btsbr.co.vu/archive & btsbr.wordpress.com
SITE: Bangtan Brasil - Fã Base
VERSÃO: 1.3 - WINGS BLUE
DESDE: 29.03.2013
VISITAS: ARMYs
Bulletproof Boy Scouts (em coreano: 방탄소년단) é um grupo masculino sul coreano de hip-hop formado pela Big Hit Entertainment. Geralmente conhecidos como BTS, são também chamados de Bangtan ou Bangtan Boys. Eles estrearam em 13 de junho de 2013 com sua.. LEIA MAIS
SEJA BEM VINDO AO BANGTAN BRASIL, A PRIMEIRA E MAIOR FÃ BASE BRASILEIRA DO BTS. FEITA DE FÃ PARA FÃ!

Tag: artigo

Publicado em 16.04.2017
[NEWS] BTS ganha atenção da mídia nos Estados Unidos.
BTS ganhando atenção da mídia nos EUA. Confira!

O grupo Bangtan Boys está ganhando mais atenção da mídia nos Estados Unidos depois de finalizar com sucesso sua passagem pela América do Norte com a “2017 BTS Live Trilogy Episode III: The Wings Tour.”

A revista Billboard cobriu a grandeza do grupo e seu produtor Bang Si-hyuk, também conhecido como “Hitman Bang,” na edição do dia 15 de abril.

“Com mudança social em mente, o BTS está deixando a mais forte impressão nos ouvintes americanos desde o Psy,” dizia o artigo.

É raro a mídia musical dos Estados Unidos dar tanta cobertura para um artista coreano.

“Uma vez que o K-pop não é convencional, a Billboard normalmente (apenas) cobre sobre o assunto em artigos online,” diz um funcionário da firma de relações públicas PR Effective Immediately. “Esse artigo significa muito.”

A revista People, uma das revistas mais lidas nos EUA, também realizou uma entrevista com a boy band, que foi postada em seu site na terça-feira.

O grupo de sete integrantes foi nominado para o 2017 Billboard Music Awards como Melhor Artista das Redes Sociais, juntamente com Justin Bieber, Selena Gomez, Ariana Grande e Shawn Mendes.

O BTS vai para Bangkok iniciar sua turnê na Ásia nos dias 22 e 23 de abril, e então seguirá para Jakarta, Manila e Hong Kong.

Fonte; Kpop Herald

Trans eng-ptbr; Gio @ btsbr


Publicado em 04.04.2017
[NEWS] Mídia e celebridades norte-americanas se apaixonam pelo BTS
BTS chama atenção da mídia estadunidense!

Com todos os shows esgotados, BTS chama atenção da mídia estadunidense. O grupo alcançou um novo recorde no Billboard Social 50, onde ficou por mais de 18 semanas em primeiro lugar, e também quebrou o recorde de live mais assistida com a recente entrevista feita através da página do facebook da Billboard. Não é nenhuma surpresa que cantores pop como Charlie Puth, Kehlani e a atriz mirim Kylie Rogers já tenham confessado seu amor e admiração pelo trabalho dos sete integrantes.

Depois de uma bem-sucedida turnê sul-americana no início de março, o grupo está agora apresentando suas músicas em território norte-americano, onde tiveram uma curta estadia no México para a Kcon e estão atualmente quebrando novos recordes com seus cinco shows sold-out pelos EUA, confirmando mais uma vez a popularidade do movimento Hallyu.

BTS, que recentemente quebrou o recorde de Ariana Grande ao permanecer por 18 semanas consecutivas no topo do Billboard Social 50, o maior período já registrado desde a criação do chart, também tem se mostrado influente ao aparecer em mídias como The New York Times, FOX e iHeartradio, onde concederam entrevistas e falaram mais um pouco sobre seu trabalho e o sucesso de sua turnê, WINGS TOUR, pelos EUA.  Isso é mais um sinal de que o K-pop não é apenas mais uma tendência apreciada por alguns grupos em particular, mas sim um estilo que tem caído nas graças do público em geral.  
Fonte: Peachisoda
Trans eng-ptbr; Bia Rehm @ btsbr


Publicado em 29.03.2017
[NEWS] BTS começa sua turnê nos Estados Unidos com show esgotado no Prudential Center
BTS no palco do Prudential Center em Newark, Nova Jersey.

