btsbr.co.vu/archive & btsbr.wordpress.com
SITE: Bangtan Brasil - Fã Base
VERSÃO: 1.4 - SPEAK YOURSELF
DESDE: 29.03.2013
VISITAS: 5.272.752 ARMYs
Bulletproof Boy Scouts (em coreano: 방탄소년단) é um grupo masculino sul coreano de hip-hop formado pela Big Hit Entertainment. Geralmente conhecidos como BTS, são também chamados de Bangtan ou Bangtan Boys. Eles estrearam em 13 de junho de 2013 com sua... LEIA MAIS
SEJA BEM VINDO À BANGTAN BRASIL, A PRIMEIRA E MAIOR FÃ BASE BRASILEIRA DO BTS. FEITA DE FÃ PARA FÃ!

Categoria: Traduções

Publicado em 08.10.2018
Quem é SUGA? Mais do que um rapper, você será surpreendido por seu talento
QUÃO BEM VOCÊ CONHECE O NOSSO GÊNIO? LEIA E SAIBA AINDA MAIS!

O BTS vem dominando a indústria musical na Coreia do Sul desde o seu debut em 2013 e eles sempre tiveram apelo internacional, mas desde 2017, eles começaram a alcançar níveis jamais vistos de sucesso internacional que solidificaram o K-pop como a nova sensação da música em todo o mundo, lançando hits em sequência que quebraram recordes nas paradas da Billboard, iTunes e Spotify. Não vamos nem mencionar os seus MVs que praticamente quebram o YouTube toda vez que são divulgados.

Não é nenhuma surpresa que cada integrante de um grupo tão bem sucedido seja hiper talentoso, então eu não estou brincando quando digo que os talentos de RM, Jin, SUGA, J-Hope, Jimin, V e JungKook são infinitos.

Mas agora, gostaria de me concentrar em um integrante em particular: Quem é SUGA do BTS? Bom, seu nome verdadeiro é Min Yoongi, ele tem 25 anos e eu posso falar por dias sobre o quão extraordinário ele é.

Aqui vão alguns dos meus traços preferidos que você precisa saber:

1. ELE É O RAPPER-GUIA DO BTS

As habilidades de SUGA como rapper vão te deixar de queixo caído, e é por isso que ele tem o papel oficial de rapper-guia do grupo. De acordo com a Billboard, SUGA tinha uma carreira estável como rapper underground antes de mergulhar no K-Pop, o que significa que ele era um fantástico rapper antes mesmo do BTS existir. Apenas assista este vídeo de SUGA em uma batalha de rap durante o processo de audição da Big Hit Entertainment em 2010 (que levou à sua seleção para integrante do BTS). Claro, seu penteado de tubarão era extremamente aceitável em 2010, mas suas habilidades com o rap transcendem os anos. Dê uma olhada nele!

Não é surpresa alguma a Big Hit ter visto algo grandioso nele!

2. MAS ELE NÃO É APENAS UM RAPPER, ELE TAMBÉM É UM PRODUTOR

Os talentos de SUGA vão muito além do rap. Ele também é um compositor e produtor nato. Ele produziu duas faixas inteiramente no último álbum do grupo, Love Yourself: Answer chamadas “Her” e “Trivia: Seesaw” – sua faixa solo em que ele também mostra suas habilidades como cantor, só para você saber.

Na verdade, ele acabou de lançar um remix incrível para “Trivia: Seesaw”, que mistura a música com “I NEED U” de 2015, o primeiro grande sucesso do grupo. Ouça abaixo. Você não vai se arrepender.

Mas ele não produz apenas para o BTS. Escute “Wine”, uma faixa que ele produziu para a pop-star Suran e que alcançou #2 no Gaon Digital Chart, um dos mais importantes da Coreia do Sul, além de conquistar inúmeros prêmios.

3. E ELE TOCA PIANO!

Além de ser capaz de explodir sua mente como um incrível rapper, compositor, produtor, dançarino e simplesmente um ser humano etéreo, você pode ir além e adicionar o fato dele ser um incrível pianista  à alucinante-interminável-lista de talentos de Min SUGA.

4. ELE POSSUI UM ALTER-EGO PARA SEU TRABALHO SOLO

Obviamente, com todo esse talento musical, SUGA também teve que partilhar seu trabalho solo. O nome escolhido, Agust D, é composto por seu stage name no BTS soletrado de trás para frente e as iniciais de sua cidade natal, Daegu Town. Ele lançou sua mixtape auto-intitulada sob o pseudônimo em 2016.

5. ELE NÃO TEM MEDO DE FALAR SOBRE IMPORTANTES QUESTÕES SOCIAIS E PSICOLÓGICAS 

Falando em Agust D, SUGA aproveitou a oportunidade para abordar questões da vida real que se preocupa profundamente em sua mixtape solo, como saúde mental e as pressões da fama. Na faixa “The Last”, ele falou sobre sua experiência em lidar com depressão e fobia social de uma forma que realmente acolheu os fãs que enfrentam desafios semelhantes e tão sombrios quanto os do rapper.

6. ELE GOSTA DE TIRAR FOTOS, GRAÇAS AOS CÉUS

SUGA publica tantas fotos lindas, que eu só posso agradecê-lo por isso. Quer dizer, eu tenho sorte se eu conseguir uma selca por mês do V, e é por isso que os tweets regulares do SUGA são o que me mantém bem alimentada.

GLORIOSO.

Como alguém tão lindo pode existir?

7. ELE É UMA PESSOA DIFERENTE FORA DOS PALCOS

Isso talvez te surpreenda – depois de assistir a uma apresentação do BTS e testemunhar o estilo de rap imponente e direto de SUGA – descobrir que o rapper é na verdade uma pessoa realmente discreta fora dos palcos. Mesmo com seus companheiros de grupo, ele pode ser bastante tímido e extremamente calmo e até um pouco distante. Mas isso não significa que ele demonstre menos ternura, amor e cuidado com seus amigos que alguns dos integrantes mais afetuosos fazem (estou falando de você, Jimin). SUGA se preocupa e cuida de maneira terna dos seus companheiros, algo que eles frequentemente o provocam – como na entrevista abaixo, na qual J-Hope e V mostram hilariamente como SUGA cuida dos meninos sem sequer olhar para eles.

