btsbr.co.vu/archive & btsbr.wordpress.com
SITE: Bangtan Brasil - Fã Base
VERSÃO: 1.3 - WINGS BLUE
DESDE: 29.03.2013
VISITAS: ARMYs
Bulletproof Boy Scouts (em coreano: 방탄소년단) é um grupo masculino sul coreano de hip-hop formado pela Big Hit Entertainment. Geralmente conhecidos como BTS, são também chamados de Bangtan ou Bangtan Boys. Eles estrearam em 13 de junho de 2013 com sua.. LEIA MAIS
SEJA BEM VINDO AO BANGTAN BRASIL, A PRIMEIRA E MAIOR FÃ BASE BRASILEIRA DO BTS. FEITA DE FÃ PARA FÃ!

Categoria: Traduções

Publicado em 17.10.2017
[TWITTER] 15.10.17 – V
Tweet postado por V no dia 15.10.17

[TRAD] Nós amamos muito as ARMYs, mais que qualquer pessoa e qualquer coisa  ❤️❤️❤️❤️ #Heh


Vídeo: Obrigado! (em japones

 

Trans kr/jp-eng; bts-trans
Trans eng-ptbr; Isabella @ BTSBR


Publicado em 17.10.2017
[TWITTER] 15.10.17 – Jimin
Tweets postado por Jimin no dia 15.10.17

[TRAD] ARMYs que estiveram juntos de nós, obrigado do fundo do meu coração. Tem sido um dia muito feliz. #JIMIN

 

[TRAD] Eu acho que sou muito ruim em colocar mascaras
#Jimin
#medihealjex (em coreano)
#medihealjex (em japonês)
#medihealjex (em inglês)

(N/T: Medi Heal são mascaras faciais na qual o BTS são garotos propaganda)

[TRAD] Ele gosta de sua comida 😁👍
A verdade sobre hoje
1. Eu não chorei
2. Depois do palco solo do hyung, o diretor de camera não falou nada  😒
#JIMIN #EatJin


(N/T: Jimin está se referindo a fotos e brincadeiras feitas online sobre ele ter chorado no show no Japão.)

Trans kr-eng; bts-trans
Trans eng-ptbr; Isabella @ BTSBR


Publicado em 17.10.2017
[TWITTER] 15.10.17 – J-Hope
Tweets postado por J-Hope no dia 15.10.17

[TRAD] #10VitóriaDeDNA

Obrigado a todos, nós continuamos a ouvir otimas noticias apesar do nosso [tempo de] promoção já ter acabado. Eu te amo ARMY.
Nós também seremos bons no show no dome hoje.

 

[TRAD] Osaka Muito obrigado
Eu curti nosso primeiro show na Dome*

 

(N/T: o emoticon de carro é uma brincadeira com a palavra “Osaka”, em que o “ka” soa como “car”, que é carro em ingles.
* Dome é um estádio fechado com capacidade para grandes públicos.)

Trans kr-eng; bts-trans
Trans eng-ptbr; Isabella @ BTSBR


Publicado em 17.10.2017
[TWITTER] 15.10.17 – @bts_bighit
Tweet postado por @bts_bighit no dia 15.10.17

[TRAD] [#BangtanDeHoje] Foi tudo possivel para o #BTS realizar esse sonho por causa das ARMYs ✨ ARMY e Bangtan, vamos andar sobre a mesma melodia. Por todo o caminho 👉🏻💕

 

Trans kr-eng; bts-trans
Trans eng-ptbr; Isabella @ BTSBR


Publicado em 15.10.2017
[TWITTER] 14.10.17 – Jin
Tweet postado por Jin no dia 14.10.17

[TRAD] Vou dar um ótimo show!

 

Trans ko-ptbr; VenomQ @ btsbr


Publicado em 15.10.2017
[TWITTER] 14.10.17 – @bts_bighit
Tweet postado por @bts_bighit no dia 14.10.17

https://twitter.com/bts_bighit/status/919170787042402309

[TRAD] [#BTSdeHoje] #BangtanSonyeondan THE WINGS TOUR NO JAPÃO ~EDIÇÃO ESPECIAL~ No Kyosera dome dome dome dome dome ~ dome dome dome*! Dividindo nossas emoções, que transbordam, com os ARMYs

 

N/T: *Dome é a palavra para estádio coberto, mas o tweet está fazendo uma brincadeira com a onomatopeia “dom”, como o som de tambores na abertura de shows/eventos.

