As 11 maiores conquistas do BTS no último ano

Anúncio

As 11 maiores conquistas do BTS no último ano

Após lotar o estádio de Wembley, em Londres — um dos maiores estádios do mundo — em 90 minutos, o grupo pode agora adicionar mais um feito para sua lista de grandes realizações. De acordo com pesquisas do Vivid Seats, a mais nova turnê mundial do BTS, a “BTS: Speak Yourself Stadium Tour”, teve um grande primeiro dia de vendas na última sexta-feira (1), superando alguns dos maiores astros da música, incluindo os Rolling Stones, Cardi B, Korn e Florida Georgia Line.

A pesquisa também descobriu que 75% dos fãs que procuraram ingressos no site eram mulheres e que a faixa etária dos ARMYs está se tornando cada vez mais diversa. Em 2018, quase 50% dos fãs tinham entre 18-24 anos, e em 2019, esse número caiu para 39%, porque os fãs mais velhos, entre 24-35 anos, agora estão procurando por ingressos também. Mas isso não é tudo! Os ingressos dos shows do BTS quebraram recorde no StubHub também, tendo “os valores mais altos para shows de turnê este ano” no site, ficando em 3º na lista de mais caros na história do site, perdendo apenas para shows do Elton John e Adele.

Todos podemos concordar que o BTS não tem limites, certo? Eles continuam superando os demais artistas com sua popularidade global — e eles apenas estão começando nos Estados Unidos.

Confira as 11 maiores conquistas do BTS no último ano:

1. Sua indicação ao Grammy

Imagem relacionada

No começo deste ano, quando SUGA disse que o próximo passo do BTS era ganhar um Grammy, o restante do grupo riu sobre a afirmação. Parece que o sonho de SUGA não era tão irreal assim, afinal de contas: em dezembro de 2018, foi anunciado que o penúltimo álbum de estúdio do grupo, Love Yourself 轉 ‘Tear’, foi indicado como “Best Recording Package” graças ao design da arte de capa espetacular feito por HuskyFox. Outros álbuns foram indicados na categoria, incluindo trabalhos como os de St. Vincent, Mitski, The Chairman e Foxhole.

2. Sua turnê esgotada nos EUA

No mesmo ano, o BTS foi aos palcos internacionais com a “BTS World Tour: Love Yourself”, que começou em Seul, em agosto, levando o grupo ao Reino Unido, Japão, França, Países Baixos, Alemanha, Taiwan, Canadá e Estados Unidos. Todas as 14 paradas na parte estadunidense da turnê foram esgotadas instantaneamente. E, graças à alta demanda, uma nova data foi adicionada no Citi Field, em Nova Iorque, fazendo do BTS o primeiro artista coreano a realizar um show em estádio na história dos Estados Unidos. Os ingressos para o show do Citi Field, surpreendentemente, se esgotaram em 20 minutos.

3. A estreia no cinema e nas séries do YouTube

Resultado de imagem para bts burn the stage

Março foi o mês para utilizar o mês grátis na assinatura do YouTube Premium, graças ao lançamento da série do grupo: Burn The Stage. O documentário em 8 partes mostrou os bastidores do trabalho árduo do grupo, além de um pouco da diversão e vida privada dos integrantes, enquanto eles se apresentavam com a “Wings: Live Trilogy World Tour”. Uma adaptação da série para as telonas foi lançada em 15 de novembro, intitulada Burn The Stage: The Movie, atingindo, apenas nos Estados Unidos, a 10ª posição nas bilheterias, faturando $ 3.54 milhões no final de semana de estreia. Com isso, o grupo conquistou o recorde de maior bilheteria em filme de produção musical, que anteriormente pertencia ao One Direction.

4. O tocante discurso na ONU

Imagem relacionada

O BTS foi selecionado pelas Nações Unidas para discursar na 73ª Assembleia Geral para a iniciativa da juventude, a “Juventude 2030: A estratégia da juventude das Nações Unidas”, em nome da campanha da UNICEF, a “Generation Unlimited”. Em 24 de setembro, o líder RM foi, junto com os demais integrantes, dar um envolvente discurso em inglês sobre a campanha do grupo, “Love Myself” e a importância de “falar por si mesmo”. “Diga-me sua história, eu quero ouvir a sua voz, e eu quero ouvir suas convicções”, RM disse. “Não importa quem você é, de onde você é, sua cor de pele, sua identidade de gênero, apenas fale por si mesmo. Encontre seu nome e encontre sua voz ao falar por si mesmo”. Filantropia tem sido um pilar da carreira do BTS desde o debut do grupo, e eles se tornaram o primeiro artista sul coreano a angariar fundos para uma campanha social global, com a “Love Myself”, em parceria com a UNICEF, em 2017.

5. O primeiro single em inglês

O universo do Twitter explodiu em 24 de outubro, quando o DJ Steve Aoki casualmente anunciou que seu novo single com o BTS, intitulado “Waste It On Me”, seria lançado no dia seguinte. A faixa é a terceira parceria do grupo com Aoki, seguindo “The Truth Untold” e o remix do single “MIC Drop”. Também foi a primeira faixa cantada completamente em inglês do BTS, contendo a doce e cadenciada voz de JungKook e o confiante e controlado rap de RM. RM também contribuiu com a letra da música, que fala sobre um caso amoroso que acaba rápido demais. O MV da música contou com um cast de astros asiático-americanos, incluindo Ross Butler, Jamie Chung e Ken Jeong.