Sem mais delongas, Min Yoongi é incrível em todas as suas formas – uma parte indispensável do que faz o BTS as superestrelas que eles são.

Fonte: Elite Daily
Trans eng-ptbr; Caroline Piazza @ btsbr 


Publicado em 08.10.2018
BTS receberá medalha presidencial por divulgar a cultura coreana!
O BTS é o artista mais jovem a receber o grande prêmio para cidadãos coreanos

A sensação do K-Pop, BTS, está sendo enaltecida por suas contribuições em espalhar a cultura e a língua coreana, o gabinete presidencial disse nesta segunda-feira. O porta-voz da Casa Azul, Kim Eui-kyeom, disse que foi decidido em uma reunião de gabinete e o septeto receberá o prêmio da Ordem Hwaghwan de Mérito Cultural.

“Muitos jovens no exterior estão, agora, cantando letras em coreano, um dos exemplos das contribuições do BTS não só em espalhar a Hallyu, mas também a língua coreana,” disse Kim, citando o Primeiro Ministro Lee Nak-yeon. Terça, dia 9, marca o anual Dia do Hangul na Coreia.

O ator Lee Soon-jae também receberá uma medalha Hwagwan, enquanto a Ordem de Mugunghwa — a ordem mais alta na Coreia — será concedida ao presidente francês Emmanuel Macron pelas suas contribuições para o relacionamento entre os dois países.

A Ordem de Mérito Cultural é concedida pelo presidente àqueles que prestaram serviços meritórios excepcionais no campo da cultura e das artes, servindo ao interesse de promover a cultura coreana. O ator Bae Yong-joon, que contribuiu na divulgação da palavra “Hallyu” para incluir a arte coreana na sua popularidade no Japão, recebeu a medalha em 2008.

O BTS está entre os artistas coreanos mais populares, e talvez entre os mais bem-sucedidos da atualidade. O grupo é o único artista de K-pop a chegar ao topo da parada de álbuns da Billboard 200 — com Love Yourself: Tear e Love Yourself: Answer –, tendo nenhum outro artista coreano sequer chegado ao top 30.

O grupo também tem um número de louvores em seu nome, incluindo o prêmio Top Social Artist no Billboard Music Awards e participações em diversos programas de TV americanos, incluindo The Ellen DeGeneres Show, Jimmy Kimmel Live e The Late Late Show.

Fonte: K-pop Herald
Trans eng-ptbr; nalu @ btsbr


Publicado em 08.10.2018
Wale revela o que pensa a respeito do BTS, RM e os ARMYs no TRL
O rapper Wale se diz orgulhoso por ter sido acolhido pelo fandom ARMY

Wale pode até dizer que ele “não é exatamente o queridinho da mídia”,  mas isso não o impediu de dar um gostinho depois da tomada do estúdio da TRL na Times Square esta manhã.

Com centenas de colaborações em sua carreira, Wale poderia falar sobre muitos artistas  mas o BTS foi o primeiro a vir à sua cabeça enquanto conversava com anfitrião do TRL, Sway Calloway. Depois da sua colaboração com o BTS no ano passado, Wale é amigo do RM – quem ele prevê que um dia pode ser um dos melhores compositores e produtores da indústria. Wale está orgulhoso por ter sido adotado pelos ARMYs –  o fandom do BTS que ele diz que o recebeu de braços abertos.

Preparado para dar sua opinião sincera durante um jogo chamado “2 Minute Drill”, Wale não desapontou quando perguntado sobre sua colaboração com o grupo, ele disse “Até mesmo o BTS, o grupo de K-Pop. Sabe, RM é um bom amigo meu, a energia dele é muito boa. Ele é um daqueles caras que se passasse um tempo na América, poderia tornar-se um dos melhores compositores e produtores. Ele é esse cara.”

Então, Sway o pergunta sobre sua música com RM, e Wale expressa sua apreciação para os fãs que apoiaram seu feat com RM: “Eles me mandaram para a Coreia do Sul para gravar uma música chamada ‘Change’. E como todos sabem, os ARMYs – fandom do BTS -, me deram muito amor. Eles definitivamente me abraçaram e eu fiquei tipo ‘Ow! Isso é diferente’. Eu tinha dormido por duas horas apenas, estava frio e tudo, mas nós filmamos o vídeo e eu fiquei muito agradecido.”

Fonte: MTV
Trans eng-ptbr:  jumaria @ btsbr


Publicado em 07.10.2018
Linha do tempo de todas as aparições do BTS na TV norte-americana!
Uma retrospectiva de todas as aparições do grupo na telinha até o momento

A boyband coreana fez sua primeira aparição na TV norte-americana no Billboard Music Awards em 2017, e desde então não pararam mais! O grupo coleciona uma ampla gama de conquistas que vão desde as aparições históricas nos rankings da Billboard 200 e Hot 100 até a mais recente participação e discurso na ONU. E no meio de tudo isso, o septeto separou um tempinho para participar de alguns programas de entretenimento americanos.

Billboard Music Awards 2017

O primeiro tapete vermelho do grupo em premiações americanas foi também a estreia deles na TV, onde destronaram Justin Bieber e levaram para a casa o prêmio Top Social Artist. O discurso de agradecimento proferido por RM foi uma das faixas do álbum Love Yourself: Her, que bateu recordes de vendas.

E! News

Um dos principais canais de entretenimento dos EUA entrevistou o septeto no tapete vermelho do BBMAs 2017 em maio e também em novembro, quando o grupo voltou ao país para se apresentar pela primeira vez no AMAs.

Entertainment Tonight

Assim como o E!, Entertainment Tonight também teve o primeiro gostinho do BTS numa entrevista do grupo no tapete vermelho do BBMAs e meses depois para o AMAs.

The Late Late Show with James Corden

O septeto se divertiu ao participar do jogo Flinch com o apresentador minutos antes de apresentarem “DNA” no programa.

Jimmy Kimmel Live!

BTS surpreendeu alguns fãs estadunidenses – e suas mães – em sua participação no programa de Kimmel, e ainda fizeram um mini-show em Los Angeles onde apresentaram alguns de seus maiores hits. Algumas músicas foram ao ar enquanto o mini-show completo foi transmitido online para fãs ao redor do mundo aproveitarem.

