? Você gostaria de andar em um vagão do BTS?

Fonte: ED Times
Trans eng-ptbr; clau @ btsbr
trans ko-ptbr; fer zloccowick @ btsbr


Publicado em 05.12.2018
[TWITTER] 05.12.18 – BTS_twt
TWEETS POSTADOS POR @BTS_TWT NO DIA 05.12.18

[V]

[TRAD] Que tal nós brincarmos pra valer hoje~~

[RM]

[TRAD] finalmente conheci o @MNEK

Trans ko/eng-ptbr; Caroline Piazza @ btsbr 


Publicado em 05.12.2018
O bromance de V com Ansel Elgort é real e nós amamos! 💜
Ansel torce para que V ganhe novamente o prêmio de rosto mais bonito do mundo

Ansel Elgort continua um fã ávido do BTS ao apoiar V para que ele continue a ser o detentor do troféu de rosto mais bonito do mundo!

Imagem relacionada

Em um dos gestos mais gentis que pudemos presenciar neste ano, Ansel é um ávido torcedor para Kim Taehyung ganhar o prêmio de rosto mais bonito do mundo – mesmo que ele próprio esteja concorrendo ao título também!

É isso que chamamos de apoio!

[TRAD] Tccandler logo revelará o #1 rosto mais bonito do ano, apenas alguns dias antes do aniversário do Taehyung. Por favor curtam a foto e deixe quantos comentários puder. Temos como objetivo 1 milhão de curtidas e 2 milhões de comentários.

O canal do Youtube e Instagram do TC Candler elege anualmente o Mais Bonito do Ano e Rosto Mais Bonito do Ano. Atores como Jamie Dornan e Michael Fassbender já ganharam o título em anos anteriores.

V é uma das estrelas globais concorrendo ao título, e os ARMYs estão tentados a presenteá-lo com tal.

Uma fanbase dedicada ao cantor publicou um Tweet pedindo para que todos ajudassem e apoiassem a vitória dele. E quem foi uma das pessoas que deu um RT na postagem compartilhando-a com o mundo todo? Ansel, que também é um dos concorrentes ao título!

Enquanto Ansel está com impressionantes 17.000 curtidas em sua foto que foi adicionada na lista dos indicados há uma semana, V está milhares de curtidas a frente com mais de 1 milhão delas.

V foi o vencedor de 2017 e atual detentor do título de Rosto Mais Bonito – será que ele se tornará bicampeão da beleza?

Fonte: Metro UK
Trans eng-ptbr; Bia Rehm @ BTSBR