Apenas alguns poucos artistas de K-pop são capazes de lotar estádios nos Estados Unidos, mas na noite de quinta-feira (23 de março), o BTS fez o primeiro de dois shows esgotados no Prudential Center, em Newark, Nova Jersey.

Com seus ARMYs leais torcendo por eles do começo ao fim, o boy group de sete membros começou a parte americana da sua turnê mundial, 2017 BTS Live Trilogy Episode III: The Wings Tour, com um show de quase três horas de duração que incorporou os hits mais estridentes do grupo, bem como as músicas introspectivas do seu álbum que quebrou recordes, WINGS.

Os membros Rap Monster, SUGA, J-Hope, JungKook, V, Jimin e Jin abriram e fecharam o show com dois dos seus singles mais recentes, começando a noite com a incontrolável “Not Today” e, quase 30 músicas depois, se despedindo com a inspiradora “Spring Day”. Após a primeira música e sua coreografia de precisão militar, o septeto se direcionou para a plateia e expressou sua animação em se apresentar no país. Depois da eletrizante “Not Today” definir o tom, o grupo apresentou a música de inspiração sulista e com samples do Keb’ Mo’ “Am I Wrong”, e a favorita dos fãs com coreografia habilidosa, “Silver Spoon”, a única música que não está presente no álbum WINGS apresentada naquela noite.

Apesar de parecerem um pouco letárgicos – eles tinham voado do Brasil após dois shows e uma parada no México na semana anterior – o BTS mostrou sinceridade e vontade de agradar ao tentar se conectar com os fãs que os levaram a se tornar uns dos artistas mais populares do K-pop. Cada um dos membros se esforçou para falar inglês ao longo da noite, fazendo surgirem gritos de apoio por todo o estádio enquanto agradeciam ao seu fandom, os ARMYs, e deram aos fãs o crédito pela disparada do grupo ao topo da indústria musical coreana.

A porção inicial do show chegou ao fim com o hit enérgico de 2015, “DOPE”, antes de seguirem para o segmento que destacou os solos e as subdivisões do grupo (“Lost”, “BTS Cypher pt. 4”) no álbum WINGS. As demonstrações solitárias e reflexivas moveram a audiência, culminando em gritos receptivos de “nós te amamos” durante a música “Reflection”, do Rap Monster. (Nem ele nem SUGA apresentaram qualquer música presente nas suas fervorosas mixtapes ou outros projetos separados do resto do grupo.) Embora terem sido muitos os momentos memoráveis – Jin sendo erguido em plataformas enquanto cantava sobre ser incapaz de voar durante “Awake”, SUGA tendo o apoio de uma orquestra e tocando o piano enquanto fazia rap sobre como o instrumento é seu “First Love”* – e algumas inconsistências no áudio, quando J-Hope desenvolveu seu segmento com o alegre e cheio de elementos de coral ode à sua “MAMA”, a audiência estava pronta para ver todos os sete juntos novamente.

O BTS se reuniu com a bombástica “Fire” antes de fazer uma pausa para conversar com a plateia mais uma vez. O grupo continuou com um medley de algumas de suas músicas mais antigas, incluindo a faixa de debut “No More Dream”, para evocar uma jornada sônica ao passado que Jin mais tarde comparou a um “foguete através da história do BTS”.

Após uma interpretação divertida de “21st Century Girl” que levou o BTS para fora do palco em uma fila de conga, a primeira noite no Prudential Center começou a desacelerar com J-Hope voltando sozinho para apresentar a dança de “Intro: Boys Meets Evil” antes do grupo se envolver na performance dinâmica de “Blood Sweat and Tears”.