KTLA

A rede local de noticias de L.A. contou com a participação dos meninos durante um programa matinal em novembro do ano passado quando o grupo estava se preparando para o AMAs.

American Music Awards 2017

A primeira apresentação em premiações americanas televisionada do grupo foi um sucesso. O BTS conquistou a plateia do AMAs e os telespectadores com “DNA”, que foi um dos momentos mais aguardados da noite.

Access Hollywood

BTS conversou com o canal de notícias das celebridades durante sua aparição no AMAs.

The Ellen DeGeneres Show

Ellen conversou com o septeto em seu programa de entrevistas, onde o grupo preparou uma surpresa para seus fãs durante um vídeo dos bastidores.

BTS voltou ao programa de Ellen em 2018 onde apresentaram “Fake Love” e também caíram em uma das famosas pegadinhas da apresentadora.

Dick Clark’s Rockin’ New Years Eve

O grupo finalizou 2017 com uma apresentação pré-gravada no famoso programa de fim de ano.

Billboard Music Awards 2018

Um ano depois de sua estreia no tapete vermelho do BBMAs, o BTS voltou para apresentar pela primeira vez seu hit  “Fake Love”.

America’s Got Talent

O septeto trouxe “IDOL” para os palcos do programa de talentos em setembro deste ano.

The Tonight Show Starring Jimmy Fallon

BTS fez o desafio de dança de Fortnite com Fallon – que se encantou por Jimin – além de conversar com o apresentador sobre o discurso na ONU e ainda apresentar “IDOL” e “I’m Fine” no programa.

Good Morning America

O grupo conversou com Robin Roberts e Michael Strahan sobre sua turnê e a série de álbuns Love Yourself.

Fonte: Billboard
Trans eng-pt; Bia Rehm @ BTSBR

 


Publicado em 07.10.2018
[TWITTER] 06.10.18 – BTS_twt
TWEETS POSTADOS POR @BTS_TWT E @BTS_BIGHIT NO DIA 06.10.18

[RM]

[TRAD] Bem vindos ! @CitiField

 

[SUGA] 

[TRAD] obrigado nova iorque!!

 

[JIMIN] 

[TRAD] São essas as palavras que nós gostaríamos de dizer a vocês.
Obrigado ARMY #JIMIN

Tradução do banner: “Obrigado por nos ensinarem como nos amar.”

 

[JIN]

[TRAD] obrigado

 

[J-HOPE]

https://twitter.com/BTS_twt/status/1048782534698573824?s=19

[TRAD] De verdade, obrigado 💓
Todos vocês são a minha ESPERANÇA 💓

 

[BTS_BIGHIT] 

[TRAD] [#BangtanHoje] Obrigado, Nova Iorque! ARMY que levou o #BTS ao Citi Field Stadium! O tempo que passamos juntos hoje foi realmente como um sonho ✨ #NovaIorqueShowCitiField

 

Trans ko-eng: BTS_Trans
Trans eng-ptbr: jumaria @ btsbr


Publicado em 07.10.2018
BTS Bon Voyage – INTENSIVO: S03E03
Confira um grande resumo de cada episódio da saga do BTS em Malta!

Ao finalizar os passeios diurnos, RM e J-Hope foram ao shopping fazer compras! Graças ao motorista, J-Hope, eles chegaram a salvo, apesar de terem se perdido um pouco durante o caminho. Ainda assim, eles continuaram otimistas, porque, à essa altura, eles já estão acostumados a se perder!

IMG01.jpg

Enquanto isso, os hyungs Jin e SUGA decidiram passar um tempo pescando! O problema é que nenhum deles havia pescado antes, então a experiência foi completamente nova para ambos. Eles não tinham muita certeza sobre como arrumar as varas de pesca, precisando da ajuda de integrantes da equipe.

Os maknaes JungKook e Jimin, acabaram encontrando artistas de henna na rua e decidiram fazer tatuagens. Jimin foi rápido ao decidir tatuar um anel, enquanto JungKook demorou mais para escolher fazer algo em seu braço.

Jimin acaba perguntando se ele pode tentar fazer uma henna sozinho, e cuidadosamente repete a mesma tatuagem de anel em outro dedo. JungKook termina sua henna e, enquanto esperava, decide pedir para que desenhem uma caricatura dele. O resultado é, ao mesmo tempo, adorável e hilário, fazendo os maknaes rirem.

IMG02.jpg

Mais problemas aparecem para RM e J-Hope, que continuam seu ciclo de esquecimento. Ao entrarem no shopping, J-Hope percebe que esqueceu seu celular no carro e tem que voltar para pegá-lo, apenas para descobrir que o RM tinha pego seu celular por engano, e eles recuperam o celular do RM do carro.

Quando a dupla sai para comprar bebidas, RM rapidamente percebe que não acha seu dinheiro. Eles param para que o ele procure em suas coisas, mas ele não consegue o achar em lugar nenhum. Finalmente, J-Hope diz que ele irá pagar pelas bebidas para que eles possam continuar andando no shopping. Enquanto eles esperam na fila, J-Hope pergunta ao RM se ele havia procurado em seus bolsos de trás da calça. Quando ele faz isso, o dinheiro está magicamente lá! Nesse momento, RM fica feliz e sorridente e decide pagar pelas bebidas para J-Hope.

IMG03.jpg

Os “hyungs pescadores” começaram a pegar o jeito. Eles estavam apenas aprendendo como tirar suas varas de pesca, quando SUGA percebeu que havia algo preso em sua linha. Nesse momento, SUGA e Jin começam a gritar animadamente. Mas a linha de SUGA ficou presa e, quando eles finalmente conseguem soltá-la, o peixe havia se desprendido. Mas SUGA ficou feliz por ter sentido a emoção de pescar.

img04.jpg

Quando Jin começou a pescar, ele teve muito menos sorte do que SUGA, passando por dificuldades com a bobina da vara de pescar, o que o fez perder sua isca. Eles chegaram a pensar que os peixes poderiam ser mais espertos do que eles, e se admiraram ao verem um morador que estava pescando próximo a eles com facilidade. O morador acaba ajudando os garotos e até dá a eles o peixe que ele pescou para que eles pudessem fingir terem pescado eles mesmos.

