O BTS está decidido a acabar com os cambistas ao mudar regra na compra de ingressos

Anúncio

O BTS está decidido a acabar com os cambistas ao mudar regra na compra de ingressos

Conexões não importam. Dinheiro não importa. Métodos ilegais também não funcionam. O BTS declarou uma guerra oficial em escala total aos “ingressos de cambistas” para dar chances justas e transparentes a todos que queiram tentar assistir aos últimos shows da BTS World Tour: Speak Yourself em Seul. 

A indústria do K-Pop e outros artistas estão monitorando esse processo estrito com a esperança de que se torne outra oportunidade para erradicar atos ilegais futuros, como a venda de ingressos. Para ir aos shows do BTS, você precisa: 1) Se inscrever no fancafe; 2) Ser sorteado na loteria; 3) Ganhar o direito de comprar o ingresso; e 4) Verificar a identidade.

A Big Hit está decidida a acabar com a venda de ingressos ilegais e/ou por meio de cambistas ao pedir que os fãs se inscrevam no fancafe e só consigam comprar ingressos sob os próprios nomes. Familiares não poderão transferir o ingresso nominal. Isso mostra a determinação da empresa em garantir que somente aqueles que compraram os ingressos diretamente tenham acesso ao show.

Se ainda restarem ingressos disponíveis após duas rodadas de loterias entre os membros do fancafe, os ingressos então ficarão disponíveis de 25 a 26 de setembro. Em outras palavras, reservas não serão possíveis se os fãs comprarem todos os ingressos nominalmente. A intenção é bloquear a transação de ingressos na fonte. 

Em junho, o BTS iniciou o processo de verificação de documentos de identidade durante o 5th Muster em Busan e Seul. Para os shows no fim do ano, no entanto, será impossível verificar as identidades de todas as 60 mil pessoas em cada dia; a Big Hit, então, decidiu implementar a verificação aleatória dos documentos. 

Na verdade, a indústria do K-pop já vem tentando banir a venda ilegal de ingressos há algum tempo, mas foi afligida pela falta de ações significantes e respaldos para punições legais. Mas com as medidas implementadas para o show do BTS, outras empresas estão buscando maneiras diferentes para criar uma atmosfera diferente.

O crítico musical Kang Tae-gyu disse: “Houve transferências ou compras em massa em todos os shows e nada foi o suficiente para pará-las. Nós particularmente estamos tentando rastrear compras/transações ilegais de ingressos para shows esgotados de idols. Neste ano, a cultura de compra de ingressos mudou muito desde que o BTS implementou restrições mais duras na compra de entradas. Agora vem gradualmente mudando para um ambiente que possa evitar transações fraudulentas.”

Fonte: Naver
Trans ko-eng: modooborahae

Artigos | por em 06/08/2019
Compartilhe:

Comentários:


Anúncio