SITE: Bangtan Brasil - Fã Base
VERSÃO: 1.3 - WINGS BLUE
DESDE: 29.03.2013
VISITAS: ARMYs
Bulletproof Boy Scouts (em coreano: 방탄소년단) é um grupo masculino sul coreano de hip-hop formado pela Big Hit Entertainment. Geralmente conhecidos como BTS, são também chamados de Bangtan ou Bangtan Boys. Eles estrearam em 13 de junho de 2013 com sua.. LEIA MAIS
SEJA BEM VINDO AO BANGTAN BRASIL, A PRIMEIRA E MAIOR FÃ BASE BRASILEIRA DO BTS. FEITA DE FÃ PARA FÃ!
Publicado em 01.07.2018
A história do BTS nos charts da Billboard: uma linha do tempo
Essa é uma das realizações mais prestigiosas do BTS, seguindo diversas [...]

O grupo de superestrelas sul-coreano, BTS, acabou de elevar o K-pop à um território desconhecido: esse maio, seu último álbum, Love Yourself: Tear, disparou para o número 1 na Billboard 200, fazendo do grupo o primeiro da indústria k-pop a reivindicar o cobiçado lugar depois de vender impressionantes 135.000 unidades de álbuns – 100.000 delas em vendas tradicionais de álbuns – nos Estados unidos durante a semana terminada em 24 de maio.

Esses números se somam à maior quantidade de vendas unitárias e semanais do K-pop de todos os tempos. A entrada nos charts do Love Yourself: Tear no Top 10 é a segunda para um álbum de K-pop, seguindo apenas o álbum do próprio septeto, Love Yourself: Her, que atingiu o 7º lugar outubro passado. Como se não bastasse isso, Love Yourself: Tear é também o primeiro álbum de língua estrangeira a liderar o chart em 12 anos, seguindo o Ancora, de Il Divo.

Essa é uma das realizações mais prestigiosas do BTS, seguindo diversas inovações. Em 2017, as estrelas do K-pop destronaram Justin Bieber ao ganhar o prêmio de Top Social Artist no Billboard Music Awards (BBMAs). Eles conseguiram manter seu título, em 20 de maio, quando se tornaram o primeiro grupo de K-pop a se apresentar no BBMAs. Em outubro passado, “DNA” quebrou todos os recordes, fazendo do BTS o grupo de k-pop com a mais alta posição no Hot 100, em 67º lugar – um feito que eles mesmos superaram em dezembro quando o remix de “MIC Drop” se tornou o primeiro hit no Top 40, na 28ª posição.

Essa última conquista escapou à indústria do k-pop por muito tempo, mas o BTS vem lutando para subir na Billboard 200 desde a 171ª posição alcançada pelo The Most Beautiful Moment in Life Pt. 2, em 2015. Para o lançamento do álbum Love Yourself: Tear, o grupo buscou seu lugar no mercado americano mais agressivamente. A data de lançamento (18 de maio), combinada com o padrão americano de lançamento, às sextas-feiras, e a apresentação do comeback de “Fake Love” no palco do BBMAs foi uma raridade em uma indústria que depende principalmente do circuito de shows de música coreano.

Mas os esforços do BTS para o lado americano não estão sozinhos. O k-pop tem perseguido o mercado americano há muito tempo: Wonder Girls fez uma turnê com os Jonas Brothers, apresentou “Nobody” no [programa de talentos] So You Think You Can Dance e deteve o título de grupo de K-pop em maior posição no Hot 100 por nove anos. Então, a inevitável viralização de “Gangnam Style” do PSY invadiu o Hot 100 com a segunda posição em 2012 – antes de seu momento de sucesso no exterior passar, ele colaborou com Snoop Dogg em “Hangover”, que apresentado no American Music Awards, e foi ao palco do Madison Square Garden ao lado da Madonna.

Mas a trajetória da carreira do BTS merece um olhar mais profundo, para que possamos entender as conquistas que os levaram ao marco mais recente.* Qual história as informações nos contam quando colocadas em ordem cronológica? Como azarões de uma agência pequena, o BTS já estava excedendo expectativas logo no início de sua carreira, que começou em junho de 2013. E a reputação de recordistas do grupo não vem do nada: o septeto expandiu progressivamente em diversos charts enquanto crescia cada vez mais à cada comeback. Parafraseando “DNA”, nada disso é uma coincidência.