Enquanto o restante dos integrantes do grupo está aproveitando sua viagem, V ainda está a caminho de Malta. Ele faz uma pequena conexão de voo na Turquia antes de seguir viagem à Malta.

O “time das compras” escolhe camisetas no shopping – J-Hope escolhe uma branca, enquanto RM prefere camisetas sem mangas. Felizes com as novas camisetas, eles param na loja da Lego para revisitar sua infância,comprando pacotes pequenos de personagens da Lego e cada um monta seu próprio boneco. Será que podemos parar para apreciar como J-Hope traz à tona o lado divertido do RM?

IMG05.jpg

Retornando para a casa, J-Hope e RM percebem que esqueceram uma sacola de compras no shopping e têm que dar meia-volta para buscá-la. Mas felizmente, eles a encontram rapidamente na loja da Lego. Quantas coisas mais esses dois conseguem esquecer?

Os maknaes foram ver os tiros de canhão, mas descobrem que perderam o disparo por alguns minutos de atraso. Tristes por terem perdido o show novamente, eles decidem voltar para a casa. Eles encontram SUGA e Jin pescando e decidem sentar-se com eles, e, eventualmente, RM e J-Hope chegam também.

Quando SUGA pega um peixe de repente, todos ficam animados e admirados! Eles gritam e batem muitas palmas para seus hyungs que finalmente conseguiram superar a esperteza dos peixinhos. Jimin tira uma foto, com orgulho, de um SUGA feliz com sua conquista, antes de soltar o peixe novamente na água.

IMG06.jpg

De volta à casa, J-Hope decide que ele precisa lavar as roupas e convoca a “fada da lavanderia”, JungKook. O maknae de ouro leva as roupas para a máquina e tem algumas dificuldades para fazê-la funcionar, já que ela é diferente da que eles possuem em casa. Eventualmente, ele consegue compreender a máquina e a coloca para funcionar.

Então, os garotos decidem fazer a janta juntos, com SUGA sendo o cozinheiro-chefe. Ele coloca Jimin, JungKook e Jin para trabalhar descascando alho para ele, enquanto ele faz o jantar de todos. Eles não deixam RM ajudar na tarefa, fazendo com que ele voltasse para a sala. Eles assistem à mensagem do V, que ainda está à caminho de Malta, enquanto comem.

IMG07.jpg

 

Na segunda parte do episódio, o septeto se divide em novos times, para curtir a noite de Malta. RM e Jimin estão juntos, e saem para observar a cidade. J-Hope e Jin se dirigem ao centro da cidade, enquanto o “time do chapéu”- JungKook e SUGA – decidem ir a um pub.

SUGA decide que irá ensinar ao maknae tudo sobre whiskey e mostrar seus conhecimentos. Mas, na verdade, ele apenas fala sobre Irish Bombs e pede dois para eles. Não fica muito claro se JungKook aprendeu alguma coisa, mas pelo menos ele fica um pouco tonto.

Dois de uma lição de história sobre whiskey e licor, JungKook e SUGA se perguntam o que os demais estariam fazendo. Eles adivinharam corretamente que J-Hope e Jin estão se divertindo, enquanto RM e Jimin estariam tendo conversas sérias.

IMG08.jpg

Quando RM e Jimin terminam de observar a cidade, eles vão a um pub para tomar cervejas, e Jimin fica surpreso com o tamanho das bebidas. Ele precisa das duas mãos para conseguir segurar seu copo. Eles são interrompidos por um barulho alto e Jimin corre para ver o que é. Depois de não conseguir ver o disparo do canhão mais cedo, ele está feliz por conseguir ver os fogos de artifício no céu.

A caminhada pelo centro da cidade de J-Hope e Jin acaba trazendo vários constrangimentos. J-Hope não consegue compreender a roupa do Jin, mesmo com o hyung afirmando ser estiloso. J-Hope até mesmo hesita quando Jin o chama para tomar uma bebida com ele, mas acaba concordando em nome da amizade.

IMG09.jpg

Com sono, SUGA decide voltar para a casa, enquanto um JungKook levemente bêbado decide que quer caminhar. Ele acaba admirando cantores de rua, dando gorjetas a eles, até ele decidir que gostaria de se apresentar também. Quando J-Hope e Jin ficam sabendo disso, eles correm para encontrá-lo.

Apesar de sua apresentação fofa, JungKook se preocupa em ter estragado a música, então seus companheiros de grupo passam a caminhada de retorno para a casa elogiando seu canto.

Enquanto isso, RM e Jimin discutem sobre a música que Jimin vem escrevendo. Ele está muito inseguro sobre ela e acredita que não será boa o suficiente para ser lançada. Apesar dos esforços do RM para tentar fazê-lo mostrar uma parte da música, Jimin ainda não se sente pronto para que o público a ouça.

No próximo episódio do Bon Voyage, aparentemente, SUGA, Jin e J-Hope estarão juntos em um carro, enquanto Jimin e RM estarão em outro, com JungKook como o motorista. Todos praticarão mergulho e V finalmente se juntará aos demais em Malta! Então, será a hora de uma atividade em grupo – andar a cavalo, algo que V está muito ansioso para fazer.

Onde assistir à terceira temporada do Bon Voyage?

Os fãs podem assistir à terceira temporada do BTS: Bon Voyage online no canal do grupo no V Live. Essa temporada tem 8 episódios, 8 episódios dos bastidores e 2 vídeos bônus, que podem ser adquiridos como um pacote por 900 moedas (aproximadamente R$ 70,00).

O próximo episódio dessa temporada, “7-1=7” será transmitido no dia 9 de outubro, à partir das 9h (horário de Brasília).

Fonte: Hypable
Trans eng-ptbr: Jojo Viola @ BTSBR


Publicado em 06.10.2018
O BTS confirma presença no Asia Artist Awards 2018
O grupo chega forte à premiação que acontece em novembro na Coreia do Sul

A presença do grupo está longe de ser uma surpresa devido à sua crescente popularidade global e suas grandes vitórias nas premiações do fim do ano passado.

