SUGA sob os holofotes com sua mixtape ‘AGUST D’

Anúncio

SUGA sob os holofotes com sua mixtape ‘AGUST D’

Este menino de 23 anos está compartilhando um pouco de sua mente —juntamente com sua sensibilidade para produções incríveis—com a sua recém lançada mixtape, que contém 10 faixas.

Assim que a era do álbum do BTS –Young Forever– terminou com o último destino da turnê em Tóquio, no dia 14 de agosto, uma nova era inesperada começou quando o membro SUGA lançou sua primeira mixtape solo, Agust D, no dia 15. O lançamento de 10 faixas não apenas empurrou o rapper de 23 anos sob o holofote solo, como também introduziu seu alter-ego, o qual a mixtape leva seu nome; um alter-ego que mostra o ouvido de SUGA para produções incríveis, estilo de rap hardcore, e como ele pode transformar suas vulnerabilidades em forças. Desde o começo da mixtape, SUGA te introduz ao novo lado dele mesmo com a música “Agust D”, logo em seguida da faixa de introdução ditar o clima. A faixa tem sample da música “It’s a Man’s Man’s Man’s World” (1966) de James Brown, mas ao invés de simplesmente usar partes da música, SUGA encontra uma maneira de sutilmente reinterpretá-la que anima os ouvidos dos mais durões fãs de hip-hop.

Mas se a produção não agarrar o ouvinte, as letras o farão, pois o flow do SUGA está mais agressivo do que nunca, já que o rapper pôde exagerar completamente as suas habilidades nessas músicas solo. As letras são de abrir os olhos, ele fala sobre as restrições de ser uma estrela do K-Pop (“Essa categoria de K-Pop não tem tamanho suficiente para mim”, ele cospe na letra traduzida fornecida pela Big Hit Entertainment), mas também oferecendo uma visão inesperada sobre porque a indústria deveria se sentir agradecida por ele estar neste mundo (“Todos vocês, rappers acabados, deveriam agradecer por eu ser um idol”). Desde o começo, a fraqueza percebida de que a maioria dos idols do K-Pop não podem ser rappers legítimos se torna uma força que a cena do rap é de fato sortuda por Agust D ser apenas um alter-ego, ou seria o fim do jogo para os demais.

Enquanto isso, o rapper solta frases interessantes (“Vocês todos se excitam com a tecnologia da minha língua”) que normalmente ninguém encontraria em uma música de K-Pop.

Mas é do BTS que estamos falando—uma banda de K-Pop que não tem vergonha de fazer músicas com que os ouvintes se identifiquem, sobre identidade e saúde mental. Mesmo com este novo lado dele mesmo, SUGA continua com essa promessa, mas pode ir mais fundo que a banda de sete membros poderia.

No forte destaque “Give It To Me,” SUGA questiona a si mesmo e sua estrada para o sucesso, fazendo o rap, “Se você perguntar porque eu tive sucesso, não há resposta / Durante aquele curto período eu dormi menos do que você, me movi muito mais e cresci / Ainda assim, parece que nem que eu saiba o segredo do sucesso, eu sei o segredo da falha.”

A subjugada “724148” nos leva aos tempos pré-fama de SUGA, com detalhes ásperos: “Eu tentei fazer música com um pouco mais de estilo, primeiramente pensando que era melhor eu sair de Daegu / Os passos poderosos deste estudante espinhento do ensino médio sumiram em frente de um poster de audições” (de acordo com traduções creditadas a conta papercrowns).

A faixa sonhadora que fecha a mixtape, “So Far Away” provoca um sentimento de desamparo quando ele detalha não saber qual seu maior sonho é, mas termina com uma nota esperançosa de que a jovem estrela “florescerá totalmente depois de todas as dificuldades” (de acordo com a tradução do fansite peachisoda).

A música é parecida com como o líder do BTS, Rap Monster, deixou dicas de sua própria saúde mental, admitindo que ele lidou com momentos bons e ruins no passado. Assim como o seu líder de banda (que também lançou uma mixtape, RM de 2015, que teve uma posição na lista de 50 Melhores Álbums de Hip-Hop de 2015 da Spin), SUGA não tem medo de admitir suas fraquezas, e nessa vulnerabilidade aparece a força—mesmo que ele esteja se passando por um alter-ego.

Enquanto o BTS recebe um merecido descanso das promoções, espera-se que essa mixtape e suas promos que acompanharão nos dêem a chance de conhecer o misterioso SUGA ainda mais.

Fonte: Fuse
Trans eng-ptbr; beccs @ btsbr

Notícias | por em 22/08/2016
Compartilhe:

Comentários:


Anúncio