 

Trans ko-ptbr; VenomQ @ btsbr


Publicado em 15.10.2017
[TWITTER] 14.10.17 – @BTS_jp_official
Tweet postado na conta japonesa do grupo no dia 14.10.17

[TRAD] 2017 #BTS LIVE TRILOGY EPISODE III THE WINGS TOUR NO JAPÃO ~EDIÇÃO ESPECIAL~ Obrigado à todos que vieram! Como foi nosso primeiro show em estádio [no Japão]? Não conseguimos continuar vivendo sem os ARMYs #BTS

 

Trans jp-eng; @bts-trans
Trans eng-ptbr; VenomQ @ btsbr


Publicado em 15.10.2017
[NEWS] “Love Yourself: Her” define novo recorde no Gaon Chart após 16 anos com 1.2 milhões de álbuns vendidos
BTS faz novo recorde na história do K-Pop com "Love Yourself: Her"!

No dia 13 de outubro, Gaon Chart divulgou a tabela mensal de álbuns do mês de setembro de 2017, mostrando que o álbum do BTS, Love Yourself: Her em primeiro lugar. Mesmo sendo lançado apenas no dia 18 de setembro, 1.203.533 cópias do álbum foram vendidas.

Essas vendas são as mais altas na história do Gaon Chart para um álbum (não sendo repackage). Anteriormente, o grupo “g.o.d” vendeu 1.441.209 cópias em seu quarto álbum em 2001. Isso significa que é essa a primeira vez que mais de 1.2 milhões de cópias de um álbum foram vendidas em 16 anos.

Além disso, BTS vendou 1.120 milhões de cópias do novo álbum apenas na pré-venda. Mais de 760 mil álbuns foram vendidos na primeira semana de seu lançamento. Somando com o sucesso das vendas físicas, o grupo conseguiu um resultado impressionante em diversas tabelas musicais ao redor do mundo.

Enquanto isso, BTS está atualmente em turnê no Japão para seu primeiro show em um estádio.

Parabéns, BTS!

 

Fonte: Soompi
Tradução pt-br: Vics @ BTSBR


Publicado em 15.10.2017
[NEWS] “DNA” MV: Os melhores momentos de beleza
Vamos analisar cada momento de beleza de cada membro!

Na manhã do dia 18 de setembro, o grupo extremamente popular de K-Pop, BTS, lançou o MV para seu novo single “DNA”, como também seu álbum novo em folha HER. (Eu quero acordar com um novo conceito do BTS todas as manhãs.) Eu achei que os teasers do vídeo e as fotos do comeback seriam suficientes para preparar minha mente, corpo e espírito para os quatro minutos e 15 segundos de “DNA”, mas eu realmente não estava preparada.

Não estou pronta para admitir quantas vezes eu assisti ao MV, mas foi o suficiente para que “DNA” ficasse grudado na minha cabeça, palavra por palavra. E como eu sou uma repórter de beleza, eu não posso simplesmente assistir aos MVs do BTS apenas por sua invejável e impressionante coreografia e seu estilo brilhante e colorido. Meu cérebro disseca cada segundo em todos os melhores momentos de beleza sem nem ao menos perceber. E, nossa, como “DNA” traz tudo isso à tona. O cabelo e a maquiagem é tão BTS e tão certo. Era uma extravagância de olhos esfumaçados, cabelos arco-íris e lábios brilhantes.

JungKook

Antes de mais nada, esse tom de castanho claro é provavelmente o mais claro que eu já vi Jungkook usando (e que verei daqui pra frente). Combinado com um look despenteado e lábios brilhantes, o maknae de ouro do BTS veio com tudo para atacar.

Outros momentos incríveis dele foram tão discretos que você pode até ter perdido, como sua pele luminosa e a maquiagem sutil ao redor dos seus olhos.