6. A dominação com seus MVs

Imagem relacionada

Além de dominar os charts de música globais, o BTS também está com força total no YouTube. Quando o grupo lançou o MV da faixa-título do álbum Love Yourself 結 ‘Answer’, “IDOL”, em 24 de agosto, o vídeo quebrou o recorde de mais visto nas primeiras 24 horas da plataforma, com mais 45 milhões de visualizações (título que anteriormente pertencia à Taylor Swift, com “Look What You Made Me Do”, com 43,2 milhões). Apesar da marca ter sido superada pelo vídeo de Ariana Grande, com “thank u, next”, os ARMYs provaram novamente que sua dedicação ao grupo é incontrolável.

7. O Show da Amizade Coreia-França

Imagem relacionada

Seguindo seu discurso inspiracional das Naçõe Unidas em setembro, o BTS se apresentou no durante o Show da Amizade Coreia-França que ocorreu em Paris (para celebrar as relações amigáveis entre os dois países), durante a visita de representantes do governo sul-coreano no país. O evento, ocorrido em 14 de outubro, foi uma celebração da “Repercussão de Músicos Coreanos”, e contou com uma mistura de música coreana tradicional, apresentada por Black Spring e MoonGoGo, e a apresentação de grupos contemporâneos, BTS e Red Velvet. Eles se apresentaram para um público de 400 pessoas, que incluíam representantes da França e Coreia do Sul e alguns fãs. O grupo se encontrou posteriormente com o presidente Moon Jae-In e tirou algumas selfies.

8. Seus muitos, muitos, muitos prêmios

Resultado de imagem para bts wins

No momento da realização dessa lista, o BTS teve um ano inacreditável de escrita, lançamentos e apresentações contínuos ao redor do mundo, conquistando 29 prêmios, incluindo Daesangs no Asia Artist Awards, “Álbum do Ano” com Love Yourself 轉 ‘Tear’ no Melon Music Awards de 2018 e “Artista do Ano” no Mnet Asian Music Awards, mencionando apenas alguns deles.

9. As mixtapes e lançamentos solo

Resultado de imagem para j hope daydream

Entre o lançamento de dois comebacks, turnês e promoções, J-Hope e RM conseguiram encontrar tempo para escrever, produzir e lançar suas mixtapes também. No verdadeiro “estilo de artista”, ambos decidiram lançar suas mixtapes online e de graça, compartilhando links de download através da conta do grupo no Twitter. Lançada em março, a Hope World (carinhosamente apelidada de “hixtape”) inclui singles dançantes como “Daydream” e de batida forte, como “Airplane” — música que o BTS se inspirou, posteriormente, ao escrever “Airplane Pt. 2”, do Love Yourself 結 ‘Answer’. Lançada no final do ano, a mixtape de RM intitulada “mono.” é uma linda mistura de faixas em inglês e coreano que detalham o lado inspirador e artístico do líder do grupo, que pode ser ouvido especialmente em “forever rain” e “seoul”.

10. Seus álbuns: Love Yourself 轉 ‘Tear’

Antes de ser indicado ao Grammy por seu visual, Love Yourself 轉 ‘Tear’ já era uma jóia na carreira do BTS. Lançado em 18 de maio, o álbum explora sentimentos de solidão, tristeza e medo, algo que pode ser claramente notado em sua faixa título, “FAKE LOVE”. O álbum se tornou o primeiro do grupo a conquistar o 1º lugar nas paradas dos Estados Unidos, fazendo do BTS o primeiro artista coreano a conseguir tal feito, além de Tear se tornar o melhor álbum de artistas asiáticos no geral nos rankings do país. A primeira apresentação ao vivo do single “FAKE LOVE” aconteceu no palco do Billboard Music Awards de 2018, onde eles não apenas levaram o prêmio de “Top Social Artist” pelo segundo ano consecutivo, mas também se tornaram os primeiros artistas coreanos a se apresentarem no evento.

11. E Love Yourself 結 ‘Answer’

Imagem relacionada

Seguindo a maravilhosa recepção internacional de Love Yourself 轉 ‘Tear’, o BTS continuou chamando a atenção, ao lançarem seu último álbum de estúdio, o Love Yourself 結 ‘Answer’, com a atrevida faixa título do comeback, “IDOL”. O álbum disparou direto para a 1ª posição na lista da Billboard 200, se tornando o segundo álbum do grupo a conquistar o topo da parada. Mas a dominação musical do BTS não ficou apenas nos Estados Unidos: o álbum também conquistou a 1ª posição na Canadian Albums Chart, e “IDOL” levou a 21ª colocação na lista oficial de singles do Reino Unido, fazendo com que o BTS também fosse o primeiro artista coreano a entrar no Top 40 do Reino Unido.

Fonte: PopCrush

Artigos | por em 22/03/2019
Compartilhe:

Comentários:


Anúncio