A premiação desse ano irá incluir um time de 20 cantores e 20 atores. Até agora Wanna One, iKON, TWICE, SEVENTEEN, e Lee Byung Hun confirmaram suas participações.

O Asia Artist Awards está trabalhando com a KSTAR GROUP esse ano. KSTAR GROUP trabalhou anteriormente no Dream Concert 2018 e também está preparando um festival de k-pop em Jakarta, na Indonésia, em novembro.

Fiquem ligados para mais notícias sobre o Asia Artist Awards 2018 que acontecerá no dia 28 de novembro em Incheon.

Fonte: Soompi
Trans eng-ptbr; gabriela @ btsbr


Publicado em 06.10.2018
Quem é Jin? O Mr. Worldwide Handsome tem talento de tirar o fôlego
Será que você conhece o nosso vocalista e visual? Leia e saiba ainda mais!

Aos poucos, o BTS tem tomado conta do mundo. E no centro desse popular grupo de K-pop encontra-se Jin, considerado o mais bonito de todos os integrantes. Apesar de receber muita atenção por seu visual (tanta que tem o apelido de Worldwide Handsome – Mundialmente Bonito), Jin não deixa isso subir à cabeça e sim, há muito o que aprender sobre ele.

Então, quem é o Jin do BTS? Bom, ele é o tipo de garoto que vai cantar pra você, cozinhar algo gostoso e contar uma piada caso necessário. E, definitivamente, existem mais informações de onde isso veio.

Aqui vai tudo o que você precisa saber sobre o Jin:

1. ELE É O MAIS VELHO DO GRUPO

Jin, cujo nome completo é Kim SeokJin, nasceu em 4 de dezembro de 1992. Com quase 26 anos, ele é o mais velho do grupo, tornando-o, de certa forma, uma figura paternal para os outros membros. E, ao mesmo tempo que a sua idade faz você achar que ele é o mais maduro de todos, ele é, na verdade, um brincalhão. O cantor multi-talentoso é conhecido por contar boas piadas de tiozão quando o momento pede. Nada como um cara que consegue contar uma ótima piada, né?

Imagem relacionada

2. ELE FOI DESCOBERTO ENQUANTO ESTUDAVA PARA SER ATOR

Em fevereiro de 2017, Jin graduou-se em Arte e Atuação pela Konkuk University da Coreia do Sul. Foi na universidade que ele foi encorajado a fazer uma audição para a BigHit Entertainment. A audição o levou ao BTS, com o qual atingiu sucesso local e internacional. Mas mesmo com tudo isso acontecendo, Jin nunca perdeu a vontade de atuar.

Jin se formou na universidade enquanto mantinha uma agenda super cheia. Ele era tão ocupado que, na verdade, seus colegas de grupo fizeram uma cerimônia de formatura para ele. Ele usou capelo e toga e tudo:

[TRAD] O #Jin do #BTS oficialmente se formou na Konkuk University. Parabéns para o nosso Jin! Estamos tão orgulhosos de você!

3. ELE AMA COZINHAR

Além de ser fantástico ao cantar e atuar, Jin também é incrível na cozinha. Ele ama cozinhar e frequentemente experimenta novas receitas. Uma olhada rápida ao seu diário culinário dirá que o Jin não tem medo nenhum na cozinha. Ele já tentou fazer pães, carnes e massas. Cada receita é diferente – ele definitivamente tem o jeito para cozinhar.

Resultado de imagem para jin cooking gif

4. ELE TOCA INSTRUMENTOS COMO UM PROFISSIONAL

Enquanto o BTS dança e canta nos palcos normalmente, podemos encontrar o Jin sentando-se e tocando violão. Outras vezes, podemos vê-lo tentando tocar ukulele. E, se dermos sorte, o vemos tocando piano. Sua proeza musical é de outro mundo e, definitivamente, mostra o quão multi-talentoso ele é.

Aqui temos um vídeo do Jin tocando instrumentos diferentes:

Considerando tudo isso, Jin do BTS é um artista incrivelmente versátil. Ele prova isso toda a vez que sobe ao palco com os outros integrantes do grupo.  Sem mencionar que ele faz muitas coisas nos bastidores. Digo, ele atua, cozinha e conta boas piadas. E quem pode esquecer que ele é o Worldwide Handsome? Ele parece ser uma pessoa completa. Como você pode não amar isso sobre ele?

Fonte: Elite Daily
Trad eng-ptbr; clau @ btsbr


Publicado em 06.10.2018
De Girls’ Generation ao BTS: Como o K-Pop mudou o mundo
O BTS é um dos poucos grupos que ousam ultrapassar os limites na Coreia do Sul

O discurso do BTS na Assembleia Geral das Nações Unidas pode ser entendido como o passo seguinte do soft power coreano: tomar conta do mundo, um país e um super artista por vez

IMG_02.jpg

No dia de abertura da Assembleia Geral da ONU, o grupo de K-Pop mais popular do mundo, BTS, subiu ao pódio e discursou para uma sala cheia de burocratas e líderes mundiais. Normalmente conhecidos por seus visuais ousados e inspirados pelo hip-hop, os sete integrantes vestiram ternos pretos discretos, enquanto o líder, RM, falou por seis minutos e meio sobre o trabalho do grupo com a UNICEF, para a qual eles arrecadaram mais de 1.1 bilhão de wons (US$ 986.000) durante o último ano.

Ele também comentou sobre a mais nova iniciativa da UNICEF para a educação e treinamento de jovens, “Generation Unlimited”, e encorajou a audiência a falar sobre o que pensam e a amar a si. “Não importa quem você é, de onde você é, a cor da sua pele, sua identidade de gênero – apenas fale por si mesmo”, ele disse. “Encontre seu nome e encontre sua voz, fale por si”.

Em um encontro no qual a comunidade global discute sobre mudança climática, multilateralismo e manutenção da paz, a pergunta de todos era qual o lugar do K-Pop nas questões internacionais.

Pode parecer bizarro que uma boyband perfeita, criada por uma indústria conhecida por seus ídolos super manufaturados e altamente reprimidos – senão oprimidos – daria um discurso sobre auto-estima e identidade na ONU. Mas o BTS não é qualquer grupo de K-Pop. De acordo com seus fãs por todo o mundo, eles são um dos poucos que ousam ultrapassar limites na Coreia do Sul, onde suas canções e declarações tratam de grandes tabus sociais incluindo suicídio, abuso e direitos LGBTQ+.