Quando eles deixaram o palco após garantir para a plateia que tinham apresentado sua “última” música (“Outro: Wings”) da noite, fãs ao longo do estádio colocaram sacolas plásticas coloridas por cima de seus light sticks, criando um efeito arco-íris por todo o Prudential Center, esperando pelo bis. Com o sucesso do primeiro evento coordenado por fãs dessa magnitude nos Estados Unidos, o BTS ARMY provou em primeira mão o tipo de apoio que ajudou o BTS a chegar no Top 40 da Billboard 200 e no Top 10 da parada de singles do iTunes.

https://twitter.com/TamarWrites/status/845138267494277120

Ao voltarem para o palco para apresentar suas duas últimas músicas (“2! 3! (Still There Will Be Better Days)” e “Spring Day”), os membros do BTS demonstraram choque e encanto com a visível demonstração de amor que receberam de seus fãs. Rap Monster tomou a oportunidade para agradecer aos fãs pelas colocações impressionantes do grupo nas paradas americanas, declarando que foi graças ao esforço dos seus ARMYs: “Vocês fizeram isso por nós”, ele disse à plateia que gritava. “[A] glória é toda de vocês”.

A primeira noite no Prudential Center foi seguida de outro show na sexta-feira. O BTS vai para Chicago e Los Angeles, mais tarde esta semana.

N/T: *A tradução do título “First Love” significa, literalmente, primeiro amor.

Fonte; Billboard
Trad eng-ptbr; nalu @ btsbr


Publicado em 06.03.2017
[NEWS] Três razões especiais para a crescente popularidade do BTS
Confira as razões para o enorme sucesso do BTS!

O sucesso global do BTS é um caso raro para um grupo que não vem de uma das três grandes agências – S.M. Entertainment, YG Entertainment e JYP Entertainment.

A gravadora do grupo pode parecer pequena, mas seu motor é poderoso o suficiente para impulsionar o sucesso do grupo na Ásia e em muitas outras partes do mundo, cativando milhões de fãs de K-pop.

A agência do BTS, BigHit Entertainment, é comandada pelo ex produtor-chefe da JYP Entertainment, Bang Shi-hyuk, que esteve por trás da criação de alguns hits monumentais do K-pop, como “Sky Blue Balloon” (2000), do g.o.d; “Bad Guy” (2002), do Rain, e “Can’t Let You Go Even If I Die” (2010), do 2AM.

Bang Shi-hyuk é a figura paterna musical do BTS. Ele apresenta cuidadosamente as ideias para as músicas e atividades do grupo enquanto, ao mesmo tempo, se mantém aberto às opiniões dos artistas quanto às direções da produção. A atenciosidade, que difere do microgerenciamento que outras empresas de entretenimento preferem, é o que os críticos consideram como o maior motivo por trás do sucesso desse grupo desfavorecido.

(Bang Shi-hyuk)

O BTS fez seu debut em 2013 sem muito estardalhaço, mas desde então conquistou títulos sem precedentes para um artista de K-pop no cenário global. Entre grupos de K-pop, a banda é a primeira a chegar ao topo das paradas do iTunes em 26 países, a primeira a ser reconhecida na parada da Billboard 200 com quatro álbuns consecutivos e a primeira a receber mais de 10 milhões de visualizações em um vídeo do YouTube em menos de 24 horas.

De acordo com os rankings lançados pela Billboard para a semana de 4 de março, o álbum mais recente do BTS, WINGS: You Never Walk Alone, ficou em 61º lugar na lista da Billboard 200, colocando o grupo ao lado de cantores como Adele e John Legend. Anteriormente, em dezembro de 2015, The Most Beautiful Moment in Life Pt. 2 ficou em 171º lugar; em maio de 2016, The Most Beautiful Moment in Life: Young Forever ficou em 107º lugar e, em outubro de 2016, WINGS alcançou o 26º lugar.

