btsbr.co.vu/archive & btsbr.wordpress.com
SITE: Bangtan Brasil - Fã Base
VERSÃO: 1.4 - SPEAK YOURSELF
DESDE: 29.03.2013
VISITAS: 5.272.752 ARMYs
Bulletproof Boy Scouts (em coreano: 방탄소년단) é um grupo masculino sul coreano de hip-hop formado pela Big Hit Entertainment. Geralmente conhecidos como BTS, são também chamados de Bangtan ou Bangtan Boys. Eles estrearam em 13 de junho de 2013 com sua... LEIA MAIS
SEJA BEM VINDO À BANGTAN BRASIL, A PRIMEIRA E MAIOR FÃ BASE BRASILEIRA DO BTS. FEITA DE FÃ PARA FÃ!

Tag: bbmas

Publicado em 07.07.2018
[VÍDEO] 06.07.18 – JTBC posta prévia de documentário sobre o BTS
A JTBC realizou um documentário sobre o BTS!

A emissora coreana JTBC postou uma prévia do documentário que eles criaram do BTS, mostrando o sucesso e vitórias do grupo.

cr; jtbclove @ Twitter


Publicado em 02.07.2018
BTS escreveu a história do K-Pop
O MV de “Fake Love” atingiu 100 milhões de visualizações em nove dias.

A frase que eles ouviram na época do debut – “ele vão sumir logo” – convenientemente desapareceu. A cada ano, o BTS evoluiu como se estivesse subindo uma escadaria. Eles alcançaram muitos primeiros lugares e quebraram diversos recordes pelo mundo. Até mesmo o presidente Moon Jae parabenizou o grupo e seu fandom – ARMY. Isso demonstra que a primeira metade de 2018 foi dominada pelo BTS.

O grupo ganhou o prêmio de Top Social Artist no BBMA’s pelo segundo ano seguido com uma grande diferença em relação aos outros artistas nominados, os quais incluíam Justin Bieber, Ariana Grande e Shawn Mendes. O BTS foi o 15º artista a performar em um total de 16 stages. Eles apresentaram seu single, “Fake Love”, do seu novo álbum, Love Yourself: Tear pela primeira vez mundialmente.

Muitos fãs cantaram junto a canção que havia sido lançada dois dias antes do evento. A presença do grupo mudou muito no período de um ano. Kelly Clarkson, que foi a anfitriã do evento, apresentou o grupo como “a maior boyband do mundo” e celebridades como Tyra Banks, Taylor Swift e John Legend mostraram grande interesse no grupo.

O BTS também comprova milagres quando fala de seus objetivos. Sua meta era entrar no Top 10 do Hot 100 das Billboard. “Fake Love” conquistou o 10º lugar. Esse é o primeiro e melhor recorde atingido por um grupo de K-Pop. “Fake Love” ainda permanece na parada (por quatro semanas) mesmo com o final das atividades promocionais.

As pré-vendas chegaram a 1,5 milhões e, em 14 dias de lançamento, foram vendidas 1,664,041 cópias, quebrando recordes do Gaon e vendendo a maior quantidade de cópias em um mês. Faz 17 anos e oito meses desde às 1,705,127 vendas de Jo Sung em setembro de 2000.

O MV de “Fake Love” atingiu 100 milhões de visualizações em nove dias, quebrando novos recordes e, nos programas de músicas coreanos, eles ganharam 12 prêmios.

 

Fonte: Naver
Trans ko-eng; firstsight_jk
Trans eng-ptbr; cláudia @ btsbr


Publicado em 21.06.2018
[NEWS] Shawn Mendes diz que colaboração com BTS vai acontecer!
Conhecidos por serem fãs um do outro, as especulações sobre a parceria [...]

Durante uma entrevista ao programa de rádio The Roz & Mocha Show, nesta terça-feira (19), Shawn Mendes afirmou aos ouvintes que a parceria com o grupo sul-coreano, BTS, irá acontecer.