“Em sua música, eles cantam sobre temas controversos como auto estima e saúde mental”, comenta Tessa Ariella, uma estudante da Yonsei University na Coreia do Sul, e diz que o BTS é também muito grande na Indonésia, seu país de origem. “O BTS é diferente de outros grupos, eles alcançam a todos.”

Enquanto o gênero vem crescendo na última década, o BTS é um dos poucos grupos de K-pop que atingiram a massa na América do Norte. De várias formas, os Estados Unidos representam o santo graal para estrelas de K-pop, como um mercado inexplorado e por conta da credibilidade recebida quando adentram este ramo, de acordo com Jenna Gibson, uma expert em K-pop e estudante de pós-doutorado em Relações Internacionais na Universidade de Chicago.

IMG_03.jpeg

O grupo de super estrelas, Girls’ Generation, tentou sem grande sucesso entrar no mercado Estadunidense

O problema sempre foi a barreira linguística. Muitos grupos, incluindo Girls’ Generation, Wonder Girls, e até o PSY – que não conseguiu repetir seu sucesso com Gangnam Style – não conseguiram adentrar no mercado estadunidense. “Tudo mudou com o BTS,” Gibson diz. “O BTS fez um grande sucesso nos últimos anos trabalhando muito dentro dos Estados Unidos. Eles fizeram pequenos shows, passaram tempo construindo uma base de fãs norte-americana, e se dedicaram a procurar o sucesso no país de baixo para cima”.

Com sua relativa sinceridade – pelos padrões sul-coreanos – ao abordar a vida e as dificuldades, além de seu grande esforço em divulgação e estratégias nas redes sociais (o grupo tem mais de 16,5 milhões de seguidores na sua conta super ativa do Twitter), a recente aparição do BTS na ONU demonstra como a nova era do soft power do K-pop acontece para além da Ásia.

“Na Coreia, com seu índice de suicídio extremamente alto e o grande nível de desesperança entre os jovens devido ao desemprego e a competitividade da sociedade coreana, o BTS está tentando fazer a diferença em seu alvo demográfico – pessoas jovens,” afirma Cedar Bough Saeji, um pesquisador de pós-doutorado na University of British Columbia’s Korean Foundation. “Trabalhar com a ONU é uma continuação lógica a isso”.

IMG_04.jpg

As músicas e declarações do BTS tratam de tabus sociais importantes, como suicídio, abuso e direitos LGBTI

Soft power é sobre atrair o público estrangeiro a ser mais interessado no que seu país tem a oferecer, diz Gibson. “K-pop é a principal ferramenta de soft power da Coreia, porque é apresentado em coreano, e é fundamentalmente coreano de muitos jeitos. O K-pop tem o poder de fazer os fãs quererem aprender mais sobre a música, sobre a indústria, e sobre o país de onde isso vem.”

O K-pop inclusive ajudou a fazer do idioma coreano a última moda em algumas improváveis partes do mundo. Em uma pesquisa com 20 mil fãs de K-pop na Algéria no último ano, 93% dos entrevistados afirmaram usar palavras e gírias coreanas no seu dia-a-dia, de acordo com um relato do Quartz.

“Existem muitos estudos documentando como o K-pop e outros produtos culturais, como os dramas, auxiliaram no crescimento do turismo na Coreia e no aumento de estudantes de coreano”, comenta Gibson.

O K-pop tem mais potencial de soft power do que a música pop estadunidense, porque vem com menos bagagem colonial e política, diz Saeji. “O K-pop vem de um país pequeno, o qual a maioria dos países do mundo sabem muito pouco sobre, um país que nunca foi colonizador e nunca fez guerras em países vizinhos,” ela conta. “Ele pode ganhar ou perder nos seus próprios méritos e atrair jovens não porque sabem sobre a Coreia, mas porque os elementos coreanos no K-pop são novos, originais e – de um modo que a cultura pop americana nunca poderia ser – neutros”.

Mesmo assim, enquanto a visão de estrelas asiáticas do pop altamente subordinadas, aventurando-se na diplomacia ou política mundial, pode parecer surpreendente, o soft power único desses artistas não é estranho à diplomacia regional asiática.

As menções populares do político japonês Shinjiro Koizumi sobre o grupo TWICE enquanto discutia sobre um aumento de trocas culturais entre o Japão e a Coreia do Sul, em janeiro, provocou feedbacks positivos em ambas nações.

[TRAD] “O político japonês Sr. Shinjiro Koizumi disse que eles deveriam aumentar a troca de cultura e arte entre os dois países (Japão e Coreia do Sul). Ele também mencionou o Twice, que apareceu, ano passado, no Kouhaku da NHK e é bem popular no Japão, tendo três integrantes japonesas no grupo TWICE”.

Tais tentativas não são imunes ao criticismo, no entanto. A visita do grupo japonês AKB48 à Tailândia e a apresentação privada para o Primeiro-Ministro Prayuth Chan-ocha, transmitida aos cidadãos pelo Facebook (havendo críticas sobre uma tentativa do líder militar de ganhar apoio da juventude), é um exemplo não muito bem recebido.

Uma coisa que todos concordam é que os ídolos, em muitas formas, são diplomatas perfeitos. “Devido ao seu treinamento, eles são muito cuidadosos em frente a câmeras e tendem a ter um comportamento perfeito em público. Isso faz deles ótimos para oportunidades fotográficas,” fala Saeji.

Nas relações coreanas, estrelas do K-pop já tiveram uma grande participação nos dois lados. Da propagação em alto volume das canções de Girls’ Generation através da fronteira demarcada – uma atividade que provocou muita ira da Coreia do Norte, e que foi recentemente interrompida por causa da melhora das relações – até as recentes apresentações de grupos sul-coreanos como Red Velvet, Ailee e ALi em Pyongyang, especialistas dizem que a música pop tem ajudado e muito a normalizar a relação entre as Coreias.

