btsbr.co.vu/archive & btsbr.wordpress.com
SITE: Bangtan Brasil - Fã Base
VERSÃO: 1.4 - SPEAK YOURSELF
DESDE: 29.03.2013
VISITAS: 5.272.752 ARMYs
Bulletproof Boy Scouts (em coreano: 방탄소년단) é um grupo masculino sul coreano de hip-hop formado pela Big Hit Entertainment. Geralmente conhecidos como BTS, são também chamados de Bangtan ou Bangtan Boys. Eles estrearam em 13 de junho de 2013 com sua... LEIA MAIS
SEJA BEM VINDO À BANGTAN BRASIL, A PRIMEIRA E MAIOR FÃ BASE BRASILEIRA DO BTS. FEITA DE FÃ PARA FÃ!

Tag: grammy

Publicado em 21.12.2018
O BTS irá ao Grammy de 2019? Colocamos as possibilidades à mesa
Qual é a chance do BTS fazer uma aparição na cerimônia do Grammy?

Ok, ok, ok. Não há como negar, o balde de água fria que foi a indicação do BTS ao Grammy doeu um pouco.

Mesmo que o álbum dos rapazes tenha sido nomeado para o prêmio de Best Recording Packaging no Grammy 2019, o prêmio irá para o diretor da arte do álbum se eles ganharem, e não para os próprios meninos, e os ARMYs estavam esperando que JungKook, Jin, Jimin, RM, V, SUGA e J-Hope tivessem a oportunidade de sair de uma de suas mais bem sucedidas eras musicais com um Grammy para chamar de seu. Ainda assim, seu álbum sendo nomeado para Best Recording Packaging não é um feito pequeno e não foi ignorado pelos fãs do grupo. Então a coisa toda deixa alguns fãs se perguntando – O BTS irá ao Grammy mesmo que seja só pela diversão? Não está totalmente fora de questão. Na verdade, é bem provável.

Vamos ser sinceros. O Grammy não é idiota. Eles sabem que o BTS é um dos grupos musicais mais adorados de todos os tempos. Anteriormente, muitas pessoas da indústria musical foram convidadas a participar do evento mesmo não tendo sido indicadas para nenhum prêmio ou sem se apresentar no programa ao vivo. Por exemplo, consideremos a Joy Villa. Ela é uma cantora e compositora norte americana que é conhecida por usar roupas extremamente polêmicas para o tapete vermelho do Grammy, mesmo nunca tendo indicada. Eu chuto que muitos artistas e celebridades são convidados só pela publicidade que eles trazem para o evento. Levando tudo isso em conta – não é impossível que o BTS seja convidado.

Na verdade, eu apostaria dinheiro vivo em uma apresentação do BTS, também. É. Eu disse isso. Em Grammys anteriores, artistas populares que não receberam nomeações algumas vezes foram reconhecidos de outras formas. Por exemplo, o BTS poderia participar em um tributo, in memoriam, ou mesmo ser convidado para fazer uma apresentação pré-programa épica. Eu também não relevaria a possibilidade da CBS (emissora que transmite a premiação) pedir que o BTS apresente um dos prêmios. Ter os rapazes no palco, mesmo que por nenhuma outra razão do que ouvir o clamor da plateia, parece estar a favor da produção.

Como eu mencionei anteriormente, apesar do BTS não recebido a indicação direta, o seu diretor de arte, que também é uma empresa de branding (gestão de marcas) com sede em Seul, o HuskyFox, recebeu a indicação pela categoria Best Recording Packaging, por Love Yourself 轉 ‘Tear’. Esse prêmio reconhece a identidade visual de um álbum e é entregue aos diretores artísticos no lugar dos músicos. Entããão, pode fazer sentido que os garotos acabem indo celebrar e apoiar HuskyFox eles mesmos, não é?

[TRAD] Oi! Nós somos fãs de artistas com um álbum indicado ao Grammy! Nós podemos dizer isso agora, ARMYs! Parabéns HuskyFox, BTS e BigHit pela indicação!