*A PopCrush limitou a linha do tempo ao chart da Billboard dos Estados Unidos. Nós omitimos alguns charts, incluindo a Billboard 100 canadense, assim como os charts do paywall** da BillboardBiz, por exemplo, o World Digital Song Sales.

 

  • 1 de março de 2014

BTS fez seu debut no chart de álbuns mundiais com Skool Luv Affair na 3ª posição.

 

  • 16 de maio de 2015

The Most Beautiful Moment in Life Pt. 1 alcançou o número 6 nas paradas de álbuns Heatseekers, número 2 nas de álbuns mundiais e número 20 na de álbuns independentes.

 

  • 19 de dezembro de 2015

BTS estreou na Billboard 200 com o The Most Beautiful Moment in Life Pt. 2 chegando ao número 171. Eles se tornaram o primeiro grupo de K-pop fora da YG Entertainment ou SM Entertainment – duas das “3 Grandes” empresas na indústria musical sul-coreana – a entrar no chart. O álbum alcançou a 1ª posição nas paradas de álbuns HeatSeekers, 1º lugar nos álbuns mundiais e 9º lugar nos álbuns independentes.

 

  • 21 de maio de 2016

The Most Beautiful Moment in Life: Young Forever, um álbum repackage da era HYYH, chegou ao número 107 da Billboard 200, 10ª posição no álbuns Heatseekers, 2ª nos álbuns mundiais e 42ª nos álbuns independentes.

 

  • 28 de maio de 2016

“Fire” alcançou número 30 no Hot 100 do Japão.

 

  • 29 de outubro de 2016

Wings conseguiu a 26ª posição na Billboard 200, 1ª no álbuns mundiais, 7ª nos álbuns digitais, 9ª em álbuns independentes e número 20 nos álbuns de melhores vendas. “Blood, Sweat & Tears” alcançou o 18º lugar no Hot 100 do Japão. BTS também estreou no Social 50, na segunda posição.

 

  • 26 de novembro de 2016

BTS chegou ao topo do Social 50 pela primeira vez – o que eles viriam a fazer por 76 semanas não consecutivas! Atualmente, eles estão em segundo lugar por mais semanas no número 1, atrás das 164 semanas do Justin Bieber.

 

  • 4 de março de 2017

You Never Walk Alone, um álbum repackage da era Wings, atinge a 61ª posição na Billboard 200, 1ª nos álbuns mundiais, e 19º lugar nos álbuns independentes. Enquanto isso, “Spring Day” quebra as paradas no Bubbling Under Hot 100, no 15º lugar – um fato sem precedentes que previu os hits posteriores no Hot 100, “DNA” e o remix de “MIC Drop”. A música também alcançou a 11ª posição no chart de músicas do YouTube e 48º lugar no Hot vendas digitais de música do Canadá.

 

  • 11 de março de 2017

“Not Today” entrou na lista de músicas do YouTube na 10ª posição e conseguiu o 23º lugar no Hot 100 japonês.

 

  • 21 de maio de 2017

BTS fez história como o primeiro grupo de k-pop a ganhar a categoria “Top Social Artist” no Billboard Music Awards, destronando estrelas ocidentais como Justin Bieber e Selena Gomez. “Nós ainda não conseguimos acreditar que estamos aqui nesse palco no Billboard Music Awards”, RM disse durante o discurso de recebimento do prêmio. “Mais importante, esse prêmio pertence à todas as pessoas ao redor do mundo que direcionam amor e luz à nós aos milhões que fazem o BTS orgulhoso.”

 

  • 27 de maio de 2017

“Spring Day” alcança a 38ª posição no Hot 100 japonês.

 

  • 29 de julho de 2017

Desde julho de 2017, o BTS vem reinando no top da parada Social 50 por 45 semanas consecutivas e contando.***

 

  • 29 de setembro de 2017

Em uma entrevista com a rede coreana, KBS, RM nomeou os próximos objetivos do grupo: 1º lugar no Billboard 200 e entrar no Top 50 do Hot 100. Agora, podemos já podemos dizer: missão cumprida.

 

  • 7 de outubro de 2017

Em uma das semanas mais agitadas dos charts do septeto, Love Yourself: Her se tornou, naquele momento, a entrada em chart mais alta do grupo no Billboard 200, subindo à 7ª posição. O álbum também chegou ao 1º lugar nos álbuns mundiais, 3º nos álbuns digitais, 6º nos top de venda de álbuns e 14º no chart oficial de álbuns do Reino Unido.