Sobre a possível colaboração, eles são pessoas muito ocupadas. Ainda não possuo letras para a música, mas acontecerá. Prometo.”

Ao ser questionado pelo apresentador, Damnit Maurie, sobre uma possível data de lançamento Mendes disse: “Não posso te dar uma data porque ainda não nos encontramos ou escrevemos a música, mas irá acontecer, porque eu amo eles e acho que eles são fãs também”, finalizou.

O cantor canadense e o grupo se encontraram pela primeira vez em 2017 no American Music Awards, onde foram filmados discutindo uma possível parceria em um dos Bangtan Bombs – nome dado aos vídeos que o grupo posta em seu canal BANGTANTV no youtube -. A partir daí foram inúmeros os momentos em que os artistas continuaram a expressar a vontade de trabalhar juntos.

Conhecidos por serem fãs um do outro, as especulações sobre a parceria aumentaram após o Billboard Music Awards 2018, premiação em que ambos compareceram.

Nela, o BTS realizou o seu comeback stage de “Fake Love” e levou para casa pelo segundo ano consecutivo o prêmio de “Top Social Artist”. Já Shawn Mendes apresentou seu novo single “In My Blood”.

Ouça a entrevista completa aqui.

 

Fonte: Kiss 92.5; Billboard
Trans eng-ptbr; fernanda azevedo @ btsbr


Publicado em 30.05.2018
[VÍDEO] 29.05.18 – BTS é destaque no jornal americano “CNN Today”
O BTS foi mencionado por sua vitória e conquista na Billboard.

O BTS foi destaque na “CNN Today” por conseguir o topo da “Billborad 200” com ‘Love Yourself: Tear” e por terem vencido o prêmio “Top Social Artist” pelo segundo ano consecutivo.

 


Publicado em 29.05.2018
[FOTOS] 28.05.18 – BTS na revista AstaTV Korea
A revista acompanhou o BTS no BBMAS.

A revista AstaTV Korea atualizou seu instagram com fotos do BTS para a edição de Junho da revista. A revista acompanhou o BTS durante sua passagem no BBMAs 2018 e irá destacados na revista.

cr; astatv_magazine_official
via; bts_national


Publicado em 28.05.2018
[BANGTAN BOMB] ‘FAKE LOVE’ Live Performance @2018 BBMAs –
Um novo ângulo da apresentação de 'FAKE LOVE' no BBMAS 2018!

 

cr; BANGTANTV @ Youtube


Publicado em 27.05.2018
[NEWS] BTS ‘Love Yourself: Tear’: Por dentro do novo álbum da sensação do K-pop
Nos Estados Unidos, o vídeo de “Fake Love” é um dos 10 clipes mais [...]

O produtor Steve Aoki tem boas memórias do seu primeiro encontro com o grupo de K-pop BTS. “Pegamos uma caixa de som Bluetooth, nos reunimos em volta e só curtimos,” Aoki relembra. “A última vez que vi eles em Los Angeles, eu dei meu moletom para o RM; ele me deu sua jaqueta. Fizemos o ‘salto Aoki’ juntos. De cara, estávamos em sincronia — a barreira da linguagem não nos impediu de nenhuma maneira.”

Aoki tem um papel importante na história do BTS: em 2017, ele produziu o remix cafeinado da música “MIC Drop”, que se tornou o primeiro hit do grupo a entrar no Top 40 dos Estados Unidos. De repente, ouvintes americanos perceberam que um dos grupos mais populares do planeta vinha do outro lado do globo. A indústria musical americana também se deu conta: após Aoki deixar a casa do BTS em Los Angeles, ele encontrou a cantora Halsey à caminho para encontrá-los. E tudo isso aconteceu antes da pré-venda do último álbum do BTS, Love Yourself: Tear, chegar próximo das 1.5 milhões de cópias. Em termos de comparação, um feito notável foi quando a pré-venda de Taylor Swift chegou às 400 mil unidades nos Estados Unidos.