Eu também sinto que posso falar no lugar de muitos quando digo que adoraria ver o BTS liderar um tributo a boybands. Talvez o One Direction poderia se fazer pular no palco também (já que eles são a outra boyband famosa que sempre foi esnobada pelo Grammy) e honrar as grandes boybands do passado. Imaginem isso: uma melodia incluindo os hits do N’Sync, Backstreet Boys, New Edition, New Kids On The Block, 98 Degrees, etc. etc. mas cantada pelo BTS? Meu coração está tremendo na base.

O único jeito de ter certeza de que o BTS comparecerá ao Grammy é ficar antenado. A noite mais colossal do mundo da música se inicia na CBS no domingo, dia 10 de fevereiro, e está confirmada para te deixar de queixo caído, mesmo se “FAKE LOVE” não estiver lá (lágrimas). Os ARMYs podem dormir sossegados sabendo que seus ídolos não parecem estar nem perto de terminar suas carreiras verdadeiramente impressionantes, então não desistam ainda. Vejo vocês (e espero que o BTS também) no Grammy do novo ano!

Fonte: Elite Daily
Trans eng-ptbr; VenomQ @ btsbr


Publicado em 08.12.2018
BTS e a importância da indicação ao GRAMMY
Mais um momento histórico para BTS e sua equipe: o Grammy!

A indicação por Best Recording Package (prêmio dado à melhor arte de álbum) marca um momento histórico para o BTS e sua equipe, honrando sua dedicação à conceitos.

O legado do BTS acaba de se expandir, com o septeto coreano e seu time ganhando sua primeira indicação a um Grammy no 61st Annual Grammy Awards, que acontecerá no próximo ano.

Love Yourself: Tear, do BTS, ganhou uma indicação por Best Recording Package. O álbum, que alcançou o 1° lugar na Billboard 200 em maio, é a primeira nomeação do grupo e um marco histórico para a cena musical coreana. O grupo está disputando junto do diretor de arte responsável por Tear, HuskyFox. HuskyFox é uma empresa de branding baseada em Seul, que almeja “construir relacionamentos entre marcas e usuários ao criar uma identidade por meio de linguagem de marca e elementos visuais, criando assim uma experiência de design.”

Love Yourself 轉 ‘Tear’ está concorrendo contra Massesuction, de St. Vincent, Be The Cowboy, de Mitski, The Offering, de The Chairman, e Well Kept Thing, de Foxhole.

Como as fãs podem provar, o álbum indicado possui uma das artes mais belas dos últimos anos — reforçando o famoso compromisso do grupo em apresentar visuais chamativos em seus conceitos, se destacando na indústria do K-Pop, que é por si só altamente visual. Cada um dos álbuns na trilogia Love Yourself possui 4 versões diferentes, cada uma com um conjunto diferente de fotos conceituais. Tear foi notável na medida em que teve um esquema de cores mais sombrios, e os artistas usaram cabelos mais escuros e roupas no mesmo estilo — indo de acordo com o tema do álbum de tristeza e coração partido.

O BTS receber essa indicação (junto de seu time de direção de arte) é mais uma prova da importância em ter times maiores que, trabalhando em conjunto, alcançam não só música de maior qualidade, como também visuais superiores e arte de álbuns que coincidem com os temas tratados pela música.

A indicação para Love Yourself 轉 ‘Tear’ marca um momento histórico na inclusão e reconhecimento de artistas sul-coreanos, e é um passo para “dentro” da academia, recebendo assim atenção da tradicional Recording Academy.

No 60th Annual Grammy Awards, ocorrido no ano passado, houve um empate para o vencedor de Best Album Package. Os diretores de arte Sasha Barr, Ed Steed e Josh Tilman, responsáveis pelo trabalho de Father John Misty, intitulado Pure Comedy (Deluxe), ganharam o prêmio junto com os diretores de arte do álbum El Orisha de la Rosa de Magín Díaz, Carlos Dussán, Juliana Jaramillo, Juan Felipe Martínez e Claudio Roncoli.

