O cuidado da Big Hit com a saúde mental do BTS – e o exemplo para a indústria coreana

Anúncio

O cuidado da Big Hit com a saúde mental do BTS – e o exemplo para a indústria coreana

A importância de lidar com a saúde mental das celebridades vem aumentando. Críticos agora veem esse cuidado como uma necessidade em vez de uma opção, tanto para as empresas de entretenimento, quanto para as próprias estrelas.

Muitos artistas focam muito nos detalhes presentes de suas emoções e maximizam a importância delas em função da natureza do seu trabalho. Eles também tendem a ser mais sensíveis a diversos distúrbios mentais, como depressão, porque têm um nível muito mais profundo de imersão emocional do que em outras profissões. Além disso, são frequentemente alvos de ataques maldosos do público, uma vez que se tornaram figuras públicas.

Recentemente, Goo Hara, antiga integrante do girl group Kara, considerou medidas extremas após demonstrar sintomas de depressão, chocando a todos quando revelado. Quando alguém se torna famoso, também tem que aprender a superar todos os tipos de tentações.

Ainda que as agências tomem medidas duras contra aqueles que fazem comentários maliciosos e espalham informações falsas sobre as estrelas, a prioridade deveria ser de fortalecer a saúde mental das celebridades. Ter uma mente saudável não é resultado apenas de esforço pessoal; o apoio da empresa é essencial.

O grupo BTS, que recentemente conquistou o estrelato global após fazerem seu debut em 2013, e a agência por trás dos sete integrantes, Big Hit Entertainment, merecem ser considerados como os modelos exemplares da indústria em termos de cuidados de saúde mental. A Big Hit é conhecida por ter um sistema eficiente para lidar com a saúde psicológica de seus artistas.

Um representante oficial da empresa declarou, no entanto, que “A regra (da Big Hit) é de não divulgar informações sobre as nossas operações internas.” Dentro da indústria, porém, a Big Hit já é famosa por ter muita preocupação com cuidados de saúde mental desde a estreia do BTS, antes mesmo do grupo se tornar popular. O CEO da empresa, Bang Si-hyuk, sempre sentiu a necessidade desse tipo de cuidado com os artistas e vem investindo nessa questão há muito tempo.

Um informante da indústria fonográfica chamou o cuidado da Big Hit com a saúde mental de seus artistas de “um ponto chave de divergência em comparação a outras empresas, que geralmente só se importam com seus artistas quando eles se tornam populares.” Ele continuou, “Manter uma boa saúde mental é uma questão psicológica e, por esse motivo, deveria ser um hábito. Se os artistas recebem aconselhamento, terapia e ajuda psiquiátrica somente quando têm um problema, eles não veem os resultados com eficiência pois não estão acostumados a receber amparo e não conseguem aceitar a situação.

O informante disse também que, se as celebridades recebem tratamento e estão mentalmente estáveis regularmente, quando enfrentam alguma dificuldade, não há relutância em procurar por ajuda mesmo após se tornarem grandes estrelas. Por outro lado, ele explicou que, receber esse auxílio somente depois de conquistarem o estrelato pode fazer com que essas pessoas se sintam rejeitadas.

Particularmente, se tornou conhecido que a Big Hit recentemente formou um time especial para cuidar da condição física geral, bem como da saúde mental, dos seus artistas. O BTS pode ter se tornado um grupo mundialmente famoso, mas os integrantes ainda são muito dedicados ao trabalho como cantores e permanecem humildes como sempre foram, dando bons exemplos de caráter para o seu fandom, ARMY. Isso é atribuído não só ao autocuidado dos integrantes, mas também aos esforços da empresa em manter a saúde mental do grupo.

A Big Hit esteve sob os holofotes no ano passado quando todos os sete integrantes do BTS escolheram renovar seus contratos com a empresa por mais sete anos, dois anos antes do contrato atual expirar, o que foi visto com bons olhos, como uma prova de que o BTS se sente satisfeito com o gerenciamento que recebe.

Com o K-Pop, e a indústria do entretenimento coreano no geral, expandindo sua influência no mercado mundial, vale a pena que as empresas de entretenimento tomem nota do estilo de cuidado da Big Hit com seus artistas.

Fonte: Naver

Artigos | por em 23/06/2019
Compartilhe:

Comentários:


Anúncio