V

Sou só eu ou a cor do cabelo do V fica completamente diferente em todas as cenas? Vai de castanho claro para castanho com luzes azuis e depois cinza azulado. Eu não conseguia acompanhar. Todas as mudanças aconteceram graças ao filtro do MV, mas ainda assim. De qualquer forma, estou muito feliz que a franjinha que ele apareceu mostrando no Twitter não fez nenhuma aparição inesperada. Eu fiquei com medo de que elas ficassem gravadas na história do K-Pop para sempre.

 

Em um momento, os lábios do V pareciam vermelhos. Efeitos especiais provavelmente fizeram isso acontecer, e não Nars Rita*. Se ele realmente tivesse passado um batom no tom vermelho-maçã, eu iria gostar de ver isso de perto.

J-Hope

Ninguém fica melhor com o cabelo cor de abóbora do que o J-Hope. Tenho certeza que eu não sou a única que ficou feliz pelo retorno desse tom alaranjado. Durante uma das sequências de dance, o cabelo dele parecia tão macio e brilhante. Em nome de todo mundo que já descoloriu e/ou pintou o cabelo antes, por favor, nos conte seus segredos, J-Hope.

Ele pode ou não ter usado um batom meio laranja durante essa parte do MV. Você acha que é da Etude House*? (Eu peço desculpas por esse print estranhamente calculado. J-Hope é muito expressivo para conseguir tirar um print neutro.)

Cabelos e maquiagens monocromáticos foi o principal tema de beleza em “DNA”, e o visual acobreado de J-Hope, incluindo sua sombra, foi oficialmente adicionada ao meu quadro inspiracional de outono.

RM

Para ser sincera, RM quase não tem momentos notáveis de beleza em “DNA” (ele compensa em suas letras e rap, é claro). Seu cabelo jogado estava adorável. E eu como eu já comentei quando BTS revelou seus cabelos para esse comeback, eu adoro ver RM mostrando a testa.

Se você olhar de perto, você pode ver a maquiagem esfumada geralmente discreta ao redor de seus olhos, que ele também usou durante BBMAs.

Jin

“Dark Jin” pode muito bem ser o meu Jin favorito. “Pink Jin” antigamente se mantinha no topo, mas “DNA” me fez mudar de ideia. Ele está surrealmente lindo com esse cabelo preto.

Olha só pra ele com essa vibe de cabelo-de-quem-acabou-de-acordar atrás do Rap Monster. Estou fraca.

Aliás, podemos discutir como o Jin tem os lábios mais carnudos do K-Pop? Na próxima vez que eu fizer um preenchimento labial, eu vou mostrar uma foto da boca do Jin para o meu dermatologista.

Jimin

O momento mais óbvio de beleza do Jimin é claramente o seu cabelo loiro ondulado. É tipo uma versão 2017 do famigerado cabelo platinado do Justin Timberlake — na melhor maneira possível.

Claramente, Jimin continuou com seu reinado como o rei do olho esfumado em “DNA”. Eu já estou ansiosa para todos os tutoriais de maquiagem que vão surgir no YouTube para esse look. Eu quero recriar essa tonalidade.

SUGA

Eu ainda não superei o cabelo azul do SUGA. Vê-lo em ação fez meu coração palpitar. Eu tenho problema de coração, então pode ter sido isso.  Mas o excesso de fofura é incontestável. Só olhe pra mim. Eu sei que ele nega a teoria de que ele pinta o cabelo de acordo com as cores de cada álbum, mas combina tanto com HER. Eu respeito um homem que se adequa ao tema.

O cabelo cinza do SUGA também reapareceu. Não, eu não estou chorando. Eu só estou com uma alergia agora.

Você pode assistir ao MV de “DNA” abaixo, e escolher seus momentos de beleza favoritos!

*Marcas de batom americanas.

 

Fonte: Allure
Tradução pt-br: Vics @ BTSBR


Publicado em 15.10.2017
[NEWS] BTS alcança 9º vitória e primeira Triple Crown com “DNA” no Music Bank
BTS conquista sua primeira vitória-tripla no Music Bank!