Apesar de complicado de se explicar, o prêmio de Best Album Package é dado tanto para os diretores de arte responsáveis, como o artista do álbum. É possível comprovar isso visitando a página de Father John Misty no Grammy.com, que fala que ele é ganhador de 1 Grammy em Best Album Package, e que possui 3 indicações.

A Billboard entrou em contato com a Recording Academy para confirmar se o BTS é considerado um indicado oficial, ou apenas HuskyFox.

fonte; billboard
trans eng-ptbr; fer zloccowick @ btsbr


Publicado em 16.11.2018
Quais as chances do BTS ser nomeado ao Grammy?
As chances podem ser pequenas, mas sempre há esperança!

Por anos, o BTS tem sido um dos grupos de K-Pop de maior sucesso, mas 2018 foi o ano em que eles superaram um país, um idioma e um gênero musical, e se tornaram verdadeiras e inegáveis super-estrelas. Eles alcançaram alturas e realizaram feitos que poucos haviam conseguido anteriormente, e agora que eles têm diversos recordes e conquistas nas paradas, finalmente chegou a hora deles serem nomeados ao Grammy?

Muitos diriam que sim, mas como é geralmente o caso quando se trata do maior prêmio da indústria musical, não se trata apenas de merecer amor ou não, e sim sobre as chances estarem ao seu favor… e, no momento, parece que o BTS está enfrentando uma batalha difícil quando se trata do Grammy.

Está é minha opinião sobre as chances do grupo ser nomeado em diversas categorias da premiação, e porque eles podem ou não ser incluídos.

Melhor Artista Revelação

Meses atrás, rumores sobre o BTS ser ou não um dos poucos sortudos à conseguir uma vaga na categoria “Melhor Artista Revelação” começaram, mas agora, infelizmente, tais rumores acabaram. Enquanto o grupo teve um ano incrível, entrando no mainstream de uma maneira que poucos fizeram em um período tão curto de tempo, eles não estarão concorrendo a este prêmio altamente cobiçado. A Recording Academy considerou-os inelegíveis à esta categoria, já que eles lançaram músicas anteriormente, não podendo ser considerados uma “revelação”, mesmo que milhões de americanos tenham ouvido o nome BTS pela primeira vez apenas no ano passado.

Álbum do Ano

Com oito vagas [na categoria] desta vez, é possível que o BTS possa se tornar o primeiro artista de K-Pop a receber uma indicação para “Álbum do Ano” – a maior honra da indústria da música? Embora esse sonho possa parecer distante, o grupo pode ter atrapalhado suas próprias chances ao lançar muitas músicas em um curto espaço de tempo.

O BTS tem não um, mas dois 1º lugar em 2018, e apesar de ser um feito raro e um sinal de sua enorme popularidade, isso pode muito bem impedi-los de serem indicados ao “Álbum do Ano”.

Isso porque os eleitores do Grammy não saberão se devem nomear Love Yourself 轉 ‘Tear’ ou o lançamento seguinte, Love Yourself 結 ‘Answer’, ambos lançados no mesmo período de elegibilidade. Os eleitores provavelmente se dividirão entre os dois, o que pode significar que nenhum dos dois seria nomeado. Isso já aconteceu alguns anos atrás, quando Kanye West lançou os álbuns My Beautiful Dark Twisted Fantasy e Watch The Throne, com Jay-Z, no mesmo ano. Ambos eram bons o suficiente para ganhar indicações por conta própria, mas como estavam competindo um contra o outro no mesmo período de elegibilidade, eles cancelavam um ao outro.

Música do Ano e Disco do Ano

Quando se trata da “Música do Ano” e do “Disco do Ano” (o primeiro sendo para os compositores, e o último para o artista que executou a faixa e os produtores), é muito difícil para qualquer artista conseguir uma indicação em qualquer das categorias. No período de elegibilidade mais recente, o BTS só conseguiu uma faixa Top 10, com “FAKE LOVE”, e a música conseguiu ficar por pouco tempo entre as 10 primeiras (embora isso ainda tenha os ajudado a fazer história). Outro grande single do grupo, “IDOL”, atraiu a atenção do público com a parceria com Nicki Minaj, mas não conseguiu chegar ao top 10, ficando na 11ª posição, e acabou não ficando no Hot 100 por muito tempo.

