O BTS trouxe vibes de Bollywood ao MV de ‘Idol’?

Anúncio

O BTS trouxe vibes de Bollywood ao MV de ‘Idol’?

O novo single e MV psicodélico do grupo apresentou paralelos (coincidentes) entre as culturas da Coreia do Sul e da Índia com instrumentos tradicionais e imagens simbólicas.

É possível que, nesse exato momento, Bollywood esteja estremecida. As super-estrelas da Coreia do Sul, BTS, fizeram seu comeback com ‘Idol’, a faixa-título do seu álbum repackage Love Yourself   Answer, e tomaram um rumo desi* de maneira encantadora. Cheio do que parecem ser shehnais, dhols e um “tak dina dhin”** atrevido, ‘Idol’ dá uma guinada repentina ao território do pop que encontra as tradições de Bollywood e pode muito bem levar o grupo a popularidade visível na Índia.

Para ficar claro, a faixa não é uma tentativa de soar como [uma música de] Bollywood; é, na verdade, o resultado de diversas coincidências culturais. De acordo com a gravadora do grupo, Big Hit Entertainment, ‘Idol’ foi inspirada pelo gqom, um estilo de música house que se originou em Durban, na África do Sul. O gqom combina tambores poderosos com o baixo e sintetizadores do ritmo house num equilíbrio entre tradição e tendência. A mistura de instrumentos coreanos, como o gakgung (uma trompa-arco tradicional da Península da Coreia, o que explica os sons parecidos com o shehnai), com ritmos africanos, trap rap e eletrônica contribuem para expandir um som culturalmente rico, diversificado e global. Com a tendência similar de Bollywood de fundir ritmos do hip-hop, trap e instrumentais tradicionais para criar hinos de festas, os paralelos são inegáveis.

A letra da música são declarações confiantes de amor próprio e amor pelos fãs, ao mesmo tempo que dizem aos haters para se afastarem: “O que você está falando / Eu faço o que eu faço, cuide da sua vida / Você não pode me impedir de me amar.” O BTS também faz uso de expressões coreanas tradicionais na letra, como “Ursoo” e “Jee-hwahjah”, que acrescentam um outro nível de homenagem ao seu país natal enquanto imagens visuais incluem o animal nacional da Coreia, o tigre da Sibéria (o animal nacional da Índia também é um tigre!), e cenas com os integrantes vestidos em variações dos trajes tradicionais da Coreia. O líder e rapper do grupo, RM, revelou exclusivamente à Rolling Stone India no ano passado que ele queria tentar incluir mais instrumentais coreanos nas músicas do BTS — uma visão trazida à tona primeiro com a diss track da rap line no Soundcloud ‘Ddaeng’ e agora com ‘Idol’.

[TRAD] “Com #IDOL @BTS_twt realmente fez um hit com instrumentais coreanos, ritmo africano e danças que são reminiscentes de Bollywood 😍 são artistas globais @thisisridz @BangtanINDIA #TheAnswerIsHere”

O MV super-vívido mostra o grupo apresentando uma coreografia poderosa em meio a planos de fundo caleidoscópicos que apresentam arte arquitetural euro-asiática, savanas africanas e a dança tradicional do leão coreano. Partes da coreografia incluem misturas da dança sul-africana Gwara-gwara (que se tornou viral pelas mãos da popstar Rihanna e, mais recentemente, no vídeo de ‘This Is America’, de Childish Gambino) e movimentos tradicionais coreanos. Um enorme grupo de dançarinos se junta ao BTS para a dança reminiscente de Bollywood durante o clímax do vídeo e, para os fãs indianos, é um senso de familiaridade inesperado mas muito bem vindo. Fãs no Twitter apontaram as similaridades da música com a faixa “Abhi Toh Party Shuru Hui Hai”, do rapper indiano Badshah, do filme hindi de 2014 Khoobsurat — um hino festivo amado por grande parte do país –, que pode ajudar o BTS a agradar mais o público local.

https://twitter.com/MairhMilee/status/1032959209489326080

‘Idol’ acumulou mais de dez milhões de visualizações no YouTube em apenas quatro horas e Love YourselfAnswer, até agora, chegou ao primeiro lugar da parada de álbuns do iTunes em mais de 40 países (incluindo a Índia). ‘Idol’ também conquistou um all-kill na Coreia do Sul por chegar ao primeiro lugar em todas as paradas em tempo real do país. O BTS, seu álbum e faixa-título estão entre os assuntos mais falados do mundo nas redes sociais. Uma versão digital de ‘Idol’ também traz uma participação da rapper americana Nicki Minaj, dando exemplo de colaborações entre people of color*** no mundo.

Love YourselfAnswer segue a linha do comeback trailer ‘Epiphany’ e inclui faixas do premiado mini-álbum Love YourselfTear, completando a narrativa ‘Love Yourself’, que já dura dois anos. O grupo iniciou sua 2018 Love Yourself Tour nos dias 25 e 26 de agosto em Seul, seguido pelas 33 datas em 16 das maiores cidades da América do Norte, Europa e Japão. O septeto, também, recentemente esgotou sua primeira data no estádio Citi Field em Nova York, o que os fez ser os primeiros artistas coreanos a fazê-lo.

 

N/T: *Desi é o termo usado para designar as pessoas, cultura e produtos provenientes do subcontinente indiano ou suas diásporas.

**Shehnai é um instrumento musical comum na Índia, Bangladesh e Paquistão; dhol é o nome dado a qualquer um dos inúmeros tambores de duas-faces muito comuns no subcontinente indiano, com suas respectivas variações regionais; “tak dina dhin” é um trecho comum em músicas populares no subcontinente indiano.

***People of color, também abreviado como POC, é um termo em inglês — traduzido literalmente como “pessoas de cor” — usado para designar pessoas não-brancas e de diferentes etnias.


Fonte: Riddhi Chakraborty @ Rolling Stone India
Trans eng-ptbr; nalu @ btsbr

Artigos | por em 27/08/2018
Compartilhe:

Comentários:


This error message is only visible to WordPress admins

Error: No connected account.

Please go to the Instagram Feed settings page to connect an account.

Anúncio