“Considerando que a própria esposa do Kim Jong-un foi parte do famoso grupo de pop norte-coreano Moranbong Band, um grupo criado pela diretiva do governo para ser usado para propósitos nacionalistas, não é surpreendente ver Moranbong Band e Red Velvet… Como parte dessa tentativa de aproximação,” afirma Saeji. “Essa nova incorporação positiva do K-pop na reaproximação é ainda muito nova… Quem sabe o que o futuro vai trazer.”

É fácil desprezar o K-pop como bobo, fraco e frívolo, adiciona Gibson. “Esses artistas de K-pop vão mudar o curso da paz na península coreana? Com certeza não. Mas seu envolvimento na diplomacia é um grande medidor de pressão das relações inter coreanas,” ela argumenta. “O poder de atração pode ser uma ferramenta muito poderosa na política internacionais se a Coreia do Sul utilizá-la sabiamente”.

Fonte: South China Morning Post
Trad eng-ptbr; clau @ btsbr


Publicado em 05.10.2018
ARMYs pedem que não joguem coisas no palco durante os shows do BTS
Durante o segundo show em Chicago, RM abordou o problema com os fãs

ARMYs coreanas e internacionais têm notado que, durante os shows do BTS nos EUA com sua mais nova turnê – BTS World Tour: Love Yourself, os integrantes constantemente enfrentam ocorrências de fãs jogando itens no palco para eles.

Em várias fancams e fotos disponibilizadas por ARMYs que foram à shows nas paradas de Fort Worth, Newark e Chicago, os integrantes estavam sendo atingidos por objetos voadores em seus braços, pernas e em suas cabeças. Os fãs pareciam estar jogando desde tiaras de cabeça à bichos de pelúcia e outras coisas que poderiam realmente machucar os meninos.

gif01.gif

gif02.gif

gif04.gif

gif05.gif

gif06.gif

gif07.gif

gif08.gif

gif09.gif

ARMYs coreanos, ao ver os incidentes que ocorriam do outro lado do mundo, pediram para que os ARMYs estadunidenses parassem de atirar objetos em cima do palco, por medo de machucar os garotos. Foi notado que durante o segundo show em Chicago, RM abordou o problema diretamente e disse, “Por favor, não joguem coisas no palco!”. Alguns ARMYs coreanos estão dizendo que a BigHit Entertainment deveria impor regras oficiais em shows, para a segurança de seus artistas.

Os comentários dos ARMYs coreanos incluíam, “Por que vocês continuam jogando coisas nos nossos preciosos meninos TT”, “Por que eles estão fazendo isso… nossos garotos vão se machucar”, “Essa não é a forma de demonstrar amor por eles!”, “Por favor, não joguem coisas. Por favor, protejam nossos garotos”, “Assistir o J-Hope sorrir mesmo depois de ter sido atingido no olho me deixa triste TT”, e mais.

[TRAD] Para sua segurança, por favor, tomem cuidado com as pessoas próximas a você e seus amigos, e não joguem coisas no palco […] ok?”

Fonte: Allkpop
Trans eng-ptbr: jumaria @ btsbr

 


Publicado em 05.10.2018
V se emociona com The Truth Untold ao vivo!
O vocalista ficou maravilhado com multidão de fãs cantando junto à ele

Os ARMYs são conhecidos por sua intensa devoção ao BTS, que pode levar a alguns momentos muito emocionantes quando o grupo lança uma nova música ou se apresenta ao vivo. Mas essa semana, o membro do BTS Taehyung, mais conhecido como “V”, retribuiu essa emoção enquanto se apresentava na turnê norte-americana do grupo.

Em 29 de setembro enquanto se apresentava em Newark, New Jersey, os fãs perceberam que ele estava notavelmente maravilhado pela multidão. As lágrimas de Taehyung foram vistas pelos fãs durante a apresentação de “The Truth Untold”, música do seu álbum Love Yourself 轉 ‘Tear’.

Para V, as lágrimas se tornaram literais quando a música chegou nas partes finais. Projetado no telão atrás do palco, em alguns ângulos —  e em vídeos compartilhados por ARMYs que puderam vê-lo — definitivamente parecia que ele estava chorando um pouco, enquanto os outros membros cantavam “But I still want you…” (Mas  eu ainda te quero).

Quase imediatamente os fãs começaram a encher o Twitter com emojis de carinhas tristes e corações roxos em solidariedade às lágrimas aparentes de Taehyung. Apesar dos fãs não saberem porque ele estava chorando, os ARMYs o apoiaram mostrando suas emoções. Um fã suspeitou que Tae estava chorando simplesmente por causa da música — “O Taehyung tem uma alma vanguardista, nunca me surpreende vê-lo emocionalmente envolvido com a música” — O que faz sentido porque “The Truth Untold” é uma balada séria e melancólica.

[TRAD] “Não chore Tae!!!! #BTS #BTSInnewark @BTS_twt”

Outro fã escreveu, “É difícil vê-lo assim. Eu não acho que consiga terminar de ver essa música sendo apresentada ao vivo. Por mais que eu ame essa música, eu amo mais o Taehyung. É tão doloroso. Eu estou muito triste. Eu o amo muito.”

Se as lágrimas de V foram de tristeza ou de felicidade, é claro que toda vez que algum dos membros do BTS quiser mostrar seus sentimentos os ARMYs estarão sempre lá para dar suporte e apoio.

Fonte: Teen Vogue
Trans eng-ptbr; natália feitosa @ btsbr


Publicado em 05.10.2018
BTS Bon Voyage – INTENSIVO: S03E02
Confira um grande resumão de todo episódio da saga do BTS em Malta!

O segundo episódio do Bon Voyage 3: “Olá, Malta!”, agora está disponível! Aqui você pode dar uma olhada em tudo que o BTS fez em seu segundo dia em Malta!

Agora que o BTS já se acomodou, é hora de suas atribuições de quarto! Eles decidem jogar um jogo para decidir quem vai dividir os quartos, mas eles não chegam a um acordo sobre o que jogar e acabam mudando-o três vezes.

No final, eles decidiram jogar um onde cada um deles teria que entrar na casa sozinho e escolher um quarto, sem saber quem mais o escolheu. Mesmo que isso signifique que mais de duas pessoas possam ficar no mesmo quarto.

