Os ARMYs valem bilhões de dólares para a economia sul-coreana 🤑

Anúncio

Os ARMYs valem bilhões de dólares para a economia sul-coreana 🤑

Os fãs do grupo mais famoso do mundo estão encabeçando a massiva popularidade global da “Onda Coreana” e injetando 3,5 bilhões de dólares anualmente na economia da Coreia do Sul, de acordo com mais recente pesquisa.

Além de shows, álbuns, vendas através de stream musical, o BTS é responsável por exportar merchandise e por picos de turistas estrangeiros que escolhem a Coreia do Sul como destino de viagem.

O impacto econômico do grupo é 26 vezes a média anual de uma empresa de porte médio estabelecida na Coreia, dados estes de acordo com um estudo recente realizado pelo Instituto de Pesquisas da Hyundai, que analisou a popularidade do BTS ao redor do mundo.

Ano passado, BTS fez história como os primeiros artistas coreanos ao conquistarem o topo da Billboard 200. Seus shows em mais de 12 cidades pela Ásia, EUA e Europa se esgotaram assim que os ingressos foram disponibilizados para a venda. Cambistas chegaram a cobrar mais de 6 mil dólares por um ingresso para o show do grupo no Staples Center em Los Angeles e mais de 7 mil para uma entrada para o show que aconteceu em Nova Iorque.

Para 2019, o BTS já esgotou 11 shows pelo Japão e sul-asiático que estão datados até abril.

O show de abertura da turnê BTS World Tour: Love Yourself, que ocorreu em agosto de 2018 em Seul faturou aproximadamente 8 milhões em vendas de ingressos de uma platéia de 90 mil pessoas, de acordo com a Big Hit Entertainment, empresa responsável pelo grupo.

Big Hit, que é considerada uma empresa pequena se comparada com a cabeça S.M Entertainment, faturou cerca de 82 milhões em 2017, um crescimento estrondoso quando comparado com o faturamento de 10 milhões de 2015. Tais números fizeram com que a Big Hit ultrapassasse financeiramente gigantes como YG e JYP em 2017.

O Relatório Global da Hallyu 2018, publicado na última semana pela Korea Fundation, revela que o sucesso mundial inigualável do BTS fez com que a cultura popular coreana crescesse positivamente –  a tão chamada “Onda Coreana”.

E o impacto econômico do grupo em sua terra natal vai muito além das vendas de ingressos, já que eles encabeçam exportações de bens de consumo, um dos pilares da economia da Coreia do Sul.

Desde o debut do grupo em 2013, o BTS é responsável por exportações anuais de vestuário, cosméticos e produtos alimentícios. Exportações de produtos relacionados ao septeto representam 1.7% das exportações gerais de bens de consumo do país, avaliados em 65,2 bilhões de dólares em 2017.

“Demandas internacionais querem exportar produtos que foram ou são expostos através do BTS em comerciais ou mídias sociais,” diz o relatório publicado pela Hyundai.

Vendas de álbuns, streaming online e produtos relacionados ao BTS representam mais de 50% dos faturamentos da Big Hit Entertainment. O relatório da Hyundai ainda afirma que se a popularidade do grupo permanecer estável, ela gerará 37 bilhões de dólares para a Coreia do Sul até 2023.

O estudo ainda descobriu que quase 800 mil turistas são atraídos ao país anualmente graças ao grupo, representando 7,6% do total de turistas que a Coreia recebeu em 2017.

A Organização de Turismo Coreana, uma agência promotora do turismo comandada pelo governo, contabilizou um aumento de 39% de turistas japoneses em agosto do ano passado se comparado com o mesmo mês em 2017.

“Nós reparamos em um grande número de turistas japoneses chegando ao país logo antes do show do BTS em Seul em agosto e logo ligamos os fatos e presumindo que tal aumento era devido ao grupo,” disse Park Young-hee, diretor de Relações Públicas da Organização de Turismo.

O número de fã-clubes ligados ao K-Pop ao redor do mundo pulou 22% para chegar aos 89.1 milhões em 2018. “Por trás dos recordes impressionantes do BTS está o multinacional fandom ARMY,” disse o relatório. “ARMY surgiu com um poder global que transcende limites e etnias em nome do BTS.”

Os ARMYs, fandom que é composto majoritariamente por adolescentes a jovens-adultos em seus 20 anos, provaram seu poder coletivo ao colocar o BTS no centro das atenções mundialmente. Recentemente, o MV de “DNA” – single lançado em 2017 pelo BTS – alcançou a marca de 600 milhões de visualizações no YouTube.

Ao celebrar a conquista dos 600 milhões um fã escreveu: “Eu não me dediquei dessa maneira nem mesmo para minhas provas de final de semestre.”

“Mas pelos nossos meninos, vale a pena.” respondeu outro fã.

Fonte: UPI

Artigos | por em 23/01/2019
Compartilhe:

Comentários:


Anúncio