Além do fato que nenhum desses singles acabou sendo sucessos [na posição das paradas] por muito tempo no Hot 100 (o que não é necessariamente um qualificador para qualquer uma das categorias, embora seja uma boa parte de ser nomeado candidato à elas), ambos são primariamente em um idioma diferente do inglês, o que também pode prejudicar suas chances.

Nos 60 anos em que o Grammy distribuiu prêmios, apenas cinco músicas que não fossem cantadas em inglês foram nomeadas à “Gravação do Ano” e duas concorreram à “Música do Ano”, considerando as centenas de indicados. Novamente, embora a barreira do idioma não desqualifique a inclusão do BTS como um dos nomeados, ela faz com que seja mais difícil para os eleitores [do Grammy] entenderem o poder e talento artístico por trás das submissões.

Outras categorias

A melhor chance do BTS à uma indicação ao Grammy não está nas 4 grandes categorias, mas em uma entre as demais. A pergunta é… qual delas? Dependendo de qual categoria o grupo decidir submeter suas músicas e seus álbuns, eles podem acabar nas categorias de dance/eletrônica, pop, ou até mesmo hip-hop, mas se eu tivesse que adivinhar, eu diria que as melhores chances do grupo estão nas duas primeiras. Eles também podem submeter sua música para avaliação à “Best World Music Album”, e se eles forem indicados, eles podem ser o primeiro artista do K-Pop a receber tal honra, e poderiam ter a chance de ganhar devido à sua esmagadora popularidade e sucesso nas paradas.

“Melhor Videoclipe” também pode ser um lugar onde o grupo receba um indicação, já que seus visuais ajudaram a impulsionar músicas como “FAKE LOVE” e “IDOL” tão alto no Hot 100, e eles foram notáveis por seu estilo e apresentação.

O BTS apenas saberá se irá receber ou não o reconhecimento da Recording Academy no dia 5 de dezembro, que é quando a lista completa de indicados será anunciada.

Fonte: Hugh McIntyre @ Forbes
Trans eng-ptbr; Jojo Viola @ btsbr


Publicado em 12.09.2018
Música, conquistas, fãs: o BTS no Museu do Grammy
direção e processo de criação de seus álbuns e mais numa conversa intimista

O BTS participou do evento “Uma conversa com o BTS”, promovido pelo Museu do Grammy no dia 11 de setembro. Os integrantes do grupo são os primeiros artistas coreanos a receberem tal convite. O Museu comemorou esse momento compartilhando uma saudação do grupo em sua conta no Twitter.

Vídeo: Olá, Somos o BTS e estamos no Museu do Grammy.
Tweet: Estamos felizes em receber o BTS no Museu do Grammy.

Com uma audiência de aproximadamente 200 pessoas, o grupo conversou honestamente com o diretor artístico do Museu, Scott Goldman, sobre variados assuntos, incluindo sua direção musical, processo de criação de seus álbuns, relacionamento entre os integrantes e a importância de seus fãs. Scott Goldman apresentou o BTS como “o grupo de K-pop de maior sucesso nas paradas americanas”, e ressaltou as conquistas dos álbuns Love Yourself: Tear e Love Yourself: Answer, que conquistaram o primeiro lugar na Billboard 200.

Para começar, o grupo foi questionado sobre a diferença de seu show no Staples Center em Los Angeles em comparação com sua última turnê americana. J-Hope respondeu dizendo “Eu acho que a maior diferença foi encontrar nossos fãs durante quatro noites com canções de nossos últimos lançamentos.” Ele também afirmou que “Muitos fãs responderam apaixonadamente pela nossa música e torceram pela gente, o que tornou a apresentação muito mais simbólica.”