1. Talento Puro

O BTS possui talento puro. A banda não é somente formada por homens convencionalmente bonitos, mas cada integrante do grupo é capaz de fazer fortes apresentações solo com êxito.

O último show da da banda em Seul nos dias 18 e 19 de fevereiro provou esse ponto: a cada integrante do BTS foi atribuída uma apresentação solo do álbum mais recente deles. O resultado foi um um palco saturado com sete estilos únicos, que animaram o show e deram ao BTS crédito como um grupo de legítimos músicos.


O grupo multitalentoso também escreve e produz suas próprias músicas. Para o álbum WINGS, o líder Rap Monster e J-Hope participaram escrevendo letras e produzindo a música para “Boy Meets Evil” e “Blood, Sweat & Tears”; Suga participou escrevendo “Blood, Sweat & Tears” e “First Love”; Jimin ajudou com “Lie”, e V, com “Stigma”.

Ao se envolverem na produção, o BTS lança músicas originais que impressionam com sua identidade única, diferente das narrativas genéricas que frequentemente saturam o K-pop.

Os sete cantores do BTS são também ótimos dançarinos que possuem domínio das coreografias sincronizadas, icônicas dos artistas de K-pop. Confira o clipe de “Dope” e veja alguns passos intensos.

Quem quer que esteja dirigindo os vídeos para o BTS precisa de um prêmio. O clipe de “Not Today” atingiu mais de 10 milhões de visualizações no YouTube em menos de 24 horas. Para sermos bem precisos, após o seu lançamento, o vídeo conquistou 10,293,859 visualizações em 21 horas e 38 minutos.

2.Presença ativa em redes sociais

O BTS é informal frente às câmeras. Os integrantes não têm medo de falar diretamente com os fãs e também não veem problema em mostrar seu lado desleixado “natural”. Os fãs gostam muito de ver as estrelas agindo como garotos comuns.

No K-pop, mesmo entre as estrelas mais famosas, muitos não falam tanto em ambientes públicos com medo que algo dito possa lhes trazer problemas. É possível que também não sejam bons em falar de improviso. O resultado é uma grande quantidade de estrelas bonitas, mas sem cor, altamente dependentes da imagem imaculada montada por suas empresas de entretenimento.

Os meninos do BTS, em contraste, mostram suas características com o uso extensivo de redes sociais. Muitos fãs internacionais dizem terem se deparado com o grupo pela primeira vez através do projeto original de entretenimento, os “Bangtan Bomb”, episódios que são exibidos regularmente no canal do grupo no YouTube.

A banda também possui uma conta no Twitter que é coletivamente usada por todos os integrantes. O BTS posta fotos intencionalmente ridículas de cada um para o fã clube, Army, para provocar risadas.

3. Um exército de fãs*

O BTS tem fãs solícitos que fazem questão de ajudar o grupo a ir cada vez melhor nos charts e premiações.

O fã clube tem o nome de ARMY como em referência ao vínculo perpétuo com os Bangtan Boys. Bangtan significa à prova de balas em coreano, e ARMY, exército em inglês.

Os ARMYs fazem stream sem parar nos charts online, ajudando seus ídolos a ganhar reconhecimento e criar terreno para prêmios.

Os participantes do fã clube abertamente aconselham uns aos outros a deixar seus telefones no mudo e fazer stream das músicas do BTS durante o dia, e até mesmo enquanto dormem.

Para se juntar ao feroz grupo de apoiadores oficias, os fãs têm que se registrar no cafe online dos ARMYs e fazer testes que provam seu conhecimento sobre o BTS. Se passarem no teste, o cafe permite que sejam elegíveis para concorrer a um lugar na escolha anual de um grupo exclusivo para essa rede social.

Membros do fã clube oficial têm o privilégio de saber primeiro sobre as atividades do BTS e conhecer o grupo em eventos.

N/T: *No original, “an Army of fans”; trocadilho com o nome do fandom do BTS, ARMY que, em inglês, significa exército.

 

Fonte; KpopHerald
Trans eng-ptbr; nalu @ btsbr