3 músicas do BTS na lista ‘100 melhores músicas de K-Pop da década’ da Billboard

Anúncio

3 músicas do BTS na lista ‘100 melhores músicas de K-Pop da década’ da Billboard

A última década foi marcante na história do K-pop mundialmente. Ao longo dos últimos 10 anos, a indústria musical sul-coreana foi conquistando seu espaço no mercado ocidental, e principalmente no mercado estadunidense. Essa conquista pode ser dividida em 2 momentos: Psy ajudou a inaugurar a era do streaming, com seu hit “Gangnam Style”, e o BTS quebrou inúmeros recordes, se tornando a maior boyband do planeta. Agora, as portas se abriram para o K-pop, e esse estilo musical só mostra que está aqui para ficar.

Isso é uma vitória para a música no geral. Embora a indústria coreana esteja relacionada à sua abordagem um tanto transformadora dos estilos ocidentais, ela também tem um toque de inovação. Onde mais você poderia ver tantas experiências em relação à estrutura musical, mixagem e mistura de gêneros?

A capacidade de transformação do K-pop atravessou um fluxo interminável de tendências ao longo da última década, com variações de músicas inspiradas no dubstep à conceitos retrô, do future bass ao pop latino, e ao tropical house. Algumas faixas acabaram caindo no esquecimento, enquanto outras ficaram por mais tempo do que o esperado, mas uma coisa não mudou em todo esse tempo: A mistura de gêneros presente na abordagem do K-pop continua complexa como sempre.

Para celebrar a década do K-pop, a Billboard escolheu algumas das maiores músicas da era, de favoritos do mundo indie aos hits de grande sucesso. Aqui está a lista das 100 melhores músicas de K-pop dos anos 2010.

80. “I Need U” (The Most Beautiful Moment in Life, Part 1, 2015)

Em 2015, antes de Ellen, de Falon, e da ONU, o BTS ainda estava lutando para atingir a popularidade na Coreia do Sul. Com “I Need U,” o grupo virou as costas momentaneamente para o hip-hop de seus álbuns anteriores, surgindo com um som eletrônico emotivo que combinava com o novo “Universo BTS.” O resto é história. “I Need U” lançou o BTS ao estrelato na Coreia e reescreveu o destino da maior boyband da atualidade.

37. “Spring Day” (You Never Walk Alone, 2017)

A existência de “Spring Day” é a representação mais certeira da carreira do BTS. Eles podiam ter continuado no embalo de “Blood, Sweat & Tears,” mas escolheram lançar um estudo na natureza humana e na superação de uma perda. Tudo sobre “Spring Day” emana nostalgia: a letra dissecando o processo de perder alguém, o simbolismo de lembranças felizes, e o vídeo, assustadoramente lindo em todos os aspectos. Tudo isso leva a um momento nostálgico no qual todos os meninos se reencontram no vídeo e caminham na direção de algo melhor. Nessa jornada, você nunca caminha sozinho.

7. “Blood, Sweat & Tears” (Wings, 2016)

Todos os maiores atos do pop possuem um momento no qual eles não estão mais à beira do precipício da fama — um pequeno empurrão manda eles ladeira abaixo. Para o BTS, “Blood, Sweat & Tears” pode muito bem ter sido esse pequeno empurrão. A junção viciante entre house tropical e moombahton transformou o BTS em um ato formidável, navegando entre o minimalismo de “Save Me” e a grandiosidade de “Blood, Sweat & Tears.” O toque de Midas foi, claro, o MV luxuoso, repleto de referências bíblicas e literárias mostrando como a tentação nos distancia da salvação — referências paralelas com as roupas casualmente sensuais dos integrantes. Luxuoso, empático, e cativante, “Blood, Sweat & Tears” pode ter sido o momento calmo antes da tempestade que foi o sucesso internacional do BTS.

As partes que não se referiam ao Bangtan foram omitidas. Você pode conferir o post completo em inglês aqui:

Fonte: Billboard
Tradução eng-ptbr: Gio Liotti e Jojo Viola

Notícias | por em 01/12/2019
Compartilhe:

Comentários:


Anúncio