SUGA falou sobre o sucesso e o processo de criação musical do BTS: “Eu acredito que o fato de expormos nossos próprios pensamentos e sentimentos em nossas músicas é o forte que nos trouxe onde estamos hoje”, e “Acho que tivemos a oportunidade de criar boa música em uma variedade de gêneros diferentes porque trabalhamos realmente em conjunto com nossa agência.”

O CEO da Big Hit Entertainment e produtor do grupo, Bang Sihyuk, trabalha com os integrantes desde o começo de sua carreira e sempre os incentivou a expressar seus sentimentos. SUGA também falou sobre a filosofia da agência de “Música e Artistas Para Cura”, o mantra que precede todos os vídeos do BTS. Suas músicas são pessoais, vindas da dor e do otimismo, incentivando os fãs a também praticarem o amor-próprio e o cuidado pessoal que os ajudaram a enfrentar os caminhos difíceis de sua jornada. SUGA falou também sobre como as músicas que ele cresceu ouvindo serviram como escapismo e como quer criar experiências musicais saudáveis para seus fãs.

Ao falar sobre a inspiração para os conceitos de seus álbuns e mensagens de histórias e pensamentos dos integrantes, RM acrescentou “Desde nossa estreia, criamos álbuns dentro dos tema de escola, juventude e amor-próprio. Nossos álbuns também nos deram a chance de olhar para trás e pensar mais uma vez sobre o significado do amor.”

Da trilogia escolar do início de suas carreiras até a série Love Yourself, o BTS entrega grandes conceitos, criando arcos de histórias através de múltiplos álbuns. As storylines se complementam e misturam através de seus projetos e os significados de suas músicas individuais podem somente ser totalmente compreendidos quando ouvidas no contexto de um álbum completo. Jin comentou também que a faixa-título e vídeo de cada projeto geralmente refletem a ambientação e mensagens do álbum.

RM também acrescentou que é um risco artístico embarcar em projetos tão grandiosos, porque se os fãs não conseguissem se conectar com os conceitos, eles poderiam ficar presos em uma série fracassada e definitivamente insatisfatória. A indústria musical pode ser instável, e passar dois anos e meio em uma ideia com a qual os fãs não se identificam poderia acabar totalmente com o momentum do grupo.

Sobre K-pop como um gênero musical, SUGA apontou que ele hesita em categorizar o K-pop dessa maneira, mas que se inspira na integração de tantos estilos musicais diferentes na música coreana. O próprio BTS combina elementos de pop, rap, eletrônica e R&B e transforma orgulhosamente o seu trabalho em um pacote audiovisual que atrai fãs de diferentes gêneros e culturas. Jungkook acrescentou que, assim como os outros integrantes, ele escuta uma variedade enorme de músicas em sua língua-nativa e também vários tipos de música popular americana. A diferente abordagem de letras e estilos inspira o BTS a criar essa mistura que os levou ao super estrelato.

Jimin comentou sobre a ligação entre eles ao dizer que “os integrantes sempre criam ótimas letras e melodias. Quando nós chegamos em um momento durante o processo de gravação em que temos opiniões distintas, fazemos uma reunião e temos longas conversas. Nós fazemos o esforço para resolver os problemas da melhor maneira possível.”

V e Jin falaram do carinho pelos seus fãs, ARMYs. V disse “Nossos fãs deram asas ao BTS. Eles nos ajudaram a chegar até aqui e por causa disso temos uma ligação tão próxima deles.” Jin complementou “Nossas conquistas só foram possíveis por causa dos nossos fãs. A turnê ‘Love Yourself’ não é apenas uma apresentação do BTS, mas um espaço para compartilhar nossas experiências com nossos fãs.” RM também falou de sua relação com os fãs internacionais, mostrando-se impressionado com o fato de que eles sabem cantar todas as músicas majoritariamente coreanas do grupo.

Por fim, o BTS foi questionado sobre o sentimento de ter conseguido alcançar o primeiro lugar da Billboard 200 duas vezes, e JungKook respondeu com “Nós temos um sentimento de responsabilidade e pressão por todas as nossas conquistas. Mas nos esforçaremos para continuar com o nosso atual trabalho duro, tanto na música quanto nas nossas ações.” Um comentário do apresentador dizendo que “O BTS pode estar no palco do Grammy mais cedo ou mais tarde” arrancou aplausos fervorosos do público.


O BTS está atualmente em turnê mundial após o lançamento do álbum Love Yourself: Answer e do single “IDOL”.

 

Fonte: Soompi, Billboard
Trans eng-ptbr: maureen h. @ btsbr


Publicado em 19.07.2018
O lançamento de “Love Yourself 結 Answer” com a próxima tour
As expectativas para o lançamento do novo álbum junto à turnê mundial!

A sequência para ‘Love Yourself 轉 Tear’, com expectativa de lançamento para 24 de Agosto, logo antes do início da turnê mundial esgotada do grupo

No dia 16 de Julho, BigHit Entertainment anunciou que o grupo de K-pop best-seller BTS irá lançar seu mais novo álbum Love Yourself: Answer no dia 24 de Agosto, um dia antes de iniciarem sua Love Yourself Tour, dia 25 de Agosto, em Seul. Love Yourself: Tear alcançou o 1o lugar da Billboard 200 da semana do dia 2 de Junho, a primeira vez que artistas coreanos conseguiram tal feito. Apesar das dicas até então serem menos reveladoras do que se gostaria, parece que o septeto coreano deseja um repeat do que aconteceu com o último álbum.

 

Também na semana do dia 2 de Junho, o single de BTS “Fake Love” alcançou a 10a posição na Hot 100, seu primeiro hit a alcançar o Top 10. No dia 17 de Outubro de 2017, a música “DNA”, do álbum “Love Yourself: Her” do grupo chegou no 67o lugar, dando início ao período onde conhecimento geral dos sete mais-que-idols explodiu. Apesar da qualidade musical do grupo sempre ter sido alta, Love yourself: Tear alcançou níveis inimagináveis de crescimento, tanto em vendas, como em crítica.

 


BTS irá chegar em Los Angeles para a parte norte-americana de sua tour esgotada no dia 5 de Setembro, logo após o Dia do Trabalho*. Isso será 1 semana depois da data prevista em que apresentarão seu tão aguardado novo material. Quaisquer que sejam as características desse novo trabalho, ele irá receber muita atenção da fanbase apaixonada do grupo. Os fãs se animaram na medida em que as notícias de um novo álbum se espalharam, e o ARMY com certeza irá se esforçar para aumentar as vendas dos CDs.

 

 

BTS oferece à seus fãs muito: material direcionado, a rica história dos universos alternativos criados pelo BTS e seu simbolismo, e até mesmo um contexto filantrópico conectando a cultura de fã à cidadania global. 3% do lucro de todos os albuns Love Yourself são direcionados para a campanha internacional do grupo com a UNICEF Love Myself. Falando de forma sincera, estes jovens homens levaram o K-pop à novas alturas.

Além disso, é necessário mais que coragem para lançar um album novo após apenas 2 meses de terem um álbum número 1. Isso é confiança artística, e a fanbase do grupo não são os únicos curiosos para ver quais músicas exclusivas BTS irá lançar, ao se desafiarem dessa forma. Nós sabemos que a resposta está em um álbum chamado “Answer”**, e que também o mundo terá que esperar.

 

*O Dia do Trabalho nos EUA é sempre na 1a segunda-feira do mês de Setembro, e, em 2018, isso será no dia 3 de Setembro.

**Trocadilho com a palavra “Answer”, que, ao mesmo tempo que é o nome do novo álbum do BTS, é também “Resposta”, em inglês.

 

Fonte: Grammy
Trans eng-ptbr; fer zloccowick @ btsbr


Publicado em 24.06.2018
[NEWS] As Previsões Para a “Música do Verão” Começaram!
Grammy elege "Fake Love" como uma das músicas para o verão.

Fake Love foi apontada pela Apple Music como uma das possíveis candidatas a Música do Verão!

A medida que o início do verão se aproxima, a maioria dos serviços de streaming estão começando suas apostas nas músicas que podem conseguir o aclamado título de Música do Verão. A Apple Music lançou suas previsões para 2018.

Além de outros citados anteriormente, a Apple Music também tem na mira deste verão artistas como Jennifer Lopez com Cardi B e DJ Khaled (“Dinero”), Childish Gambino (“This is America”), BTS (“Fake Love”), Cardi B, Bad Bunny e J Balvin (“I Like It”) e Ella Mai (“Boo’d Up”), entre outros.

 

As partes que não se referiam ao Bangtan foram omitidas. Você pode conferir o post completo em inglês aqui.

Fonte: Grammy
Trans eng-ptbr; maureen h. @ btsbr


Publicado em 11.06.2018
[NEWS] Jin faz cover de uma balada de rock, música debut de Yoon Dohyun
Como acontece com as músicas e criações do BTS num geral, Jin está incrível.

A versão do Worldwide Handsome de ‘In Front Of The Post Office In Autumn” honra o álbum de rock coreano divisor de águas que enriqueceu a cultura K-rock permanentemente.

O pano de fundo do BTS inclui homenagens à artistas que tiveram grande impacto musical. Por isso o novo cover lançado no Soundcloud no dia 7 de junho por Jin é um alô à lenda viva do rock coreano, Yoon Dohyun, que passou a frente da banda YB. “In Front Of The Post Office In Autumn” foi o single do admirado álbum de debut do cantor em 1994, e agora está sendo escutado por fãs do BTS ao redor do mundo através da empolgante versão retrô de Jin.

Jin é conhecido como o Worldwide Handsome e continua a fazer piada sobre seu rosto ser a chave de tudo. Ele disse que a Big Hit Entertainment o escolheu enquanto estava na faculdade por ser bonito, mas a realidade é que ele permanece com sua cabeça baixa em sua mesa e é um estudioso, perseguindo qualificações acadêmicas cada vez maiores enquanto é um dos integrantes do boygroup mais conhecido do momento.

“In Front Of The Post Office In Autumn” é a primeira faixa solo de Jin desde “Awake”, do álbum de 2016 WINGS, que foi o grande final da série de vídeos conceitos que expandiu ricamente o universo alternativo do enredo que o BTS vem contando há alguns anos. Mais recentemente nós sentimos a dor dele em “Fake Love”, onde Jin foi incapaz de cuidar de sua flor que simboliza a verdade que não foi revelada.

Jin tinha a flor smeraldo, que ele queria proteger desesperadamente; então tivemos que aceitar o fato que não importa o quanto ele tentasse, ele não seria capaz. Ele ganhou quando percebeu que não podia proteger a flor.

[Tweet de @ironchim2 sobre a versão extendida do MV de “Fake Love”.]

Agora que estamos em 2018 celebrando a quinta FESTA, aniversário de formação do BTS, a ansiedade para mais presentes está em estado quase febril. Muitos curtiram a versão extendida de “Fake Love” que foi lançada no dia primeiro de junho, com visuais ainda mais impressionantes, seguido logo após pela versão rock de “Spring Day”. Como acontece com as músicas e criações do BTS num geral, “In Front Of The Post Office In Autumn”, de Jin, está incrível.

 

Fonte: Grammy
Trans eng-ptbr; Bia Rehm @ BTSBR


Publicado em 14.05.2018
[NEWS] V do BTS entrega o Trailer de Comeback “Singularity” para “‘Love Yourself: Tear”
Grammy: "Singularity" fornece um olhar misterioso para o grupo.

Com o lançamento de seu álbum para menos de duas semana, o grupo de pop coreano deixa uma música de infusão R&B e mistério, com um vídeo trailer do comeback com V.

