BTS, os reis do K-Pop: “Nos conhecemos melhor que nossas próprias famílias”

Anúncio

BTS, os reis do K-Pop: “Nos conhecemos melhor que nossas próprias famílias”

Atualmente, os artistas conhecidos como BTS já são sinônimos de superestrelas. Seus shows em arenas em Chicago, Nova Iorque e Los Angeles esgotaram. Até o momento dessa entrevista, tinham mais de 19 milhões de seguidores no Twitter,  lideram os charts da Billboard com muita frequência, conquistando sua inclusão na lista da Time de Pessoas Mais Influentes.

E, mesmo assim, ainda há pessoas que não os conhecem. Os apresento BTS (sigla que significa “Beyond the Scene” – Além da Cena, em português). Eles são estrelas pop da Coreia do Sul, reis de um mundo conhecido como “Pop coreano” – K-Pop. E é uma indústria com valor de mais de 5 bilhões de dólares.

Resultado de imagem para BTS

Se lembram do Backstreet Boys? A boyband responsável pela trilha sonora de grande parte da década de 90 nos EUA, junto com outros grupos como NSYNC. Na mesma época, milhares de quilômetros de distância, K-Pop colocava Seul no mapa da música popular.

Agora é a vez de BTS, que lançou seu primeiro álbum em 2013, a superar as fronteiras da capital sul-coreana, e vir com tudo para o continente americano. Os ingressos da próxima turnê da banda nos Estados Unidos são os mais desejados do momento, algo impressionante quando se leva em consideração o fato de que grande parte das músicas não são em inglês.

Confira abaixo o videoclipe do novo single do BTS, “Boy With Luv (com participação de Halsey).”

Os integrantes do grupo, todos com idade entre 21 e 26 anos, são: RM, Jin, SUGA, J-Hope, Jimin, V e JungKook.

O correspondente Seth Doane, que encontrou com a banda em seu estúdio em Seul, perguntou, “[RM], Como você aprendeu inglês?”

“Eu amo Hip-Hop,” ele respondeu. RM, que foi o primeiro a entrar na agência e é o fluente em inglês do grupo, normalmente toma frente em questões do tipo. “Eu amo música pop. E eu amo “Friends.” Sim, o programa de TV. Minha mãe me deu todas as temporadas em DVD. E eu assisti milhares de vezes. Eu queria falar, ouvir e entender músicos americanos. Hoje em dia, eu queria dizer, “Obrigado, Mãe!”

Faz pouco tempo que BTS eram fãs das celebridades que conheceram e conversaram nos Grammys. RM disse, “Tinha horas que eu pensava ‘Será que eu realmente estou aqui?'” Eles são os primeiros artistas coreanos a subir no palco dos Grammys. Durante a cerimônia, RM disse, “Obrigado aos nossos fãs por tornar esse sonho realidade. E nós voltaremos!”

Doane perguntou, “O que será necessário para voltar [aos Grammys]?”

“Temos que ensaiar a mesma coreografia centenas de vezes, por várias horas todos os dias,” RM respondeu. “Nós temos que manter a nossa palavra.”

Alguém falou “coreografia”? Tudo que BTS  faz é meticulosamente coreografado… incluindo, por exemplo, sua chegada aos ensaios, divididos em 5 carros. Nós não podemos dizer exatamente onde estavam ensaiando; existem alguns fãs muito entusiasmados que representariam um risco se soubessem essa informação.

Doane perguntou, “Vocês conseguem descrever esse entusiasmo?”

“Eu fico maravilhado com ele,” J-Hope respondeu. “[É muito incrível] receber tanto amor.”

Jimin falou que, “Acho que conseguimos ter um relacionamento desse nível com nossos fãs pela sinceridade que colocamos em nossas músicas. Nós tentamos compartilhar como nos sentimos com eles.”

Imagem relacionada

E os fãs do BTS se sentem realmente compreendidos e apoiados. Uma fã, Alice Meune, disse à Doane, “Eles não são só uma banda. Eles representam um apoio. BTS é inspirador, e eles realmente me ajudaram no passado.”

De que forma? “Sobre meu amor próprio.”

JungKook compartilhou um costume que tem quando o BTS começa uma apresentação: “Eu tiro meu receptor e escuto os gritos e torcida dos fãs. Isso me energiza completamente.”

E os fãs do BTS (que são chamados de ARMYs) são, além de fãs entusiasmados, consumidores entusiasmados também. E é por isso que é possível ver o rosto dos 7 integrantes em latas de refrigerante, e eles ainda criaram seus próprios alter-egos animados, que são usados nos mais diversos tipos de merchandising.

K-Pop é um fenômeno tão grande que os fãs pagam grandes quantias de dinheiro para colocar anúncios de celebração dos aniversários de seus ídolos nos metrôs de Seul, e, muitas vezes, é o mais próximo que alguns fãs conseguem chegar daqueles que amam.

Acho que agora podemos falar que eles recentemente lançaram um álbum, e que CBS foi a primeira rede de televisão americana a ter tanto acesso aos bastidores.

E, se você se perguntar sobre as máscaras, elas são itens necessários no dia-a-dia na Coreia do Sul, por causa da poluição do ar no país.

O BTS se considera uma família. Eles treinaram, compuseram músicas e cresceram juntos – e sim, todos moram na mesma casa. “No início, nós perguntávamos ‘Por que temos que morar juntos?'” relembrou SUGA. “Mas, depois de um tempo percebemos o tanto que isso é especial. E então ficamos muito gratos.” V disse, “Eu acho que eles são quem mais me conhecem. Nos conhecemos melhor que nossas próprias famílias.”

Mas eles têm seus momentos de privacidade. RM mostrou seu estúdio à Doane, e os brinquedos que tanto ama. “Aqui é onde você fica compondo, e pensando na próxima música?” “Sim, especialmente escrevendo letras,” respondeu RM. “E as vezes faço compras, você sabe, E-Bay.”

“Então não é trabalho 100% do tempo?”

“Não, não!” ele riu.

Resultado de imagem para sunday morning bts

Ninguém sabe quanto tempo essa fama irá durar. Mas uma coisa é fato: o serviço militar na coreia é obrigatório, e os integrantes do grupo não podem ficar enrolando para sempre. “Como homem coreano, é algo natural,” disse Jin. “E, quando o dever chamar, estaremos prontos para atender e fazer o nosso melhor.”

Doane perguntou, “Vocês pensam sobre a possibilidade de se separar, terminar o grupo e ir em direções diferentes?”

“Isso é algo que não gosto nem de pensar, sendo sincero,” disse JungKook. “O que temos agora é muito bom.”

RM continuou com “E é assim que acredito que temos que pensar. Nós estamos curtindo o momento, e é o que devemos fazer.”

O momento deles agora os traz de volta para os Estados Unidos, que – além de vários compromissos – terão também o lançamento de seus próprios bonecos com a Mattel, a fábrica da Barbie.

Resultado de imagem para BTS

Fonte: CBS

Entrevistas | por em 27/04/2019
Compartilhe:

Comentários:


Anúncio