 

No episódio desta semana do Music Bank o BTS concorreu ao primeiro lugar contra o duo Bolbbalgan4. Mesmo após terem finalizado as promoções de “DNA”, o grupo acabou por levar o troféu para casa com uma pontuação de 9,851 acumulando assim nove vitórias para a música-título de Love Yourself: Her.

Com isso o grupo também ganha seu primeiro Triple Crown, já que “DNA” conquistou o primeiro lugar durante três semanas consecutivas no Music Bank.

O grupo não estava presente para receber o prêmio já que as promoções já foram finalizadas e eles se encontram agora no Japão onde farão o primeiro show da carreira deles em um estádio de baseball  para mais de 35 mil pessoas, em Osaka.

Parabéns ao BTS!

 

Fonte: Soompi
Trans eng-ptbr; Bia Rehm @ btsbr


Publicado em 15.10.2017
[NEWS] Uma semana de quebra de recordes nos faz questionar: quão longe o K-Pop pode ir?
BTS está levantando uma questão: O quão longe o K-Pop pode ir?

Chegar ao topo das tabelas de musicais coreanas demanda muito mais que sangue, suor e lágrimas – e ainda muito mais para ir além delas. Poucos grupos conhecem tal esforço como o BTS, o jovem septeto que detém a melhor colocação Billboard 200 e que já está em sua terceira semana na HOT 100 sendo os primeiros do gênero a conseguir tal fato simultaneamente. O sucesso deles marca um passo acima na longa campanha da indústria pop coreana, e na indústria de entretenimento coreana como um todo, cultivando uma robusta base de fãs muito além das fronteiras da Coréia do Sul. Mas até onde, observadores do k-pop tem se perguntado, pode esta glamurosa, visualmente rica e agressivamente jovem indústria musical realmente ir?

Durante o século XXI a coreia intensivamente treinou (e ainda mais intensivamente preparou) esquadrões de grupos femininos e masculinos que podem parecer indistinguíveis, mas o BTS encontrou aos poucos uma forma de se destacar dentre os demais desde seu debut em 2013. Como todo grande artista pop, eles foram estudados pela oligarquia do talento do país, especificamente como um produto originado da Big Hit Entertainment, empresa gerenciada por Bang Si-hyuk, ex-parceiro executivo de JYP (conhecido por seu olho para grandes talentos e nomes da cultura pop sul-coreana). Antes de participarem ativamente do processo de seleção da empresa, dois dos integrantes estavam em escolas voltadas para artes e outros dois eram nomes do rap underground; em algum ponto o grupo ganhou participação ativa na escrita, composição e produção de suas músicas, uma prática não usual no meio altamente especializado e rigoroso do k-pop, e está foi exatamente uma das razões de seu rápido e sem dimensões sucesso.

Certamente nenhum outro boy group de qualquer nacionalidade colocou no topo das tabelas uma música inspirada pelo ganhador de um prêmio Nobel o novelista alemão Hermann Hesse. Como os integrantes do grupo revelaram ano passado, “Blood Sweat & Tears” contém um elaborado clipe onde está presente passagens do romance de Hermann, Demian, uma história conhecida mundialmente e amada por diversas gerações. As palavras são recitadas por Kim Namjoon, conhecido como RM, líder do grupo e conhecido pelo seu nível intelectual e pela sua altíssima nota de QI nos exames de entrada para universidades sul-coreanas – uma marca extremamente valorizada em uma sociedade obcecada por rankings – se tornou fluente em inglês de forma autodidata e com conhecimento de japonês assim como todos os outros integrantes do grupo que também estudaram a língua durante seus anos como trainees.  

O treinamento japonês requerido do BTS – que já possui dois álbuns na língua japonesa – reflete o que os produtores do gênero insistem em desenvolver em seus grupos como um apelo internacional inicial. Japão é um mercado alvo não só por ser o terceiro maior mercado musical do mundo e onde uma cópia física é equivalente à aproximadamente R$75,00, mas porque lá os rançosos odiadores do gênero são facilmente superados em número pelos adoradores. Nos últimos anos, os grupos não tem apenas importado línguas de países vizinhos asiáticos, mas também seus artistas. Há casos como o do grupo EXO onde originalmente quatro de seus integrantes eram chineses, e mais recentemente BLACKPINK onde a dançarina principal do grupo é tailandesa.