A música mostra um lado do grupo suave porém misterioso com V tomando o centro do palco e entrega um conto de assombro, que parece uma referencia ao mito Grego de Narcissus, que morreu após se apaixonar com seu proprio reflexo, como a Billboard cituou.

O desempenho vocal de V é ofegante e intimo, e a dinâmica na coreografia do vídeo e visuais notáveis guiam para um final com o cantor usando uma mascara branco com uma unica lagrima preta escorrendo e um brinco com a palavra, “amado”.

https://twitter.com/BTS_twt/status/993151245840871425?ref_src=twsrc%5Etfw

Enquanto as faixas de Love Yourself: Tear não serem reveladas, “Singularity” fornece ainda um olhar interessante para o novo projeto do grupo. Voltando para 5 de Abril, o BTs lançou o épico”Euphoria: Theme Of Love Yourself: Wonder” de nove minutos de duração, causando muitos fãs especulares que seu novo álbum se chamaria “Love Yourself: Wonder”.

Então, mês passado o BTS anunciou que seu novo álbum será chamado Love Yourself: Tear, e será lançado dia 18 de Maio como o segundo capitulo da série “Love Yourself”. O grupo estará nos EUA seguindo o lançamento do álbum com uma apresentação marcada no Billboard Music Awards no dia 20 de Maio e “The Ellen DeGeneres Show” em 25 de Maio.

As super estrelas do K-pop também anunciaram sua Turnê Mundial Love Yourself, que vai levar o grupo ao redor do mundo, incluindo 6 paradas na América do Norte, com Los Angeles, Chicago e Newark.

Fonte: Grammy
Tradução por Isabella @ BTSBR


Publicado em 21.10.2017
[NEWS] BTS atrai multidões para os primeiros shows em estádio no Japão
Mais de 80 mil fãs se reuniram no Kyosera Dome em Osaka nas duas noites de show.

As duas noites de shows do BTS no Japão atraiu multidões impressionantes e entregou apresentações formidáveis.

Com mais de 80 mil fãs reunidos no Kyosera Dome em Osaka, nas noites de 14 e 15 de outubro, as super estrelas do K-pop realizaram shows incríveis para os ARMYs de Osaka, apresentando do início ao fim 22 faixas das favoritas do grupo e passando pelos solos individuais de cada integrante.

Um dos pontos altos das duas noites foi sem dúvidas a multidão animada cantando juntamente com o grupo seu hit internacional “DNA”, responsável por marcar a primeira aparição do grupo na Billboard Hot 100 e que ajudou o quinto mini-álbum, Love Yourself: Her a alcançar o Top 10 na Billboard 200 pela primeira vez na história da música coreana.

O BTS também anunciou para os fãs japoneses que há música nova a caminho, dizendo que um novo CD Single Triplo será lançado em dezembro, contando com uma faixa original em japonês juntamente com as já conhecidas “DNA” e “Mic Drop” que serão regravadas em sua versão japonesa.

 

Fonte: Grammy
Trans eng-ptbr; Bia Rehm @ btsbr


Publicado em 14.10.2017
[NEWS] Críticos musicais acreditam em possível nomeação do BTS ao Grammy
Especialmente pelo impacto global do k-pop ao redor do mundo e do último [...]

Na última semana a Billboard lançou um vídeo onde vários críticos e jornalistas do meio musical conversam e discutem sobre o GRAMMYs 2018, que acontecerá em janeiro do próximo ano em Nova Iorque.

Durante a discussão sobre as nomeações para Best New Artist eles falam sobre as possibilidades e prováveis artistas a serem nomeados nesta categoria, e uma das previsões dos jornalistas é de uma possível aparição do BTS entre os artistas nomeados.

Como o GRAMMYs tem regras rígidas de elegibilidade em relação aos artistas para cada categoria os críticos acreditam em uma possível nomeação, especialmente pelo impacto global do k-pop ao redor do mundo e do último álbum do grupo, Love Yourself: Her, ter sido o primeiro do grupo a ser comercializado em território estadunidense.

 

Fonte: Allkpop
Trans eng-ptbr; Bia Rehm @ btsbr