Jin é elogiado por espalhar auto-compaixão na sociedade coreana ❤️

Anúncio

Jin é elogiado por espalhar auto-compaixão na sociedade coreana ❤️

“A mensagem de amor-próprio não surgiu do nada…”

Na última edição da revista coreana Sisain, o crítico musical Randy Seo trouxe uma importante reflexão sobre Jin, ao revelar como ele pratica a auto-compaixão de uma maneira que motiva a sociedade coreana a fazer o mesmo.

O crítico iniciou o artigo elogiando Jin, apontando que ele, como o integrante mais velho do BTS, pode ter plantado a idéia de “auto-compaixão” em seus companheiros.

“Alguns álbuns do BTS já tiveram como tema o amor-próprio. Como o título sugere, a era Love Yourself trazia pensamentos esperançosos sobre como se apaixonar por si mesmo. Sendo assim, teriam os integrantes atingindo a maturidade? O grupo, que ao longo dos anos se afastou do conceito de ‘No More Dream’, seu debut single, deve ter sofrido uma série de influências que fizeram com que passassem a espalhar a ideia de amor-próprio. Mas internamente, no entanto, tal mudança pode talvez ter partido do integrante mais velho, Jin.”

Segundo o crítico, e como os ARMYs passaram a conhecê-lo, é dito que Jin é brincalhão e leva tudo numa boa.

“Jin é o integrante mais velho, mas não é o líder do septeto. (RM, que é dois anos mais novo que este é o líder.),” disse Randy Seo. “De fato, Jin é bem conhecido por ser um hyungwho – alguém que não é nada parecido com um hyung. JungKook por diversas vezes disse que Jin pode ser um tanto infantil, e nas Bangtan Bombs do grupo, ele sempre se mostra brincando com os integrantes mais novos e quebrando todas as barreiras existentes.”

Randy Seo elogiou essa sinceridade como sendo o atributo mais forte do Jin…

“As funções de liderança no BTS são distribuídas por características. O líder RM é responsável pela comunicação entre os integrantes, com a agência e durante entrevistas. Já J-Hope está encarregado de supervisionar as coreografias e dirigir as apresentações. Quanto a Jin, seu papel de liderança está relacionado ao estilo de vida e a saúde mental de seus companheiros. Ao contrário dos outros que iniciaram seu treinamento no ensino fundamental ou ensino médio, Jin assinou contrato depois que entrou na faculdade. Isso significa que, quando ele conheceu seus colegas de equipe, provavelmente já tinha algum senso de autonomia. Como a figura adulta, Jin cuidou de seus jovens companheiros de grupo, dando-lhes carona para a escola, cozinhando refeições especiais para aniversários e feriados, preparando almoços para os dias de exames – e, ao fazer isso, ensinou aos integrantes a ideia de cuidarem um do outro.”

… o que inevitavelmente levou ao nascimento da auto-compaixão.

“Esse cuidado não parou em simplesmente cuidar dos seus companheiros de grupo. No que diz respeito à carreira de um ídolo do K-Pop, a competição é inevitável. Portanto, os integrantes de grupos de K-pop costumam ser muito ansiosos e geralmente muito duros consigo mesmos. O BTS também vivenciou isso. Até eles crescerem, eles não eram grandes dentro da indústria musical. Então cada um deles compartilhou como encontraram suas próprias maneiras de superar os dias ruins. Quanto a Jin, ele é a prova viva de uma frase que os ARMYs também adotaram: “Você é o único que precisa saber o quanto você tentou”. Embora a princípio pareça humilde, essa frase é o auge da auto-compaixão. Ela diz a Jin (e a nós) que reconheçamos o nosso esforço, respeitando o tempo e se valorizando. E isso é, em última análise, é a própria personificação da auto-compaixão,” disse Randy Seo.

A capacidade de Jin de ser gentil consigo mesmo inspirou seus companheiros de equipe…

“A professora de psicologia da UC Berkeley, Serena Chen, disse uma vez que essa ‘auto compaixão’ de se compreender completamente e não se avaliar, acaba ajudando a ser solidário com o seu semelhante. A auto-compaixão auxilia a pessoa a ter uma mentalidade de crescimento e acrescenta autenticidade aos relacionamentos. Isso explica por que os integrantes do BTS sempre agradecem a Jin por ajudá-los a encontrar uma paz interior. Jin tenta muito, mas ao mesmo tempo ele é otimista e perdoa. Isso inspirou alguns dos outros integrantes que são muito rígidos consigo mesmos.”

… e os ARMYs com uma mentalidade parecida. O crítico conclui que deve ter sido a grande capacidade de Jin de se ver, apreciar a si mesmo, perdoar a si mesmo e se aceitar, que levou o BTS a pregar o amor-próprio.

“RM uma vez descreveu Jin como alguém “feroz, mesmo que não pareça.” Jimin também comentou que foi difícil entender Jin no começo, mas que no final acabou descobrindo a personalidade do amigo. Como o BTS é conhecido por cantar sobre o que é mais importante para eles em determinadas fases de suas vidas, é óbvio que o tema ‘Love Yourself’ não surgiu do nada – mas veio do grupo, com Jin inspirando a idéia.”

Agora, especialmente desde que a sociedade se tornou cheia de constantes competições e dúvidas, não há nada mais importante do que a auto-compaixão – e o BTS está ajudando o mundo a ver esse fato imutável.

Fonte: Koreaboo

Artigos | por em 05/02/2020
Compartilhe:

Comentários:


Anúncio