Devido ao fervor da fanbase do BTS — quando apresentou o grupo no Billboard Music Awards, no último domingo, a apresentadora Kelly Clarkson teve dificuldade de se fazer ouvida com os gritos de antecipação da plateia — a gravadora do grupo, Big Hit Entertainment, se mantém discreta sobre suas operações. A Big Hit recusou um pedido de entrevista em razão de “proteger a vida diária de nossos membros da equipe de potenciais incômodos com os fãs.” Talvez isso não seja insensato: “Eu trabalhei com a Beyoncé por dois anos — fui seu engenheiro de som, mixei, e viajei com ela ao redor do mundo — e nunca antes vi um fandom como esse,” conta DJ Swivel, que produziu a música “Euphoria”, lançada em abril, e co-escreveu duas músicas do Love Yourself: Tear.

À medida que o perfil do BTS cresceu, eles passaram a trabalhar com mais pessoas como DJ Swivel, figurões por trás das cenas do pop dos Estados Unidos e Reino Unido. Essas colaborações que ultrapassam oceanos se intensificaram com o álbum de 2016, Wings, que trouxe contribuições de compositores como Tricky Stewart (Beyoncé, Rihanna), Sam Kempner (Emeli Sande, Niall Horan) e Tony Esterley (Sia). Love Yourself: Tear inclui a maior porcentagem de músicas co-escritas por americanos e britânicos — sete das onze faixas — de qualquer um dos projetos do BTS até agora. “Eles vindo e trabalhando com produtores, escritores, mixers, do mercado americano faz parte da sua estratégia de fazer essa mistura acontecer,” diz DJ Swivel.

Falar com alguns desses escritores oferece um vislumbre do processo do BTS. (Ainda que exista um nível de sigilo acerca dessas colaborações, com um dos compositores comentando, “eu sinto que me meteria em um grande problema se lhe contasse muito.”) Enquanto algumas empresas gostam de trazer compositores peritos para maratonas de escrita hiper-produtivas — Jonathan Yip, do grupo The Stereotypes, por exemplo, lembra de escrever quatro músicas por dia durante viagens à Coreia do Sul para a SM Entertainment –, as colaborações com o BTS são, em sua maioria, feitas de forma remota. Às vezes, o grupo obtém instrumentais pré-produzidos, incluindo a batida de Stewart para “BTS Cypher pt. 4” e “Euphoria”, que DJ Swivel escreveu com Candace Sosa. O BTS manteve o instrumental quase intacto, exceto por acrescentar o que ele descreveu como “o vocal ‘hey yah eh yay eh yay’ depois do refrão”.

Para o Love Yourself: Tear, o BTS decidiu mandar ao DJ Swivel faixas que ele usou como base para as melodias vocais. (Isso é chamado de toplining.) Uma das músicas foi “Love Maze”, uma destilação astuta de rap dos anos 90 e R&B. A outra foi “Magic Shop”, que tem uma parte com sintetizador que parece uma clara homenagem aos Chainsmokers. Uma vez que DJ Swivel já havia trabalhado extensivamente com os Chainsmokers no passado, ele foi altamente qualificado a ajudar com esse álbum. Ele entrou no Skype com Sosa e “jogou melodias”; ela deu guias vocais. Algumas das letras em inglês na canção — “So show me/I’ll show you” — foram escritas durante essas sessões de Skype e apareceram na versão final da música. Muitas das outras letras e partes de raps foram reescritas na Coreia do Sul.

Assim como a Big Hit escolheu DJ Swivel para trabalhar numa faixa estilo Chainsmokers, a gravadora entrou em contato com Ali Tamposi para produzir a batida de entonação latina para “Airplane pt. 2”, porque ela já teve sucesso nesse espaço: Tamposi co-escreveu “Havana”, de Camila Cabello. Ela trouxe também colaboradores frequentes como Liza Owen e Roman Campolo. Eles receberam instruções específicas, de acordo com Owen: “BTS queria algo que explicasse sua jornada, vindos do nada e agora voando de país para país.”