“DNA” também se tornou a estréia do grupo no Hot 100, inicialmente na 85ª posição da lista. Além disso, “DNA” atingiu o 4º lugar no chart de músicas do YouTube, 37º nas vendas de álbuns digitais e 49º no Hot Vendas Digitais de Música do Canadá.

 

  • 14 de outubro de 2017

“DNA” consegue o número 67 no Hot 100, fazendo do BTS o grupo de k-pop com posição mais alta nos charts. Anteriormente, o título pertencia à Wonder Girls, com “Nobody”, que alcançou a 76ª posição, em 2008. PSY continuou a ser o artista coreano com posição mais alta nos charts, com “Gangnam Style”, que chegou ao segundo lugar, em 2012. “DNA” também subiu à 38ª posição no streaming de músicas e 22ª no chart de músicas mais pedidas em streaming.

 

  • 28 de outubro de 2017

Love Yourself: Her alcançou o segundo lugar nos álbuns independentes.

 

  • 16 de dezembro de 2017

O remix de “MIC Drop” com Steve Aoki e Desiigner disparou para o 28º lugar no Hot 100, destronando “DNA”. Essa conquista também colocou o remix como a primeira entrada para qualquer grupo de k-pop no Top 40. A música também atingiu a quarta posição nas vendas de músicas digitais e sétima no Hot Vendas de Músicas Digitais canadense.

 

  • 23 de dezembro do 2017

BTS estreou no Pop Songs do chart de tocadas em rádio com o remix de “MIC Drop” no número 37. Essa foi a segunda música de k-pop a “dar o ar da graça” no chart, após a aparição do PSY com “Gangnam Style” na décima posição em 2012.

 

  • 30 de dezembro de 2017

“DNA” atinge a 18ª posição no Billboard K-pop 100 coreano.

 

  • 13 de janeiro de 2018

“Spring Day” chega à posição 28 no Billboard K-pop 100 coreano. Enquanto isso, “Blood, Sweat & Tears” podia ser encontrada no 77º lugar e “Best of Me” pairava na 86ª posição do chart.

 

  • 27 de janeiro de 2018

BTS reapareceu no Billboard K-pop 100 coreano com “Go Go” no 52º lugar.

 

  • 14 de abril de 2018

O último álbum japonês do grupo, Face Yourself, atingiu a 43ª posição no Billboard 200, primeiro lugar nos álbuns mundiais, décimo nos álbuns digitais e 41º no Top Vendas de Álbuns. Enquanto isso, “Go Go” e “Best of Me” – ambas músicas do Love Yourself: Her – alcançaram números 58 e 73, respectivamente, no Hot 100 japonês

 

  • 28 de abril de 2018

“Let Go” sobe à posição de número 40 no Hot 100 do Japão.

 

  • 20 de maio de 2018

BTS se tornou o primeiro grupo de K-pop a se apresentar no BBMAs com “Fake Love”, após levarem seu segundo prêmio de Top Social Artist consecutivo.

 

  • 24 de maio de 2018

Em uma conferência de imprensa em Seul, SUGA nomeou alcançar o topo do Hot 100 e ir ao Grammy como os próximos objetivos do grupo. “Apesar de parte de mim sentir como estivéssemos falando de sonhos muito altos, eu também acho que sonhar grande é algo bom” ele disse, de acordo com o [site] Soompi. “Nós queremos alcançar o primeiro lugar no Billboard Hot 100 e Billboard 200, e queremos ir ao Grammy”

 

  • 27 de maio de 2018

Foi anunciado que o Love Yourself: Tear conseguiu o primeiro lugar no Billboard 200 na semana de 02 de junho do chart.

 

  • 29 de maio de 2018

A Billboard anunciou que o BTS entrou no Top 10 do Hot 100 pela primeira vez com “Fake Love” na décima posição. A posição da semana de 02 de junho no chart estabelece “Fake Love” como a primeira música de um grupo de K-pop no Top 10 e a 17ª música estrangeira a chegar no Top 10 do Hot 100 em 59 anos. “Fake Love” também é a primeira música do K-pop a entrar no Top 10, após “Gangnam Style” (2012) e “Gentleman” (2013), do PSY.

 

 

**Paywall é um sistema de assinatura de veículos de comunicação digitais que permite acesso à conteúdo restritos.

***Hoje (28 de junho de 2018), o BTS permanece em 1º lugar do Social 50 da Billboard por 89 semanas seguidas.

Fonte: PopCrush
Trans eng-ptbr; Jojo Viola @ BTSBR



Comentários: