btsbr.co.vu/archive & btsbr.wordpress.com
SITE: Bangtan Brasil - Fã Base
VERSÃO: 1.3 - WINGS BLUE
DESDE: 29.03.2013
VISITAS: ARMYs
Bulletproof Boy Scouts (em coreano: 방탄소년단) é um grupo masculino sul coreano de hip-hop formado pela Big Hit Entertainment. Geralmente conhecidos como BTS, são também chamados de Bangtan ou Bangtan Boys. Eles estrearam em 13 de junho de 2013 com sua.. LEIA MAIS
SEJA BEM VINDO AO BANGTAN BRASIL, A PRIMEIRA E MAIOR FÃ BASE BRASILEIRA DO BTS. FEITA DE FÃ PARA FÃ!

Tag: agust d

Publicado em 10.08.2017
[NEWS] O que o SUGA realmente quer dizer com “Te levar para Hong Kong”?
A frase “te levar para Hong Kong” é comumente usada na Coreia, e não, ela [...]

A frase “te levar para Hong Kong” é comumente usada na Coreia, e não, ela não significa exatamente isto.

Hong Kong é um destino turístico popular entre os coreanos, e o termo “te levar para Hong Kong” ganhou um sentido figurado, ou seja, seu significado vai além do sentido usual da frase.

De acordo com o Urban Dictionary, “te levar para Hong Kong” é sinônimo de levar alguém ao clímax durante o sexo oral.  

 

SUGA já fez uso da frase em duas de suas músicas, a primeira na faixa de hip-hop “Cypher pt.3 (Killer)” e também em sua música solo “Agust D”.

 

  1. “Seja homem ou mulher, os movimentos flexíveis da minha língua com meu rap te levarão para Hong Kong”. – “Cypher pt.3 (Killer)”
  2. “A para G para U para o STD
    Sou um garoto foda porque eu sou de D*
    Eu sou um lunático maníaco na batida
    Com meu rap eu levo todos para Hong Kong com a tecnologia da minha língua ” – “Agust D”

E você, está surpreso com o que a frase, aparentemente ingênua, realmente significa?

 

(D*: Daegu, cidade natal de SUGA.)

Fonte; Koreaboo
Trans eng-ptbr; Bia Rehm @ btsbr


Publicado em 18.07.2017
[ARTIGO] As 10 músicas mais subestimadas do BTS
Músicas do BTS que você precisa escutar!

A cerimônia de premiação do 2017 Billboard Music Awards aconteceu no último dia 21 de maio, na ABC. Este ano foi especialmente empolgante por contar com a presença de um dos nossos grupos de K-pop favoritos, o BTS, como o primeiro grupo de K-pop a ser nomeado a um prêmio no BBMAs.

O BTS é conhecido por sua energia nas performances e suas faixas cativantes, como “Blood Sweat and Tears”, “Not Today”, “Dope”, e “I Need U”. Mas se você é um membro novo da BTS ARMY, talvez você não esteja familiarizado com o restante da sua discografia. Se você quer conhecer o grupo um pouco mais, essas dez músicas do BTS merecem mais amor.

E se as dez músicas não são o suficiente para você, dê uma olhada nas nossas menções honrosas primeiro…

“Gajah (Elephant)” – Gaeko com participação Rap Monster (2017)

Pense nisso / Você será uma estrela ou uma estrela do mar? / Sem desrespeito às estrelas do mar / Mas se você quer uma estrela, seja egoísta*” é o rap que Rap Monster faz na última música lançada por Gaeko. Como no seu trabalho com o BTS, o rapper brilha na faixa com seus trocadilhos inteligentes e versos que empoderam e provocam o ouvinte a pensar.

N/T: Trocadilho com as palavras em inglês “fish” (peixe) e “selfish” (egoísta), do trecho original “But if you want a fish, be selfish”.

 

“Joke” – RM (Mixtape do Rap Monster) (2015)

SUGA não é o único rapper no BTS que lançou uma ótima mixtape: confira o projeto auto-intitulado de Rap Monster, “RM”, disponível no SoundCloud.

 

“House of Cards”, The Most Beautiful Moment in Life: Young Forever (2016)

Esta música é para os fãs de R&B, sexy e suave. “House of Cards” é uma balada sensual, apresentando a vocal line do BTS em uma luz remanescente da música R&B americana. Se você é fã de artistas como The Weeknd, definitivamente vale a pena conferir.

 

 

10. “Boy Meets Evil”

“Boy Meets Evil” deu início ao WINGS com impacto. A música apresenta um rap poderoso feito por J-Hope, que retrata a luta de um homem com a tentação, acompanhado de uma dança emotiva que personifica a mensagem da música.

 

9. “Born Singer”

Em 2013, o BTS usou o sample da música “Born Sinner”, de J.Cole, para criar “Born Singer”, uma música que expressa suas histórias pessoais de conquista de espaço na indústria musical. Ainda que a música tenha sido feita cedo na carreira do grupo, as letras mostram o talento e a maturidade do BTS, que têm estado presente desde o começo.

 

8. ”Let Me Know

“Let Me Know”, presente no primeiro álbum de estúdio do BTS, “Dark & Wild”, é, de longe, uma das músicas mais emotivas do grupo. A música destaca vozes cativantes de Rap Monster, SUGA e J-Hope, complementadas pelas melodias comoventes dos vocalistas.

 

7. ”N.O.”

“N.O.” (usado como acrônimo para “No Offense”, “sem ofensa”, em português) é o single do primeiro mini-álbum do grupo. Embora não tenha sido um de seus sucessos,, é uma música poderosa que encoraja a juventude a seguir seus sonhos em vez de ficar presa às normas e padrões da sociedade.

 

6. ”Agust D” (Mixtape do SUGA)

SUGA prova que seu talento se eleva acima e além do seu trabalho com o BTS, na sua mixtape de 2016, entitulada Agust D. Na mixtape, ele faz raps sobre suas experiências verdadeiras com depressão, fama, e mais.

 

5. ”Epilogue: Young Forever”

“Young Forever” é provavelmente uma das músicas mais comoventes do BTS. A letra expressa as inseguranças que os membros enfrentam, suas reflexões no seu crescimento, e os seus desejos de serem jovens e fazer música para sempre.

 

4. ”Moving On”

O BTS é conhecido pelo seu sadio e incondicional amor que sentem uns pelos outros. Esse relacionamento é mostrado na música “Moving On”. Os membros cantam sobre suas memórias afetivas enquanto se despedem do passado, olhando e seguindo em frente para um futuro brilhante juntos.

 

3. ”21st Century Girl”

Este hino de apoio ao feminismo mostra os membros encorajando mulheres modernas a terem orgulho de si mesmas, porque são perfeitas do jeito que são. Confira os garotos fazendo uma interpretação alegre dessa música no seu ensaio de dança de Halloween anual.

 

2. ”Spine Breaker”

“Spine Breaker” é uma das músicas mais subestimadas da discografia do BTS. Com letra como “rockin, rollin, swaggin, swagger, wrong”, o BTS mostra que sabe como se divertir. Os membros recentemente filmaram, dirigiram e produziram um MV para este hit de 2014, no programa BTS Gayo, no V App.

 

1.”Autumn Lives”

Esta música é uma pérola escondida que frequentemente passa despercebida. A letra desta canção é uma das mais delicadas e poéticas dentre todas escritas pelo grupo. “Autumn Leaves” mostra que o BTS não se trata apenas de ótimos músicos, mas de ótimos letristas e compositores também.

 

Fonte; PopCrush
Trans eng-ptbr; nalu @ btsbr


Publicado em 26.04.2017
[VÍDEO] 25.04.17 – SURAN posta sobre o SUGA em seu Instagram
Suran postou sobre a sua colaboração com o SUGA.

Suran, cantora e escritora que participou da mixtape de SUGA, postou em seu Instagram sobre a sua colaboração com o SUGA.


[TRAD] Obrigada, SUGA-ssi (risos) e mais uma pessoa*. Pré-lançamento da faixa do álbum… #ifigetdrunktoday** #0427 #ÉTãoEngraçadoQueSomosAçucarEOvo

No vídeo: “O significado do ovo e o açúcar. Ovo…SURAN. SUGA”

(Nota: Ela chamou o SUGA de “seoltang”, açúcar em coreano. Seu nome, SURAN, significa ovo poche em coreano./ *A outra pessoa é o rapper Changmo.
**#ifigetdrunktoday é o nome da colaboração de Suran e SUGA.)


cr; suranelenashin @ Instagram
trad ko-eng: @ bangtanitl
eng-ptbr; Mari @ btsbr


Publicado em 24.04.2017
[NEWS] A música de SUGA e as questões sociais por trás do brilho da fama
A música de SUGA e as questões sociais por trás da fama.

A música é constantemente tida como uma linguagem universal, atravessando culturas com suas mensagens, independente de seu idioma ou país de origem. Essa natureza da música torna mais efetiva a abordagem de questões sociais que abrangem uma escala mundial. Os artistas refletem suas ideias nas suas composições, como Bob Dylan em “The Times Are A-Changin”, escrita durante o movimento dos direitos civis; as letras anti-guerra de Pink Floyd ou o auto-empoderamento contido nas faixas de Lady Gaga.

O BTS não é estranho à abordagem de questões socialmente relevantes, de maneira sutil e por vezes confrontativa, em suas músicas. O debut do grupo com “No More Dream”, que expressa as dificuldades dos jovens em encontrar ou perseguir seus sonhos em meio a uma sociedade confinada a ideia do sucesso, foi seguida por outras músicas como “N.O”, que critica as falhas do sistema educacional, e “Silver Spoon”, que questiona a tão chamada meritocracia.

Uma das mãos responsáveis por segurar a caneta e escrever tais letras é SUGA. O rapper/compositor/produtor de 24 anos não se retrai em abordar assuntos como as dificuldades da juventude de hoje, o lado desprazeroso da fama e sobre doenças mentais, como depressão, ansiedade e fobia social em suas músicas. Em uma entrevista para a revista Grazia Korea, em setembro de 2016, SUGA revelou que seu objetivo como artista é levar esperança para as pessoas através da música.

Aqui estão algumas das músicas em que ele trabalhou e cavou abaixo da superfície brilhante da vida, abordando tais questões enfrentadas pelos jovens de hoje.

“School of Tears” – Escritor

Juntamente com o líder do grupo e co-rapper Rap Monster, SUGA comenta sobre o bullying nas escolas nessa música pré-debut, que utiliza a faixa original de “Swimming Pools” de Kendrick Lamar.  Aqui as escolas são comparadas à campos de batalha, onde as salas de aulas representam anéis de luta e, no final da batalha, ninguém é vencedor pois é uma situação perdida para todos.

Ambos os rappers pertenciam ao contexto do rapper underground sul-coreano antes de se juntarem ao BTS, SUGA promovia com o nome artístico Gloss.

“Tomorrow” – Escritor/ Compositor/ Produtor

“Tomorrow” toca nas frustrações e trepidações da juventude em enfrentar a vida quando tudo parece trabalhar contra a realização de seus sonhos. As palavras motivacionais “Porque o amanhecer logo antes do sol nascer é o mais escuro”, contidas no refrão da música, indiscutivelmente se tornou uma das linhas mais icônicas entre os fãs do BTS.

“Intro: The Most Beautiful Moment In Life” – Escritor

A faixa solo de SUGA presente no álbum de mesmo nome do BTS, é uma reflexão sobre os pensamentos de se comparar com os outros pelos padrões de sucesso e do terrível sentimento e preocupações que este hábito traz. Aqui ele aconselha os ouvintes a escutar e seguir seus corações ao invés de serem ditados pelo juízo e opiniões externas.

“Whalien 52” – Escritor/ Compositor

https://open.spotify.com/embed/track/2UaHFGasIW38O4vYvnFvhH

Começando pelo curioso e exótico nome da música, “Whalien – Whale (baleia) + Alien”, o conceito é uma metáfora para a solidão, já que a “Baleia do 52 hertz*” não consegue se comunicar com outras de sua espécie por causa da diferente frequência de seu canto. O trecho do rap de SUGA aponta a solidão de ser uma celebridade cercada por muitas pessoas, porém sem ter ninguém para ficar ao seu lado.  

 

N/T: *Unidade de frequência (Hz) mais comumente usada para descrever frequências de rádio ou sonoras.

“So Far Away” – Escritor/ Compositor/ Produtor/ Engenheiro de Áudio/ Keyboard

Em agosto de 2016, SUGA lançou no soundcloud sua mixtape intitulada Agust D, e assumiu o mesmo nome como seu pseudônimo para se afastar da imagem de idol. “So Far Away” é uma das faixas contidas na mixtape, que pode ser ouvida gratuitamente pela plataforma do SoundCloud, e expressa o vazio que é viver a vida sem ter um sonho pelo qual correr atrás, juntamente com a ansiedade e o sentimento de abandono.

“140503 At Dawn” – Escritor/ Compositor/ Produtor/ Engenheiro de Áudio

Outra faixa de sua mixtape, “140503 At Dawn” segue a batida original da música “Rain” do BTS e traz a fobia social como tema. Também expõe o sentimento de se manter forte na presença das pessoas.

“The Last” – Escritor/ Compositor/ Produtor/ Engenheiro de Áudio

Apropriadamente a última música da lista, mas não a última de suas letras carregadas com questões sociais. Essa faixa novamente aborda a fobia social juntamente com a depressão, transtorno obsessivo compulsivo (TOC) e auto-ódio, com menção de tratamento psiquiátrico para tais problemas. SUGA narra sobre permanecer mal-entendido pela família, amigos e por ele próprio, junto com suas crises de fobia-social.
Veja ele como Agust D em sua música de mesmo nome abaixo:

Fonte; Billboard PH
Trans eng-ptbr; Bia Rehm @ btsbr


Publicado em 22.04.2017
[NEWS] SUGA está compondo o próximo single da cantora de R&B Suran
SUGA e Suran trabalhando juntos novamente!

De acordo com uma notícia exclusiva do Sports Chosun em 21 de Abril, SUGA  irá compor e produzir o próximo single da cantora de R&B, Suran.

Essa será a primeira vez de SUGA compondo e produzindo uma música para outro artista. O idol já trabalhou antes com a cantora para sua música “So Far Away”, de sua mixtape ‘Agust D’. Supostamente, a música composta por ele terá uma pegada R&B e hip-hop, combinando com o estilo de Suran.

Fiquem ligados para atualizações!

 

Fonte; allkpop
Trans eng-ptbr; fer @ btsbr


Publicado em 08.11.2016
[INFO] O MV “Agust D” alcançou mais de 10M de visualizações no Youtube.
Continuem assistindo, ARMYs.

gadj7xh


Publicado em 25.09.2016
[NEWS] FENÔMENO SOLO!
Agust D entra com seus dois mvS NA LISTAGEM DOS MAIS ASSISTIDOS [...]

[NEWS] Agust D na lista de MVs mais vistos em agosto de 2016!

Como o K-Pop se torna cada vez mais um fenômeno global, está se tornando comum grupos de K-Pop acumularem milhões de visualizações em seus MVs, o mais popular deles marcando até dezenas de milhões.

A lista mais recente de MVs de K-Pop mais vistos (na América e no resto do mundo) em Agosto, publicada pela Billboard, nos dá uma visão rápida da popularidade estável de grupos veteranos, bem como diversos novatos na indústria, que já estão aparecendo nas grandes manchetes.

Veja a lista abaixo.

Mais vistos na América:

2. Agust D – “Agust D”
6. Agust D – “Give It to Me”

Destaque especial para SUGA do BTS, que sob o pseudônimo Agust D lançou sua mixtape solo. Embora seja seu primeiro trabalho solo, ambos seus MVs estão no top 10, “Agust D” em segundo lugar e “Give It To Me” em sexto.

Mais vistos mundialmente:

8. Agust D – “Give It to Me”

As partes que não se referiam ao Bangtan foram omitidas. Você pode conferir o post completo em inglês aqui: https://goo.gl/33zAj0

14470465_923230934450305_1839530447198373019_n

 

Fonte: Soompi
Trans eng-ptbr; beccs @ btsbr


Publicado em 24.08.2016
[FOTOS] 23.08.16 – SUGA para a revista Marie Claire Korea
Cr. Marie Claire Korea

Publicado em 24.08.2016
[FOTOS] 23.08.16 – SUGA para a revista Grazia de Setembro
Cr. younghoon @ Instagram & Bangtanitl

SUGA para a edição de setembro da revista ‘Grazia’ pelo fotógrafo Younghoon Kim em seu instagram.


Publicado em 22.08.2016
[NEWS] SUGA sob os holofotes com sua mixtape ‘AGUST D’
Porquê você deve conhecer o alter-ego do rapper do BTS!

Este menino de 23 anos está compartilhando um pouco de sua mente —juntamente com sua sensibilidade para produções incríveis—com a sua recém lançada mixtape, que contém 10 faixas.

Assim que a era do álbum do BTS –Young Forever– terminou com o último destino da turnê em Tóquio, no dia 14 de agosto, uma nova era inesperada começou quando o membro SUGA lançou sua primeira mixtape solo, Agust D, no dia 15. O lançamento de 10 faixas não apenas empurrou o rapper de 23 anos sob o holofote solo, como também introduziu seu alter-ego, o qual a mixtape leva seu nome; um alter-ego que mostra o ouvido de SUGA para produções incríveis, estilo de rap hardcore, e como ele pode transformar suas vulnerabilidades em forças. Desde o começo da mixtape, SUGA te introduz ao novo lado dele mesmo com a música “Agust D”, logo em seguida da faixa de introdução ditar o clima. A faixa tem sample da música “It’s a Man’s Man’s Man’s World” (1966) de James Brown, mas ao invés de simplesmente usar partes da música, SUGA encontra uma maneira de sutilmente reinterpretá-la que anima os ouvidos dos mais durões fãs de hip-hop.

Mas se a produção não agarrar o ouvinte, as letras o farão, pois o flow do SUGA está mais agressivo do que nunca, já que o rapper pôde exagerar completamente as suas habilidades nessas músicas solo. As letras são de abrir os olhos, ele fala sobre as restrições de ser uma estrela do K-Pop (“Essa categoria de K-Pop não tem tamanho suficiente para mim”, ele cospe na letra traduzida fornecida pela Big Hit Entertainment), mas também oferecendo uma visão inesperada sobre porque a indústria deveria se sentir agradecida por ele estar neste mundo (“Todos vocês, rappers acabados, deveriam agradecer por eu ser um idol”). Desde o começo, a fraqueza percebida de que a maioria dos idols do K-Pop não podem ser rappers legítimos se torna uma força que a cena do rap é de fato sortuda por Agust D ser apenas um alter-ego, ou seria o fim do jogo para os demais.

Enquanto isso, o rapper solta frases interessantes (“Vocês todos se excitam com a tecnologia da minha língua”) que normalmente ninguém encontraria em uma música de K-Pop.

Mas é do BTS que estamos falando—uma banda de K-Pop que não tem vergonha de fazer músicas com que os ouvintes se identifiquem, sobre identidade e saúde mental. Mesmo com este novo lado dele mesmo, SUGA continua com essa promessa, mas pode ir mais fundo que a banda de sete membros poderia.

No forte destaque “Give It To Me,” SUGA questiona a si mesmo e sua estrada para o sucesso, fazendo o rap, “Se você perguntar porque eu tive sucesso, não há resposta / Durante aquele curto período eu dormi menos do que você, me movi muito mais e cresci / Ainda assim, parece que nem que eu saiba o segredo do sucesso, eu sei o segredo da falha.”

A subjugada “724148” nos leva aos tempos pré-fama de SUGA, com detalhes ásperos: “Eu tentei fazer música com um pouco mais de estilo, primeiramente pensando que era melhor eu sair de Daegu / Os passos poderosos deste estudante espinhento do ensino médio sumiram em frente de um poster de audições” (de acordo com traduções creditadas a conta papercrowns).

A faixa sonhadora que fecha a mixtape, “So Far Away” provoca um sentimento de desamparo quando ele detalha não saber qual seu maior sonho é, mas termina com uma nota esperançosa de que a jovem estrela “florescerá totalmente depois de todas as dificuldades” (de acordo com a tradução do fansite peachisoda).

A música é parecida com como o líder do BTS, Rap Monster, deixou dicas de sua própria saúde mental, admitindo que ele lidou com momentos bons e ruins no passado. Assim como o seu líder de banda (que também lançou uma mixtape, RM de 2015, que teve uma posição na lista de 50 Melhores Álbums de Hip-Hop de 2015 da Spin), SUGA não tem medo de admitir suas fraquezas, e nessa vulnerabilidade aparece a força—mesmo que ele esteja se passando por um alter-ego.

Enquanto o BTS recebe um merecido descanso das promoções, espera-se que essa mixtape e suas promos que acompanharão nos dêem a chance de conhecer o misterioso SUGA ainda mais.

Fonte: Fuse
Trans eng-ptbr; beccs @ btsbr


Publicado em 21.08.2016
[INFO] O MV ‘Give it to me’ alcança mais de 1 milhão de views em menos de 24 horas
Via; Bangtanitl

Give it to me - Suga

Link Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=_Zgc12yL5ss

 


Publicado em 21.08.2016
[FOTOS] 19.08.16 – SUGA nos bastidores do MV ‘Agust D’
Cr. koreadispatch @ Instagram