J-Hope e RM vão primeiro e acabam escolhendo o mesmo quarto. Jimin vai depois e escolhe um quarto diferente, mas quando o Jin foi depois dele acabou entrando no mesmo quarto. Jungkook foi o quinto e pegou outro quarto vazio, e o Suga acabou escolhendo o mesmo quarto que o Jimin e o Jin! Com isso os quartos estavam decididos, até V se juntar a eles!

Uma vez que as risadas sobre a escolha dos quartos diminuíram, eles saíram para pegar a bagagem. Em consequência do jogo que fizeram no episódio 1 da 3° temporada do ‘Bon Voyage’, Jimin, Jungkook e RM pegam as malas de todo mundo. Enquanto isso, Jin cortou melância para eles comerem.

Depois que todos comeram e tomaram banho, RM decidiu que era hora de festa e abre as caixas de som que ele trouxe com ele. Os seus colegas de quarto, J-Hope e RM, não perdem tempo e começam uma festa do pijama de dança na sala de estar e logo se juntam ao resto dos membros.

Para festejar o primeiro dia deles em Malta, eles foram para um barco de passeio particular. J-Hope rapidamente começa outra festa de dança, e eles também falam sobre sentir falta do V.

Enquanto RM procurava pela tripulação do barco, Jin e Jimin decidem recriar a icônica cena de Titanic. Eles continuam a brincar e Jin começa a fazer cócegas em Jimin, enquanto Suga, seu companheiro de quarto, já não se impressiona mais já que eles fazem isso em todas as viagens juntos.

[IMG2]

Enquanto os garotos aproveitam a viagem de barco, V está no aeroporto da Coreia à caminho. Por mais que ele não esteja ansioso para o voo, ele deseja se reunir aos meninos logo. Mas primeiro, uma parada para comer macarrão.

No barco, o Jin acha um microfone e tenta deixar os meninos mais animados. SUGA continua entediado e só quer relaxar,  então eles colocam “Seesaw” para tentar animá-lo. Isso o fez dançar no conforto de seu assento.

Então todos eles tiraram um tempo para fazer um vídeo para o V, para que ele saiba que é amado e faz falta. Mesmo que tenha demorado um tempo para convencer o SUGA a falar “Eu te amo”.

[IMG3]

Quando a noite cai, as luzes da cidade ficam bonitas vistas do mar. Mas quase todos os membros desmaiaram devido ao dia cheio. Jimin e Jungkook ficam acordados para assistir aos vídeos.

No segundo dia da viagem, os meninos aproveitaram o tempo livre pela manhã. RM e J-Hope são a primeira equipe a sair pela manhã. Jin e Yoongi vão depois, com Jimin e Jungkook por último. Parece que o objetivo de todos é andar pela sombra e não passar muito calor.

RM e J-Hope começam a olhar a cidade e tirar fotos, antes de irem até a catedral.

[IMG4]

Jin e SUGA planejam ir ver os canhões, comer e fazer compras. Jimin e Jungkook ficam um pouco perdidos, e quando eles finalmente acham o restaurante que estavam procurando, eles descobrem que não está aberto ainda.

Depois de tentar achar um lugar para comprar e falhar, Yoongi e Jin acabam só tomando sorvete juntos. Enquanto eles tomam sorvete, dirigem-se aos canhões e apreciam a paisagem.

RM e J-Hope decidem dar uma parada e tomar algo gelado também, onde são vistos por Jin e seu companheiro de quarto e passeio, SUGA. Eles acabam indo ver os canhões juntos como um mini grupo já que eles não tinham certeza de onde Jimin e Jungkook estavam. Todos ficaram muito impressionados com os canhões barulhentos. Eles aproveitam a oportunidade para tirar fotos juntos antes de voltarem para suas equipes.

[IMG5]

RM e J-Hope tiram muitas outras fotos enquanto andam pela cidade. Eles acabam achando as salas de guerra sob a cidade e ficam um pouco assustados. Quando chegaram nos museus nas salas de guerra, eles se divertiram muito brincando com as exposições.

Jimin e Jungkook finalmente puderam entrar no restaurante que eles queriam para tentar almoçar. Como estavam sozinhos, os dois tiveram uma pequena dificuldade para fazer o pedido em inglês e acabam rindo de vergonha. Mas a comida deliciosa vale à pena no final.

[IMG6]

Jimin finalmente consegue convencer o Jungkook a ir ao Grandmaster’s Palace para um tour. Eles tiveram uma pequena dificuldade em conseguir os ingressos,  novamente pela barreira do idioma, mas ficaram empolgados quando conseguiram entrar.

SeokJin e Yoongi chegam à catedral e tiram fotos do lado de fora antes de entrarem para conhecê-la. Eles também estão felizes por terem a chance de se refrescarem. Depois, encontram um lugar para fazerem compras e ficam ansiosos para ver as camisas de Seul em exposição. Então, vão à joalheria e compram colares de amizade.

[IMG7]

Quando RM e J-Hope planejam fazer um passeio de carro, J-Hope descobre que perdeu as chaves de casa. Como estava em seu saco de moedas, ele ficava revirando todas as vezes que fazia alguma compra. Agora eles não tem ideia de onde possa estar. Eu acho que não é um ‘Bon Voyage’ se algum deles não perde alguma coisa.

Eles rapidamente desistem de procurar pelas chaves e se dirigem ao shopping em Sliema. É a primeira vez que vemos J-Hope dirigindo! Depois de muitas compras, a dupla SUGA e Jin começa a procurar algum lugar para comer carne de coelho. E SUGA aproveita para praticar mais seu inglês.

[IMG8]

Ao que parece, no próximo episódio veremos as equipes terminando suas viagens de dia e depois trocando as equipes para as atividades noturnas, ficando então, SUGA e Jungkook, Jin e J-Hope e Jimin e RM definidos como equipes.

Onde assistir a 3° temporada do BTS ‘Bon Voyage’:

Você pode assistir ao Bon Voyage pelo BTS V Live. Essa temporada consiste em 8 episódios completos, oito episódios por trás das câmeras, e dois bônus que pode ser comprada por 900 moedas (O que equivale a aproximadamente R$70.00).

Fonte: Hypable
Trans eng-ptbr: natália feitosa @ btsbr