O k-pop parece provar que nenhum artista pode se tornar plenamente global sem o inglês. Impulsionada por uma economia baseada em exportação desde sua industrialização, a Coréia do Sul, considera o inglês como uma condição básica para atingir grande sucesso em qualquer setor. Consequentemente, é o país que tem o maior gasto em educação de língua inglesa, embora nem sempre com resultados impressionantes.  A chamada “Onda Coreana” que vai desde música pop, passando por dramas de televisão e chegando em comidas até agora foi levada com mais intensidade sobre países asiáticos mais pobres como o Vietnã e Filipinas.

Se o resto do mundo vai abraçar tal onda é uma pergunta ainda sem resposta, mas com uma grande potencial positivo. O k-pop passou por numerosas estratégias de apelo ao mercado ocidental, sendo os mais recentes adicionar aos grupos artistas nascidos e criados em ambiente nativos de língua inglesa, com descendências coreanas claro. BTS quebra essa regra porém, não apenas a de um integrante nascido fora da Coréia do Sul mas também pela falta de músicas em inglês. “DNA”, música que já passa sua terceira semana no HOT 100 é escrita praticamente inteira em coreano, assim como grande parte do material da discografia do grupo num geral.

“Quando eles lançavam coisas novas pareciam fazer mais sucesso fora da Coréia,” disse Mark Russell, autor de livro sobre o gênero. “Era um pouco incomum. Eles não tinham uma música que realmente se tornava um hit nacional, mas tinha algo neles que atraia atenção das pessoas – estilo, boas produções e aquela misteriosa qualidade de estrelas?” Logo após sinais que o grupo crescia nacionalmente eram claramente visíveis: “Comecei a notar que a música deles tocava em todos os lugares, achava ‘BTS’ em grafites por parques ao redor de Seoul” diz Russell. As influências do grupo são bem ocidentais, com o hip-hop e batidas eletrônicas sendo os sons mais presentes, o septeto também colaborou com diversos artistas ocidentais como Andrew Taggart, Warren G e recentemente Steve Aoki que anunciou estar trabalhando em um remix com o grupo.

Mais do que nunca, ser considerado bem sucedido para a cultura coreana requer ter um apelo internacional relevante, e após a vitória histórica do BTS no Billboard Music Awards o grupo tem se mantido presente no top 3 de marcas mais bem sucedidas da indústria no país.

Em tempos de produção de música cada vez mais sem fronteiras, bem como seus fãs, pode-se questionar a relevância de artistas no topo de tabelas que não são capazes de encher salas de shows, porém o BTS já provou lotar arenas para mais de 18 mil pessoas pelos EUA.

Ninguém pode dizer quais arenas e estádios eles irão encher de aqui em diante, assim como ninguém poderia prever o sucesso astronômico de “Gangnam Style” fora das fronteiras sul-coreanas.

 

Fonte: The Record
Trans eng-ptbr; Bia Rehm @ btsbr


Publicado em 14.10.2017
[NEWS] BTS atinge 9 milhões de seguidores no Twitter!
BTS atinge 9 milhões de seguidores e quebra recorde de views!

BTS mais uma vez mostra resultados impressionantes no Twitter!

No dia 12 de outubro aproximadamente às 3h53min (KST), o twitter do grupo chegou aos 9 milhões de seguidores, 38 dias após terem alcançado 8 milhões. BTS é atualmente a conta sul-coreana com mais seguidores e a única a ter 9 milhões de seguidores.

O grupo recentemente finalizou as promoções de seu último álbum, Love Yourself: Her e também no dia 12 de outubro “DNA” ultrapassou 100 milhões de visualizações no YouTube se tornando o vídeo de k-pop que alcançou tal marca em menor tempo.

 

Fonte: Soompi
Trans eng-ptbr; Bia Rehm @ btsbr