Campolo deu as primeiras ideias melódicas para “Airplane pt. 2”. “O BTS é uma fusão de tudo que está acontecendo na música pop americana, e eles trazem porções iguais de entusiasmo para tudo,” ele diz. “As possibilidades como compositor são infinitas.” No fim, os três escritores acabaram com um faixa que dança entre vocais ricos e raps diretos em staccato. “O BTS combinou com cada uma de nossas melodias de forma impecável,” acrescentou Tamposi.

Enquanto o grupo frequentemente mistura toplines diferentes, o processo de mixagem requer mais tempo, e a equipe do BTS envia notas detalhadas para se certificar de que o som está combinando perfeitamente com as suas especificações. “Eu lembro que tiveram vários momentos que estávamos trabalhando em álbuns e eu pensava, ‘esses caras não dormem?’” diz Sam Kempner, que vem mixando a música do grupo com James Reynolds desde 2013. “Nós entregávamos uma mixagem e eles estavam de pé depois de uma hora de sono nos dando pontos para revisar.”

Essa atenção com os detalhes não é surpreendente; os álbuns do BTS são casos complexos. “Eles estão tentando mais do que artistas pop normalmente tentam — é um tanto ambicioso, musicalmente,” diz a cantora e compositora irlandesa Orla Gartland, que ajudou com a melodia de “134340”. O instrumental dessa música inclui passagens de flauta e baixos ágeis que sugerem uma ala aventureira de funk dos anos 70. “Você não escuta instrumentos como esses em pop nesse nível,” acrescenta Gartland. “O BTS faz jogadas corajosas.”

Essas coragem pode estimular os colaboradores do BTS também. Aoki, por exemplo, pode jogar contra o seu time em “The Truth Untold”, a faixa que ele produziu para o Love Yourself: Tear. “Eu fiz uma música totalmente inesperada,” ele diz, com felicidade. “Quando as pessoas ouvem ‘MIC Drop’, elas falam, ‘Ok, é uma batida do Aoki.’ Essa é uma balada; o drop só acontece no final.”

Para um grupo que frequentemente se inclina ao maximalismo, “The Truth Untold” é uma virada e tanto, uma vitrine para vozes nuas no que é, talvez, a música mais sobressalente que o grupo já gravou. “BTS está ganhando força em questões melódicas agora,” diz Tricky Stewart, que envia músicas ao grupo desde 2016, ainda que não tenha ganhado espaço no Love Yourself: Tear. “É mais voltado para o mercado dos Estados Unidos.”

É um fato que ouvintes americanos estão cada vez mais dispostos a se envolver com o BTS. No último dia 21, o grupo ganhou a honra do Top Social Artist no Billboard Music Awards — pelo segundo ano consecutivo — e apresentaram sua nova música “Fake Love”. É uma das conquistas mais impressionantes do BTS, uma faixa que pode, aparentemente, agradar uma vasta coalizão de ouvintes: fãs de “XO Tour Llf3”, de Lil Uzi Vert, ou Dashboard Confessional de meados dos anos 2000, junto com qualquer um que sintonize na rádio para ouvir as melodias açucaradas do Top 40.

Nos Estados Unidos, o vídeo de “Fake Love” é um dos 10 clipes mais populares do YouTube e uma das 30 faixas mais populares do Spotify desde a sexta-feira de seu lançamento. Escrita pelo membro do BTS, RM, junto com o fundador da Big Hit, “Hitman” Bang, e produtor de longa data, Pdogg, parece que esse grupo, ao final de tudo, pode não precisar de escritores americanos para conquistar o pop dos Estados Unidos.


Fonte; Rolling Stone
trans eng-ptbr; nalu @ btsbr


Publicado em 24.05.2018
Wikipedia do BTS recebe onda de acessos após BBMAs
O grupo cresceu +39% de suas buscas.

Após a aparicação do BTS no Billboard Music Awards 2018, para o recebimento do prêmio de Top Social Artist e seu comeback com Fake Love, a página do Wikipedia do BTS recebeu uma onda de acessos, elevando +39% dos acessos, o dobro dos últimos 40 dias.

cr; nextbigsound


Publicado em 24.05.2018
[FOTO] 23.05.18 – GUCCI menciona o BTS
V é grande fã da marca de grife e usa diversas roupas da GUCCI.

A marca de roupas de grife GUCCI postou uma foto do BTS em seu Twitter com a legenda: “Ganhadores do Top Social Artists no BBMAS grupo BTS incluindo, V, SUGA, Jin, Jungkook, RM, Jimin e J-Hope vestiram GUCCI. #BBMAS”.


Publicado em 23.05.2018
[VÍDEO] 23.05.18 – MBC entrevista o BTS após o BBMAs.
A MBC entrevistou o BTS após seu comeback no BBMAs.

A MBC, emissora coreana, entrevistou o BTS durante a passagem do grupo em Las Vegas para o Billboard Music Awards 2018. Na entrevista, o grupo fala sobre seus sentimentos em ter seu comeback no BBMAs, como foi ter o apoio de tantos artistas e ARMYs na premiação, expectativas com Love Yourself: Tear e mais.

cr; mbcnews


Publicado em 23.05.2018
[NEWS] “Love Yourself: Tear” do BTS visa por uma Grande Estréia no Billboard 200 Albums Chart
Love Yourself: Tear está no caminho de ultrapassar o próprio recorde do grupo!

O novo álbum do BTS Love Yourself: Tear está marcado para fazer uma estréia chamativa no Billboard 200 albuns chart próxima semana, de acordo com os previsores da indústria. Aqueles que estão informados sugerem que o esforço — sendo que o lançamento foi em 18 de maio via BigHit Entertainment — pode levar a alcançar o 2º Lugar e tem chances de estréia em 1ª lugar.

O grupo pode chegar com o equivalente de mais de 100.000 unidades de álbuns adquiridos na semana que encerra em 24 de maio, principalmente devido às vendas de álbuns tradicionais.

Enquanto isso, o atual líder berrbongs & bentleys, do Post Malone, poderia registrar a quarta semana consecutiva no topo com mais de 110.000 unidades – largamente adquiridas em grande parte por atividades de streaming.

Óbvio, considerando a fan base calorosa do BTS — e a performance agitada do grupo no Billboard Music Awards no dia 20 de maio — não fique surpreso de Love Yourself: Tear ultrapasse beerbongs e conquiste a estréia com o 1º lugar.

O Billboard 200 chart classifica os álbuns mais populares da semana baseados no consumo multi-métrico, que incluem vendas de álbum tradicional, álbuns equivalentes a faixas (TEA) e álbuns equivalentes de streaming (SEA). O top 10 do Billboard 200 chart de 2 de junho (onde o Love Yourself:Tear vai debutar) está programado para ser revelado nos sites da Billboard no domingo, dia 27 de maio.

Love Yourself: Tear está no caminho de ultrapassar o próprio recorde do grupo para a maior semana já obtida por um artista de K-pop em unidades gerais, vendas de álbuns e ranque no chart. Atualmente, a maior semana na lista foi registrada pelo álbum de 2017 do BTS Love Yourself: Her. Com o total de 31.000 unidades (das quais 18.000 foram vendas de álbum)m de acordo com o Nielsen Music, e estreou e atingiu o 7º lugar no Billboard 200.

 

Fonte: Billboard
Tradução por Hell @ BTSBR


Publicado em 23.05.2018
[VÍDEO] 22.05.18 – Pandora Music posta vídeo do BTS
BTS ganhou o prêmio Top Social Artist no BBMAs 2018.

O Pandora Music posta um vídeo de uma mensagem do BTS.